Ministério da Segurança Pública (Brasil)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Coat of arms of Brazil.svg
Ministério da Segurança Pública
Esplanada dos Ministérios, Brasília
seguranca.gov.br
Atual ministro Raul Jungmann
Decreto, no Diário Oficial da União, de nomeação de Raul Jungmann para o o novo ministério.

O Ministério da Segurança Pública foi criado pelo Presidente do Brasil a partir da edição da medida provisória 821, convertida na Lei 13.690, com a cisão do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que voltou a ser chamado de Ministério da Justiça[1][2].

O ministro titular da pasta é Raul Jungmann, nomeado por decreto de 26 de fevereiro de 2018[3].

Estrutura[editar | editar código-fonte]

O novo ministério, que tem como objetivos cuidar da segurança pública em nível nacional e promover a integração das forças policiais, foi dotado de parte da até então estrutura do Ministério da Justiça. Assim, o Departamento de Polícia Federal, o Departamento de Polícia Rodoviária Federal, dentre outros órgãos do Ministério da Justiça e Segurança Pública relacionados ao combate à criminalidade foram transferidos para o novo ministério.[4][5][6][7][8]

História[editar | editar código-fonte]

O ministério foi criado em 26 de fevereiro de 2018, pela Medida provisória Nº 821, publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de fevereiro de 2018.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]