Miss Universo 2017

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a 65.ª edição do concurso, realizada em janeiro de 2017, veja Miss Universo 2016.
Miss Universo 2017
Sede do concurso.
Data 26 de novembro de 2017[1]
Apresentadores Steve Harvey, Ashley Graham, Carson Kressley, Lu Sierra
Atrações musicais Fergie, Rachel Platten
Local The AXIS, Las Vegas, Nevada, Estados Unidos[2]
Transmissão FOX, Azteca América
Candidatas 92
Semifinalistas 16
Estreias Camboja, Laos, Nepal
Desistências Belize, Dinamarca, Hungria, Kosovo, Quênia, Serra Leoa, Suíça
Retornos Egito, El Salvador, Etiópia, Gana, Iraque, Irlanda, Líbano, Santa Lúcia, Trinidad e Tobago, Zâmbia
Vencedora Demi-Leigh Nel-Peters
África do Sul

Miss Universo 2017 foi a 66.ª edição do concurso Miss Universo, realizada em 26 de novembro de 2017 no The AXIS, no Planet Hollywood Resort and Casino, em Las Vegas, Nevada, nos Estados Unidos.[3][4] No final do evento, a Miss Universo 2016, Iris Mittenaere, da França, coroou a sul-africana Demi-Leigh Nel-Peters como sua sucessora.

A noite final foi apresentada pela terceira vez por Steve Harvey, com os comentários de Ashley Graham nos bastidores e análise de Carson Kressley e Lu Sierra durante a transmissão. As atrações musicais ficaram por conta das cantoras Fergie e Rachel Platten.

Candidatas de 92 países e territórios participaram do concurso deste ano, superando o recorde anterior de 89 concorrentes em 2011 e 2012.

Cidade-sede[editar | editar código-fonte]

Planet Hollywood Resort and Casino: o local onde o concurso aconteceu.

Logo após o Miss Universo 2016, alguns meios de comunicação divulgaram rumores e especulações sobre a sede do próximo evento, sendo a mais concreta, até então, relacionada à Austrália. O empresário australiano Troy Barbagallo, franqueado do Miss Universo Austrália, afirmou ao Herald Sun que havia apresentado uma proposta concreta à IMG e que existia grande interesse da Organização em realizar as duas próximas edições do concurso no país.[5][6]

Por sua parte, em 25 de maio de 2017, o Departamento de Turismo das Filipinas divulgou que a Organização Miss Universo estava interessada em organizar o concurso novamente nas Filipinas.[7] Entretanto, no dia 22 de junho o Departamento anunciou que o país não sediaria mais o concurso deste ano, mas que considerava a possibilidade da realização da próxima edição em vez disso.[8]

Também em maio, representantes da Organização Miss Universo entraram em contato com Rick Fried — chefe do Departamento de Turismo do Havaí, para que Honolulu sediasse o evento. Contudo, em 26 de julho a Organização Miss Universo confirmou que o evento não ocorreria mais na ilha por causa da indisponibilidade do Neal S. Blaisdell Center, local onde o concurso iria acontecer, que além de apresentar problemas de infraestrutura, não consegue suportar a quantidade de equipamentos usados para a transmissão do concurso.[9]

Em 7 de setembro de 2017, a diretora do Mexicana Universal e Miss Universo 1991, Lupita Jones, afirmou durante uma entrevista ao Telemundo que o concurso aconteceria no dia 26 de novembro em uma cidade dos Estados Unidos.[10] No dia 28 de setembro de 2017, a Organização Miss Universo, via Instagram, anunciou oficialmente que o concurso seria realizado no dia 26 de novembro no The AXIS, Planet Hollywood Resort and Casino, em Las Vegas, Estados Unidos.[11]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Mapa-múndi mostrando as colocações finais de cada país no Miss Universo 2017:
  Miss Universo 2017
  2.ª colocada
  3.ª colocada
  Top 5
  Top 10
  Top 16
  17.ª à 92.ª colocada
Colocação Candidata País/Território
Miss Universo 2017 Demi-Leigh Nel-Peters África do Sul
2.ª colocada Laura González  Colômbia
3.ª colocada Davina Bennett  Jamaica
Top 5 Maria Poonlertlarp
Keysi Sayago
 Tailândia
 Venezuela
Top 10 Monalysa Alcântara
Lauren Howe
Sofia del Prado
Kára McCullough
Rachel Peters
 Brasil
 Canadá
Flag of Spain.svg Espanha
 Estados Unidos
Filipinas
Top 16 Roxette Qiu
Shanaelle Petty
Ruth Quarshie
Anna Burdzy
Cailín Áine Ní Toibín
Christina Peiris
 China
 Croácia
Gana
Reino Unido Grã-Bretanha
 Irlanda
Sri Lanka

