Ximbinha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Chimbinha)
Ir para: navegação, pesquisa
Ximbinha
Informação geral
Nome completo Cledivan Almeida Farias
Também conhecido(a) como Chimbinha (1992–2015)
Ximbinha (2015–presente)
Nascimento 12 de fevereiro de 1974 (43 anos)
Local de nascimento Oeiras do Pará, Pará
 Brasil
Gênero(s) Calipso, guitarrada
Ocupação(ões) Guitarrista, Produtor, Compositor
Instrumento(s) Guitarra, violão
Período em atividade 1992–presente
Gravadora(s) Radar Records
Afiliação(ões) Calypso (1999–2015)
XCalypso (2015–2017)
Influência(s) Roberto Vilar

Cledivan Almeida Farias (Oeiras do Pará,[1] 12 de fevereiro de 1974), mais conhecido como Ximbinha e, anteriormente, como Chimbinha, é um guitarrista, produtor e compositor brasileiro. Foi guitarrista e empresário da Banda Calypso juntamente com sua ex-esposa, e grande cantora de sucesso Joelma Mendes, por mais de 15 anos, de 1999 a 2015. O casal se separou após Ximbinha trair a cantora. Segundo Joelma, o músico também a ameaçou diversas vezes,a agrediu e já tentou matá-la. [carece de fontes?]

A partir de 2015, com o final da Banda Calypso[2] e a separação de Joelma, o músico passou a assinar seu nome artístico com a letra X, além de alterar o nome da banda para XCalypso, que agora teve seu nome alterado para "Banda X". Ximbinha disse que não quer usar mais o nome Calypso. Pessoas suspeitam que o nome passou a carregar uma forte maldição após a saída de Joelma da Banda Calypso.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Cledivan começou a tocar guitarra ainda aos 12 anos, influenciado por artistas de sua terra. Difundiu o ritmo brega pop, um derivado e refinado do Brega, e reinventou o ritmo calipso. Aos 18 anos já era o produtor musical mais conhecido de Belém, e pouco tempo depois se tornou o guitarrista de Roberto Villar.

Antes de se tornar o maestro e guitarrista da Banda Calypso, Chimbinha produzia e colocava seu som em CDs de outros artistas. “Unanimidade onipresente”. Assim foi definido pela revista Showbizz, muito antes de se tornar amplamente conhecido pela crítica e pelo público. Já o antropólogo Hermano Viana, numa entrevista à revista Trip, considerou o paraense como um dos melhores guitarristas do país, independentemente do ritmo que toca. Hoje, a guitarra de Chimbinha é conhecida no Brasil e no mundo.[4]

Banda Calypso[editar | editar código-fonte]

Em 1999 Chimbinha e Joelma fundaram a banda Calypso, que conquistou notoriedade nacional. Sendo um grande produtor musical, ele conheceu a cantora Joelma Mendes na casa de um amigo, quando ela estava fazendo o repertório de uma música.[5] A banda Calypso teve 16 anos de carreira, participou de discos de mais de 300 artistas[6] e teve mais de 15 milhões de CDs vendidos em todo o Brasil.[7]

A banda, que era liderada por Chimbinha e Joelma, conseguiu espalhar sua música no norte e nordeste rapidamente, num cenário em que não havia grandes investimentos musicais nestas regiões, sobretudo no Pará. No período em que a banda se formou, era praticamente impossível fazer sucesso nacional sem sem fazer parte do intricado e restrito esquema de mídia que envolvia gravadoras, rádios e emissoras de televisão,[8] e apenas pouco mais de 1% da população tinha acessa o internet, que na atualidade desempenha papel fundamental na divulgação do trabalho de músicos e artistas, mas naquele momento era completamente diferente. Os grupos músicas dessas regiões tinham que realizar um trabalho alternativo, comparecendo de rádio em rádio pelas regiões Norte/Nordeste entregando o seu disco, mostrando o seu trabalho e pedindo para tocar as suas músicas, e as apresentações eram realizadas regionalmente também.[9] Em Belém/PA, os artistas aprenderam a colocar a mão na massa e assumiram todo o processo de seu showbusiness (gravação, distribuição e marketing). Nesse contexto, a banda Calypso construiu um esquema próprio de distribuição de CDs e DVDs e rapidamente explodiu nacionalmente, conquistando um enorme número de fãs e conseguindo contrato com grandes gravadoras.

