Amelia Vega

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Amelia Vega
Amelia Vega em 2011.
Nascimento 7 de novembro de 1984 (36 anos)
Santo Domingo
República Dominicana
Nacionalidade República Dominicana dominicana
Principais trabalhos Miss Universo 2003
Altura 1,81
Carreira como modelo
Cor do cabelo castanho
Cor dos olhos castanho
Página oficial
http://www.ameliavega.net

Amelia Vega Polanco (Santo Domingo, 7 de novembro de 1984) é uma dominicana que venceu o Miss Universo 2003. [1]

Ela foi a primeira e única representante (até janeiro de 2021) da República Dominicana a vencer o concurso e sua mãe, Patricia Polanco, havia representado a República Dominicana no Miss Mundo 1980. [2] [3]

Mora nos Estados Unidos, é casada com o jogador da NBA Al Horford e tem quatro filhos. [4] [5]

Segundo o website especializado em calcular os bens e dinheiro das celebridades, o Celebrity Net Worth, ela tem uma fortuna de cerca 1 milhão de dólares. [2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Amélia foi criada pela mãe e pela avó, já que seu pai não morava na República Dominicana, e se preparava para iniciar uma carreira na TV antes de participar dos concursos de beleza, reportou a Hola em 2003. Aos 15 anos, segundo o Celebrity Net Worth, ela havia gravado seu primeiro demo, iniciando sua carreira artística em musicais na sua cidade-natal. [6] [2]

Segundo a Mamás Latinas em novembro de 2020, ela visitava Porto Rico com frequência, já que uma de suas avós morava neste país. [7]

Participação em concursos de beleza[editar | editar código-fonte]

Miss República dominicana[editar | editar código-fonte]

Amelia foi coroada Miss República Dominicana aos 17 anos, o que lhe deu o direito de participar do Miss Universo no ano seguinte.

Miss Universo[editar | editar código-fonte]

Amelia venceu o concurso com apenas 18 anos de idade, no dia 3 de junho de 2003, na Cidade do Panamá, tendo sido então a mais jovem vencedora do concurso desde 1994. [8]

No concurso, que teve outras 70 concorrentes, ela também ganhou o prêmio de Melhor Traje Típico.

Reinado[editar | editar código-fonte]

Após ser coroada, Amelia se mudou para o apartamento da Organização Miss Universo em Nova York. [9]

Como Miss Universo 2003, viajou trabalhando extensivamente com organizações internacionalmente conhecidas pelo seus trabalhos ligado a HIV/AIDS, como a Global Health Council, Cable Positive, amfAR, The Elizabeth Glaser Pediatric AIDS Foundation e God's Love We Deliver. A Mamás Latinas reportou em 2020 que ela visitou mais de 30 países (ou 40, segundo sua biografia oficial [1]), entre eles, segundo Celebrity Net Word, a China, Indonésia, México, Equador, Camboja, Guiana, Vietnã e Tailândia, assim como países da África. [10] [7] [11]

Amelia retornou a sua terra natal diversas vezes e, em agosto de 2003, se tornou uma das estrelas da cerimônia de encerramento dos Jogos Pan-americanos de 2003 realizados em sua cidade-natal, Santo Domingo. Nesta ocasião, foi presenteada com uma medalha de honra e chegou a cantar com o tio, Juan Luis Guerra, um dos principais nomes da música dominicana. [2]

No mês seguinte, Amelia participou apresentou o Grammy Latino de Melhor Álbum de Rock de Grupo Vocal, em Miami, entregando, juntamente com o ex-integrante dos Backstreet Boys Howie D., o gramofone de ouro ao representante do grupo mexicano Maná. [7]

Mais tarde, neste mesmo ano, ela foi coanfitriã do Festival Presidente de Música Latina, um festival de música de 3 dias, realizado a cada 2 anos na República Dominicana.

Durante seu reinado, Amelia foi a imagem da marca de maquiagens CoverGirl e da cerveja dominicana "Presidente".

No dia 1º de junho de 2004, ela passou o título de Miss Universo para a australiana Jennifer Hawkins, no concurso realizado na cidade de Quito, Equador.