Forma de disputa[editar | editar código-fonte]

Final[editar | editar código-fonte]

A final foi transmitida ao vivo para mais de 190 países e territórios do The AXIS, em Las Vegas, no dia 26 de novembro de 2017. Foi apresentada pelo comediante Steve Harvey, juntamente com a modelo Ashley Graham, que cobriu os bastidores, além dos comentários de Carson Kressley e Lu Sierra durante a transmissão.

As 16 semifinalistas foram conhecidas ao longo da noite final. Este grupo foi formado da seguinte forma:

  • o júri preliminar escolheu as candidatas que mais se destacaram nas três áreas da competição preliminar (traje de banho, traje de gala e entrevista), concedendo doze lugares para a noite final. Essas concorrentes foram distribuídas por regiões continentais (Américas, Europa e um grupo combinado de África e Ásia-Pacífico), sendo que cada grupo foi formado por quatro candidatas;
  • a Organização Miss Universo reservou outros quatros lugares para as candidatas que, no seu entendimento, tiveram um bom desempenho durante as atividades do concurso e eram uma boa opção para seguir na disputa. Essas quatro candidatas foram selecionadas independentemente da região continental de onde vieram.

Depois de anunciadas, as 16 semifinalistas foram, então, novamente avaliadas por uma outra banca de jurados e pelo público, que pôde votar na sua candidata preferida por meio dos smartphones. O restante do show desenvolveu-se da seguinte maneira:

  • as 16 selecionadas desfilaram em uma nova rodada em traje de banho (escolhidos pessoalmente por cada uma delas), e seis candidatas saíram da competição;
  • as dez que continuaram na disputa desfilaram em traje de gala (também escolhidos por elas mesmas), e outras cinco candidatas foram eliminadas do concurso;
  • as cinco restantes foram submetidas a uma pergunta eliminatória sobre diversos temas atuais, e mais duas concorrentes deixaram a competição;
  • as três finalistas foram novamente submetidas a uma última rodada de perguntas, desta vez igual para todas, e posteriormente desfilaram pela última vez no chamado Final Look, e os jurados, juntamente com o público votante, consideraram a impressão geral deixada por cada uma das finalistas para votar e definir as posições finais de cada candidata.

Jurados[editar | editar código-fonte]

Preliminar[editar | editar código-fonte]

No dia 20 de novembro, todas as candidatas competiram em trajes de gala (escolhidos pessoalmente por cada uma delas e concebidos pelos estilistas designados pelas coordenações nacionais) e em trajes de banho (também escolhidos por elas mesmas) durante a competição preliminar (chamado pela Organização de Presentation Show). Dois dias antes, elas haviam sido entrevistadas individualmente (e de forma reservada) por cada um dos jurados preliminares. Nessa etapa foram definidas parte das dezesseis semifinalistas.

Jurados[editar | editar código-fonte]

Prêmios especiais[editar | editar código-fonte]

Miss Simpatia[editar | editar código-fonte]

A candidata que ganhou o prêmio de Miss Simpatia foi escolhida pelas suas próprias colegas, que votaram em segredo para a participante mais simpática, carismática e inspiradora. Nesta edição houve um empate.

  • Vencedoras:  Egito, Farah Sedky e  Panamá, Laura de Sanctis.

Melhor Traje Típico[editar | editar código-fonte]

Em 18 de novembro, no mezanino do Planet Hollywood Resort and Casino, cada uma das candidatas do Miss Universo 2017 se apresentou perante os juízes preliminares portando um traje típico de seu país. O prêmio foi para a candidata que, de acordo com a Organização Miss Universo, esteve melhor caracterizada.

  • Vencedora:  Japão, Momoko Abe.

Programação musical[editar | editar código-fonte]

Candidatas[editar | editar código-fonte]

92 candidatas competiram pelo título.[13] A vencedora do concurso está em negrito.

