Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Copa do Mundo de Clubes FIFA de 2016
2016 FIFA Club World Cup logo.svg.png
Dados
Participantes 7
Organização FIFA
Anfitrião  Japão
Período 8 – 18 de dezembro
Gol(o)s 28
Partidas 8
Média 3,5 gol(o)s por partida
Campeão Espanha Real Madrid (2º título)
Vice-campeão Japão Kashima Antlers
3º colocado Colômbia Atlético Nacional
4º colocado México América
Melhor marcador Portugal Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 4 gols
Maiores goleadas
(diferença)
Jeonbuk Hyundai Coreia do Sul 4–1 África do Sul Mamelodi Sundowns
Estádio de Futebol da Cidade de SuitaOsaka
14 de dezembro, disputa pelo 5° lugar
 
Atlético Nacional Colômbia 0–3 Japão Kashima Antlers
Estádio de Futebol da Cidade de SuitaOsaka
14 de dezembro, semifinal
Público 238 428
Média 29 803,5 pessoas por partida
Premiações
Melhor jogador
Portugal Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
Fair play Japão Kashima Antlers
◄◄ Japão 2015 Soccerball.svg 2017 =Emirados Árabes Unidos ►►

A Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2016 foi a décima terceira edição do mundial de clubes da Federação Internacional de Futebol (FIFA), sendo disputada entre os dias 8 e 18 de dezembro de 2016 no Japão.[1]

O Real Madrid, da Espanha, conquistou seu quinto título mundial, depois da vitória na final por 4–2 sobre o clube local Kashima Antlers, após a prorrogação.[2] Anteriormente o clube conquistou três edições da Copa Intercontinental em 1960, 1998 e 2002 e uma Copa do Mundo de Clubes da FIFA em 2014.[3]

Escolha da sede[editar | editar código-fonte]

O processo de candidatura para os torneios de 2015 e 2016, bem como as edições de 2017 e 2018, iniciaram-se em fevereiro de 2014.[4] As associações interessadas em sediar os torneios tiveram que apresentar uma declaração de interesse até 30 de março de 2014 e fornecer os projetos até 25 de agosto de 2014.[5] O Comitê Executivo da FIFA selecionaria o anfitrião em sua reunião em Marrocos, em dezembro de 2014.[6] No entanto, a decisão da sede foi feita apenas em 2015.[7]

Os seguintes países demonstraram interesse em sediar os torneios de 2015 e 2016:[8]

Com a desistência indiana em novembro de 2014,[9] o Japão foi oficialmente escolhido em 23 de abril de 2015 para sediar as edições de 2015 e 2016.[7]

Equipes classificadas[editar | editar código-fonte]

Localidade das equipes que disputam a Copa do Mundo de Clubes FIFA de 2016.
Confederação Equipe Classificação Participação
Disputa a partir das semifinais
CONMEBOL Colômbia Atlético Nacional Campeão da Copa Libertadores da América de 2016
UEFA Espanha Real Madrid Campeão da Liga dos Campeões da UEFA de 2015–16 3ª (2000, 2014)
Disputa a partir das quartas de finais
AFC Coreia do Sul Jeonbuk Hyundai Motors Campeão da Liga dos Campeões da AFC de 2016 2ª (2006)
CAF África do Sul Mamelodi Sundowns Campeão da Liga dos Campeões da CAF de 2016
CONCACAF México América Campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF de 2015–16 3ª (2006, 2015)
Disputa a partir do playoff para as quartas de final
OFC Nova Zelândia Auckland City Campeão da Liga dos Campeões da OFC de 2016 8ª (2006, 2009, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015)
País-sede Japão Kashima Antlers Campeão da J-League de 2016

Arbitragem[editar | editar código-fonte]

Lista dos árbitros e assistentes que foram nomeados para o torneio:[10]

