Fabiana Karla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fabiana Karla
Fabiana Karla em 2022
Nome completo Fabiana Karla Sousa Simões Barbosa
Nascimento 30 de outubro de 1975 (46 anos)
Recife, PE
Residência Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileira
Estatura 1,65 m
Cônjuge Samuel Petroti (c. 1998–2009)
Diogo Mello Prado (c. 2017)
Filho(a)(s) Beatriz Rossetti
Laura Simões
Samuel Filho
Ocupação
Período de atividade 1990–presente
Prêmios Lista

Fabiana Karla Sousa Simões Barbosa (Recife, 30 de outubro de 1975) é uma atriz, apresentadora e humorista brasileira, indicada ao Grande Otelo de Melhor Atriz Coadjuvante.[1] Conhecida por seus personagens cômicos na televisão e no cinema, ela também acumula indicações para dois prêmios Melhores do Ano e em 2016 venceu um prêmio do Los Angeles Brazilian Film Festival por seu documentário O Caso Dionísio Díaz.[2]

Nascida e criada em Recife, Fabiana Karla iniciou sua carreira no teatro amador, onde ganhou destaque por suas interpretações de personagens populares. Em busca de ampliar sua carreira de atriz, mudou-se para o Rio de Janeiro e começou logo a atuar em produções da televisão. Sua estreia ocorreu em 2003 como a empregada Célia da novela Mulheres Apaixonadas, da TV Globo.[3] Mas foi em 2004 que ela ganhou notoriedade ao integrar o elenco do humorístico Zorra Total, onde permaneceu até em 2015 e se destacou por personagens como a empregada Lucicreide e nutricionista Lorca.[4] Em 2012 voltou às novelas atuando como Olga no remake Gabriela. Em 2013 interpretou a enfermeira Perséfone em Amor à Vida, trabalho esse que lhe rendeu uma indicação de Melhor Atriz Coadjuvante no Melhores do Ano. Em 2019 intepretou a vidente Madá em Verão 90 e estreou como apresentadora no programa Se Joga. Em 2022 foi elogiada por interpretar a poderosa Helena Maravilha na série Rensga Hits!, do Globoplay.[5]

No cinema, Fabiana fez sua estreia no curta-metragem Marina, onde interpretou Luli. Em 2005 atuou em seu primeiro longa-metragem, A Máquina. Desde então, passou a se destacar em filmes de comédia sucesso de bilheteria, como Trair e Coçar É Só Começar e Xuxa Gêmeas, de 2006. Em 2011, foi elogiada por sua atuação na comédia dramática O Palhaço, onde ela deu vida a palhaça Tonha. Por seu desempenho ela foi indicada pela Academia Brasileira de Cinema ao Grande Otelo de Melhor Atriz Coadjuvante.[1] Ainda esteve no elenco das comédias Casa da Mãe Joana 2 (2013), Loucas pra Casar (2015), Tô Ryca (2016) e no infantil D.P.A. 2 - O Mistério Italiano, como a bruxa Mínima Buongusto. Em 2021 estreou como protagonista no filme Lucicreide Vai pra Marte.[6] Em 2022 estrela o filme Uma Pitada de Sorte.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou sua carreira aos 14 anos realizando espetáculos amadores. Participou ainda de seriados como A Grande Família e Linha Direta. Ingressou no elenco de Zorra Total em 2004, ficando até 2016, onde criou os bordões: “Isso não te pertence mais!”, “Desenrola, carretel” e “Isso pode", vivendo Gislaine, Dra. Lorca e Lucicreide, personagem de sua autoria.[7]

Atuou em 2012 na novela Gabriela, que contou ainda com a cantora Ivete Sangalo no elenco, em seu primeiro trabalho fixo como atriz. No remake, assinado por Walcyr Carrasco, a atriz viveu a abastada e fogosa Olga Bastos, casada com Tonico Bastos (Marcelo Serrado). Em 2013, aceitou trabalhar novamente com Walcyr Carrasco, agora em Amor à Vida. Ela vivia a enfermeira Perséfone, uma mulher sonhadora e romântica, virgem, que nunca chegou a amar de fato alguém até encontrar Daniel (Rodrigo Andrade), com quem se casa e perde a virgindade. Integrou no elenco da nova Escolinha do Professor Raimundo, interpretando Dona Cacilda, vivida originalmente por Cláudia Jimenez.

No cinema, Fabiana estreou em 2003 no filme Marina, seu primeiro curta-metragem, dirigido pela diretora e produtora Isabel Diegues. Depois vieram os filmes Trair e Coçar é Só Começar (2006), A Máquina (2006), Xuxa Gêmeas (2006), O Palhaço (2011), Meus Dois Amores (2012), Casa da Mãe Joana 2 (2013),[8] Loucas pra Casar (2015) e Tô Ryca (2016).

No teatro, entre outras produções, protagonizou a versão brasileira de Gorda (2010), de Neil LaBute. Em A Vida Em Rosa (2012) de Adriana Falcão, além de atuar, realizou sua primeira produção. Em Nessa Mesa de Bar, Fabiana mostrou sua versatilidade como artista cantando sucessos do cantor pernambucano Reginaldo Rossi.

