Death Stranding

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Death Stranding
Desenvolvedora(s) Kojima Productions
Publicadora(s) Sony Interactive Entertainment
505 Games
Diretor(es) Hideo Kojima
Produtor(es) Hideo Kojima
Kenichiro Imaizumi
James Vance
Ken Mendoza
Projetista(s) Hideo Kojima
Escritor(es) Hideo Kojima
Kenji Yano
Shuyo Murata
Programador(es) Akio Sakamoto
Artista(s) Yoji Shinkawa
Compositor(es) Ludvig Forssell[1]
Motor Decima[2]
Plataforma(s) PlayStation 4
Conversões Microsoft Windows
Lançamento PlayStation 4
8 de novembro de 2019
Microsoft Windows
14 de julho de 2020
Género(s) Ação[3]
Modos de jogo Um jogador
Multijogador

Death Stranding (デス・ストランディング Desu Sutorandingu?) é um jogo eletrônico de ação desenvolvido pela Kojima Productions e publicado pela Sony Interactive Entertainment. Foi lançado no dia 8 de novembro de 2019 para PlayStation 4 e em 14 de julho de 2020 para Microsoft Windows.[4][5] É o primeiro jogo da companhia e seu diretor Hideo Kojima após a dissolução da empresa como subsidiária da Konami, em 2015. O seu elenco conta com os atores Norman Reedus, Troy Baker, Mads Mikkelsen, Léa Seydoux e Lindsay Wagner. O diretor Guillermo del Toro também aparece no jogo, mas sua voz e movimentos foram capturados por outra pessoa. O título refere-se ao fenômeno do arrojamento, em que animais marinhos encalham em praias.

Death Stranding foi anunciado oficialmente durante a conferência de imprensa da Sony na Electronic Entertainment Expo de 2016. Seu desenvolvimento completo começou em 2017 utilizando o motor de jogo Decima, criado originalmente pela Guerrilla Games e aprimorado por esta e pela Kojima Productions. Um dos principais aspectos do jogo é a conexão entre vida e morte, com Kojima inspirando-se em um conto do escritor Kōbō Abe (Bō ni natta otoko) para o desenvolvimento dos temas e jogabilidade do título.

Death Stranding recebeu críticas geralmente favoráveis ​​através da crítica especializada, que o viram como uma experiência única e elogiaram sua dublagem, trilha sonora, história e gráficos, embora muitos tenham sido polarizados por sua jogabilidade e ritmo.[6][7] Ele recebeu dez indicações no The Game Awards 2019, vencendo em três: "Melhor Direção de Jogo", "Melhor Trilha Sonora" e "Melhor Performance" para Mads Mikkelsen.[8]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Cercado pela morte, Sam Bridges deverá enfrentar um mundo completamente transformado pelo Death Stranding (um evento apocalíptico). Carregando as últimas esperanças de um futuro, Sam embarca em uma jornada para reconstruir o mundo aniquilado, um passo de cada vez.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O ator norte-americano Norman Reedus deu a voz, aspecto e captura de movimentos ao personagem Sam.

Introdução e Trailers[editar | editar código-fonte]

Depois de um longo conflito com a Konami,[9][10] a Kojima Productions acabaram por fechar em julho de 2015, e reformaram-se como produtores independentes em dezembro do mesmo ano.[11][12]

Hideo Kojima, produtor e diretor do jogo, anunciou oficialmente Death Stranding na E3 2016 durante a conferencia de imprensa da Sony com um teaser trailer em que se pode ouvir a cancão "I'll Keep Coming" da banda Low Roar.[13] O vídeo usa a tecnologia de fotogrametria e captura de movimentos. O primeiro teaser apresenta Norman Reedus, que é o protagonista, marcando assim a segunda colaboração entre Kojima e Reedus (depois do cancelado Silent Hills).[14]

