GQM

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Goal Question Metric - GQM é uma abordagem de métrica de software em engenharia de software, desenvolvida por Victor Basili, da Universidade de Maryland e pelo Laboratório de Engenharia de Software do Goddard Space Flight Center da NASA após orientar uma tese de doutorado do Dr. David M. Weiss.[1]

Abordagem[editar | editar código-fonte]

A literatura normalmente descreve o GQM em um processo de seis passos, na qual os primeiros três passos tratam de usar as metas de negócio para conduzir a identificação das métricas corretas para a criação e manutenção de um sistema de software. Os últimos três passos falam sobre colher os dados de medição, e com eles, usar efetivamente os resultados para guiar a tomada de decisão e futuros aperfeiçoamentos. Basili descreve seis passos do processo do GQM do seguinte modo:[1]

  1. Descrever um conjunto de metas de negócio e suas medições com o objetivo de conseguir produtividade e qualidade
  2. Gerar perguntas que definam essas metas o tanto quanto possível de um modo quantitativo
  3. Especificar as medidas que necessitam ser coletadas para responder essas perguntas e acompanhar o processo e a conformidade do produto em relação às metas
  4. Desenvolver mecanismos de coleta de dados
  5. Coletar, validar e analisar os dados em tempo real para providenciar feedback para os projetos, com o objetivo de tomar ações corretivas nos mesmos
  6. Analisar os dados em um formato de post mortem para avaliar a conformidade com as metas e criar recomendações para futuras melhorias

Níveis[editar | editar código-fonte]

A abordagem GQM estabelece um modelo de medição baseado em três níveis: o nível conceitual, o nível operacional, e o nível quantitativo.[1]

Nível Conceitual (Goal):

Uma meta é definida por um objeto, por inúmeras razões, em relação a vários modelos de qualidade, de vários pontos de vista e relativos a um contexto específico. Os objetos de medição podem ser dos produtos do ciclo de vida de um sistema de software, os processos associados ao sistema de software como especificações, designs, testes e entrevistas com clientes, e recursos de hardware e software necessários para o funcionamento do sistema de software, além da equipe física.

Nível Operacional (Question):

Um conjunto de questões é utilizado para caracterizar modelos do objeto a ser estudado, e depois foca nesse objeto para caracterizar a avaliação ou a realização de uma meta específica.

Nível Quantitativo (Metric):

Um conjunto de métricas, baseada nos modelos é associada a cada questão, para assim respondê-la de um modo quantitativo. Essas métricas podem ser objetivas ou subjetivas.

Referências

  1. a b c Basili, Victor; Gianluigi Caldiera; H. Dieter Rombach (1994). «The Goal Question Metric Approach» (PDF) (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2019 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Grupos acadêmicos de Avaliação de tecnologia[editar | editar código-fonte]

Instituições Parlamentares de Avaliação de tecnologia[editar | editar código-fonte]

Supra Nacionais[editar | editar código-fonte]

Nacionais[editar | editar código-fonte]

Regionais[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre engenharia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.