Miss Universo 1988

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miss Universo 1988
Data 23 de maio de 1988
Apresentadores Alan Thicke
Local Lin Kou Stadium, Taipé, Taiwan
Candidatas 66
Semifinalistas 10
Desistências Barbados, Belize, Curaçao, Chipre, Grécia, Índia, Quênia, Panamá, Senegal
Retornos Bélgica, Bermuda, Gibraltar, Islândia, Luxemburgo, Taiwan, Escócia
Vencedora Porntip Nakhirunkanok

Miss Universo 1988 foi a 37ª edição do concurso, realizado no Lin Kou Stadium, Taipé, Taiwan, em 23 de maio daquele ano. Sessenta e seis candidatas disputaram o título, no evento que pela primeira vez em 21 anos não teve Bob Barker como apresentador, sendo substituído pelo canadense Alan Thicke.[1]

A tailandesa Porntip Nakhirunkanok foi coroada como Miss Universo, a segunda de seu país, numa edição que ficou conhecida como o "Ano das Orientais", em que quatro misses da Ásia compuseram o Top 5, fato inédito na história do concurso.

Escolha da sede[editar | editar código-fonte]

Helsinque, na Finlândia originalmente seria sede do concurso e foi anunciada como sede ao final do Miss Universo 1987.Mas,em 3 de janeiro de 1988,o prefeito da capital finlandesa Raimo Ilaskivi, anunciou que a cidade não poderia sediar o evento devido a problemas financeiros.No dia seguinte a este anúncio , o prefeito de Taipei, Hsu Shui-teh,anunciou que a cidade iria sediar o certame em maio do mesmo ano.[2]

Evento[editar | editar código-fonte]

Com apenas duas candidatas a menos do que o ano anterior e a primeira ausência de um dos países mais tradicionais da história do evento, a Grécia, o nível de qualidade de beleza desta edição foi superior. Liderando as preferências desde o início, estavam as misses USA, República da Coreia e República Dominicana. Transmitido pela CBS para 600 milhões de espectadores em todo mundo. Este concurso foi também marcado por sua grande produção, luxuosa e colorida, com um número inicial dançado e cantado pelas participantes ao som de Dancing on the Ceiling, de Lionel Ritchie, com enormes fitas coloridas e uma grande pirâmide dourada com caracteres chineses inscritos, no palco.[3]

Após os desfiles preliminares em maiô, as três favoritas dominaram a pontuação e foram todas selecionadas entre o Top 10. Além delas, algumas para surpresa de muitos, estavam Hong Kong, Japão, Colômbia, Noruega, México, Venezuela e Tailândia,que por muito pouco não havia sido eliminada nas preliminares. Até aquele momento no concurso, Porntip, vencedora do Melhor Traje Típico, não vinha sendo considerada entre as favoritas. Depois das entrevistas, entretanto, ela conquistou os jurados e passou a liderar a competição.[1]

O Top 5 foi formado por Tailândia, Coreia, Hong Kong, Japão e México. Com apenas uma latino-americana, Top 5 deste ano foi o único da história do concurso com 4 asiáticas. No final, apenas Porntip e uma chorosa e emocionada Chang Yun-Jung da Coreia, a tailandesa foi coroada como Miss Universo 1988, a segunda de seu país, 23 anos depois de Apasra Hongsakula, a Miss Universo 1965. A coreana Yun-Jung,grande favorita desde o início, chorou bastante após o concurso, descontente com a derrota. [1]

Sua vitória foi muito comemorada na Tailândia, um país onde concursos de beleza são extremamente populares; entre outras honrarias ela foi nomeada, aos 19 anos, Embaixadora da Boa Vontade nas Nações Unidas pelo Ministério das Relações Exteriores e condecorada com a Royal Medal of Honour pelo Rei Bhumibol Adulyadej por seus serviços prestados de assistência às crianças necessitadas durante seu reinado.[4] Em 2002 ela casou-se com o empresário norte-americano Herbert Simon, dono do time de basquete Indiana Pacers e de um conglomerado de empresas chamado Simon Property Group no Palácio Real de Verão em Bangkok [5] – entre os presentes estava a rainha Sirikit – e lhe deu um casal de filhos.

Hoje ela dirige uma fundação dedicada à ajuda e concessão de bolsas de estudo chamada Angels Wings Foundation.[6]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocação Candidata País
Miss Universo 1988 Porntip Nakhirunkanok  Tailândia
2º lugar Chang Yun-jung  Coreia do Sul
3º lugar Amanda Beatriz Olivares  México
4º lugar Mizuho Sakaguchi  Japão
5º lugar Pauline Yeung  Hong Kong
Semifinalistas (Top 10): Diana Arévalo
Courtney Gibbs
Bente Brunland
Patricia Jiménez
Yajaira Roldán
 Colômbia
 Estados Unidos
 Noruega
República Dominicana
 Venezuela
Premiações especiais
Miss Simpatia Liza Camacho Guam
Miss Fotogenia Tracey Williams  Inglaterra
Melhor Traje Típico Porntip Nakhirunkanok  Tailândia

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Em negrito, a candidata eleita Miss Universo 1988. Em itálico, as semifinalistas.[7]

  • Miss Grécia, Teresa Liakou, não competiu na noite final, sendo enviada de volta para casa durante as preliminares por estar doente.

Transmissão televisiva[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o SBT apresentou um compacto de uma hora com os principais momentos do concurso, entre 23h30 e 0h30 do dia 24 de maio (horário de Brasília), sem nenhum destaque na imprensa,[8] exceto em suas seções de programação televisiva.

Referências

  1. a b c «Porntip Nakhirunkanok - Miss Universe 1988». globalbeauties.com. Consultado em 7 de outubro de 2011 
  2. http://www.exam.gov.tw/cp.asp?xItem=9286&ctNode=608&mp=5
  3. «THAI VICTORY IN TAIWAN». criticalbeauty.com. Consultado em 7 de outubro de 2011 
  4. «Biography». Consultado em 6 de outubro de 2011 
  5. «The Perfect Cinderella Porntip Nakhirunkanok». BehindtheCrown.com. Consultado em 6 de outubro de 2011 
  6. «Angels Wings Foundation Internacional». Consultado em 6 de outubro de 2011 
  7. «1988». pageantopolis.com. Consultado em 7 de outubro de 2011 
  8. «Programação». Folha de S. Paulo. 23 de maio de 1988. p. A-34 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]