Árbitros Assistentes
África
ZâmbiaZAM Janny Sikazwe
GâmbiaGAM Bakary Gassama
AngolaANG Jerson dos Santos QuéniaKEN Marwa Range
Ásia
BahreinBHR Nawaf Shukralla
UzbequistãoUZB Ravshan Irmatov
BahreinBHR Yaser Abdulla Tulefat CatarQAT Taleb Al Marri
Europa
HungriaHUN Viktor Kassai
EslovéniaSVN Damir Skomina
Países BaixosNED Danny Makkelie
HungriaHUN György Ring HungriaHUN Vencel Tóth
América do Norte, Central e Caribe
MéxicoMEX Roberto García
Estados UnidosUSA Mark Geiger
MéxicoMEX José Luis Camargo MéxicoMEX Alberto Morín
Oceania
Polinésia FrancesaTAH Abdelkader Zitouni
Nova ZelândiaNZL Nicholas Waldron
Polinésia FrancesaTAH Philippe Revel
América do Sul
ParaguaiPAR Enrique Cáceres
UruguaiURU Andrés Cunha
ParaguaiPAR Eduardo Cardozo ParaguaiPAR Juan Zorrilla

• Árbitro de vídeo

Árbitro de vídeo[editar | editar código-fonte]

Pela primeira vez em uma competição da FIFA, foi utilizado os árbitros de vídeos para auxiliar os árbitros de campo durante todas as partidas. Ainda em fase experimental, um árbitro ficou dentro do centro de transmissões com imagens de todos os lances do jogo e informou ao árbitro principal, que continuou com a decisão final.[11] Dentre os lances que poderiam ser analisados estavam a linha de gol, pênaltis e cartões.[12]

A primeira partida que houve a utilização do recurso foi na semifinal entre Atlético Nacional, da Colômbia e Kashima Antlers, do Japão, aos 29 minutos do primeiro tempo. No lance, o árbitro húngaro Viktor Kassai marcou pênalti para a equipe japonesa após consulta ao vídeo.[13]

Sedes[editar | editar código-fonte]

Em 9 de junho de 2016, o Estádio de Futebol da Cidade de Suita, em Suita, na província de Osaka, e o Estádio Internacional de Yokohama, em Yokohama, foram anunciadas as duas sedes do torneio.[14]

Osaka
Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2016 (Japão)
Yokohama
Estádio de Futebol da Cidade de Suita Estádio Internacional de Yokohama
34° 48′ 41,04″ N, 135° 32′ 27,24″ L 35° 30′ 35″ N, 139° 36′ 20″ L
Capacidade: 39 694 Capacidade: 72 327
SCFS04.JPG NISSANSTADIUM20080608.JPG

Elencos[editar | editar código-fonte]

Cada time deve enviar uma lista com 23 jogadores, sendo que três obrigatoriamente precisam ser goleiros.

Partidas[editar | editar código-fonte]

Play-off Quartas de final Semifinais Final
 8 de dezembro – Yokohama  
 Japão Kashima Antlers  2   11 de dezembro – Osaka        
 Nova Zelândia Auckland City  1      África do Sul Mamelodi Sundowns  0
14 de dezembro – Osaka
   Japão Kashima Antlers  2    
 Colômbia Atlético Nacional  0
     Japão Kashima Antlers  3  
18 de dezembro – Yokohama
 Japão Kashima Antlers  2
11 de dezembro – Osaka
   Espanha Real Madrid (pro)  4
 Coreia do Sul Jeonbuk Hyundai Motors  1
15 de dezembro – Yokohama
 México América  2    
 México América  0
5º lugar 3º lugar
     Espanha Real Madrid  2  
 Coreia do Sul Jeonbuk Hyundai Motors  4  Colômbia Atlético Nacional (pen)  2 (4)
 África do Sul Mamelodi Sundowns  1  México América  2 (3)
14 de dezembro – Osaka 18 de dezembro – Yokohama

Todas as partidas seguem o fuso horário local (UTC+9).[15]

Play-off[editar | editar código-fonte]