Em janeiro de 2016, Kojima e Mark Cerny (arquitecto do sistema PlayStation 4) viajaram a procurar opções para um motor para produzir o jogo.[15][13][16] Foi mais tarde anunciado que a Guerrilla Games iria colaborar com a Kojima Productions na produção do jogo e que este iria usar o mesmo motor que Horizon Zero Dawn da Guerrilla, o Decima.[17][18] Death Stranding é compatível com resolução 4K e HDR.[19] Durante a conferencia de imprensa da Sony no Tokyo Game Show de 2016, Kojima referiu que o jogo teria um ambiente em mundo aberto, e funções para multijogador.[20]

Um segundo trailer durante o The Game Awards 2016 revelou que o ator Mads Mikkelsen e o diretor Guillermo del Toro também fazem parte do projeto. Guillermo del Toro, um renomado cineasta, já havia colaborado com Kojima e Reedus em Silent Hills.[17][21][22][23][24][25].

Assim como o primeiro trailer mostrado na E3 2016, o segundo trailer também inclui uma cancão da banda islandesa Low Roar, chamada ''Easy Way Out''. Música essa que aborda o suicídio como uma ''saída mais fácil''.

Após um longo período de espera de um ano, no The Game Awards 2017 foi finalmente mostrado o terceiro trailer. O trailer apresenta novamente Norman Reedus e seu personagem, que teve seu nome finalmente revelado; Sam. Além de Sam, outros dois personagens pertencentes a empresa Bridges também são mostrados.

Na E3 2018, o quarto trailer de Death Stranding foi apresentado de uma forma completamente diferente dos outros. Segundo Hideo Kojima, ele quis passar um sentimento de tranquilidade e calma nesse trailer, diferente dos anteriores. Nesse trailer foi revelada a participação de duas atrizes, Léa Seydoux e Lindsay Wagner, ambas tendo um papel de extrema importância na história.

Conceito[editar | editar código-fonte]

De acordo com Kojima, um dos aspectos chaves do jogo é a ligação que existe entre a vida e a morte.[26] O Raio de Schwarzschild e a Equação de Dirac – relacionado com a Teoria da relatividade e as mecânicas quânticas – aparecem no colar usado pelo personagem de Reedus,[14] que conta com a companhia de uma personagem feminina.[27]

Kojima explicou os temas do jogo através de uma historia de Kōbō Abe, na qual Abe refere que o primeiro utensílio criado por humanos foi uma vara, para ser usado como proteção e afastar as coisas más, e o segundo utensílio foi a corda, que serve para segurar coisas que consideramos importantes. Kojima comparou as principais "ferramentas" nos jogos de ação – esmurrar, disparar e pontapear – com as varas, e disse que em Death Stranding ele quer que as pessoas comuniquem através do jogo como equivalente a cordas.[26] O titulo refere-se ao arrojamento de animais marinhos nas costas marítimas e que dentro do contexto do jogo significa que algo de outro mundo ficou encalhado no nosso mundo.[28]

Durante a conferencia de imprensa da Sony na Electronic Entertainment Expo em Junho de 2016, Hideo Kojima descreveu que o gênero do jogo é quasi-ação, mas com outros elementos. Ele referiu o seu jogo Metal Gear, que agora é considerado um jogo stealth, mas quando foi lançado era apenas ação porque o gênero stealth ainda não existia.[26]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Death Stranding, publicado pela Sony Interactive Entertainment, foi lançado em 8 de novembro de 2019 para PlayStation 4 e em 14 de julho de 2020 para Windows.[5]

Recepção[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Destructoid 8/10[29]
Electronic Gaming Monthly 5 de 5 estrelas.[30]
Famitsu 40/40[31]
Game Informer 7/10[32]
Game Revolution 5/5[33]
GameSpot 9/10[34]
GamesRadar+ 3.5 de 5 estrelas.[35]
Giant Bomb 2 de 5 estrelas.[36]
IGN 6,8/10[37]
VideoGamer.com 8/10[38]
Pontuação global
Publicação Nota média
Metacritic PC: 87/100[39]
PS4: 82/100[40]