Vida após os concursos[editar | editar código-fonte]

Com a apresentadora Charytín

Carreira na televisão[editar | editar código-fonte]

  • "Late Show with David Letterman" (episódio de 8 de julho de 2003);
  • "Premios juventud 2004";
  • "Don Francisco Presenta" (episódio de 9 de outubro de 2003 e episódio de 16 de junho de 2004);
  • "El Éscandalo del mediodia" (um episódio em 2004);
  • "¡Despierta América!" (episódio de 18 de março de 2004 e episódio de 12 de outubro de 2004);
  • Jaime Bayly Show (episódio de 28 de Outubro de 2011);
  • Cala CNNe (episódio de 08 de dezembro de 2011);
  • Em janeiro de 2004, Amelia fez uma breve participação especial na novela Amor Descarnado exibida pela rede Telemundo;
  • Em 2005, estreou como apresentadora no reality-show Nuevas Voces de America, produzido por Emilio Estefan, exibido pela rede latina Telemundo. Nessa mesma época, ela terminou seu namoro com o cantor porto-riquenho Shalim Ortiz;[12]
  • Em 2006, foi apresentadora do Tributo a Nuestros Héroes, um histórico concerto concebido e produzido por Emilio Estefan, dedicado aos milhares de hispanos que prestam serviço militar, realizado na Estação Naval de Norfolk, Virginia, USA;
  • Em março de 2007, apresentou o reality show Suegras, exibido pela Azteca América, subsidiária da TV Azteca nos Estados Unidos);[13]
  • Em julho de 2008, Amelia conduziu, pela emissora dominicana Antena Latina, o especial "Miss Universo… nuestra historia", mostrando as telespectadores os momentos mais importantes desse concurso;
  • Em 2010, apresentou o reality-show Segunda Oportunidad, junto com Rafael Araneda e Bety Monroe, pela TV Azteca México.

Carreira no cinema[editar | editar código-fonte]

  • Amelia fez sua estreia como atriz no cinema em 2005, com uma breve participação interpretando Minerva Eros, a companheira de um coronel que atuava como testa de ferro do ex-presidente cubano Fulgencio Batista, no filme "A Cidade Perdida" (The Lost City), dirigido pelo ator Andy Garcia;
  • Em 2011, foi diretora de arte do curta espanhol Nadie es perfecto. Participou ainda da filmagem do documentário Concerto Malaga: Un Verano Excepcional, atuando junto a equipe do departamento de som.

Carreira como cantora[editar | editar código-fonte]

Em 30 de Agosto de 2020, Amelia lançou seu tão sonhado disco, nomeado Agua Dulce. Dois dias depois, o primeiro single, "Pasa um segundito", foi parar nas listas de sucesso do iTunes. O disco, que conta com 10 faixas, tem três músicas de sua autoria: "Por tí", dedicada a seu tio Mario Polanco, que faleceu em 2010; "Dentro de tí " e "Segunda oportunidad", assim como um dueto com o merengueiro Johnny Ventura em "Tócame la tambora". Amelia contou ainda com a experiência do prestigioso músico e produtor Archie Peña, compositor de hits para Shakira, Paulina Rubio, Madonna, Ricky Martin, entre muitos outros, o álbum foi gravado em partes em Nova Iorque e Santo Domingo. Como promoção de seu álbum, ela se apresentou em Porto Rico, Equador, Panamá, Costa Rica e outros locais. [9] [14]

Carreira com escritora[editar | editar código-fonte]

Em 2019, ela lançou seu primeiro livro infantil, “Un día en la vida de Pichín”, cuja venda foi revertida para as crianças com câncer. [15]

Premiações e homenagens[editar | editar código-fonte]

