Lençóis Paulista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o rio paulista, veja Rio Lençóis.
Lençóis Paulista
  Município do Brasil  
Lençóis Paulista à Noite.JPG
Símbolos
Bandeira de Lençóis Paulista
Bandeira
Brasão de armas de Lençóis Paulista
Brasão de armas
Hino
Lema Pro Deo, Pro Patria
"Por Deus, pela Pátria"
Apelido(s) "Boca do Sertão"
"Princesa dos Canaviais"
"Cidade do Livro"
"Capital Nacional do Livro"
Gentílico lençoense
Localização
Localização de Lençóis Paulista em São Paulo
Localização de Lençóis Paulista em São Paulo
Lençóis Paulista está localizado em: Brasil
Lençóis Paulista
Localização de Lençóis Paulista no Brasil
Mapa de Lençóis Paulista
Coordenadas 22° 35' 56" S 48° 48' O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Municípios limítrofes Macatuba, Pederneiras e Agudos ao norte; Borebi a oeste; Avaré e Botucatu ao sul; e Pratânia, Areiópolis e São Manuel a leste.[1]
Distância até a capital 280 km
História
Fundação 28 de abril de 1858 (161 anos)
Aniversário 28 de abril
Administração
Prefeito(a) Anderson Prado de Lima (PSB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 803,860 km²
População total (estimativa IBGE/2016[3]) 66 664 hab.
Densidade 82,93 hab./km²
Clima tropical (Aw)
Altitude 505 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,764 alto
PIB (IBGE/2010[5]) R$ 2 130 930,600 Bil
PIB per capita (IBGE/2010[5]) R$ 31 972,00

Lençóis Paulista é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localizado na região centro-oeste do Estado, a cidade está a uma altitude de 550 metros e sua população é estimada em 66.664[3] (estimativa do IBGE para 2016) habitantes. O município é formado pela sede e pelo distrito de Alfredo Guedes[6][7].

Possui a maior biblioteca do interior de São Paulo, uma instituição de ensino superior e duas escolas técnicas, uma do SENAI e outra da ETEC - Cidade do Livro.

História[editar | editar código-fonte]

Fundada em 28 de abril de 1858 (161 anos), Lençóis Paulista é conhecida como "Cidade do Livro", por possuir um número de livros em sua Biblioteca Municipal maior do que o número de habitantes. Atualmente, são mais de 150 mil livros.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Vista noturna do centro a partir da estação ferroviária

O território do município é drenado pelas águas do Rio Lençóis, principal manancial responsável pelo abastecimento de água da cidade. Também corta a área urbana o Rio da Prata (zona leste e zona sul da cidade). Seu clima é o tropical de altitude, com temperaturas máximas próximas a 38 °C entre novembro e fevereiro, e mínimas próximas a 3 °C entre junho e agosto.

Os municípios vizinhos são Macatuba, Pederneiras e Agudos ao norte; Borebi a oeste; Avaré e Botucatu ao sul; e Pratânia, Areiópolis e São Manoel a leste.

Demografia[editar | editar código-fonte]

  • População total: 80 mil (base 2,89% crescimento populacional por ano.
  • Taxa de urbanização: 99,54%
  • Razão de sexo: 99,88 homens/100 mulheres
  • População maior de 60 anos: 8,9%
  • Densidade demográfica: 89,67 hab/km²
  • Taxa de mortalidade infantil: 3,96/1000
  • Rendimento médio mensal das pessoas responsáveis pelos domicílios: 1835,59
  • Número médio de moradores por domicílio: 3,7
  • Rede de esgoto: 100% dos domicílios
  • Rede de água: 100% dos domicílios
  • Leitos hospitalares: 8,96/1000 hab.
  • Taxa de analfabetismo: 1,82%
  • Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - IDHM: 0,813

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Aeroporto[editar | editar código-fonte]

  • Aeródromo Municipal de Lençóis Paulista - "José Boso" (ICAO: SDLP, IATA: QGC)

Economia[editar | editar código-fonte]

O PIB em 2010, era de R$ 2,137 bilhão, sendo 8% gerados pelo setor agrícola, 60,5% pela indústria, e 31,5% pelo setor de serviços.[9]. Dentre os municípios da Região Administrativa de Bauru, Lençóis Paulista possui o segundo maior PIB, sendo um polo central de uma micro região comercial que engloba os municípios de Macatuba, Areiópolis, Borebi e Pederneiras[9].

Na indústria, base econômica do município, têm destaque as produções de açúcar, álcool, celulose, óleo lubrificante, estruturas metálicas e alimentos: (massas, biscoitos, arroz, carnes, feijão, milho). A cidade é sede da Zilor, um dos maiores grupos sucroalcooleiros do país.

Na agricultura, as produções mais importantes são a cana-de-açúcar, o milho, o feijão e a madeira.

O comércio, por muitos anos dependente do município vizinho de Bauru, hoje é o setor que mais emprega mão de obra na cidade. A ACILPA (Associação Comercial e Industrial de Lençóis Paulista) desenvolve trabalhos em parceria com o SEBRAE, SENAI e a Prefeitura Municipal.[9] O município possui um Shopping Center e uma feira comercial e industrial anual, a FACILPA (Feira Agropecuária, Comercial e Industrial de Lençóis Paulista).


Lençóis Paulista vista a partir da Rodovia Marechal Rondon.
Vista de Lençóis Paulista.

Filhos ilustres[editar | editar código-fonte]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade era atendida pela Companhia Telefônica Brasileira (CTB), que construiu em 1970 a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1973[10] passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP), que em 1998 foi privatizada e vendida para a Telefônica[11], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[12] para suas operações de telefonia fixa.

Religião[editar | editar código-fonte]

Lençóis Paulista, possui as seguintes paróquias, que fazem parte da Arquidiocese de Botucatu: Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora da Piedade, paróquia Cristo Ressuscitado, São Pedro e São Paulo, Nossa Senhora Aparecida, São José e Santana e São Joaquim.

Há também no município várias igrejas Evangélicas, dentre elas Assembleia de Deus, Adventista Do Sétimo Dia, Congregação Cristã no Brasil, O Brasil para Cristo, Batista, Presbiteriana, Pentecostais como Unidos em Jesus Cristo e Aliança da Promessa, Jesus de Nazaré, Deus é Amor, Atalaias de Jesus Cristo, Batista Nacional Salém.

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 3 de agosto de 2009. Arquivado do original em 1 de agosto de 2012 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Estimativa Populacional 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2016. Consultado em 19 de julho de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 2 de Janeiro de 2018 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2010». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 [ligação inativa]
  6. «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico 
  7. «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 
  8. a b c d «Rios em Lençóis Paulista». Consultado em 4 de setembro de 2007. Arquivado do original em 21 de dezembro de 2007 
  9. a b c , [1] Arquivado em 15 de fevereiro de 2010, no Wayback Machine. Fundação SEADE - PIB dos Municípios Paulistas em 2007
  10. «Relação do patrimônio da CTB incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  11. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  12. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]