Miss Universo 2012

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miss Universo 2012
Olivia Culpo, Miss Universo 2012.
Data 19 de dezembro de 2012
Apresentadores Andy Cohen, Giuliana Rancic, Jeannie Mai, Shamcey Supsup
Entretenimento Train e Timomatic
Local PH Live, Las Vegas, Nevada, Estados Unidos
Emissoras NBC, Telemundo
Candidatas 89
Semifinalistas 16
Estreias Gabão, Lituânia
Retiradas Cazaquistão, Egito, Eslovênia, Ilhas Virgens Americanas, Portugal, Turks e Caicos
Retornos Bulgária, Etiópia, Namíbia e Noruega
Vencedora Olivia Culpo
 Estados Unidos

Miss Universo 2012 foi a 61.ª edição do concurso Miss Universo, realizada em 19 de dezembro de 2012 no PH Live, no Planet Hollywood Resort and Casino, em Las Vegas, Nevada, nos Estados Unidos. No final do evento, a Miss Universo 2011, Leila Lopes, da Angola, coroou a estadunidense Olivia Culpo como sua sucessora.

Esta foi a oitava vitória dos Estados Unidos no Miss Universo, numa edição que ficou conhecida como o "Ano do Big 5", chamada assim pois as cinco finalistas eram exatamente dos países onde o concurso é mais popular.

Cidade-sede[editar | editar código-fonte]

Em março de 2012, a diretora de licenças nacionais do concurso Miss Universo, Annette Cammer, informou em carta às coordenações nacionais que o concurso seria atrasado para dezembro. A decisão foi tomada pela NBC e pela Trump Organization para evitar que o concurso fosse realizado em data próxima aos Jogos Olímpicos de Verão de 2012 e a eleição presidencial americana. Até esta edição (61ª), geralmente, o concurso era realizado entre maio e setembro.

Várias cidades apresentaram sua candidatura para realizar o concurso, entre as quais estavam Pristina (Kosovo),[1] Guadalajara (México),[2] Ilha Margarita (Venezuela)[3] e Paradise Island (Bahamas),[4] que já havia sediado o concurso em 2009. O Hard Rock Resort and Casino, em Punta Cana (República Dominicana) foi o local que esteve mais perto de sediar o concurso.[5][6] Ainda assim, o presidente Danilo Medina, que assumiu o poder em 16 de agosto e estava iniciando a execução do plano de austeridade pedido pelo Fundo Monetário Internacional, não aceitou bancar os US$ 6 milhões pedidos pela Organização Miss Universo para que o concurso fosse realizado no país[7][8] e retirou a ajuda oficial em 12 de setembro. Apesar disso, a Organização Miss Universo insistia que o projeto "estava vivo" e que já estaria recebendo apoio financeiro do setor privado.[9] O país havia sediado o concurso uma vez, na capital, Santo Domingo, em 1977.

Com uma data mais tardia e não fechada até meados de agosto (quando as negociações com o governo dominicano ainda estavam sendo conduzidas pela Miss Universe Organization, antes mesmo da posse de Medina), a falta de uma definição concreta de uma sede ajudou a criar rumores sobre o cancelamento do Miss Universo 2012;[3] ou então que seria um evento mais simples, em Nova Iorque.[10] Os boatos foram posteriormente desmentidos pela Miss Universo 2011, Leila Lopes, em sua conta na rede social Twitter.

Em 27 de setembro, Las Vegas foi confirmada como sede do concurso, após as negociações com a República Dominicana fracassarem em todos os níveis. Esta foi a quarta vez que o concurso foi realizado na cidade, e a segunda não-consecutiva em três anos. O PH Live sediava, desde 2008, o Miss USA e, desde 2005, o Miss América. O local já sediou duas vezes o concurso em 1991,1996,esta edição e sediará o mesmo concurso novamente em 2017,esta foi a quarta vez em que o concurso foi realizado em Las Vegas (o concurso de 2010 ocorreu no Mandalay Bay Events Center, cuja infraestrutura e capacidade de público são maiores).[11]

Concurso[editar | editar código-fonte]

Apresentadores[editar | editar código-fonte]

Menos de um mês após a confirmação de Las Vegas como sede do concurso, em 23 de outubro, a Miss Universe Organization anunciou os nomes do executivo de TV a cabo e apresentador Andy Cohen e da jornalista Giuliana Rancic[12] para comandarem a final televisionada da 61ª edição do Miss Universo. Enquanto Cohen, da Bravo Network, exerceu essa função pela segunda vez consecutiva, Rancic (E! News) apresentou o concurso pela primeira vez. A Miss Filipinas 2011, Shamcey Supsup foi a apresentadora relativa a transmissão dos eventos pela internet. Shamcey,foi eleita a favorita dos fãs do concurso no ano anterior, era jurada de um programa de talentos na televisão filipina e teve sua primeira experiência ao cobrir um concurso de miss.[13]

Mudança no horário[editar | editar código-fonte]

No comunicado de confirmação dos apresentadores, a NBC anunciou a mudança do horário do certame das 21 às 23h (adotado de 1978 a 1994 e de 1996 a 2011)[14] para a faixa das 20 às 22h (horários da costa leste americana). Na história do Miss Universo, esse horário foi usado uma única vez, em 1995, pela CBS, para promover o final da terceira temporada da série dramática Picket Fences,[15] levado ao ar em 12 de maio daquele ano.[16]

Música[editar | editar código-fonte]

No dia 3 de dezembro, a direção da Organização Miss Universo confirmou o grupo Train[17] para se apresentar no segmento de trajes de banho, no qual competem as 16 semifinalistas. Dez dias depois, o nigeriano-australiano Timomatic foi anunciado para cantar no segmento de apresentação final das cinco finalistas entre as entrevistas e o anúncio do resultado final.

Programação musical[editar | editar código-fonte]

Agenda[editar | editar código-fonte]

Data Atividade
2-4 de dezembro Chegada das misses a Las Vegas, inscrições e credenciamento das delegações, prova das roupas para os eventos oficiais
6 de dezembro Cerimônia de boas vindas no Planet Hollywood Resort and Casino
8 de dezembro Início dos ensaios
13 de dezembro Preliminares
14 de dezembro Entrevistas individuais (manhã); Competição do Traje Típico (noite)
18 de dezembro Fim do prazo para votação online para a 16ª semifinalista
19 de dezembro Ensaio geral (manhã), tapete vermelho, final televisionada do Miss Universo 2012, baile de coroação
20-21 de dezembro Retorno das Misses aos seus países de origem

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocação Candidata País/Território
Miss Universo 2012 Olivia Culpo  Estados Unidos
2.ª colocada Janine Tugonon Filipinas
3.ª colocada Irene Esser  Venezuela
4.ª colocada Renae Ayris  Austrália
5.ª colocada Gabriela Markus  Brasil
Top 10 Melinda Bam
Marie Payet
Agnes Konkoly
Karina González
Elizaveta Golovanova
África do Sul
 França
 Hungria
 México
 Rússia
Top 16 Elizabeta Burg
Shilpa Singh
Diana Avdiu
Nicole Faverón
Marcelina Zawadzka
Çağıl Özge Özkul
 Croácia
 Índia
Kosovo
 Peru
 Polónia
 Turquia

Forma de disputa[editar | editar código-fonte]

Final[editar | editar código-fonte]

A final foi transmitida ao vivo para mais de 190 países e territórios do PH Live, em Las Vegas, no dia 19 de dezembro de 2012. Foi apresentada por Andy Cohen e Giuliana Rancic, enquanto Jeannie Mai e Shamcey Supsup cobriram os bastidores.

