Fabiana Karla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fabiana Karla
Nome completo Fabiana Karla Souza Simões Barbosa
Nascimento 30 de outubro de 1975 (41 anos)
Recife, PE
Nacionalidade  brasileira
Ocupação Atriz e comediante
Atividade 1990 – atualidade
Cônjuge Bruno Muniz (2010-presente)
Outros prêmios
Festival Arte Viva Elo

1991: Melhor atriz

Los Angeles Brazilian Film Festival

2016: Melhor documentário. Co-direção: Chico Amorim

IMDb: (inglês)

Fabiana Karla (Recife, 30 de outubro de 1975) é uma atriz e comediante brasileira. Atua na Rede Globo, no cinema e no teatro, fazendo drama ou comédia.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha de um auditor fiscal e de uma professora, Fabiana nasceu em RecifePernambuco.  Em 2010, Fabiana se casou com o terapeuta e músico uruguaio Bruno Muniz. Mãe de Beatriz, Laura e Samuel, frutos de relacionamentos anteriores, começou sua carreira aos 14 anos realizando espetáculos amadores.

Ficou conhecida nacionalmente em 2003, interpretando Célia, a empregada fofoqueira e divertida da novela Mulheres Apaixonadas. Participou ainda de seriados como A Grande Família e Linha Direta. Ingressou no elenco de Zorra Total em 2004, ficando até 2016, onde criou os bordões: “Isso não te pertence mais!”, “Desenrola, carretel” e “Isso pode", vivendo Gislaine, Dra. Lorca e Lucicreide, personagem de sua autoria.[1]

Atuou em 2012 na novela Gabriela, que contou ainda com a cantora Ivete Sangalo no elenco em seu primeiro trabalho fixo como atriz. No remake, assinado por Walcyr Carrasco, a atriz viveu a abastada e fogosa Olga Bastos, casada com Tonico Bastos (Marcelo Serrado). Em 2013, aceitou trabalhar novamente com Walcyr Carrasco, agora em Amor à Vida. Ela vive a enfermeira Perséfone, uma mulher sonhadora e romântica, virgem, que nunca chegou a amar de fato alguém até encontrar Daniel (Rodrigo Andrade), com quem se casa e perde a virgindade. Integrou no elenco da nova Escolinha do Professor Raimundo, interpretando Dona Cacilda, vivida originalmente por Cláudia Jimenez.

No cinema, Fabiana estreou em 2003 no filme Marina, seu primeiro curta-metragem, dirigido pela diretora e produtora Isabel Diegues. Depois vieram os filmes Trair e Coçar é Só Começar (2006), A Máquina (2006), Xuxa Gêmeas (2006), O Palhaço (2011), Meus Dois Amores (2012), Casa da Mãe Joana 2 (2013)[2], Loucas pra Casar (2015) e Tô Ryca! (2016).

No teatro, entre outras produções, protagonizou a versão brasileira de Gorda (2010), de Neil LaBute. Em A Vida Em Rosa (2012) de Adriana Falcão, além de atuar, realizou sua primeira produção. Em "Nessa Mesa de Bar", Fabiana mostrou sua versatilidade como artista cantando sucessos do cantor pernambucano Reginaldo Rossi.

Além de atriz Fabiana é escritora. Em 2013 lançou seu primeiro livro infantil: O Rapto do Galo.

Trajetória[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Lucicreide, personagem criada por Fabiana Karla, e Carretel, interpretado por Nelson Freitas.
Ano Título Personagem
2003 Zorra Total Vários personagens (2003-2015)
Mulheres Apaixonadas Célia
2005 Dança dos Famosos 1 Ela mesma (participante)
Linha Direta Mara
2007 A Grande Família Doralice
2008 Estação Globo Dra. Lorka (participação)
2012 Gabriela Olga Bastos
2013 Amor à Vida Perséfone Caldas Fortino
2014 As Canalhas Carolina [3]
2015 Medida Certa Participante [4]
Tomara que Caia Ela mesma [5]
Escolinha do Professor Raimundo Dona Cacilda (2015-atual)[6]
Zorra Vários personagens (2015-atual)

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2003 Marina Luli
2006 Trair e Coçar É Só Começar Zefinha
A Máquina Dona Nazaré
Xuxa Gêmeas A Enfermeira
2011 O Palhaço Tonha
2012 Meus Dois Amores Tomázia
2013 Casa da Mãe Joana 2 Maria Antonieta
2015 Loucas Pra Casar Dolores [7]
2016 Tô Ryca Marilene

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1990 João e Maria, uma história brasileira Edilene Verde
2006 Balaio de Gatos Adelina
2007 Hoje me chamo Dinorá Marta
2009 Decameron Gleusa Portílio
2010 Gorda Patrícia (Gorda)
2012 A Vida em Rosa Rosa
2014 Nessa Mesa De bar Alice

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Participação especial no CD "Par ou Ímpar" de Kleiton e Kledir na Faixa 7, trova do Guri e da Guria.
  • Interpretou Cake Perry (Paródia de Katy Perry)`no vídeo Adiposa Girl (paródia da música de Perry, California Girls), do grupo de humor Galo Frito.

Livros[editar | editar código-fonte]

Ano Título Notas
2013 O Rapto do Galo Livro infantil

Referências

  1. Fabiana Karla diz que praticamente morou na Globo quando atuou em "Gabriela" BOL. (Janeiro, 2013).
  2. Comédia com Fabiana Karla estreia dia 4 de janeiro no AMIL mais expressão. (Dezembro, 2012).
  3. Flávia Muniz (28 de março de 2015). «Na série ‘As Canalhas’, bullying na infância provoca ira e sede de vingança». O Dia. Consultado em 13 de abril de 2015. 
  4. Zero Hora (2 de maio de 2015). «Com Fabiana Karla, "Medida Certa" volta neste domingo». ZH Entretenimento. Consultado em 3 de maio de 2015. 
  5. «Conheça o elenco de Tomara que Caia, o novo humorístico da Globo». 
  6. Carla Bittencourt (3 de novembro de 2015). «Fabiana Karla ganha surpresa de aniversário na gravação de 'Escolinha do Professor Raimundo'». Extra. Telinha. Consultado em 7 de novembro de 2015. 
  7. «Loucas pra Casar: Fabiana Karla fala de sua personagem, Dolores». Globo Filmes. 23 de janeiro de 2015. Consultado em 13 de abril de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons