Duarte Leite

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Duarte Leite
Presidente do Ministério de  Portugal
Período 16 de junho de 1912
até 9 de janeiro de 1913[nota 1]
Antecessor(a) Augusto de Vasconcelos
Sucessor(a) Afonso Costa
Dados pessoais
Nome completo Duarte Leite Pereira da Silva
Nascimento 11 de agosto de 1864
Porto,  Portugal
Morte 29 de setembro de 1950 (86 anos)
Lousada,  Portugal
Nacionalidade Portugal Português
Progenitores Mãe: Isabel Maria da Soledade
Pai: Rafael Leite Pereira da Silva
Alma mater Universidade de Coimbra
Esposa Maria Eulália Falcão Leite
Partido Partido Republicano Português (1897—1911)
Independente (1911—1950)
Profissão Matemático, professor universitário, historiador, diplomata e político

Duarte Leite Pereira da Silva GCC (Porto, 11 de Agosto de 1864Lousada, 29 de setembro de 1950 (86 anos)), conhecido apenas por Duarte Leite, foi um professor, historiador, diplomata e político republicano português dos tempos da Primeira República.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formou-se na Universidade de Coimbra em 1885, na Faculdade de Ciências, em Matemática e Filosofia, com a tese Integração das diferenciais algébricas.

Foi docente da Academia Politécnica do Porto onde regeu, durante vinte e cinco anos, de 1886 a 1911, as cadeiras de Geometria descritiva, Astronomia e Geodesia. Simultaneamente foi director do diário A Pátria.

A partir de 1906 ocupou sucessivamente diferentes cargos políticos: vereador da Câmara Municipal do Porto e, em seguida, Ministro das Finanças no governo presidido por João Chagas.

De 16 de Junho de 1912 a 9 de Janeiro de 1913 foi Primeiro Ministro num governo que integrou democráticos, evolucionistas e unionistas.

De 1914 até 1931 foi embaixador de Portugal no Brasil.

A 17 de Agosto de 1922 foi Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo.[1]

A partir de 1931 passou a viver na sua casa de Meinedo (Douro), onde escreveu alguns livros sobre História de Portugal assim como sobre a história dos Descobrimentos portugueses. Os seus estudos sobre os descobrimentos portugueses deram origem a uma monografia em dois volumes intitulada História dos descobrimentos.

Referências

  1. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Duarte Leite Pereira da Silva". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 11 de novembro de 2015 

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Entre 23 e 30 de setembro de 1912, Augusto de Vasconcelos foi presidente interino do Ministério.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
José Relvas
Ministro das Finanças de Portugal
1911
(II Governo Republicano)
Sucedido por
Sidónio Pais
Precedido por
Augusto de Vasconcelos
Presidente do Ministério de Portugal
1912
(IV Governo Republicano)
Sucedido por
Augusto de Vasconcelos
(interino)
Precedido por
Silvestre Falcão
Ministro do Interior de Portugal
1912
(IV Governo Republicano)
Sucedido por
Augusto de Vasconcelos
(interino)
Precedido por
Augusto de Vasconcelos
(interino)
Presidente do Ministério de Portugal
(cont.)
19121913
(IV Governo Republicano)
Sucedido por
Afonso Costa
Precedido por
Augusto de Vasconcelos
(interino)
Ministro do Interior de Portugal
(cont.)
19121913
(IV Governo Republicano)
Sucedido por
Rodrigo Rodrigues