FreeDOS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
FreeDOS
Versão do sistema operativo Baseado no DOS
FreeDOS Beta 9 pre-release5 (boot splash) on Bochs sshot20040912.png
Tela de boot do CD do FreeDOS v1.0 Beta 9 pré-lançamento 5
Produção Jim Hall & The FreeDOS team
Linguagem C
Modelo Código Aberto com alguns utilitários de código fechado [1]
Lançamento 12 de janeiro de 1998; há 18 anos
Versão estável 1.1 / 2 de janeiro de 2012; há 4 anos
Arquitetura(s) x86
Núcleo Núcleo monolítico [2]
Licença GPL com alguns utilitários proprietários e freeware
Página oficial FreeDOS.org
Estado de desenvolvimento
Ativo

FreeDOS (anteriormente nomeado Free-DOS e PD-DOS) é um sistema operacional para a arquitetura x86 (IBM PC, Intel e compatíveis) que visa dar compatibilidade com os programas dos já conhecidos sistemas operacionais compatíveis com DOS. Possui licença open-source (GPL - a mesma do Linux) podendo ser copiado, utilizado e modificado livremente. O FreeDOS é construído como um conjunto de diferentes programas, que atuam como pacotes.

Como um membro da Família DOS, FreeDOS provê principalmente o acesso a disco e ao sistema de arquivos por meio do núcleo, e parcialmente o gerenciamento de memória, mas não tem nenhuma interface gráfica (apesar de existirem pacotes para OpenGEM (incluso no CD) e Ozone).

FreeDOS funciona em máquinas antigas como os IBM PCs bem como nas mais atuais além de sistemas embarcados. Assim como o MS-DOS, ele inicia de um disquete ou disco rígido, mas também pode ser carregado a partir de memória ROM. Ao contrário da sua contraparte proprietária, FreeDOS suporta arranque via CD-ROMs, e qualquer pessoa é livre para criar suas próprias versões e distribuições, sem precisar pagar nenhuma espécie de royalty. FreeDOS é software livre e de código aberto, licenciado pela GNU GPL.

O objetivo do FreeDOS é oferecer compatibilidade a quem deseja rodar jogos de computador e programas antigos feitos para sistemas operacionais compatíveis com DOS não compatíveis com os sistemas operacionais atuais, provendo suporte a aplicações Internet usando interface DOS.

História[editar | editar código-fonte]

O Projeto FreeDOS teve início em 26 de Julho de 1994, época em que a Microsoft anunciou o fim da assistência ao MS-DOS. Jim Hall postou então uma carta-manifesto propondo uma alternativa de código aberto. Em poucas semanas, outros programadores incluindo Pat Villani e Tim Norman se juntaram ao projeto. O núcleo, o interpretador de comandos command.com e as principais utilidades foram escritas a partir de código já existente e/ou a partir do zero. A versão 1.0 foi lançada em 3 de setembro de 2006.

Existiram muitas pre-releases do FreeDOS antes da tão esperada versão 1.0.[3]:

Existe também pela internet um patch oficial manual de upgrade da versão 1.0 para 1.1, que foi oficialmente lançada em janeiro de 2012.[4]:

Referências

  1. «Software List » UTIL». FreeDOS. The FreeDOS Project. Consultado em 2014-06-06. 
  2. Villani, Pat (1996). FreeDOS Kernel (Emeryville, CA, USA: Miller Freeman). ISBN 0-87930-436-7. 
  3. FreeDOS pre-1.0
  4. FreeDOS 1.1 is released!

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre FreeDOS

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikilivros Livros e manuais no Wikilivros
  • DOS
  • QDOS
  • Unix
  • Windows
  • DOSBox, emulador voltado a jogadores de jogos do DOS no Linux ou no Windows (que já não possui mais compatibilidade com eles).
  • Dosemu, uma camada de compatibilidade para rodar o FreeDOS dentro do Linux.