País/Território Candidata Altura Cidade natal Grupo continental
África do Sul Demi-Leigh Nel-Peters[14] 1,70 m Sedgefield África e Ásia-Pacífico
 Albânia Blerta Leka[15] 1,70 m Tirana Europa
 Alemanha Sophia Koch[16] 1,70 m Halle Europa
 Angola Lauriela Martins[17] 1,78 m Cabinda África e Ásia-Pacífico
 Argentina Stefanía Incandela[18] 1,80 m Buenos Aires Américas
 Aruba Alina Mansur[19] 1,70 m Malmok Américas
 Austrália Olivia Rogers[20] 1,75 m Adelaide África e Ásia-Pacífico
 Áustria Celine Schrenk[21] 1,70 m Gänserndorf Europa
 Bahamas Yasmine Cooke 1,78 m Nassau Américas
 Barbados Lesley Chapman-Andrews 1,75 m Bridgetown Américas
 Bélgica Liesbeth Claus 1,73 m Assenede Europa
 Bolívia Gleisy Noguer Hassen 1,93 m Cobija Américas
 Brasil Monalysa Alcântara 1,73 m Teresina Américas
 Bulgária Nikoleta Todorova 1,73 m Vratsa Europa
Camboja By Sotheary 1,73 m Phnom Penh África e Ásia-Pacífico
 Canadá Lauren Howe 1,75 m Toronto Américas
Cazaquistão Kamila Assilova 1,75 m Almaty África e Ásia-Pacífico
 Chile Natividad Leiva 1,80 m Santiago Américas
 China Roxette Qiu 1,75 m Chengdu África e Ásia-Pacífico
 Colômbia Laura González 1,80 m Cartagena Américas
 Coreia do Sul Cho SeWhee 1,70 m Seul África e Ásia-Pacífico
Costa Rica Elena Correa 1,85 m Heredia Américas
 Croácia Shanaelle Petty[22] 1,85 m Slavonski Brod Europa
Curaçao Nashaira Balentien 1,75 m Willemstad Américas
 Egito Farah Sedky 1,73 m Cairo África e Ásia-Pacífico
El Salvador Alisson Abarca 1,65 m San Salvador Américas
Equador Daniela Cepeda 1,73 m Guayaquil Américas
 Eslováquia Vanessa Bottánová 1,75 m Bratislava Europa
 Eslovênia Emina Ekić 1,80 m Ptuj Europa
Flag of Spain.svg Espanha Sofia del Prado[23] 1,80 m Albacete Europa
 Estados Unidos Kára McCullough[24] 1,78 m Washington, D.C. Américas
 Etiópia Akinahome Zergaw 1,75 m Adis Abeba África e Ásia-Pacífico
Filipinas Rachel Peters[25] 1,73 m Canaman África e Ásia-Pacífico
 Finlândia Michaela Söderholm 1,75 m Helsinque Europa
 França Alicia Aylies[26] 1,78 m Paris Europa
Gana Ruth Quarshie 1,80 m Ajumako África e Ásia-Pacífico
 Geórgia Mariam Gogodze 1,78 m Rustavi Europa
Reino Unido Grã-Bretanha Anna Burdzy[27] 1,75 m Leicester Europa
Guam Myana Welsh 1,78 m Tamuning África e Ásia-Pacífico
 Guatemala Isel Suñiga 1,73 m Ayutla Américas
Guiana Rafieya Husain 1,70 m Anna Regina África e Ásia-Pacífico
Haiti Cassandra Chery 1,73 m Porto Príncipe Américas
Honduras April Tobie 1,83 m Roatán Américas
Ilhas Cayman Anika Conolly 1,73 m West Bay Américas
Ilhas Virgens Americanas Esonica Veira 1,73 m Charlotte Amalie Américas
Ilhas Virgens Britânicas Khephra Sylvester 1,68 m Tortola Américas
