Miss USA 2004

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Data 12 de Abril de 2004
Apresentadores Billy Bush, Nancy O'Dell
Local Kodak Theatre, Hollywood, Califórnia
Candidatas 51
Semifinalistas 15
Vencedora Shandi Finnessey

A 53ª edição do concurso Miss USA foi realizado no Kodak Theatre, em Hollywood, Califórnia, no dia 12 de abril de 2004[1]. A vencedora foi Shandi Finnessey, que levou o primeiro título para o Estado do Missouri. Ela recebeu a coroa da antecessora, Susie Castillo, de Massachusetts.

O concurso foi apresentado pela primeira vez por Billy Bush e Nancy O'Dell, em dupla. Bush já apresentara o Miss USA 2003 e o Miss Universo 2003, primeiros eventos da Miss Universe Organization transmitidos pela NBC.

Pela primeira vez desde 1970, 15 semifinalistas avançaram na competição, mas nem todas competiram tanto nas porções de trajes de banho como na de trajes de gala. De acordo com o novo formato adotado pela MUO, o Top 15 foi sendo reduzido a Top 10 após a fase de trajes de banho. Após a parte de trajes de banho, passariam a ser conhecidas as cinco finalistas para a fase de entrevistas, que decidiria a vencedora do certame.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Mapa mostrando a classificação por Estado
Resultado Final Candidata
Miss USA 2004
2ª colocada
3ª colocada
4ª colocada
5ª colocada
Top 10
Top 15

Premiações especiais[editar | editar código-fonte]

  • Miss Fotogenia: Jennifer Sherrill (Arcansas)
  • Miss Simpatia: Michelle Fongemie (Vermont)

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Importância histórica[editar | editar código-fonte]

  • Esta foi a primeira vitória do Missouri na história do concurso.
  • A Carolina do Sul teve sua melhor classificação desde que Lu Parker venceu o Miss USA 1994. O Estado também se classificou pela quarta vez em cinco anos.
  • A Carolina do Norte teve sua melhor classificação em 10 anos e sua melhor classificação pela terceira vez na história do concurso. O Estado terminou em terceiro lugar em 1975 e 1994.
  • Oklahoma teve sua melhor classificação desde 1989.
  • Tennessee repetiu sua melhor classificação pela segunda vez desde que Lynnette Cole venceu o Miss USA 2000.
  • Alabama fez sua primeira classificação no primeiro corte pela terceira vez.
  • Florida se classificou no primeiro corte desde 1997.
  • Idaho teve sua primeira classificação desde que Brandi Sherwood herdou o título de Miss USA 1997 após Brook Lee vencer o Miss Universo 1997.
  • Nova Hampshire teve sua primeira classificação desde 2000 e se tornou apenas a quarta classificação desse Estado na história do concurso.
  • Novo México se classificou pela segunda vez desde 1999.
  • Texas se classificou no primeiro corte de candidatas pela terceira vez desde que Kandace Krueger venceu o Miss USA 2001.

Crossovers[editar | editar código-fonte]

Miss Teen USA[editar | editar código-fonte]

  • Kristi Lauren Glakas (Virgínia, semifinalista no Miss Teen USA 1999)
  • Danielle Demski (Arizona, finalista no Miss Teen USA 1999)
  • Tiara Dews (Distrito de Columbia, semifinalista no Miss Teen USA 2000)
  • Kimberly Weible (Idaho, 1999)
  • Victoria Franklin (Nevada, terceira colocada no Miss Teen USA 1998)
  • Katie Rudoff (Wyoming, 1999)

Miss América[editar | editar código-fonte]

  • Kristi Lauren Glakas (Virgínia, quarta colocada no Miss América 2006)
  • Shandi Finnessey (Missouri, 2002)
  • Stephanie Culberson (Tennessee, terceira colocada no concurso estadual de 2001)
  • Cari Leyva (Alasca, 2007)

Miss Terra EUA[editar | editar código-fonte]

  • Amanda Pennekamp (Carolina do Sul, vencedora do concurso nacional e top 16 no Miss Terra 2006)
  • Lisa Forbes (Cansas, vencedora do concurso nacional e não-finalista no Miss Terra 2007)

Outras informações[editar | editar código-fonte]

  • Jaclyn Nesheiwat (Nova York) se casou mais tarde com o baterista do Creed, Scott Stapp.
  • Mackenzie Davis (Maine) se tornou coordenadora do Miss USA e do Miss Teen USA em seu Estado em 2006.
  • Jennifer Murphy (Oregon) apareceu na quarta temporada do reality The Apprentice, comandado por Donald Trump.
  • Foi a primeira vez desde 1984 que duas das cinco finalistas eram ex-candidatas estaduais do Miss América. Em 1984, todas as três primeiras colocadas do Miss USA eram ex-candidatas estaduais ao título de Miss América.
  • Pelo segundo ano seguido, o Miss USA foi precedido por uma edição especial do Fear Factor. Tara Darby, do Alabama, venceu à ocasião o prêmio especial de US$ 50 mil (parte desse valor doado a instituições de caridade de escolha da competidora).

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Traduzido do verbete "Miss USA 2004", da Wikipedia anglófona
  2. «Forma adoptada pela Porto Editora, fabricante de dicionários». Porto Editora. Consultado em 14 de julho de 2009. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]