As 16 semifinalistas foram conhecidas ao longo da noite final. Este grupo foi formado da seguinte forma:

  • o júri preliminar escolheu as candidatas que mais se destacaram nas três etapas da competição preliminar (traje de banho, traje de gala e entrevista), reservando nove vagas;
  • a organização e o staff do Miss Universo reservaram outros seis lugares para as candidatas que, em seus respectivos entendimentos, foram uma boa opção para seguir na disputa, baseados no desempenho durante a programação de atividades e na apresentação pessoal perante os membros da organização;
  • a última vaga foi para aquela que tivesse mais votos pelo site oficial do concurso.

Estas 16 semifinalistas foram novamente avaliadas por um júri final:

  • as 16 candidatas selecionadas competiram na rodada em traje de banho, na qual seis foram eliminadas;
  • as 10 semifinalistas seguiram para a etapa de trajes de gala. Após as apresentações, mais cinco foram eliminadas;
  • As 5 que sobraram foram para a última etapa, que consistiu em responder a uma pergunta final do júri sorteada em um pote de vidro contendo um determinado número de envelopes. Nesta fase, que definiu as colocações subsequentes (do 5.º ao 2.º lugar) e a Miss Universo 2012, as colocações foram anunciadas em ordem decrescente.

Jurados[editar | editar código-fonte]

Lista divulgada em 13 de dezembro de 2012[18] pela Miss Universe Organization e pela NBC:

Preliminar[editar | editar código-fonte]

No dia 13 de dezembro, todas as candidatas competiram em traje de gala (escolhidos pessoalmente por cada uma e concebidos pelos estilistas designados pelas coordenações nacionais) e em traje de banho (também escolhidos por elas mesmas) durante a competição preliminar (chamado pela organização de Presentation Show). Anteriormente, elas já haviam sido entrevistadas individualmente (e de forma reservada) por cada um dos jurados preliminares. Nessa etapa foram definidas parte das 16 semifinalistas.

Jurados[editar | editar código-fonte]

Lista divulgada em 10 de dezembro de 2012[19] pela Miss Universe Organization:

  • Amy Sadowsky — vice-presidente de Relações Públicas da Planet Hollywood International;
  • Beverly Frank — vice-presidente Executiva de Operações da 19 Entertainment;
  • Carlos Anaya — apresentador e repórter;
  • Corinne Nicolas — presidente da Trump Models;
  • Crystle StewartMiss USA 2008;
  • Duane Gazi — descobridor de modelos;
  • Jimmy Nguyen — advogado e personalidade da mídia;
  • Michael Greenwald — vice-presidente de Talento da agência Buchwald/Fortidude

Prêmios especiais[editar | editar código-fonte]

Miss Simpatia[editar | editar código-fonte]

A candidata ganhadora do prêmio de Miss Simpatia foi escolhida sigilosamente entre as próprias 89 candidatas. Elas votaram na candidata que tivesse mais empatia e identificação com o grupo.

Miss Fotogenia[editar | editar código-fonte]

Eleita pelos jurados preliminares, que escolheram a candidata que teve o melhor desempenho nas fotos de competição.

  • Vencedora: Kosovo — Diana Avdiu.

Melhor Traje Típico[editar | editar código-fonte]

Cada uma das candidatas do Miss Universo 2012 se apresentou perante os juízes portando um traje típico de seu país. O prêmio foi para a candidata que esteve melhor caracterizada.

  • Vencedora:  China — Ji Dan Xu.

Candidatas[editar | editar código-fonte]

89 candidatas competiram pelo título. A vencedora do concurso está em negrito.