Após o seu lançamento, Death Stranding recebeu críticas "geralmente favoráveis" de acordo com o agregador de resenhas Metacritic.[40] Algumas publicações notaram uma série de reações polarizadas de revisores em geral, com o jogo sendo elogiado por seus conceitos exclusivos, apelo duradouro, gráficos, dublagem e trilha sonora, mas também considerado frustrante, inchado e lento.[41][42][43][44] Russ Frushtick, da Polygon, descreveu Death Stranding como "o simulador de caminhada mais avançado que o mundo já viu" e como sendo "composto inteiramente de missões de busca" mas que foi "chocantemente" divertido "quando saía do meu próprio caminho". Frushtick argumentou que o jogo "parecia dois jogos em um", consistindo em "uma aventura de mundo aberto totalmente única com multijogador cooperativo assíncrono que permite-me sentir que sou parte de uma comunidade, construindo um mundo do zero" e "um filme longo, confuso e profundamente estranho".[45] É o quarto jogo dirigido por Kojima e o 26º no geral a receber uma pontuação perfeita (40/40) pela revista japonesa Famitsu.[46] Por outro lado, embora reconheça que haveria quem apreciasse esse tipo de jogo, o jornalista Jim Sterling chamou Death Stranding de "Hideo Kojima em plena indulgência" e disse que é "irritante, e quando não é irritante, é chato", criticando os intrincados sistemas e detalhes do jogo que ele achava que não melhoravam o nível de diversão, mas foram implementados para por uma questão de realismo ou para o jogo "mostrar-se". Apesar disso, ele elogiou os recursos sociais on-line, bem como alguns segmentos que, juntamente com a trilha sonora, "[constroem] uma pequena atmosfera agradável".[47]

Death Stranding foi sujeito a uma review bombing negativa no Metacritic. Em dezembro de 2019, o site removeu mais de 6.000 comentários negativos de usuários para evitar uma "potencial manipulação de pontuação", julgando-os suspeitos.[48][49]

Vendas[editar | editar código-fonte]

Na sua semana de estreia, Death Stranding foi o jogo físico mais vendido no Japão, com a Famitsu relatando que o jogo vendeu 185.909 cópias.[50] Isso fez dele a estreia de maior sucesso de uma nova propriedade intelectual no Japão para a atual geração de consoles, ultrapassando o recordista anterior, Judgement.[51] Segundo a Famitsu, Death Stranding permaneceu no ranking dos 30 jogos físicos mais vendidos no Japão por cinco semanas, até 15 de dezembro, tendo atingido mais de 253.000 unidades vendidas naquele momento.[52]

No Reino Unido, o título estreou na segunda posição no gráfico de vendas físicas, atrás de Call of Duty: Modern Warfare. Suas vendas fizeram dele a segunda maior estreia de um exclusivo de PlayStation de 2019 naquele local, atrás de Days Gone.[53] De acordo com a Media Create, Death Stranding estreou em número um nas tabelas de vendas físicas do Taiwan e da Coréia do Sul.[54] O jogo também liderou as tabelas da Itália[55] e da França.[56]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Death Stranding recebeu o prêmio de "Melhor Exclusivo de PS4" no IGN Game of the Year Awards 2019, além de ser indicado em "Melhor Trilha Sonora" e "Melhor Direção de Arte".[57]