Cledivan assumia responsabilidade sobre a produção musical da banda, além de ser um guitarrista excepcional que se destacava no palco com sua guitarra ao lado da ex-esposa (vocal principal).

Fim da Banda[editar | editar código-fonte]

A banda, porém, teve seu fim em 2015, quando Joelma e Chimbinha se separaram. O Músico traiu a cantora com um amigo de sua mulher Caio Rodrigues, primo de Péricles. O anúncio da saída de Joelma da banda foi feita no Programa da Sabrina no dia 28 de agosto de 2015.[10] A cantora Joelma deu esclarecimentos dizendo ter sido ameaçada e agredida por Chimbinha diversas vezes. Joelma disse também que teve que ficar em um apartamento por um tempo pois estava com o olho roxo graças a Chimbinha.Afirmou também que ele quase a matou, tentando joga-la de um prédio.Joelma disse que seguiria com a banda até 31 de Dezembro de 2015, a partir dai deu inicio na sua grande carreira solo de enorme sucesso.

Banda XCalypso[editar | editar código-fonte]

Com o fim da Banda Calypso, Ximbinha focou em um novo projeto: a Banda XCalypso. Inicialmente, escolheu a potiguar Thábata Mendes como a vocalista principal.[11] Entretanto, em 31 de janeiro, Thábata despediu-se da banda e voltou a seguir sua carreira solo. Ela afirmou ter tomado a decisão por divergências contratuais.[12] Thábata foi substituída pelo vocal de apoio da XCalypso, composto pela cantora pernambucana Léya Emanuelly e o paraense Gêh Rodriguez.[13] O grupo anunciou sua terceira vocalista,[14] a paraense Carla Maués, em 04 de fevereiro de 2016. No dia 12 de abril de 2017, Léya Emannuelly anunciou sua saida da banda Xcalypso, alegando ter sido agredida por Ximbinha, que também Denegriu a imagem da Cantora.Léya é a terceira vocalista a ter reclações sobre Ximbinha na banda.Vale lembrar também que um ex dançarino da Banda Calypso, disse também ter sido agredido por Ximbinha.Uma nova vocalista foi anunciada para substituir Léya, a Ex Companhia do Calypso Michele Andrade.Alguns dias depois, dia 8 de junho, a cantora Carla Maués anunciou sua saida da banda Xcalypso.

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 1997, Ximbinha conheceu a cantora Joelma Mendes na casa de um amigo em comum antes. A princípio, a cantora queria produzir o seu primeiro CD com um dos mais renomados produtores da capital Belém, com o nome artística de Joelma Lins, e a pedido da cantora começaram a namorar. Eles se casaram no mesmo ano. Em 2004 nasceu a única filha do cantor, Yasmin, que tem dois meio-irmãos, filhos de Joelma. Em 2009 iria ser pai novamente, mas sua ex-esposa sofreu um aborto espontâneo. [15] [16]

No dia 26 de outubro de 2009, Joelma e Ximbinha receberam o Título de Cidadão Pernambucano. A comenda foi proposta pelo deputado Nelson Pereira (PCdoB). O 2º vice-presidente da Mesa Diretora, deputado Antônio Moraes (PSDB), coordenou a solenidade e destacou a importância do Estado para o início da carreira artística. "Há vários anos com residência no Recife e com diversos empreendimentos ligados a área musical, Joelma e Ximbinha têm contribuído para a rica cultura pernambucana", enfatizou Pereira.[17]