País/Território Candidata Idade Altura Cidade natal
África do Sul Melinda Bam 24 1.70 Pretória
 Albânia Adrola Dushi 18 1.79 Rreshen
 Alemanha Alicia Endemann 23 1.75 Hamburgo
 Angola Marcelina Vahekeni 21 1.72 Ondjiva
 Argentina Camila Solórzano 23 1.79 Tucumán
 Aruba Liza Helder 22 1.78 Oranjestad
 Austrália Renae Ayris 20 1.75 Perth
 Bahamas Celeste Marshall 19 1.81 Nassau
 Bélgica Laura Beyne 19 1.72 Bruxelas
 Bolívia Yéssica Mounton 24 1.72 Santa Cruz de la Sierra
Botswana Sheillah Molelekwa 19 1.75 Gaborone
 Brasil Gabriela Markus 24 1.80 Teutônia
 Bulgária Joan Vaneva 23 1.78 Blagoevgrado
 Canadá Adwoa Yamoah[20] 26 1.75 Calgary
 Chile Ana Luisa König 22 1.77 Santiago
 China Diana Xu 22 1.80 Shangai
 Chipre Ioánna Giannakoú 20 1.70 Paphos
 Colômbia Daniella Alvarez 24 1.73 Barranquilla
 Coreia do Sul Lee Sung-hye 24 1.70 Seul
Costa Rica María Nazareth Cascante 22 1.73 Alajuela
 Croácia Elizabeta Burg 19 1.78 Vrbanja
Curaçao Monifa Jansen 19 1.74 Willemstad
 Dinamarca Josephine Hewitt 19 1.75 Esbjerg
El Salvador Ana Yancy Clavel 20 1.73 San Salvador
Equador Carolina Aguirre 20 1.78 Guayaquil
Flag of Spain.svg Espanha Andrea Huisgen 22 1.81 Barcelona
 Estados Unidos Olivia Culpo 20 1.66 Cranston
 Estónia Natalie Korneitsik 23 1.75 Harjumaa
 Etiópia Helen Getachew 22 1.76 Addis Abeba
Filipinas Janine Marie Tugonon 22 1.73 Balanga
 Finlândia Sara Chafak 22 1.72 Helsinque
 França Marie Payet 20 1.78 Saint-Denis
Gabão Channa Divouvi 22 1.77 Libreville
Gana Gifty Ofori 24 1.73 Acra
 Geórgia Tamar Shedania 20 1.78 Zugdidi
 Grécia Vasiliki Tsirogianni 20 1.77 Tessalônica
Guam Alyssa Cruz Aguero 24 1.80 Barrigada
 Guatemala Laura Godoy 23 1.74 Cidade da Guatemala
Guiana Ruqayyah Boyer 20 1.79 Linden
Haiti Christela Jacques 22 1.76 Porto Príncipe
Honduras Jennifer Andrade 24 1.57 Tegucigalpa
 Hungria Agnes Konkoly 25 1.72 Budapeste
Ilhas Cayman Lindsay Japal 24 1.75 George Town
Ilhas Virgens Britânicas Abigail Hyndman 21 1.75 Road Town
 Índia Shilpa Singh 23 1.74 Mumbai
Indonésia Maria Selena Tanam 22 1.78 Semarang
 Irlanda Adrienne Murphy 22 1.73 Dublin
 Israel Lina Makhuli 19 1.80 Haifa
 Itália Grazia Maria Pinto 24 1.77 Catania
 Jamaica Chantal Zaky 24 1.76 Wyndham
 Japão Ayako Hara 24 1.70 Sendai
Kosovo Diana Avdiu 19 1.74 Pristina
Líbano Rina Chibany 21 1.78 Beirute
 Lituânia Greta Mikalauskyte 19 1.74 Šiauliai
 Malásia Kimberley Leggett 19 1.75 Penang
Maurícia Ammeshka Dilkshand 26 1.74 Curepipe
 México Karina González 21 1.76 Aguascalientes
 Montenegro Andrea Radonjic 20 1.76 Podgorica
Namíbia Tsakana Nkandih 22 1.79 Windhoek
Nicarágua Farah Eslaquit 21 1.75 Masaya
 Noruega Sara Nicole Andersen 20 1.70 Oslo
Nigéria Isabella Ayuk 26 1.80 Ikom
 Nova Zelândia Talia Bennet 24 1.73 North Harbour
 Países Baixos Nathalie den Dekker 22 1.68 Amsterdã
 Panamá Stephanie Vander Werf 26 1.78 Cidade do Panamá
 Paraguai Egny Eckert 25 1.82 Luque
 Peru Nicole Favéron 24 1.83 Iquitos
 Polónia Marcelina Zawadzka 22 1.80 Malbork
 Porto Rico Bodine Koehler 20 1.83 San Juan
 Reino Unido Holly Hale 22 1.80 Cardiff
 República Checa Tereza Chlebovská 21 1.73 Třemešné
República Dominicana Dulcita Lieggi 23 1.82 Santo Domingo
Eslováquia República Eslovaca Ľubica Štepanová 24 1.75 Prievidza
Roménia Delia Monica Duca 26 1.80 Bucareste
 Rússia Elizaveta Golovanova 19 1.78 Smolensk
Santa Lúcia Tara Edward 24 1.80 Gros Islet
 Sérvia Branislava Mandic 21 1.78 Curug
 Singapura Lynn Tan 24 1.71 Cidade de Singapura
Sri Lanka Sabrina Herft 25 1.75 Colombo
 Suécia Hanni Beronius 22 1.74 Gotemburgo
Suíça Alina Buchschacher 21 1.71 Berna
Tanzânia Winfrida Dominic 19 1.75 Dar es Salaam
 Tailândia Farida Waller 19 1.73 Krabi
Trinidad e Tobago Avionne Mark 22 1.76 San Juan
 Turquia Çağıl Özge Özkul 24 1.81 Ancara
 Ucrânia Anastasia Chernova 20 1.77 Kharkiv
Uruguai Camila Vezzoso 19 1.74 Artigas
 Venezuela Irene Esser 20 1.79 Río Caribe
 Vietnã Luu Thi Diem Huong 22 1.75 Cidade de Ho Chi Minh

Indicações[editar | editar código-fonte]

  •  Alemanha - Alicia Endemann foi indicada como Miss Universo Alemanha 2012 pela holandesa Kim Kotter, diretora nacional do Miss Universo.
  •  Aruba - Liza Helder foi indicada como Miss Universo Aruba 2012, após Wegereef Marinus, comprar a franquia local e o concurso local não ser realizado por falta de tempo hábil.
  • Curaçao - Monifa Jansen foi eleita Miss Curaçao em 2011, mas na época Monifa não poderia ir ao concurso por não atender à idade mínima exigida.
  •  Dinamarca - Josephine Hewitt foi indicada como Miss Universo Dinamarca 2012 após um casting.
  • Flag of Spain.svg Espanha -Andrea Huisgen, foi eleita Miss Espanha 2011 e assim iria representar seu país no concurso. No entanto, a empresa responsável pelo Miss Espanha faliu e uma nova empresa, a Be Beautiful S.L., foi formada para promover o concurso Miss Universo Espanha, que passaria a eleger a candidata espanhola para o Miss Universo. Após meses de conflito contratual, que culminou na renúncia de Huisgen ao título de Miss Espanha, a nova coordenação do Miss Universo para a Espanha reconheceu Andrea como representante do país e decidiu patrocinar a ida dela para Las Vegas, da mesma forma que ela tinha pedido em sua carta de demissão.[21]
  • Haiti - Christela Jacques foi indicada como Miss Universo Haiti 2012, após um casting.
  •  Lituânia - Greta Mikalauskyte foi indicada para representar a Lituânia em sua primeira participação no concurso Miss Universo. Ela foi a segunda colocada no concurso Miss Lituânia 2012 (que também elegeu a representante do país no Miss Mundo 2012).
  •  Países Baixos - Nathalie den Dekker foi indicada como Miss Universo Países Baixos 2012 por Kim Kotter, diretora nacional do Miss Universo na Holanda. Ela já competiu no Miss Mundo 2012, onde terminou no Top 15.
  •  Peru - Nicole Faverón foi indicada para representar o Peru depois que a data do concurso foi mudada de Julho para Dezembro.
  •  Sérvia - Brana Mandic foi indicada para representar a Sérvia. Ela foi a segunda colocada no Miss Sérvia 2011.
  •  Vietnã - Luu Thi Huong Diem foi indicada para representar o Vietnã pela franquia local, com permissão concedida pelo Ministério da Cultura.