Ano Premiação Categoria Resultado Ref.
2017 Golden Joystick Awards Jogo Mais Aguardado Indicado [58]
2018 Indicado [59]
2019 Titanium Awards Jogo do Ano Indicado [60][61]
Melhor Design de Narrativa Venceu
Melhor Jogo de Aventura Indicado
Melhor Trilha Sonora (Ludvig Forssell) Venceu
Melhor Performance de um Espanhol (Carlos di Blasi) Indicado
The Game Awards 2019 Jogo do Ano Indicado [62]
Melhor Direção de Jogo Venceu
Melhor Narrativa Indicado
Melhor Direção de Arte Indicado
Melhor Trilha Sonora Venceu
Melhor Design de Áudio Indicado
Melhor Performance (Mads Mikkelsen) Venceu
Melhor Performance (Norman Reedus) Indicado
Melhor Jogo de Ação-aventura Indicado
Voz do Jogador Indicado
2020 New York Game Awards Big Apple Award para Melhor Jogo do Ano Indicado [63]
Tin Pan Alley Award para Melhor Música em um Jogo Indicado
Statue of Liberty Award para Melhor Mundo Indicado
Herman Melville Award para Melhor Escrita Indicado
Great White Way Award para Melhor Atuação em um Jogo (Norman Reedus) Indicado
Great White Way Award para Melhor Atuação em um Jogo (Margaret Qualley) Indicado
Great White Way Award para Melhor Atuação em um Jogo (Tommie Earl Jenkins) Indicado
Guild of Music Supervisors Awards Melhor Supervisão Musical em um Jogo Eletrônico Indicado [64]
D.I.C.E. Awards 2020 Jogo do Ano Indicado [65][66]
Melhor Animação Indicado
Melhor Direção de Arte Indicado
Melhor Personagem (Cliff Unger) Indicado
Melhor Personagem (Sam Porter Bridges) Indicado
Melhor Design de Áudio Venceu
Excelência em Realização Técnica Venceu
Jogo de Aventura do Ano Indicado
NAVGTR Awards Melhor Trilha Sonora Dramática, Novo IP Venceu [67][68]
Performance em um Drama, Suporte (Mads Mikkelsen) Venceu
Coleção Sonora Venceu
Melhor Canção Original ou Adaptada ("BB's Theme") Venceu
Edição de Som em um Jogo Cinematográfico Venceu
Efeitos Sonoros Indicado
Uso de Som, Novo IP Indicado
Game Developers Choice Awards 2020 Jogo do Ano Indicado [69]
Melhor Narrativa Indicado
Melhor Tecnologia Indicado
Melhor Arte Visual Indicado
Melhor Áudio Indicado
Melhor Design Indicado
Prêmio de Inovação Indicado
SXSW Gaming Awards Jogo Viral do Ano Indicado [70][71]
Prêmio Matthew Crump Cultural de Inovação Indicado
Excelência em Animação Indicado
Excelência em Trilha Sonora Venceu
Excelência em Narrativa Indicado
Excelência em Realização Técnica Venceu
Excelência em Visual Indicado
British Academy Games Awards Animação Indicado [72][73]
Realização Artística Indicado
Realização de Áudio Indicado
Jogo Estreante Indicado
Game Beyond Entertainment Indicado
Música Indicado
Propriedade Original Indicado
Melhor Performance Principal (Norman Reedus) Indicado
Melhor Performance Secundária (Léa Seydoux) Indicado
Melhor Performance Secundária (Troy Baker) Indicado
Realização Técnica Venceu
Famitsu Dengeki Awards 2019 Jogo do Ano Indicado [74]
Melhor Cenário Indicado
Melhores Gráficos Venceu
Melhor Música Indicado
Melhor Personagem (Clifford Unger) Indicado
Melhor Personagem (Sam Porter Bridges) Venceu
Melhor Jogo de Ação-aventura Venceu
Melhor Estreia Venceu
G.A.N.G. Awards Áudio do Ano Venceu [75][76]
Design de Som do Ano Venceu
Melhor Áudio em uma Cutscene Cinematográfica Venceu
Melhor Diálogo Venceu
Melhor Trilha Sonora Interativa Indicado
Melhor Canção Original ("BB's Theme") Indicado
Melhor Álbum de Trilha Sonora Original Venceu
Melhor Mixagem de Áudio Venceu

