MacOS 10.12

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
MacOS Sierra
Versão do sistema operativo MacOS
Logótipo
Produção Apple Inc.
Linguagem C, C++, Swift, Objective-C.
Modelo Código fechado, com alguns componentes open source.
Lançamento 20 de setembro de 2016
Versão estável 10.12.6 (16G1815)[1]

22 de janeiro de 2019; há 6 meses

Plataformas x86-64
Arquitetura(s) Unix
Núcleo Darwin
Estado de desenvolvimento
Atualizações de segurança até setembro de 2019.
Cronologia
OS X El Capitan
MacOS High Sierra

MacOS Sierra é a décima terceira versão do sistema operacional da Apple MacOS (anteriormente OS X), que a partir desta versão passou-se a chamar MacOS com objetivo de padronizar os nomes dos sistemas operacionais da empresa. É o sucessor do OS X El Capitan e anunciado na WWDC em 13 de junho de 2016. A primeira versão beta saiu em 7 de julho de 2016 e sua versão para os usuários finais lançada em 20 de setembro de 2016.[2]

Requerimentos de Sistema[editar | editar código-fonte]

Nem todos os computadores mac que foram atualizados para o OSX El Capitan poderão atualizar de forma oficial para o MacOS Sierra. Veja a lista de compuatdores suportados: [3]

  • MacBook (final de 2009 ou posterior)
  • MacBook Pro (meados de 2010 ou posterior)
  • MacBook Air (final de 2010 ou posterior)
  • Mac mini (meados de 2010 ou posterior)
  • iMac (final de 2009 ou posterior)
  • Mac Pro (da metade de 2010 ou posterior)

Requisitos Gerais[editar | editar código-fonte]

  • OSX 10.7.5 ou posterior
  • 2GB de memória
  • 8.8GB de armazenamento disponível
  • Alguns recursos precisam de um ID Apple. Termos e condições aplicáveis.
  • Alguns recursos precisam de um provedor de serviços de Internet compatível. Sujeito ao pagamento de tarifas

Referencias[editar | editar código-fonte]