Danny

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Danny
Danny
Danny em 2015 pelo Zenit
Informações pessoais
Nome completo Daniel Miguel Alves Gomes
Data de nasc. 7 de agosto de 1983 (39 anos)
Local de nasc. Caracas, Venezuela
Nacionalidade português
venezuelano
Altura 1,78 m
ambidestro
Informações profissionais
Clube atual aposentado
Posição meio-campista
Clubes de juventude
1999–2001 Marítimo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2001–2002
2002–2005
2003–2004
2005–2008
2008–2017
2017–2018
2018
Marítimo
Sporting
Marítimo (emp.)
Dínamo de Moscou
Zenit
Slavia Praha
Marítimo
00022 0000(5)
00020 0000(1)
00046 0000(3)
00113 000(21)
00255 000(67)
00032 0000(2)
00016 0000(0)
Seleção nacional3
2003–2005
2008–2016
Portugal Sub-21
Portugal
00017 0000(0)
00038 0000(4)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 19 de setembro de 2019.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 16 de maio de 2016.

Daniel Miguel Alves Gomes (Caracas, 7 de agosto de 1983), mais conhecido como Danny, é um ex-futebolista português que atuava como meio-campista.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Nascido na Venezuela, no seio de uma família portuguesa, Danny foi ainda muito novo para a Ilha da Madeira, terra de seus pais, e lá deu seus primeiros passos no futebol nas categorias de base do Marítimo. Promovido à equipe principal do Marítimo na temporada 2001–02, o meia marcou cinco gols em 22 partidas.

Foi contratado pelo Sporting em julho de 2002, por 2,1 milhões de euros. Pelos Leões, Danny atuou em apenas 20 partidas e só marcou um gol. Em janeiro de 2003 retornou ao Marítimo, por empréstimo.

Dínamo de Moscou e Zenit[editar | editar código-fonte]

Deixou o Sporting em definitivo em janeiro de 2005, sendo contratado pelo Dínamo de Moscou, da Rússia. Com 31 jogos e seis gols marcados em 2005, Danny foi premiado como o melhor jogador da equipe naquela temporada.

Foi contratado pelo Zenit em agosto de 2008, por 30 milhões de euros, naquela que foi a transferência mais cara do futebol russo.[1] O meia estreou pelo clube no dia 29 de agosto, na vitória por 2 a 1 contra o Manchester United, em jogo válido pela Supercopa da UEFA.[2] Danny marcou um belo gol, teve grande atuação e acabou sendo escolhido o melhor em campo pela UEFA.[3]

Retorno ao Marítimo[editar | editar código-fonte]

Acertou seu retorno ao Marítimo no dia 23 de julho de 2018, assinando por uma temporada com o clube português.[4]

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Entre 2003 e 2005, Danny realizou 17 partidas pela Seleção Portuguesa Sub-21.

Fez a sua estreia pela Seleção Portuguesa principal no dia 20 de agosto de 2008, num amistoso contra as Ilhas Faroé em que Portugal goleou por 5 a 0.[5][6]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Sporting
Zenit
Slavia Praga

Referências

  1. «Zenit contrata meia do Dynamo Moscou por € 30 milhões». Trivela. 25 de agosto de 2008. Consultado em 9 de outubro de 2022 
  2. «Zenit supera o Manchester United e leva o título da Supercopa da Europa». UOL. 29 de agosto de 2008. Consultado em 9 de outubro de 2022 
  3. «Zenit surpreende Manchester United e leva a Supercopa da Europa». ESPN Brasil. 1 de setembro de 2008. Consultado em 9 de outubro de 2022 
  4. «Danny regressa ao Marítimo para ser o número 10». Diário de Notícias. 22 de julho de 2018. Consultado em 9 de outubro de 2022 
  5. «Portugal goleia na estréia do sucessor de Felipão». NSC Total. 20 de agosto de 2008. Consultado em 9 de outubro de 2022 
  6. «Portugal goleia (5-0) Ilhas Faroé». Jornal de Notícias. 20 de agosto de 2008. Consultado em 9 de outubro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]