Referências

  1. Forssell, Ludvig (3 de dezembro de 2016). «Twitter status 12/03/16». Twitter 
  2. Christopher Grant (3 de dezembro de 2016). «Death Stranding is using the Horizon Zero Dawn engine». Polygon. Consultado em 4 de dezembro de 2016 
  3. Davenport, James (16 de junho de 2016). «Kojima's Death Stranding will be an action game, sort of». PC Gamer. Consultado em 12 de agosto de 2016 
  4. Nunes, Tiago (21 de abril de 2020). «Death Stranding adiado no PC». GameHub.pt. Consultado em 21 de abril de 2020 
  5. a b «Kojima confirma Death Stranding para Windows, via Twitter» (em inglês). 28 de novembro de 2019 
  6. Taylor, Haydn. «Death Stranding: Critical Consensus». GamesIndustry.biz. Consultado em 1 de novembro de 2019 
  7. Dayus, Oscar. «Death Stranding review scores – our roundup of the critics». PCGamesN. Consultado em 1 de novembro de 2019 
  8. Goslin, Austen (13 de dezembro de 2019). «All the winners from The Game Awards 2019». Polygon. Consultado em 13 de dezembro de 2019 
  9. «Kojima Expected to Leave Konami After MGS5, Inside Source Confirms». GameSpot. Consultado em 19 de março de 2015 
  10. «Metal Gear Solid creator's involvement in series questioned, Konami removes branding». Polygon. Consultado em 19 de março de 2015 
  11. «Kojima Productions Has Disbanded, Says Metal Gear Solid Voice Actor». GameSpot. Consultado em 11 de julho de 2015 
  12. «Hideo Kojima Talks New Studio, 'Edgy' PlayStation Game, and the Future». IGN. 16 de dezembro de 2015. Consultado em 18 de dezembro de 2015 
  13. a b McWhertor, Michael (15 de junho de 2016). «Death Stranding's teaser probably won't be playable, Hideo Kojima says». Polygon. Consultado em 13 de outubro de 2016 
  14. a b Hernandez, Patricia (14 de junho de 2016). «Hideo Kojima's New Game, Death Stranding, Already Has Conspiracy Theories». Kotaku. Consultado em 12 de outubro de 2016 
  15. Reiner, Andrew (15 de junho de 2016). «An Interview With Hideo Kojima». Game Informer. Consultado em 13 de outubro de 2016 
  16. Kyle Sledge. «Kojima and PS4 Lead Architect Touring World for 'High-End Technology'». Gamerant. Consultado em 14 de dezembro de 2016 
  17. a b Leon Hurley (3 de dezembro de 2016). «Here's everything we know about Death Stranding's Guerrilla Games produced Decima engine». GamesRadar. Consultado em 5 de dezembro de 2016 
  18. Luís Alves (4 de dezembro de 2016). «Death Stranding usa o mesmo motor de Horizon: Zero Dawn». Eurogamer. Consultado em 5 de dezembro de 2016 
  19. Te, Zorine (13 de setembro de 2016). «Hideo Kojima Reveals New Death Stranding Details». GameSpot. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  20. Sykes, Tom. «Kojima's Death Stranding is an action game in an open world». PC Gamer. Consultado em 14 de setembro de 2016 
  21. D'Anastasio, Cecilia (1 de dezembro de 2016). «Death Stranding Goes Full Kojima With Mysterious New Trailer». Kotaku 
  22. Hussain, Tamoor. «New Death Stranding Trailer Is Very Weird, Features Hannibal Actor Mads Mikkelsen». GameSpot. Consultado em 2 de dezembro de 2016 
  23. Daniel Tack (1 de dezembro de 2016). «Death Stranding Features Mads Mikkelsen In New Trailer». Game Informer. Consultado em 2 de dezembro de 2016 
  24. G., Andrew (1 de dezembro de 2016). «STAR WARS, HANNIBAL ACTOR MADS MIKKELSEN CONFIRMED FOR KOJIMA'S DEATH STRANDING». IGN. Consultado em 2 de dezembro de 2016 
  25. Matt Kamen (2 de dezembro de 2016). «Hideo Kojima's new Death Stranding trailer is the most twisted yet». Wired. Consultado em 2 de dezembro de 2016 
  26. a b c «E3 2016: More Cryptic Death Stranding Details From Kojima». IGN. 15 de junho de 2016. Consultado em 21 de junho de 2016 
  27. Makuch, Eddie (18 de setembro de 2016). «Death Stranding Possibly Coming in 2018, May Feature Female Hero». GameSpot. Consultado em 18 de setembro de 2016 
  28. Kamen, Matt (13 de setembro de 2016). «Hideo Kojima reveals more about his mysterious Death Stranding game». Wired. Consultado em 17 de setembro de 2016 
  29. Carter, Chris (1 de novembro de 2019). «Review: Death Stranding». Destructoid. Consultado em 1 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2019 
