Colchete

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Colchete (símbolo))
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para o elemento arquitectónico, veja Cogulho.

O colchete ou parêntese reto é um símbolo utilizado na língua portuguesa, na matemática, na química e também na informática. Em alguns casos, os parênteses têm maior precedência do que os colchetes, noutros casos a precedência é igual. Os seus símbolos são os seguintes: [ para abrir e ] para fechar.

Emprego dos colchetes[editar | editar código-fonte]

Os colchetes têm a mesma finalidade que os parênteses, todavia seu uso se restringe aos escritos de cunho didático, filológico, científico, linguístico. Seu uso mais largo ocorre na matemática, quando os colchetes precedem os parênteses em uma equação. Pode ser empregado:

  • em definições do dicionário, para fazer referência à etimologia da palavra.

Por exemplo: amor- (ô). [Do lat. amore.] 1. Sentimento que predispõe alguém a desejar o bem de outrem, ou de alguma coisa: amor ao próximo; amor ao patrimônio artístico de sua terra. (Novo Dicionário Aurélio)

  • para intercalar palavras ou símbolos não pertencentes ao texto.

Por exemplo: Em Aruba se fala o espanhol, o inglês, o holandês e o papiamento. Aqui estão algumas palavras de papiamento que você, com certeza, vai usar:

  1. - Bo ta bon? [Você está bem?]
  2. - Dios ta di Brazil. [Deus é brasileiro.]
  • para inserir comentários e observações em textos já publicados.

Por exemplo: Machado de Assis escreveu muitas cartas a Sílvio Dinarte [pseudônimo de Visconde de Taunay, autor de "Inocência"].

  • para indicar omissões de partes na transcrição de um texto.

Por exemplo: "É homem de sessenta anos feitos [...] corpo antes cheio que magro, ameno e risonho" (Machado de Assis)[1].

  • para acrescentar uma palavra, a fim de esclarecer a anterior.

Por exemplo: O Brasil é grande. Ele [Brasil] também é importante.

Informática[editar | editar código-fonte]

Em diversas linguagens de programação, os colchetes são utilizados para definição de listas e arrays. Exemplo: [4, 1, 9] é um conjunto sequencial dos inteiros 4, 1 e 9.

Química[editar | editar código-fonte]

É utilizado na Química para indicar concentração.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre tipografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.