Final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Final da Copa do Mundo de
Clubes da FIFA de 2016
NISSANSTADIUM20080608.JPG
Evento
(prorrogação)
Data 18 de dezembro
Local Estádio Internacional de Yokohama, Yokohama
Melhor em campo Portugal Cristiano Ronaldo
Árbitro ZâmbiaZAM Janny Sikazwe
Público 68 742

A Final da Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2016 foi a 13ª final desta competição, realizada anualmente pela FIFA. Foi disputada no Estádio Internacional de Yokohama, em Yokohama, no dia 18 de dezembro.

Caminhos até a final[editar | editar código-fonte]

Espanha Real Madrid Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2016 Japão Kashima Antlers
Time Resultado Time Resultado
Não disputou
Play-off
Austrália Auckland City 2–1
Não disputou
Quartas de Final
África do Sul Mamelodi Sundowns 2–0
México América 2–0
Semifinais
Colômbia Atlético Nacional 3–0

A partida[editar | editar código-fonte]

O Jogo[editar | editar código-fonte]

Na final do Mundial de 2016, o Real Madrid sem sombra de dúvidas era o favorito. Iria enfrentar o representante do país sede, Kashima Antlers, que fez bela campanha, mas que não tirava o favoritismo do time espanhol. Com a bola rolando, o Real Madrid não demorou muito para abrir o marcador na partida. Aos 9 minutos Modric recebeu livre na entrada da área e chutou. Sogahata espalmou nos pés de Benzema e o francês anotou o gol dos merengues. Os japoneses então se animaram e chegaram ao gol de empate no último minuto da primeira etapa. Doi recebeu na ponta esquerda e cruzou para Shibasaki. O meia ainda contou com o erro de Varane para chutar no canto esquerdo de Navas.

A segunda etapa começou cheia de emoções. Shibasaki aproveitou saída errada de Sergio Ramos, driblou Varane na entrada da área e bateu no cantinho para virar a partida. O time do Real Madrid reagiu e chegou ao empate minutos depois. Vázquez invadiu a área e foi derrubado por Yamamoto. Cristiano Ronaldo bateu com categoria e empatou. Mesmo buscando o gol da virada, os espanhóis ainda sofreram pressão perto do final do jogo. Fabrício, que entrou no segundo tempo, chutou da entrada da área e Navas salvou o Rea Madrid.

A partida foi decidida na prorrogação. Cristiano Ronaldo entrou em ação mais uma vez para colocar o Real Madrid no topo do mundo pela quinta vez[1] (até então, o Real Madrid já havia vencido 1 Copa do Mundo de Clubes da FIFA e 3 Copa Intercontinental). O gol da virada veio após passe de Benzema para o português. Ele apareceu livre no meio da área e tocou com a perna esquerda para o gol. Ainda no primeiro tempo da prorrogação CR7 dominou um chute de Kross e deu números finais à partida: 4x2. O Real Madrid novamente era campeão mundial.[2]

Detalhes da partida[editar | editar código-fonte]

18 de dezembro Real Madrid Espanha 4 – 2 (pro) Japão Kashima Antlers Estádio Internacional, Yokohama
19:30
Benzema Gol marcado aos 9 minutos de jogo 9'
Cristiano Ronaldo Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60' (pen), Gol marcado aos 98 minutos de jogo 98', Gol marcado aos 104 minutos de jogo 104'
Relatório Shibasaki Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44', Gol marcado aos 52 minutos de jogo 52' Público: 68 742
Árbitro: ZâmbiaZAM Janny Sikazwe
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Real Madrid
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
K. Antlers

REAL MADRID:
G 1 Costa Rica Keylor Navas
LD 2 Espanha Daniel Carvajal Penalizado com cartão amarelo após 102 minutos 102'
Z 5 França Raphaël Varane
Z 4 Espanha Sergio Ramos Capitão Penalizado com cartão amarelo após 55 minutos 55' Substituído após 108 minutos de jogo 108'
LE 12 Brasil Marcelo
M 19 Croácia Luka Modrić Substituído após 106 minutos de jogo 106'
M 14 Brasil Casemiro Penalizado com cartão amarelo após 100 minutos 100'
M 8 Alemanha Toni Kroos
A 17 Espanha Lucas Vázquez Substituído após 81 minutos de jogo 81'
A 9 França Karim Benzema
A 7 Portugal Cristiano Ronaldo Substituído após 112 minutos de jogo 112'
Substituições:
M 22 Espanha Isco Entrou em campo após 81 minutos 81'
M 16 Croácia Mateo Kovačić Entrou em campo após 106 minutos 106'
Z 6 Espanha Nacho Entrou em campo após 108 minutos 108'
A 21 Espanha Álvaro Morata Entrou em campo após 112 minutos 112'
Treinador:
França Zinédine Zidane
Real Madrid vs Kashima Antlers 2016-12-18.svg

KASHIMA ANTLERS:
G 21 Japão Hitoshi Sogahata
LD 22 Japão Daigo Nishi
Z 23 Japão Naomichi Ueda
Z 3 Japão Gen Shoji
LE 16 Japão Shuto Yamamoto Penalizado com cartão amarelo após 58 minutos 58'
M 25 Japão Yasushi Endo Substituído após 102 minutos de jogo 102'
M 10 Japão Gaku Shibasaki
M 40 Japão Mitsuo Ogasawara Capitão Substituído após 67 minutos de jogo 67'
M 6 Japão Ryōta Nagaki Substituído após 114 minutos de jogo 114'
A 33 Japão Mu Kanazaki
A 8 Japão Shoma Doi Substituído após 88 minutos de jogo 88'
Substituições:
M 11 Brasil Fabrício Penalizado com cartão amarelo após 93 minutos 93' Entrou em campo após 67 minutos 67'
A 34 Japão Yuma Suzuki Entrou em campo após 88 minutos 88'
Z 24 Japão Yukitoshi Ito Entrou em campo após 102 minutos 102'
A 18 Japão Shuhei Akasaki Entrou em campo após 114 minutos 114'
Treinador:
Japão Masatada Ishii

Bandeirinhas:
QuéniaKEN Marwa Range
AngolaANG Jerson dos Santos
Quarto árbitro:
HungriaHUN Viktor Kassai
Quinto árbitro:
HungriaHUN György Ring
VAR árbitros:
Países BaixosNED Danny Makkelie
EslovéniaSVN Damir Skomina
GâmbiaGAM Bakary Gassama

Regras de jogo [3]

  • 90 minutos.
  • 30 minutos de Prorrogação se necessário.
  • Disputa por pênaltis, se o placar ainda não tiver sido classificado.
  • Doze nomeados substitutos.
  • Máximo de três substituições, com um quarto sendo permitido no tempo extra.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Real Madrid Kashima Antlers
Gols marcados 4 2
Chutes 30 11
Chutes a gol 12 5
Posse de bola 59% 41%
Escanteios 14 6
Faltas cometidas 17 19
Impedimentos 2 4
Cartões amarelos 3 2
Cartões vermelhos 0 0

Premiações[editar | editar código-fonte]

Copa do Mundo de Clubes da FIFA 2016
Espanha
Real Madrid
Campeão
(2º título)
Fair Play
Fair play Japão Kashima Antlers

Individuais[editar | editar código-fonte]

Bola de Ouro Bola de Prata Bola de Bronze Melhor jogador da partida
Portugal Cristiano Ronaldo (Real Madrid) Croácia Luka Modrić (Real Madrid) Japão Gaku Shibasaki (Kashima Antlers) Portugal Cristiano Ronaldo (Real Madrid)

Fonte:[4]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]