 Índia Shraddha Shashidhar 1,70 m Chennai África e Ásia-Pacífico
Indonésia Bunga Jelitha 1,80 m Jacarta África e Ásia-Pacífico
 Iraque Sarah Idan 1,70 m Baghdad África e Ásia-Pacífico
 Irlanda Cailín Áine Ní Toibín 1,75 m Cobh Europa
 Islândia Arna Ýr Jónsdóttir 1,73 m Kópavogur Europa
 Israel Adar Gandelsman[28] 1,70 m Ashkelon África e Ásia-Pacífico
 Itália Maria Polverino 1,75 m Nápoles Europa
 Jamaica Davina Bennett 1,78 m Clarendon Américas
 Japão Momoko Abe 1,75 m Chiba África e Ásia-Pacífico
Laos Souphaphone Somvichith 1,70 m Vientiane África e Ásia-Pacífico
Líbano Jana Sader 1,78 m Sídon África e Ásia-Pacífico
 Malásia Samantha James[29] 1,70 m Kuala Lumpur África e Ásia-Pacífico
 Malta Tiffany Pisani 1,75 m Attard Europa
Maurícia Angie Callychurn 1,80 m Curepipe África e Ásia-Pacífico
 México Denisse Franco[30] 1,78 m Culiacán Américas
Mianmar Zun Thansin[31] 1,78 m Yangon África e Ásia-Pacífico
Namíbia Suné January 1,75 m Rehoboth África e Ásia-Pacífico
Flag of Nepal.svg Nepal Nagma Shrestha[32] 1,80 m Katmandu África e Ásia-Pacífico
Nicarágua Berenice Quezada 1,73 m El Rama Américas
Nigéria Stephanie Agbasi 1,78 m Neni África e Ásia-Pacífico
 Noruega Kaja Kojan 1,68 m Kongsvinger Europa
 Nova Zelândia Harlem-Cruz Atarangi Ihaia 1,78 m Napier África e Ásia-Pacífico
 Países Baixos Nicky Opheij 1,80 m Handel Europa
 Panamá Laura de Sanctis 1,83 m Cidade do Panamá Américas
 Paraguai Ariela Machado 1,80 m Assunção Américas
 Peru Prissila Howard 1,73 m Piura Américas
 Polónia Katarzyna Włodarek 1,52 m Breslávia Europa
 Porto Rico Danna Hernández 1,75 m San Juan Américas
 Portugal Matilde Lima[33] 1,75 m Setúbal Europa
 República Checa Michaela Habáňová 1,75 m Zlín Europa
República Dominicana Carmen Muñoz 1,75 m Licey al Medio Américas
 Roménia Ioana Mihalache 1,83 m Constanța Europa
 Rússia Kseniya Alexandrova[34] 1,78 m Moscou Europa
Santa Lúcia Louise Victor 1,80 m Micoud Américas
 Singapura Manuela Bruntraeger 1,70 m Cidade de Singapura África e Ásia-Pacífico
Sri Lanka Christina Peiris 1,75 m Colombo África e Ásia-Pacífico
 Suécia Frida Fornander 1,78 m Gotemburgo Europa
 Tailândia Maria Poonlertlarp 1,83 m Banguecoque África e Ásia-Pacífico
Tanzânia Lilian Ericaah 1,73 m Dar es Salaam África e Ásia-Pacífico
Trinidad e Tobago Yvonne Clarke 1,70 m San Fernando Américas
 Turquia Pinar Tartan 1,83 m İzmir Europa
 Ucrânia Yana Krasnikova 1,68 m Kiev Europa
Uruguai Marisol Acosta 1,80 m Canelones Américas
 Venezuela Keysi Sayago[35] 1,75 m Caracas Américas
 Vietnã Loan Nguyen 1,75 m Thái Bình África e Ásia-Pacífico
 Zâmbia Isabel Chikoti 1,65 m Chingola África e Ásia-Pacífico

Indicações[editar | editar código-fonte]

  •  Argentina — Stefanía Incandela foi indicada Miss Universo Argentina 2017 após um casting organizado pela Endemol Argentina e pela TNT América Latina, as donas da franquia Miss Universo Argentina;
  •  Aruba — Alina Mansur foi nomeada Miss Universo Aruba 2017 depois de ser selecionada em um evento promovido pela Star Promotion Foundation, a titular da franquia Miss Universo Aruba;
  • Costa Rica — Elena Correa foi designada para representar o seu país depois que o Miss Costa Rica foi adiado devido à complicações no cronograma de transmissão do concurso;
  • Curaçao — Nashaira Balentien foi eleita Miss Universo Curaçao 2017 após a edição deste ano não ser realizada por falta de patrocínios;
  •  Geórgia — Mariam Gogodze foi aclamada para representar a Geórgia pela IC Model Management, depois que o Miss Universo Geórgia não foi realizado por motivos desconhecidos;
  • Líbano — Jana Sader foi nomeada para representar o Líbano pela MTV Lebanon, a nova dona da franquia Miss Universo Líbano;
  • Maurícia — Angie Callychurn foi indicada Miss Universo Maurícia 2017 depois que as concorrentes do concurso Estrella Mauritius 2017 foram entrevistadas por um painel de júri;
  • Flag of Nepal.svg Nepal — Nagma Shrestha foi nomeada Miss Universo Nepal 2017 por Sunder Lal Kakshapati, diretor nacional do concurso Miss Nepal, depois que este adquiriu a franquia Miss Universo Nepal;
  •  Peru — Prissila Howard foi designada Miss Peru 2017 por Jessica Newton, diretora nacional do Miss Peru, após a edição deste ano ser adiada para o final de outubro;
  •  Polónia — Katarzyna Włodarek foi eleita Miss Universo Polônia 2017 depois que a edição deste ano foi adiada para o final de novembro, depois do Miss Universo;
  • Sri Lanka — Christina Peiris foi nomeada Miss Universo Sri Lanka 2017 após um casting organizado por Rosita Wickramasinghe, diretora nacional do Miss Universo Sri Lanka;
  • Uruguai — Marisol Acosta foi indicada Miss Universo Uruguai 2017 pela Escola de Modelos y Actitud Agency e pela TNT América Latina, após a edição deste ano do concurso não ser realizada por motivos desconhecidos;
  •  Vietnã — Loan Nguyen foi nomeada para representar o seu país nesta edição do Miss Universo após a data do Miss Vietnã estar em conflito com a data do Miss Universo.

Substituições[editar | editar código-fonte]

  •  Bélgica — Liesbeth Claus foi indicada Miss Universo Bélgica 2017 como uma substituta de Romanie Schotte, Miss Bélgica 2017, que escolheu competir no Miss Mundo 2017 em vez do Miss Universo devido à proximidade de datas dos dois concursos;
  •  Bulgária — Mira Simeonova foi substituída por não ter a idade mínima necessária para competir no Miss Universo. Nikoleta Todorova, 3ª colocada no Miss Universo Bulgária 2017, assumiu o título;
  •  Iraque — Sarah Idan foi nomeada Miss Universo Iraque 2017 depois do descobrimento de que a real vencedora do concurso, Vian Sulaimani, era casada;
  •  Rússia — Kseniya Alexandrova foi eleita Miss Universo Rússia 2017 pela organização do concurso como uma substituta de Polina Popova, vencedora do Miss Rússia 2017, que escolheu competir no Miss Mundo 2017 em vez do Miss Universo devido à proximidade de datas dos dois concursos. Alexandrova foi a 2ª colocada no concurso;
  •  Turquia — A organização do Miss Turquia destronou a vencedora original, Itır Esen, após um tweet polêmico de Esen sobre a tentativa de golpe do Estado turco de 2016. Aslı Sümen, que seria a representante da Turquia no Miss Universo 2017, foi enviada para o Miss Mundo 2017, enquanto Pınar Tartan substituiu Itır.

Estreias[editar | editar código-fonte]

Retornos[editar | editar código-fonte]

Competiu pela última vez em Dorado 1972:

Competiu pela última vez em Las Vegas 2010:

Competiram pela última vez em Doral 2014:

Competiram pela última vez em Las Vegas 2015:

Desistências[editar | editar código-fonte]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Candidatas que já competiram em outros concursos de beleza:

Importância histórica[editar | editar código-fonte]

Resultados[editar | editar código-fonte]

  • A África do Sul ganha o Miss Universo pela segunda vez, a primeira ocasião foi em 1978.
  • A Colômbia classifica-se pelo quarto ano consecutivo entre as semifinalistas.
  • Brasil, Canadá, Colômbia, Estados Unidos, Filipinas e Tailândia repetem a qualificação entre as 16 semifinalistas.
  • As Filipinas classificam-se pelo oitavo ano consecutivo.
  • O Brasil e os Estados Unidos classificam-se pelo sétimo ano consecutivo.
  • A Colômbia classifica-se pelo quarto ano consecutivo.
  • A Tailândia classifica-se pelo terceiro ano consecutivo.
  • África do Sul e Venezuela classificaram-se pela última vez em 2015.
  • Espanha e Jamaica classificaram-se pela última vez em 2014.
  • A China e a Grã-Bretanha classificaram-se pela última vez em 2013.
  • A Croácia classificou-se pela última vez em 2012.
  • A Irlanda classificou-se pela última vez em 2010.
  • Gana classificou-se pela última vez em 1999.
  • Sri Lanka classificou-se pela última vez em 1955, ainda como Ceilão.
  • A Indonésia quebra uma série de qualificações que manteve desde 2013. Da mesma forma, a França vem fazendo isso desde 2014.
  • Japão vence pela segunda vez o prêmio de Melhor Traje Típico.
  • Panamá vence o prêmio de Miss Simpatia pela primeira vez.
  • Nenhuma representante da Oceania se classificou entre as semifinalistas.

Polêmicas[editar | editar código-fonte]

Selfie da Miss Iraque com a Miss Israel[editar | editar código-fonte]

Poucos dias antes da chegada das candidatas a Las Vegas, a representante do Iraque, Sarah Idan, publicou uma selfie com a Miss Israel no seu Instagram. A foto gerou uma onda de comentários, muitos deles negativos, já que o Iraque é um país que não reconhece o estado hebraico e tecnicamente permanece em guerra com ele. Mais tarde, a Miss Israel disse que Sarah pediu-lhe para tirar uma foto, e ela aceitou, acrescentando que ela espera que haja paz entre as comunidades judaica e muçulmana, e que ela queria ajudar a espalhar a mensagem.[37]

Ameaças de morte à Miss Iraque[editar | editar código-fonte]

Depois que a representante iraquiana, Sarah Idan, desfilou em traje de banho durante a competição preliminar rompendo as barreiras ortodoxas de seu país, uma série de ameaças de morte foi gerada contra ela, bem como para sua família. Por essa razão, a família Idan foi obrigada a deixar a capital iraquiana depois que seus parentes também receberam tais ameaças. A família de Sarah vem da região mais conservadora do país, que inclui as províncias da Babilônia e Qadisiyah e que abriga dois dos lugares mais sagrados para os muçulmanos xiitas: Karbala e Najaf.

Por razões de segurança, a Organização Miss Universo decidiu cortar as cenas da aparição de Sarah em traje de banho durante a competição preliminar (que foi transmitida gravada), bem como retirar imagens similares da página oficial do concurso.[38]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, a transmissão da FOX da 66ª edição do Miss Universo atraiu 4,4 milhões de telespectadores e teve 1,1 de média, uma queda de 15% e 27% respectivamente em relação ao ano anterior, tendo assim a segunda pior audiência da história do concurso, ficando à frente apenas da edição de 2013, que teve 3,8 milhões de telespectadores e 0,9 de média, quando o evento foi exibido gravado em decorrência de problemas com o fuso horário russo.[39]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Announcing the 66th MISS UNIVERSE® Competition» (em inglês). Miss Universo – Site oficial. Consultado em 18 de novembro de 2017 
  2. «Learn More About The MISS UNIVERSE® Competition» (em inglês). Miss Universo – Site oficial. Consultado em 26 de novembro de 2017 
  3. «¡Es oficial! Miss Universo 2017 será el 26 de noviembre en Las Vegas» (em espanhol). La Nación, Costa Rica. Consultado em 19 de novembro de 2017 
  4. «Confirman fecha de Miss Universo 2017» (em espanhol). Metro, Puerto Rico. Consultado em 19 de novembro de 2017 
  5. «Australia Bidding to Host Both 66th & 67th Miss Universe for 2017 & 2018!» (em inglês). Adobo Today. Consultado em 6 de fevereiro de 2017 
  6. «Miss Universe: Melbourne makes 2017 final bid» (em inglês). Herald Sun. Consultado em 23 de novembro de 2017 
  7. «PH being eyed to host Miss Universe 2017: DOT» (em inglês). ABS-CBN News. Consultado em 4 de dezembro de 2017 
  8. «No Miss Universe in PH this year, Tourism chief says» (em inglês). ABS-CBN News. Consultado em 4 de dezembro de 2017 
  9. «Arena concerns keep Miss Universe pageant from coming to Honolulu» (em inglês). Khon 2. Consultado em 28 de julho de 2017 
  10. «Lupita Jones inauguró su instituto para crear nuevas reinas | Suelta La Sopa | Entretenimiento» (em espanhol). Telemundo Entretenimento. Consultado em 7 de setembro de 2017 
  11. «We're thrilled to announce that #MissUniverse will be airing LIVE from @PHVegas on November 26, on @FOXTV» (em inglês). Miss Universo – Instagram. Consultado em 4 de dezembro de 2017 
  12. «Get To Know The MISS UNIVERSE® Preliminary Competition Judges!» (em inglês). Miss Universo – Site oficial. Consultado em 18 de novembro de 2017 
  13. «Miss Universe 2017 Contestants» (em inglês). Miss Universo – Site ofical. Consultado em 18 de outubro de 2017 
  14. «She's 21, she's graceful and she is your new Miss South Africa. Congrats Demi-Leigh!» (em inglês). Miss África do Sul – Facebook. Consultado em 28 de março de 2017 
  15. «Blerta Leka crowned Miss Universe Albania 2017» (em inglês). Angelopedia. Consultado em 29 de junho de 2017 
  16. «Sophia Koch crowned Miss Universe Germany 2017» (em inglês). Angelopedia. Consultado em 24 de setembro de 2017 
  17. «Lauriela Martins supera concurrencia y lleva título Miss Angola 2017» (em espanhol). Angop. Consultado em 29 de dezembro de 2016 
  18. «Stefanía Incandela crowned Miss Universo Argentina 2017» (em inglês). Argentina – The Perfect Miss. Consultado em 5 de outubro de 2017 
  19. «Miss Aruba 2017» (em inglês). Missosology. Consultado em 4 de julho de 2017 
  20. «South Australian-born speech pathologist Olivia Rogers crowned Miss Universe Australia» (em inglês). The Advertiser. Consultado em 29 de junho de 2017 
  21. «Celine Schrenk – Miss Austria 2017» (em alemão). Miss Universo Áustria – Página oficial. Consultado em 6 de julho de 2017 
  22. «Miss Universe Hrvatske 2017 is Shannaelle Petty!» (em croata). Miss Universo Croácia – Facebook. Consultado em 28 de abril de 2017 
  23. «La albaceteña Sofía del Prado gana Miss Universe Spain y representará a España en Miss Universo 2017» (em espanhol). El Digital de Albacete. Consultado em 24 de setembro de 2017 
  24. «Miss District of Columbia, Kára McCullough Wins Miss USA 2017» (em inglês). Cosmopolitan. Consultado em 23 de novembro de 2017 
  25. «Miss Universe Philippines 2017 – Rachel Peters» (em inglês). Binibining Pilipinas – Facebook. Consultado em 23 de novembro de 2017 
  26. «Alicia Aylies se prépare pour l` edition 2017 de Miss Univers» (em francês). Pageanthology. 31 de janeiro de 2017 
  27. «Miss Universe GB 2017» (em inglês). Pageanthology. 16 de julho de 2017 
  28. «מיס ישראל 2017 היא אדר גנדלסמן» (em hebraico). Miss Israel – Instagram. 9 de maio de 2017 
  29. «Miss Universe Malaysia 2017 is Samantha Katie James.». Miss Universo Malásia – Instagram. 23 de fevereiro de 2017 
  30. «Nuestra Belleza México 2017 es Denisse Franco Piña» (em espanhol). Nuestra Belleza México – Facebook. Consultado em 23 de novembro de 2017 
  31. «Zun Than Sin is Miss Universe Myanmar» (em inglês). Eleven Myanmar. Consultado em 23 de novembro de 2017 
  32. «Nepal To Take Part In Miss Universe For The First Time, Nagma Shrestha To Represent». 977now. 22 de setembro de 2017 
  33. «Matilde Lima eleita Miss Universo Portugal 2017». Miss Portuguesa – Instagram. 2 de setembro de 2017 
  34. «Блондинка в законе: «Мисс Россия – 2017» стала Полина Попова из Свердловской области» (em russo). Tricolor TV Magazine. 15 de abril de 2017 
  35. «Congratulations to #MissUniverse Venezuela 2016, Keysi Sayago!». Miss Universo – Twitter. 26 de outubro de 2016 
  36. «Sierra Leone's candidate to Miss Universe 2017 Adama L. Kargbo might miss the contest» (em inglês). SwitSalone. Consultado em 22 de novembro de 2017 
  37. «Miss Irak causa polémica tras publicar una foto con Miss Israel» (em espanhol). EL UNIVERSAL. Consultado em 26 de novembro de 2017 
  38. «Death threat forces Miss Iraq's family to leave Baghdad ahead of Miss Universe pageant» (em inglês). International Business Times. Consultado em 26 de novembro de 2017 
  39. «Ratings: Miss Universe Slips to Second-Lowest Numbers Ever, Shark Tank Rises» (em inglês). TVLine. Consultado em 28 de novembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]