  30. L Patterson, Mollie (1 de novembro de 2019). «Death Stranding review». Electronic Gaming Monthly. Consultado em 1 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2019 
  31. Romano, Sal (5 de novembro de 2019). «Famitsu Review Scores: Issue 1614». Gematsu. Consultado em 9 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 6 de novembro de 2019 
  32. Kato, Matthew (1 de novembro de 2019). «Death Stranding Review – The Wanderer». Game Informer. Consultado em 1 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2019 
  33. Faulkner, Jason (1 de novembro de 2019). «Death Stranding Review - A weapon to surpass Metal Gear». Game Revolution. Consultado em 1 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2019 
  34. Plagge, Kallie (1 de novembro de 2019). «Death Stranding Review - Strand And Deliver». GameSpot. Consultado em 1 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2019 
  35. Hurley, Leon (1 de novembro de 2019). «Death Stranding review: "An okay game ironically lost in its lengthy delivery"». GamesRadar. Consultado em 1 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2019 
  36. Navarro, Alex (6 de novembro de 2019). «Death Stranding review». Giant Bomb. Consultado em 7 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2019 
  37. Ogilvie, Tristan (1 de novembro de 2019). «Death Stranding Review». IGN. Consultado em 1 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2019 
  38. Wise, Josh (1 de novembro de 2019). «Death Stranding review». VideoGamer.com. Consultado em 1 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2019 
  39. «Death Stranding for PC Reviews». Metacritic. Consultado em 17 de julho de 2020 
  40. a b «Death Stranding for PlayStation 4 Reviews». Metacritic. Consultado em 5 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2019 
  41. Taylor, Haydn. «Death Stranding: Critical Consensus». GamesIndustry.biz. Consultado em 1 de novembro de 2019 
  42. Dayus, Oscar. «Death Stranding review scores – our roundup of the critics». PCGamesN. Consultado em 1 de novembro de 2019 
  43. Tyrer, Ben. «Death Stranding review round-up: Hideo Kojima's latest splits critics». GamesRadar. Consultado em 1 de novembro de 2019 
  44. Robinson, Andy. «Death Stranding review round-up: Critics divided on Kojima's epic». Video Games Chronicle. Consultado em 1 de novembro de 2019 
  45. Frushtick, Russ (1 de novembro de 2019). «Death Stranding review: Hideo Kojima tries to make fetch happen». Polygon (em inglês). Consultado em 8 de novembro de 2019 
  46. «Famitsu gives Death Stranding a perfect 40/40 review score». VGC (em inglês). 6 de novembro de 2019. Consultado em 25 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 25 de janeiro de 2020 
  47. «Death Stranding - Made For Walking (Jimpressions)». YouTube. Consultado em 11 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 10 de novembro de 2019 
  48. «Metacritic Removed 'Suspicious' Death Stranding User Ratings». IGN. 9 de dezembro de 2019. Consultado em 14 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 13 de dezembro de 2019 
  49. «Metacritic deleted more than 6,000 negative ratings for Death Stranding». Digital Trends. 8 de dezembro de 2019. Consultado em 14 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 14 de dezembro de 2019 
  50. «【ソフト&ハード週間販売数】『デス・ストランディング』が初週18.6万本で初登場1位! 『リングフィット アドベンチャー』は累計20万本を突破【11/4~11/10】». Famitsu (em japonês). Consultado em 15 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 15 de novembro de 2019 
  51. «Death Stranding is the biggest debut of any new IP in Japan this generation». Android Central. 13 de novembro de 2019. Consultado em 15 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2019 
  52. «Famitsu Sales: 12/09/19 – 12/15/19 [Update]». Gematsu. 18 de dezembro de 2019. Consultado em 28 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 19 de dezembro de 2019. 26. [PS4] Death Stranding (Limited Editions Included) (SIE, 11/08/19) – 4,729 (253,475) 
  53. Phillips, Tom (11 de novembro de 2019). «Death Stranding is PlayStation's second-biggest exclusive this year». Eurogamer. Consultado em 15 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 14 de novembro de 2019 