Além de atriz Fabiana é escritora. Em 2013 lançou seu primeiro livro infantil: O Rapto do Galo.

Em 2017, deixa o elenco do humorístico Zorra.[9] Em 2018 fez parte do Sitcom Dra. Darci.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Fabiana é filha de um auditor fiscal e de uma professora. Ela é mãe de três filhos, Beatriz Rossetti, Laura Simões e Samuel Filho, frutos de relacionamentos anteriores. Desde 2017, a atriz namora com Diogo Mello, com que se casou em 2019. Em dezembro de 2021, a atriz anunciou o fim de seu casamento.[10] Após um mês, em janeiro de 2022, ela reatou seu casamento com Diogo.[11]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Nota
2003 Mulheres Apaixonadas Célia
2004–15 Zorra Total Lucicreide / Doutora Lorca / Gislaine / Dilmaquinista / Fabi Amaranto / Búnia / Mortuália [12]
2005 Dança dos Famosos Participante Temporada 1
2007 A Grande Família Doralice Episódio: "O Pai de Júlio"
2012 Gabriela Olga Bastos
2013 Amor à Vida Perséfone Fortino
2014 As Canalhas Carolina[13] Episódio: "Danielle"
2015 Tomara que Caia Vários personagens[14]
2015–17 Zorra Vários personagens
2015–21 Escolinha do Professor Raimundo Cacilda
Lucicreide Temporada 6
2017 Mister Brau Priscila[15][16] Episódio: "4 de julho"
Popstar Participante Temporada 1
2018 Malhação: Vidas Brasileiras Penha da Paz[17] Episódios: "23 de agosto–5 de setembro"
2018–
atual
Dra. Darci Cíntia[18]
2019 Verão 90 Madalena Sampaio (Madá) / Freda Mercúrio[19]
2019–20 Se Joga Apresentadora
2019 A Gente Riu Assim Cacilda Especial
2020 Arraiá em Casa Apresentadora[20] Especial
2021 Falas Femininas Mediadora[21][22] Especial
2022 Rensga Hits! Helena Maravilha/ Francinéia de Souza[23]
2022 Central de Bicos Meg Maçaneta[24]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2003 Marina Luli Curta-metragem
2005 A Máquina Dona Nazaré
2006 Trair e Coçar É Só Começar Zefinha
Xuxa Gêmeas A Enfermeira
2011 O Palhaço Tonha
2012 Meus Dois Amores Tomázia
2013 Casa da Mãe Joana 2 Maria Antônia Josefa Joana (Maria Antonieta)
2015 Loucas pra Casar Dolores[25]
2016 O Caso Dionisio Díaz Direção/ Roteiro[26] Documentário
Tô Ryca Marilene
2017 Altas Expectativas Taxista[27]
2018 Crô em Família Jurema
D.P.A. 2 - O Mistério Italiano Mínima Buongusto
2019 Os Parças 2 Arrumadeira[28]
2020 De Perto Ela Não É Normal Fabiana
2021 Lucicreide Vai pra Marte Lucicreide[29]
2022 Uma Pitada de Sorte Pérola[30]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Participação especial no CD "Par ou Ímpar" de Kleiton e Kledir na Faixa 7, trova do Guri e da Guria.
  • Interpretou Cake Perry (Paródia de Katy Perry)`no vídeo Adiposa Girl (paródia da música de Perry, California Girls), do grupo de humor Galo Frito.

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1990 João e Maria, uma História Brasileira Edilene Verde
2006 Balaio de Gatos Adelina
2007 Hoje me chamo Dinorá Marta
2009 Decameron Gleusa Portílio
2009–10 Gorda Helena
2012–13 A Vida em Rosa Rosa
2014–15 Nessa Mesa de Bar Alice

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Livros Publicados
Ano Título Notas
2013 O Rapto do Galo Livro infantil
2017 Gordelícias - cronicas de quatro mulheres felizes com seu corpo co-autora (com Cacau Protásio, Mariana Xavier e Simone Gutierrez)

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Associações Categoria Nomeações Resultado Ref.
2006 Prêmio Bennett Mulher Televisão
Zorra Total
Venceu [31]
2008 Melhores do Ano Melhor Comediante Indicado
2011 Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Atriz Coadjuvante
O Palhaço
Indicado [32]
2013 Melhores do Ano Melhor Atriz Coadjuvante
Amor à Vida
Indicado [33]
2016 Los Angeles Brazilian Film Festival Melhor Documentário
O Caso Dionísio Diaz
Venceu [34]
2022 Festival Sesc Melhores Filmes Melhor Atriz Nacional
Lucicreide Vai pra Marte
Indicado [35]

