Miss Universo 1997

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Data 16 de maio de 1997
Apresentadores George Hamilton e Marla Trump (transmissão oficial)
Local Miami Beach Convention Center, Miami Beach, Estados Unidos
Candidatas 74
Semifinalistas 10
Vencedora Brook Lee

Miss Universo 1997 foi a 46ª edição do concurso Miss Universo, realizado em 16 de maio daquele ano no Miami Beach Convention Center, em Miami Beach, Flórida, Estados Unidos. A Miss EUA, Brook Lee, natural do Havaí, foi coroada vencendo 73 outras candidatas. Brook foi a sétima norte-americana a ganhar a coroa. O concurso foi exibido nos EUA pela rede de televisão CBS. Originalmente esta edição estava marcada para acontecer em Aruba, mas por por questões financeiras e de infraestrutura acabou sendo transferida de última hora para Miami Beach.[1]

Evento[editar | editar código-fonte]

Pela primeira vez desde a década de 1980,o concurso foi realizado pela segunda vez consecutiva nos Estados Unidos.A repetição do país sede foi uma consequência de sua reformulação e também por não haver cidades interessadas em outros países. A edição de 1997, é marcada por uma onda de indignação dos países da América Latina,já que a grande maioria das candidatas classificadas eram de países europeus como Estônia e Suécia.A grande polêmica desta edição foi a participação da Miss Itália,Denny Méndez.A eleição de Méndez foi questionada diversas vezes em seu país,pelo fato de Denny ser cidadã naturalizada do país,ser negra e também pelo fato de sua mãe ter dado o famoso "golpe do passaporte". [2] [3][4]

Mesmo com a repercussão da participante italiana,foi a Miss USA, a havaiana Brook Lee,que desde as primeiras etapas chamou a atenção dos jurados.Lee,nem mesmo aparecia entre as favoritas do concurso,chegando a ser chamada por Donald Trump como o grande azarão do concurso[5] Apesar de não possuir um padrão de beleza em seu conceito mais clássico, ela possuía algo que conquistou a toda audiência: um grande senso de humor,inteligência rápida e respostas eloquentes. Engraçada, espontânea, despretensiosa e imprevisível, durante toda duração do concurso destoou de tudo que se conhecia em relação ao Miss Universo. A pergunta final feita a ela pelo apresentador George Hamilton, que praticamente selou a sua vitória, é um exemplo disso e sua resposta tornou-se clássica na história do Miss Universo:

Hamilton — Se não houvesse regras na sua vida por um dia, e você neste dia pudesse fazer qualquer coisa, por mais ultrajante que fosse, o que faria?

Brook — Eu comeria tudo que existe no mundo. Eu comeria tudo que existe no mundo duas vezes!.[2]

Autêntica,inocente e dentro da realidade, a resposta de Brook causou um impacto positivo a audiência presente em Miami e nos jurados,que lhe deram a vitória por unanimidade e deram uma vitória sob uma extremamente nervosa Miss Venezuela Marena Bencomo.

Mestiça e de diversas origens (algo inédito até então), Lee é considerada uma das melhores e mais carismáticas Miss Universo de todos os tempos,Lee é adorada na Ásia e lembrada por seu estilo "aloha",o que era incompreensível para alguns e adorado por outros.[2] Até a eleição de Pia Wurtzbach em 2015, ela era a mais velha Miss Universo já eleita, conquistando o título aos 26 anos de idade.[6]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocação Candidata País
Miss Universo 1997 Brook Lee  Estados Unidos
2º lugar Marena Bencomo  Venezuela
3º lugar Margot Bourgeois Trinidad e Tobago
Semifinalistas (Top 6): Verna Vasquez
Denny Mendez
Lía González
Curaçao
 Itália
 Panamá
Semifinalistas (Top 10): Kristiina Heinmets
Ana Rosa Brito
Victoria Lagerström
Nafisa Joseph
EstóniaEstônia
 Porto Rico
 Suécia
 Índia
Premiações especiais
Miss Simpatia Laura Csortan  Austrália
Miss Fotogenia Abbygale Arenas Filipinas
Melhor Traje Típico Claudia Vásquez  Colômbia
Melhor Traje de Banho Verna Vasquez Curaçao

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Em negrito, a candidata eleita Miss Universo 1997. Em itálico, as semifinalistas.[7]

  • Não competiram a nicaragüense Luz María Sánchez Herdocia (a emissora de TV que patrocinava o concurso nacional faliu meses antes do concurso) e a samoana Maryjane McKibben, que renunciou dois dias depois de eleita.[7]

Fatos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Once an Upon a Time in Miami». GlobalBeauties. Consultado em 4 de fevereiro de 2015 
  2. a b c «Miss Universe 1997 - Brook Lee». GlobalBeauties. Consultado em 5 de junho de 2013. Arquivado do original em 24 de maio de 2013 
  3. "First black Miss Italy picked amidst two judges' disapproval - Denny Mendez" from Jet Magazine 23 September 1996
  4. "Italians Contemplate Beauty in a Caribbean Brow" from The New York Times 10 September 1996
  5. Ryan, Tim. «On being Brook Lee». Honolulu Star Bulletin. Consultado em 5 de junho de 2013 
  6. «Miss Universe trivia». Missosology. Consultado em 5 de junho de 2013 
  7. a b «1997». pageantopolis. Consultado em 6 de junho de 2013. Arquivado do original em 3 de dezembro de 2013 
  8. «Past winners». miss-international.org. Consultado em 5 de junho de 2013 
  9. «Nafisa was simply unlucky in love». expressindia.com. Consultado em 5 de junho de 2013