  54. «MediaCreate 11 月 4 日~11 月 10 日一週銷售排行榜 《死亡擱淺》奪日台韓三地榜首». 巴哈姆特電玩資訊站. Consultado em 18 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2019 
  55. «Death Stranding è il gioco più venduto in Italia nell'ultima settimana (Death Stranding is the most sold video game of the week in Italy)». IGN Italy (em italiano). 18 de novembro de 2019. Consultado em 14 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 14 de dezembro de 2019 
  56. «TOP VENTES». S.E.L.L. (em francês). Consultado em 14 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 16 de novembro de 2019. 2019, Semaine 45 
  57. «IGN's 2019 Game of the Year Awards». IGN. 10 de dezembro de 2019. Consultado em 17 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 5 de fevereiro de 2020 
  58. Gaito, Eri (13 de novembro de 2017). «Golden Joystick Awards 2017 Nominees». Best in Slot. Consultado em 20 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 4 de abril de 2019 
  59. Hoggins, Tom (24 de setembro de 2018). «Golden Joysticks 2018 nominees announced, voting open now». The Daily Telegraph. Consultado em 20 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 11 de outubro de 2018 
  60. «Titanium Awards 2019». Fun & Serious Game Festival. Consultado em 22 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 21 de novembro de 2019 
  61. «Ganadores de los premios Titanium del Fun & Serious 2019». Generación Xbox (em espanhol). 10 de dezembro de 2019. Consultado em 10 de dezembro de 2019 
  62. Makuch, Eddie (13 de dezembro de 2019). «The Game Awards 2019 Winners: Sekiro Takes Game Of The Year». GameSpot. Consultado em 13 de dezembro de 2019. Cópia arquivada em 13 de dezembro de 2019 
  63. Sheehan, Gavin (2 de janeiro de 2020). «The New York Game Awards Announces 2020 Nominees». Bleeding Cool. Consultado em 4 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 4 de janeiro de 2020 
  64. Halperin, Shirley (9 de janeiro de 2020). «'Euphoria,' 'Marvelous Mrs. Maisel' Among Guild of Music Supervisors Awards Nominees». Variety. Consultado em 17 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 11 de janeiro de 2020 
  65. Chalk, Andy (13 de janeiro de 2020). «Control and Death Stranding get 8 nominations each for the 2020 DICE Awards». PC Gamer. Consultado em 17 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2020 
  66. Van Allen, Eric (14 de fevereiro de 2020). «Untitled Goose Game Wins Top Bill at the 2020 D.I.C.E. Awards». USgamer. Consultado em 14 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 14 de fevereiro de 2020 
  67. «2019 Nominees». National Academy of Video Game Trade Reviewers. 13 de janeiro de 2020. Consultado em 21 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2020 
  68. «2019 Winners». National Academy of Video Game Trade Reviewers. 24 de fevereiro de 2020. Consultado em 25 de fevereiro de 2020 
  69. Shanley, Patrick (8 de janeiro de 2020). «'Death Stranding' Leads Game Developers Choice Awards Nominees». The Hollywood Reporter. Consultado em 8 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2020 
  70. Grayshadow (17 de fevereiro de 2020). «2020 SXSW Gaming Awards Nominees Revealed». NoobFeed. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 
  71. Grayshadow (25 de março de 2020). «SXSW 2020 Gaming Award Winners Revealed». Noobfeed. Consultado em 28 de março de 2020 
  72. Stuart, Keith (3 de março de 2020). «Death Stranding and Control dominate Bafta games awards nominations». The Guardian. Consultado em 3 de março de 2020 
  73. Chilton, Louis (2 de abril de 2020). «Bafta Games Awards 2020: The results in full». The Independent. Consultado em 2 de abril de 2020 
  74. Sato (18 de abril de 2020). «Here Are the Winners of the Famitsu Dengeki Game Awards 2019». Siliconera. Consultado em 3 de maio de 2020 
  75. Wilson, Kelly (13 de fevereiro de 2020). «Game Audio Network Guild Announces 18th Annual G.A.N.G. Award Nominees». The Hype Magazine. Consultado em 27 de fevereiro de 2020 
  76. Tangcay, Jazz (6 de maio de 2020). «'Death Stranding' Sweeps Gaming's G.A.N.G. Awards With Six Wins Including Audio of the Year». Variety. Consultado em 7 de maio de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]