Referências

  1. a b AdoroCinema. «Confira os indicados para o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2012». AdoroCinema. Consultado em 15 de agosto de 2022 
  2. «Fabiana Karla dirige documentário e ganha prêmio internacional». Diário de Pernambuco. Consultado em 15 de agosto de 2022 
  3. «Fabiana Karla deixa a Globo depois de 19 anos». NaTelinha. Consultado em 15 de agosto de 2022 
  4. «Perfil completo». memoriaglobo. Consultado em 15 de agosto de 2022 
  5. «Fabiana Karla vive mulher poderosa na série 'Rensga hits!': 'Ela é uma potência'». Extra Online. Consultado em 15 de agosto de 2022 
  6. Artimos, Danilo (12 de fevereiro de 2021). «Fabiana Karla é a protagonista da comédia Lucicreide Vai Pra Marte». Arroba Nerd. Consultado em 15 de agosto de 2022 
  7. Fabiana Karla diz que praticamente morou na Globo quando atuou em "Gabriela" BOL. (Janeiro, 2013).
  8. Comédia com Fabiana Karla estreia dia 4 de janeiro no AMIL mais expressão. (Dezembro, 2012).
  9. «FABIANA KARLA DEIXA O ZORRA E INVESTE NO CINEMA» 
  10. «Fabiana Karla anuncia fim que casamento com Diogo Mello, após 5 anos juntos». www.uol.com.br. Consultado em 15 de agosto de 2022 
  11. «Fabiana Karla reata casamento um mês após anunciar separação | Donna». GZH. 1 de fevereiro de 2022. Consultado em 15 de agosto de 2022 
  12. «FICHA TÉCNICA – Zorra Total – Memória». Consultado em 11 de setembro de 2021 
  13. Flávia Muniz (28 de março de 2015). «Na série 'As Canalhas', bullying na infância provoca ira e sede de vingança». O Dia. Consultado em 13 de abril de 2015 
  14. «Conheça o elenco de Tomara que Caia, o novo humorístico da Globo» 
  15. «Fabiana Karla faz participação em 'Mister Brau' e personagem se casa com Lima». Gshow.com. Consultado em 4 de julho de 2017 
  16. «Mister Brau: Nova esposa do Lima faz invasão à mansão dos Brau». Observatório da Imprensa. Consultado em 4 de julho de 2017 
  17. Carla Bittencourt (13 de agosto de 2018). «Fabiana Karla faz participação em 'Malhação' na trama de Maria Alice». Extra. Consultado em 13 de agosto de 2018 
  18. «Fabiana Karla é confirmada em novo sitcom de Tom Cavalcante». RD1. Consultado em 13 de dezembro de 2017 
  19. Patrícia Kogut (5 de novembro de 2018). «Fabiana Karla fala da volta às novelas em 'Verão 90'». O Globo. Consultado em 5 de novembro de 2018 
  20. «Arraiá em Casa: canais Globo promovem especial junino». Uol. 5 de novembro de 2018. Consultado em 5 de novembro de 2018 
  21. PIERO VERGÍLIO (16 de janeiro de 2021). «Após sucesso de Falas Negras, Globo consolida especial para dar voz a minorias». Notícias da TV. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  22. Memória da TV (18 de fevereiro de 2021). «"Falas Femininas" contará história de mulheres atuais». Redação. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  23. Patrícia Kogut (11 de agosto de 2021). «Alice Wegmann, Lorena Comparato, Fabiana Karla e Deborah Secco vão estrelar série do Globoplay sobre sertanejo». O Globo. Consultado em 11 de agosto de 2021 
  24. Carla Bittencourt (24 de julho de 2022). «Dispensada pela Globo, Fabiana Karla encarna diarista afetada no Multishow». Notícias da TV. Consultado em 18 de agosto de 2022 
  25. «Loucas pra Casar: Fabiana Karla fala de sua personagem, Dolores». Globo Filmes. 23 de janeiro de 2015. Consultado em 13 de abril de 2015 
  26. «Fabiana Karla lança documentário no CINE PE». Folha Pernambuco. Consultado em 13 de dezembro de 2017 
  27. «Fabiana Karla vive taxista desinibida em 'Altas Expectativas'». VEJA. Consultado em 13 de dezembro de 2017 
  28. «Filme- trailer». Globo Filmes. 27 de agosto de 2018. Consultado em 28 de setembro de 2019 
  29. «Fabiana Karla filma 'Lucicreide vai pra Marte' em Pernambuco». Folha Pernambuco. Consultado em 13 de dezembro de 2017 
  30. «Uma Pitada de Sorte - Globo Filmes». Globo Filmes. Consultado em 13 de dezembro de 2017 
  31. «Fabiana Karla recebe Prêmio Bennett Mulher 2006». O Fuxico. 19 de maio de 2006. Consultado em 28 de maio de 2022 
  32. «G1 - Veja os vencedores do 11º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro». G1. Consultado em 13 de dezembro de 2017 
  33. «Quer conhecer os indicados ao Melhores do Ano? Mate a curiosidade!». 8 de fevereiro de 2014 
  34. Pernambuco, Diario de; Pernambuco, Diario de (22 de setembro de 2016). «Fabiana Karla dirige documentário e ganha prêmio internacional». Diario de Pernambuco. Consultado em 28 de maio de 2022 
  35. «48° Festival Melhores Filmes: Melhor Atriz Nacional». Melhores Filmes Sesc SP. 1 de fevereiro de 2022. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]