8 de dezembro Kashima Antlers Japão 2 – 1 Nova Zelândia Auckland City Estádio Internacional, Yokohama
19:30
Akasaki Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67'
Kanazaki Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88'
Relatório Kim Dae-wook Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50' Público: 17 667
Árbitro: ZâmbiaZAM Janny Sikazwe
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
K. Antlers
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Auckland City

Quartas de final[editar | editar código-fonte]

Um sorteio foi realizado em 21 de setembro de 2016 para determinar as posições das três equipes que entram nesta fase.[16]

11 de dezembro Jeonbuk Hyundai Motors Coreia do Sul 1 – 2 México América Estádio de Futebol da Cidade de Suita, Osaka
16:00
Kim Bo-kyung Gol marcado aos 23 minutos de jogo 23' Relatório Romero Gol marcado aos 58 minutos de jogo 58', Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74' Público: 14 587
Árbitro: HungriaHUN Viktor Kassai
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Jeonbuk
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
América

11 de dezembro Mamelodi Sundowns África do Sul 0 – 2 Japão Kashima Antlers Estádio de Futebol da Cidade de Suita, Osaka
19:30
Relatório Endo Gol marcado aos 63 minutos de jogo 63'
Kanazaki Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88'
Público: 21 702
Árbitro: MéxicoMEX Roberto García
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
M. Sundowns
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
K. Antlers

Disputa pelo quinto lugar[editar | editar código-fonte]

14 de dezembro Jeonbuk Hyundai Motors Coreia do Sul 4 – 1 África do Sul Mamelodi Sundowns Estádio de Futebol da Cidade de Suita, Osaka
16:30
Kim Bo-kyung Gol marcado aos 18 minutos de jogo 18'
Lee Jong-ho Gol marcado aos 29 minutos de jogo 29'
Ricardo Nascimento Gol contra marcado aos 41 minutos de jogo 41' (g.c.)
Kim Shin-wook Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89'
Relatório Tau Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48' Público: 5 938
Árbitro: BahreinBHR Nawaf Shukralla
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Jeonbuk
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
M. Sundowns

Semifinais[editar | editar código-fonte]

14 de dezembro Atlético Nacional Colômbia 0 – 3 Japão Kashima Antlers Estádio de Futebol da Cidade de Suita, Osaka
19:30
Relatório Doi Gol marcado aos 33 minutos de jogo 33' (pen)
Endo Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83'
Suzuki Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85'
Público: 15 050
Árbitro: HungriaHUN Viktor Kassai
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atl. Nacional
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
K. Antlers

15 de dezembro América México 0 – 2 Espanha Real Madrid Estádio Internacional, Yokohama
19:30
Relatório Benzema Gol marcado aos 45+2 minutos de jogo 45+2'
Cristiano Ronaldo Gol marcado aos 90+3 minutos de jogo 90+3'
Público: 50 117
Árbitro: ParaguaiPAR Enrique Cáceres
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
América
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Real Madrid

Disputa pelo terceiro lugar[editar | editar código-fonte]

18 de dezembro América México 2 – 2 Colômbia Atlético Nacional Estádio Internacional, Yokohama
16:00
Arroyo Gol marcado aos 38 minutos de jogo 38'
Peralta Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66' (pen)
Relatório Samudio Gol contra marcado aos 6 minutos de jogo 6' (g.c.)
Guerra Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26'
Público: 44 625
Árbitro: BahreinBHR Nawaf Shukralla
    Penalidades  
Martínez Erro
Samudio Erro
Quintero Convertido
Peralta Convertido
Arroyo Convertido
3 – 4 Convertido Mosquera
Erro Nieto
Convertido Bocanegra
Convertido Torres
Convertido Borja
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
América
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Atl. Nacional

Final[editar | editar código-fonte]

18 de dezembro Real Madrid Espanha 4 – 2 (pro) Japão Kashima Antlers Estádio Internacional, Yokohama
19:30
Benzema Gol marcado aos 9 minutos de jogo 9'
Cristiano Ronaldo Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60' (pen), Gol marcado aos 98 minutos de jogo 98', Gol marcado aos 104 minutos de jogo 104'
Relatório Shibasaki Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44', Gol marcado aos 52 minutos de jogo 52' Público: 68 742
Árbitro: ZâmbiaZAM Janny Sikazwe
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Real Madrid
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
K. Antlers