  • Foi indicada ao Premios Juventud 2004, na categoria Chica que me quita el sueño. Premios Juventud é um festival realizado pela rede de televisão Univisión para premiar celebridades hispanicas nas áreas de cinema, música, esportes, moda e cultura pop.
  • Em maio de 2004, teve uma nova variedade de rosa batizada em seu nome no Equador. A rosa tem pétalas brancas, ligeiramente esverdeadas.[16]
  • Foi escolhida para ser a capa do Universal Beauty: The Miss Universe Guide to Beauty, um guia de beleza escrito pelo autor Cara Birnbaum com dicas e segredos de diversas mulheres do mundo todo que já receberam o título de Miss Universo.
  • Está entre as 50 mais belas latinas de acordo com a edição de maio de 2006 da renomada revista People en Español.
  • Foi escolhida por Donald Trump para fazer parte de um livro com fotos das 13 mais famosas Miss Universo da história, com fotos feitas pelo fotográfo kosovar Fadil Berisha.
  • Em 2006, foi novamente indicada ao Premios Juventud, na categoria supermodel, juntamente com as modelos Adriana Lima, Dayanara Torres e Gisele Bündchen.
  • Em 2007, fez uma participação especial como modelo convidada no clipe da música "Mi Corazoncito", da banda de reggaeton Aventura.
  • Ganhou o prêmio de Mulher do Ano no Latin Pride National Awards 2007, em 27 de Novembro, na cidade de Boston. Latin Pride significa "Orgulho Latino", e esse festival premia as personalidades latinas que foram destaque no ano.
  • Em 2008, participou como Rainha Internacional do tradicional Desfile Dominico-Americano do Condado de Hudson, no estado americano de Nova Jérsey juntamente com artistas e líderes políticos. Na ocasião, Amelia foi homenageada recebendo a chave da cidade de Union City. Esta foi a primeira vez que o desfile foi transmitido ao vivo.
  • Em 2009, recebeu o prêmio Jóvenes Sobresalientes de la República Dominicana, da organização JCI Jaycees´ 72. São premiados, anualmente, dez jovens que se destacaram por seus esforços ao bem estar social, contribuição científica ou tecnológica, ações voltadas a bem estar infantil, a paz mundial, direitos humanos e desenvolvimento esportivo e cultural.
  • Em junho, recebeu reconhecimento e foi nomeada embaixadora da segurança vial pela Polícia Nacional do Equador, pelo apoio a uma campanha institucional lançada no país para buscar conscientizar a população com relação a acidentes de trânsito nas ruas e rodovias equatorianas.

Vida como empresária[editar | editar código-fonte]

Amelia também chegou a ter duas lojas de roupas e acessórios femininos em Miami com o nome de "Essence by Amelia Vega". [17]

Família[editar | editar código-fonte]

É casada desde dezembro de 2011 com o jogador da NBA Al Horford, com o qual tem quatro filhos, Ean, Alía, Ava e Nova. [18] [4] [5]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Amelia fez parte do casting da Trump Models
  • Com seus 1,85 m, Amelia é a mais alta Miss República Dominicana da história e figura também como uma das mais altas entre as vencedoras do Miss Universo.
  • Aos dezoito anos, foi a vencedora mais jovem do Miss Universo desde 1994.
  • Amelia Vega mantém o recorde de mais longo reinado de Miss República Dominicana, com uma duração de quase 2 anos, começando em 29 de julho de 2002 e terminando em 3 de abril de 2004.
  • A mãe de Amelia Vega, Patricia Polanco, também foi Miss República Dominicana e representou o país no Miss Mundo 1980, mas a vencedora foi a americana Shawn Weatherly.
  • É sobrinha do cantor dominicano de merengue Juan Luis Guerra.
  • Foi a primeira Miss Universo a representar a prestigiosa marca de cosméticos CoverGirl, e, mesmo após o fim de seu reinado, teve seu contrato renovado por mais 3 anos.
  • Em maio de 2004, foi homenageada quando teve uma variedade de rosa batizada em seu nome no Equador. A rosa tem pétalas brancas, ligeiramente esverdeadas.[16]
  • Fezparte do casting da agência de modelos Trump Model Management.
  • Foi jurada do Miss Universo 2006, aonde a porto-riquenha Zuleyka Rivera saiu vencedora.
  • De 25 a 28 de março de 2009, participou como modelo e apresentadora do Green Fashion Miami 2009 - abrindo a Miami Beach Fashion Week. Ela e outras misses de diversos países desfilaram com criações de alguns dos principais nomes da moda na América Latina apresentando coleções outono-inverno feitas de materias reciclados, ecológicos e sustentáveis.
  • Em março de 2009 também foi jurada do Miss Equador 2009, onde a estudante Sandra Vinces foi coroada.
  • Em maio, participou da nova etapa da campanha "Yo Soy Dewarista" da marca de whisky escocês Dewar's White Label. Além de Amelia, foram também escolhidas outras personalidades dominicanas: Sergio Carlo, apresentador de televisão; Deborah Karter, editora da revista Factoría; Pedro Fernández, campeão nacional de surf e Zoë Saldaña, atriz protagonista do filme "Star Trek". A origem da filosofia dewarista propõe uma vida sem prejuízos e prega a liberdade de pensamento.
  • Em novembro, apresentou juntamente com Saul Lisazo o prêmio Fox Sports 4th Edition, na categoria Jogador de futebol aonde o ganhador foi Rodrigo Palacio do Boca Juniors.
  • Apresentou o Premios Juventud 2010, categoria Idolos de Generaciones e, juntamente com Juanes e Diego Torres entregou o prêmio ao seu tio, Luis Guerra, como reconhecimento por toda sua contribuição a música latina.
  • Foi apresentadora do Premios Casandra 2010. Este festival, lançado em 1985, visa premiar o melhor da música, arte popular, arte clássica e comunicações da República Dominicana. O festival leva o nome de uma das estrelas mais respeitadas da cultura popular local: Casandra Damirón.
  • Foi uma das convidadas para a festa de lançamento de uma nova fragância de perfumes de Puff Daddy.
  • Participou como jurada-convidada do reality-show Project Runaway Latin America. (Segunda temporada – Episódio 02)
  • Foi embaixadora da Iniciativa SER, campanha social que parte da necessidade em se criar uma comunidade solidária onde se fale sobre a prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama. Esta campanha teve início em 2007, liderada pela Sony Pictures Television International e teve apoio da estilista Carolina Herrera, a nível mundial.
  • Foi jurada do Miss Universo 2011, ocasião em que a angolana Leila Lopes foi coroada. Meses antes, também havia sido jurada do Miss Panamá 2011.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b «BIO». ameliavega (em inglês). Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  2. a b c d «Amelia Vega Net Worth». Celebrity Net Worth (em inglês). 1 de julho de 2014. Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  3. «Pregnancy, Parenting, Lifestyle, Beauty: Tips & Advice | MamasLatinas.com». mamaslatinas.com. Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  4. a b «Amelia Vega se casó con el jugador de baloncesto Al Horford». People en Español (em espanhol). Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  5. a b Día, El. «Amelia Vega llama Nova a su recién nacida hija | El Día» (em espanhol). Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  6. Hola (24 de junho de 2003). «Amelia Vega, Miss Universo 2003: 'Soy una artista en todo el sentido de la palabra'». Hola. Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  7. a b c «Pregnancy, Parenting, Lifestyle, Beauty: Tips & Advice | MamasLatinas.com». mamaslatinas.com. Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  8. «Amelia Vega». Famous Wht. Consultado em 18 de abril de 2011 
  9. a b Hola (9 de junho de 2003). «Amelia Vega, Miss Universo 2003: 'Quiero ser una cantante reconocida internacionalmente'». Hola. Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  10. Hola (24 de junho de 2003). «Amelia Vega, Miss Universo 2003: 'Soy una artista en todo el sentido de la palabra'». Hola. Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  11. «Miss Universo Ecuador 2004 - Amelia Vega, Miss Universo 2003». web.archive.org. 30 de agosto de 2011. Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  12. «Shalim y Amelia Vega ponen fin a su romance». People en Español. Consultado em 2 de fevereiro de 2008 
  13. «Amelia Vega conducirá un reality de Suegras». El Siglo de Torreón. Consultado em 2 de fevereiro de 2008 
  14. «Amelia Vega estrena su primer vídeo musical». People en Español (em espanhol). Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  15. Libre, Diario. «Amelia Vega firmará su primer libro infantil: "Un día en la vida de Pichín" a favor de los niños con cáncer». www.diariolibre.com (em espanhol). Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  16. a b «Miss Universo vira nome de flor no Equador». UOL Tabloíde. Consultado em 20 de setembro de 2011 
  17. «Fashion Vitrine» (em espanhol). 11 de agosto de 2011. Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  18. Libre, Diario. «El guiño de Amelia Vega con la serie La Casa de Papel por el cumpleaños de Al Horford». www.diariolibre.com (em espanhol). Consultado em 25 de janeiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Website oficial

Instagram oficial de Amelia Vega

Galeria de fotos no Alamy

Precedido por
Justine Pasek
Miss Universo
2003
Sucedido por
Jennifer Hawkins