Apasra Hongsakula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde dezembro de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Apasra Hongsakula
Foto cortesia: G. Ganeroni
© 1995-2009 Pageant News Bureau, Inc.
Data de nascimento 19 de janeiro de 1947 (71 anos)
Local de nascimento Bangkok, Tailândia
Nacionalidade Tailândia tailandesa
Altura 1,64 m
Títulos Miss Universo 1965

Apasra Hongsakula (Bangkok, 19 de janeiro de 1947) é uma rainha da beleza tailandesa, a primeira representante da Tailândia a ser coroada como Miss Universo, em 24 de julho de 1965, em Miami Beach, Estados Unidos.

Apelidada na adolescência de "Pook" ("Gorda") pela mãe, por ter sido um bebê gordinho, depois de ser coroada como Miss Tailândia, no início de 1965, ela foi preparada para a disputa do Miss Universo pessoalmente por Sua Majestade a rainha da Tailândia Sirikit. Suas maiores qualidades eram uma elegência natural, uma pele de porcelana e uma serenidade de realeza. Aspara, desde que chegou em Miami, viveu num protocolo real, demonstrado pela sua postura, beleza e um guarda-roupa extraordinário.[1]

Única morena incluída nas Top 5, Aspara derrotou as loiras Miss Holanda, Miss Finlândia, Miss Suécia e Miss EUA, sendo a segunda MU asiática e a primeira de seu país, conquistando público e júri com sua beleza exótica e maneiras de realeza tailandesa, fora do estereótipo latino ou caucasiano que dominavam o Miss Universo.[1]

Vida posterior[editar | editar código-fonte]

Depois de coroar sua sucessora, Aspara voltou à Tailândia e casou-se com um primo da rainha Sirikit, um milionário dono de shopping centers e teve um filho deste casamento, que acabou em divórcio. Designada mais tarde como embaixadora cultural pelo Ministério do Turismo da Tailândia, ainda hoje é um figura socialmente reverenciada em seu país, como a família real, e está sempre engajada em campanhas que redundam em benefícios para as camadas sociais de menor poder econômico.

Voltou a ter contato com o Miss Universo de maneira mais próxima duas vezes, quando foi jurada das edições de 1973 em Atenas e de 1979, em Perth, na Austrália.

Referências

  1. a b «Apasra Hongsakula - Miss Universo 1965». globalbeauties.com. Consultado em 12 de julho de 2011. 
Precedido por
Corinna Tsopei
Miss Universo
1965
Sucedido por
Margareta Arvidsson


Ícone de esboço Este artigo sobre uma Rainha da Beleza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.