Substituições[editar | editar código-fonte]

  •  Canadá Sahar Biniaz não competiu no Miss Universo 2012 por questões pessoais, Adwoa Yamoah, segunda colocada no Miss Universo Canadá 2012, foi a sua substituta.
  •  Chipre: Ntaniella Kefala foi substituída por Ioánna Giannákóu, segunda colocada do Star Cyprus 2012 por ser menor de idade. Com isso, Ntaniela seria a representante do país em 2013.
  •  Estónia: Kätlin Valdmets foi substituída por Natalie Korneitsik em função de sua indisponibilidade para sair do país na época do concurso.
  •  França: Delphine Wespiser foi substituída por Marie Payet, segunda colocada no Miss França 2012, devido a proximidade de datas entre o Miss França 2013 e o Miss Universo 2012, já que Delphine passou o título nacional em 8 de dezembro de 2012, 11 dias antes da final do concurso.
  • Gabão: Marie-Noëlle Ada foi substituída por Channa Divouvi, segunda colocada do Miss Gabão 2012, devido ao fato de Marie não poder participar do Miss Universo e o Miss Gabão 2013 ao mesmo tempo.
  •  Índia: Urvashi Rautela foi substituída por Shilpa Singh, segunda colocada do I Am She 2012 e originalmente programada para competir no Miss Globo Internacional 2013 em função de Urvashi ter completado 18 anos após a data limite estipulada pela organização do Miss Universo.
  •  Nova Zelândia: Avianca Böhm, nascida na África do Sul, foi substituída por Talia Bennett após seu pedido de naturalização ter sido negado pelas autoridades neozelandesas.
  • Nigéria: Isabella Ayuk, vencedora do Most Beautiful Girl of Nigeria 2012, não pôde participar do Miss Mundo 2012, por ter ultrapassado o limite de idade do concurso, tendo, por isso, trocado de posição com Damiete Charles-Granville, segunda colocada no concurso nacional, que estava escalada para o Miss Universo 2012, que possui critérios mais flexíveis em relação a idade.
  • República Dominicana: Carola Durán, vencedora do Miss República Dominicana 2012, foi imediatamente destronada após a descoberta de que era uma mulher divorciada. Dulcita Lieggi, segunda colocada do concurso nacional, assumiu a vaga.

Estreias[editar | editar código-fonte]

Retornos[editar | editar código-fonte]

Ausências (em relação à edição anterior)[editar | editar código-fonte]

  •  Eslovênia: A editora de revistas Delo Revije, responsável pelo concurso nacional, entrou com pedido de falência.[23]
  •  Portugal, Ilhas Virgens Americanas e Flag of the Turks and Caicos Islands.svg Turks e Caicos não manifestaram a organização do concurso o interesse de enviar candidatas de seus respectivos países a Las Vegas.[22]
  •  Egito: Não enviou candidatada a Las Vegas devido a instabilidade política no país.
  • Cazaquistão: Problemas de idade com a Miss Cazaquistão 2011-2012, Aynur Toledova, forçaram a sua inelegibilidade para participar do Miss Universo. Por falta de tempo hábil, o país não pôde indicar outra candidata.[24]

