Miss Universo 2015

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a 63.ª edição do concurso, realizada em janeiro de 2015, veja Miss Universo 2014.
Miss Universo 2015
Pia Wurtzbach, Miss Universo 2015.
Data 20 de dezembro de 2015
Apresentadores Steve Harvey, Roselyn Sanchez
Entretenimento The Band Perry, Charlie Puth, Seal
Local The AXIS, Las Vegas, Nevada, Estados Unidos
Emissoras FOX, Azteca América
Candidatas 80
Semifinalistas 15
Retiradas Cazaquistão, Egito, Etiópia, Eslovênia, Guam, Quênia, Lituânia, Santa Lúcia, Sri Lanka, Suíça, Trinidad e Tobago, Turks e Caicos
Retornos Dinamarca, Ilhas Cayman, Montenegro, Vietnã
Vencedora Pia Wurtzbach
Filipinas

Miss Universo 2015 foi a 64.ª edição do concurso Miss Universo, realizada em 20 de dezembro de 2015 no The AXIS, no Planet Hollywood Resort and Casino, em Las Vegas, Nevada, nos Estados Unidos.[1][2] No final do evento, a Miss Universo 2014, Paulina Vega, da Colômbia, coroou a filipina Pia Wurtzbach como sua sucessora. