Miss Universo 1970

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miss Universo 1970
Data 11 de julho de 1970
Apresentadores Bob Barker
Local Miami Beach Auditorium, Miami Beach, Flórida, Estados Unidos
Emissoras CBS
Candidatas 64
Semifinalistas 15
Estreias Tchecoslováquia
Retiradas Bonaire, Tailândia
Retornos Líbano, Panamá, Paraguai, Portugal
Vencedora Marisol Malaret
 Porto Rico

Miss Universo 1970 foi a 19.ª edição do concurso Miss Universo, realizada em 11 de julho de 1970 no Miami Beach Auditorium, em Miami Beach, Flórida, nos Estados Unidos. Candidatas de 64 países e territórios competiram pelo título. No final do evento, a Miss Universo 1969, Gloria Diaz, das Filipinas, coroou a porto-riquenha Marisol Malaret como sua sucessora.

Evento[editar | editar código-fonte]

Antes do concurso, as candidatas estiveram em Osaka, no Japão, para participarem da Expo 1970. Com o desembarque das misses em Miami, uma favorita foi escolhida rapidamente pela imprensa e aficcionados, a Miss EUA, Deborah Shelton. Considerada impossível de ser vencida, Shelton era a favorita até mesmo entre as próprias participantes, pela sua beleza facial, grandes olhos verdes e personalidade radiante.[1] Outras favoritas eram Miss Suécia, Miss Austrália, Miss Argentina, Miss Dinamarca e a alta Miss Tchecoslováquia, Kristina Hanazalova, a primeira vez que uma candidata de um país da então Cortina de Ferro participou do concurso.[2]

Entre as dez semifinalistas após o desfile de maiôs estava a brasileira Eliane Thompson. Marisol começou a despertar a atenção a partir daí, com um corpo perfeito e um grande desfile em passarela, mas a favorita do público continuava a ser a Miss EUA.

As cinco finalistas escolhidas foram Porto Rico, EUA, Argentina, Austrália e Japão. O quinto lugar para a Miss Argentina, Beatriz Gross, considerada a mais bonita representante da Argentina a já ter disputado um Miss Universo, provocou fortes vaias da platéia. Ao final, ficaram no palco apenas Marisol e Deborah Shelton. Todo o público tinha então a certeza da vitória da norte-americana, favorita de todos desde o início do certame. A surpresa veio com o anúncio do apresentador Bob Barker, declarando Shelton em segundo lugar e Malaret como a nova Miss Universo. A princípio, nem a própria Miss Porto Rico – muito mais bonita pessoalmente que em fotos e imagens de televisão, talvez a menos fotogênica de todas as Misses Universo[1] – acreditou, mas o considerado impossível aconteceu e Shelton perdeu uma das coroas mais esperadas da história do concurso.

Marisol Malaret, a ruiva porto-riquenha de maior beleza puramente natural entre todas daquele país que viriam a vencer o Miss Universo, foi recebida com honras em seu país e até hoje é uma figura de grande popularidade local. Nos anos seguintes, tornou-se apresentadora de programas de televisão, personalidade de rádio e editora de revistas femininas, tendo fundado a Caras em Porto Rico. Deborah Shelton seguiu a carreira de atriz e teve algum sucesso nos anos 70 na televisão norte-americana, participando de séries como The Love Boat, T.J. Hooker, A Ilha da Fantasia, até conseguir a consagração popular na década seguinte com seu papel de Mandy Winger, uma das amantes de J.R. Ewing, o personagem principal do seriado Dallas.[1]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocação Candidata
Miss Universo 1970
2.ª colocada
3.ª colocada
4.ª colocada
5.ª colocada
Top 15

Prêmios especiais[editar | editar código-fonte]

Miss Simpatia[editar | editar código-fonte]

  • Vencedora: Guam — Hilary Best.

Miss Fotogenia[editar | editar código-fonte]

  • Vencedora:  Bermudas — Margaret Hill.

Melhor Traje Típico[editar | editar código-fonte]

  • Vencedora:  Bolívia — Roxana Brown.

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Em negrito, a candidata eleita Miss Universo 1970. Em itálico, as semifinalistas.[3]

Referências

  1. a b c «Marisol Malaret - Miss Universe 1970». globalbeauties.com. Consultado em 14 de julho de 2011 
  2. «PUERTO RICO WINS FIRST CROWN». Critical Beauty. Consultado em 5 de fevereiro de 2015 
  3. «1970». pageantopolis.com. Consultado em 15 de julho de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]