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2016
Espanha
Real Madrid
Campeão
(2º título)
Fair Play
Fair play Japão Kashima Antlers

Individuais[editar | editar código-fonte]

Bola de Ouro Bola de Prata Bola de Bronze
Portugal Cristiano Ronaldo (Real Madrid) Croácia Luka Modrić (Real Madrid) Japão Gaku Shibasaki (Kashima Antlers)

Fonte:[17]

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Para estatísticas, partidas decididas na prorrogação são consideradas como vitória e derrota e partidas decididas nos pênaltis são contadas como empate.

Pos. Times P J V E D GP GC SG
1 Espanha Real Madrid 6 2 2 0 0 6 2 +4
2 Japão Kashima Antlers 9 4 3 0 1 9 5 +4
3 Colômbia Atlético Nacional 1 2 0 1 1 2 5 –3
4 México América 4 3 1 1 1 4 5 –1
5 Coreia do Sul Jeonbuk Hyundai Motors 3 2 1 0 1 5 3 +2
6 África do Sul Mamelodi Sundowns 0 2 0 0 2 1 6 –5
7 Nova Zelândia Auckland City 0 1 0 0 1 1 2 –1

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Homem do Jogo[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Japan set to host continental champions in 2015 and 2016» (em inglês). FIFA. Consultado em 23 de abril de 2015 
  2. «Real leva susto de japoneses, mas vence com três de CR7 e fatura 5º Mundial». UOL Esporte. 18 de dezembro de 2016. Consultado em 19 de dezembro de 2016 
  3. «El Real Madrid es pentacampeón». AS. 19 de dezembro de 2016. Consultado em 25 de dezembro de 2016 
  4. «Blatter: A legacy for the future» (em inglês). FIFA. Consultado em 19 de dezembro de 2013 
  5. «Bidding process opened for eight FIFA competitions» (em inglês). FIFA. Consultado em 19 de dezembro de 2013 
  6. India.com. «India may get to host FIFA Club World Cup» (em inglês). Consultado em 15 de outubro de 2014 
  7. a b «Japan set to host continental champions in 2015 and 2016». FIFA. 23 de abril de 2015. Consultado em 9 de dezembro de 2016 
  8. «High interest in hosting FIFA competitions» (em inglês). FIFA. Consultado em 9 de maio de 2014 
  9. «India not bidding for 2015 and 2016 Fifa Club World Cups» (em inglês). The Times of India. Consultado em 13 de novembro de 2014 
  10. «Appointment of Match Officials» (PDF) (em inglês). FIFA. Consultado em 6 de dezembro de 2016 
  11. «Pela primeira vez, Fifa usará recurso de vídeo para ajudar árbitros». O Dia. 7 de dezembro de 2016. Consultado em 9 de dezembro de 2016 
  12. «Fifa inova e confirma Mundial de Clubes com árbitros de vídeo». GloboEsporte.com. 7 de dezembro de 2016. Consultado em 9 de dezembro de 2016 
  13. «1º pênalti marcado por árbitro de vídeo tem erro contra o At. Nacional». UOL Esporte. 14 de dezembro de 2016. Consultado em 14 de dezembro de 2016 
  14. «Innovative Suita City Football Stadium to make FIFA Club World Cup debut» (em inglês). FIFA. Consultado em 19 de agosto de 2016 
  15. «Match Schedule – FIFA Club World Cup Japan 2016» (PDF) (em inglês). FIFA. Consultado em 9 de setembro de 2016 
  16. «Route to global glory revealed» (em inglês). FIFA. Consultado em 21 de setembro de 2016 
  17. «Com três gols na decisão, CR7 é eleito o melhor do torneio; Modric em 2º». Globoesporte.com. 18 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]