Audiência[editar | editar código-fonte]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Apesar da boa performance de Gabriela Markus no certame, a resposta de público da Band não foi a mesma. Em comparação com o Miss Universo 2011, a emissora perdeu 4,2 pontos na média de público e 6 pontos no share domiciliar. Na faixa entre 22h45 do dia 19 e 1h do dia 20 de dezembro, a transmissão da emissora para o Miss Universo 2012 registrou 4 pontos de média e pico de 5 na medição do Ibope realizada na Grande São Paulo (principal praça para as decisões do mercado publicitário).[25]

Em sua faixa de exibição, o Miss Universo 2012 enfrentou a concorrência do filme A Saga Crepúsculo: Lua Nova (Cinema Especial) e o Jornal da Globo (Globo), os realities Fazenda de Verão (Record) e Cante se Puder (SBT) e o programa De Frente com Gabi (da mesma emissora).[26]

Nos Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Na mão oposta, a transmissão oficial da NBC teve um crescimento de dois décimos em relação ao concurso do ano anterior,[27] registrando 6,123 milhões de telespectadores, média de 1,8 e share de 5 pontos entre os telespectadores na faixa entre 18 e 49 anos. Foi o segundo programa mais visto na faixa das 20 às 22h (horário da costa leste), perdendo apenas para a performance final da segunda temporada do The X-Factor, que teve média de 2,7, share de 8 e 8,297 milhões de telespectadores.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1]
  2. [2]
  3. a b [3]
  4. [4]
  5. [5]
  6. [6]
  7. [7]
  8. [8]
  9. «Governo dominicano rejeita apelo do Miss Universo para ajuda oficial». The Washington Post. 12 de setembro de 2012 (em inglês)
  10. [9]
  11. «Miss Universo acontece em dezembro em Las Vegas». Terra. 27 de setembro de 2012 (em português)
  12. «Organização Miss Universo anuncia Andy Cohen (Bravo) e Giuliana Rancic (E! News) serão os apresentadores do Miss Universo® 2012». PRNewswire. 23 de outubro de 2012 
  13. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Adina
  14. Segundo pesquisa feita no Google News Archive dos jornais The Miami News, Lodi News Sentinel e Pittsburgh Post-Gazette
  15. «A confirmação de Andy Cohen e Giuliana Rancic como apresentadores do Miss Universo 2012. Comunicados oficiais e comentário». TV em Análise Críticas. 23 de outubro de 2012 
  16. «Os pré e pós-shows do Miss Universo de 1960 a 2011 na TV aberta norte-americana». TV em Análise Críticas. 19 de agosto de 2012 
  17. «Banda vencedora do Grammy Train vai se apresentar na competição Miss Universo®, no dia 19 de dezembro, na NBC». PRNewswire. 3 de dezembro de 2012 
  18. Bibel, Sara (13 de dezembro de 2012). «Ceelo Green e o MVP da World Series Pablo Sandoval encabeçam o júri da transmissão do Miss Universo 2012 na NBC». TVbytheNumbers 
  19. «Jurados preliminares do Miss Universo 2012 são anunciados». Global Beauties. 10 de dezembro de 2012 
  20. «EXCLUSIVE: Miss Universe Canada 2012 Results!». BeautyMania.Biz. 19 de maio de 2012. Consultado em 19 de maio de 2012 
  21. [10]
  22. a b c [11]
  23. «Miss Universe Slovenia contest: Status, Dead». Global Beauties. Consultado em 9 de agosto de 2012 
  24. [12]
  25. «Histórico de audiência do concurso Miss Universo na Band (2003-2012)». TV em Análise Críticas. 20 de dezembro de 2012 
  26. «Os contra-programas brasileiros para o concurso Miss Universo 2012». TV em Análise Críticas. 19 de dezembro de 2012 
  27. Kondolojy, Amanda (20 de dezembro de 2012). «Audiência de TV da quarta-feira: Apresentações finais do 'X Factor' caem; 'Chicago Fire' cresce + Miss Universo cresce em relação ao ano passado». TVbytheNumbers 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]