Em 19 de agosto de 2015, depois de 18 anos de casados, eles anunciaram a separação[18] e em 09 de novembro de 2015 foi assinado o divórcio em Recife.[19] A situação foi tão tensa, que Joelma chegou a fazer várias acusações contra o ex-marido, inclusive de agressão,[20] e conseguiu uma liminar da justiça para que ele mantivesse distância, e que não pudesse se apresentar em shows que a banda ainda tinha de cumprir até o fim da agenda naquele ano.[21] A filha de Joelma, Natalia Sarraff, também entrou na briga, acusando o padrastro de assédio.[22] Ximbinha, porém, desmentiu as acusações,[23] afirmando serem "informações deturpadas e inverídicas que visam unicamente prejudicar sua imagem num momento de renovação profissional". Enquanto a acusação de ter traído a ex-esposa, Ximbinha admitiu e justificou o excesso de trabalho para o desgaste na relação.[24] Em 28 de junho de 2016, uma foto de Ximbinha com a pivô de sua separação com Joelma, Karen Kethlen, foi divulgada na internet, gerando novos rumores sobre a vida sentimental do músico.[25]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Chimbinha - Trip». Trip. Consultado em 6 de março de 2016 
  2. «Banda Calypso chega ao fim em dezembro e Joelma seguirá carreira solo». Consultado em 7 de agosto de 2016 
  3. Ego. (23 de novembro de 2015). «Chimbinha passa a adotar a letra X e anuncia nome de nova banda». ego.globo.com. Consultado em 26 de novembro de 2015 
  4. «Banda Calypso 15 Anos». www.bandacalypso.com.br. Consultado em 8 de agosto de 2016 
  5. MusicaTop. «Altas Horas » Joelma conta como conheceu…». Musicastop.mus.br. Consultado em 30 de setembro de 2012 
  6. «Banda Calypso - Especial Hits do Verão 2006». Abril.com. Abril.com.br. Consultado em 21 de fevereiro de 2010 
  7. «Banda Calypso: você precisa reconhecer que eles sabem fazer negócios». 11 de junho de 2014. Consultado em 7 de agosto de 2016 
  8. «Banda Calypso: você precisa reconhecer que eles sabem fazer negócios». 11 de junho de 2014. Consultado em 7 de agosto de 2016 
  9. «Banda Calypso 15 Anos». www.bandacalypso.com.br. Consultado em 7 de agosto de 2016 
  10. «"Programa da Sabrina" (29/08/2015) Joelma anuncia fim da banda Calypso – Famosos na Web». 29 de agosto de 2015. Consultado em 8 de agosto de 2016 
  11. «Chimbinha apresenta Thábata Mendes, nova vocalista da Calypso». Consultado em 8 de agosto de 2016 
  12. «Thabata Mendes confirma sua saída da XCalypso em rede social». Consultado em 8 de agosto de 2016 
  13. «Após saída de Thábata, XCalypso de Ximbinha terá três vocalistas - Últimas Notícias - UOL Música». Consultado em 8 de agosto de 2016 
  14. «Ximbinha anuncia nova vocalista da XCalypso - Cifra Club News». Consultado em 8 de agosto de 2016 
  15. «conheca-a-historia-de-amor-e-odio-de-joelma-e-chimbinha». 6 de outubro de 2015. Consultado em 8 de agosto de 2016 
  16. [[1]]
  17. «Título de Cidadão». Alepe - Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco. Consultado em 8 de agosto de 2016 
  18. «Joelma e Chimbinha estão separados – Blog da Fabíola Reipert – R7». Blog da Fabíola Reipert. 31 de julho de 2015. Consultado em 8 de agosto de 2016 
  19. «Joelma e Chimbinha assinam divórcio em Vara da Família no Recife». 9 de novembro de 2015. Consultado em 8 de agosto de 2016 
  20. «Joelma quebra o silêncio e diz que Chimbinha tentou jogá-la do 2º andar - Últimas Notícias - UOL Música». Consultado em 8 de agosto de 2016 
  21. «Justiça manda Chimbinha ficar longe de Joelma». Diário Online - Polícia. Consultado em 8 de agosto de 2016 
  22. «Filha de Joelma acusa Chimbinha de assédio:». Consultado em 8 de agosto de 2016 
  23. «Chimbinha rebate Joelma e nega acusações de agressão e desvio de recursos: "Me deixe em paz"». www.msn.com. Consultado em 8 de agosto de 2016 
  24. «Chimbinha admite traição, chora e diz que gurus influenciam Joelma - Últimas Notícias - UOL Música». Consultado em 8 de agosto de 2016 
  25. «Ximbinha assume relacionamento com jovem que enlouquecia Joelma de ciúmes; veja fotos – Bhaz Variedades». Consultado em 8 de agosto de 2016 
Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.