Enos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Enos
Sant'Enos em vitral da Catedral de Lyon.
Santo Patriarca
Progenitores Pai: Sete
Veneração por Anglicanismo
Islamismo
Ortodoxia
Gloriole.svg Portal dos Santos

Enos; alternativamente escrito como Enosh e Henos; (Hebraico: אֱנוֹשׁ‎ ʾĔnōš; "homem mortal"; Árabe: أَنُوش/يَانِش‎, romanizado: Yāniš/’Anūš; Grego: Ἐνώς Enṓs; Ge'ez: ሄኖስ, Henos) é um patriarca antidiluviano do livro de Gênesis na Bíblia Hebraica. Ele é descrito como o primeiro filho de Sete, e consequentemente, neto de Adão e Eva.

Enos é neto de Adão.[1] O nome de seu pai é Sete, que gerou Enos quando tinha cento e cinco anos de idade.[2] Enos gerou Cainã aos noventa anos de idade,[3] teve vários filhos e filhas,[4] sendo uma das filhas Sehatpar. Enos morreu aos novecentos e cinco anos.[5]

Foi durante os dias de Enos que «(...) os homens começaram a invocar o nome de Jeová.» (Gênesis 4:26) O Easton's Bible Dictionary dá duas interpretações para este verso: ou foi nesta época que os homens que adoravam a Deus se diferenciaram dos idólatras, ou esta foi uma época de reavivamento espiritual.[6] Segundo Maimonides, foi na época de Enos que os homens, inclusive o próprio Enos, passaram a adorar as estrelas e a construir templos para elas.[7]

De acordo com o livro dos Jubileus, Sete se casou com sua irmã Azûrâ, e Enos nasceu no quarto ano da sexta semana.[Nota 1][8] Enos se casou com sua irmã Nôâm, e desta união nasceu Kenan.[9] A esposa de Kenan foi sua irmã Mûalêlêth.[10]

De acordo com o Livro da Abelha, Enos poderia ter sido o primeiro a escrever livros sobre a trajetória das estrelas e os signos do Zodíaco.[11]

Idades dos patriarcas
nome idade ao ser pai idade ao morrer data de nascimento e morte (de acordo com Ussher)
Adão 130 930 4004 - 3074 a.C.
Sete 105 912 3874 - 2962 a.C.
Enos 90 905 3769 - 2864 a.C.
Cainã 70 910 3679 - 2769 a.C.
Maalalel 65 895 3609 - 2714 a.C.
Jarede 162 962 3544 - 2582 a.C.
Enoque 65 365 3382 - 3017 a.C.
Matusalém 187 969 3317 - 2349 a.C.
Lameque 182 777 3130 - 2353 a.C.
Noé 500 950 2948 - 1998 a.C.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A raiz de seu nome vem do verbo 'anash (אנש), que significa ser fraco e social. O Dicionário de Nomes Próprios do Velho Testamento de Jones traduz o nome como homem fraco e miserável, mas NOBSE Study Bible Name List traduz apenas como mortal.[12]

Árvore genealógica segundo Gênesis[13][14][editar | editar código-fonte]

Adão
Eva
Caim
Abel
Sete
Enoque
Enos
Irad
Cainã
Meujael
Malalel
Metusael
Jarede
Ada
Lameque
Zilá
Enoque
Jabal
Jubal
Tubalcaim
Naamá
Matusalém
Lameque
Noé
Sem
Cam
Jafé

Notas e referências

Notas

Referências

  1. Dedução com base na genealogia.
  2. Gênesis 5:6
  3. Gênesis 5:9
  4. Gênesis 5:10
  5. Gênesis 5:11
  6. Easton's Bible Dictionary, Enos [em linha]
  7. Maimonides, citado por Adam Clarke, Commentary on the Bible (1831), Genesis Chapter 4 [em linha]
  8. Livro dos Jubileus, 4.11 [em linha]
  9. Livro dos Jubileus, 4.13
  10. Livro dos Jubileus, 4.14
  11. Livro da Abelha, Capítulo XVIII [em linha]
  12. «The amazing name Enosh: meaning and etymology». Abarim Publications (em inglês). Consultado em 3 de julho de 2021 
  13. Gênesis 4:
  14. Gênesis 5: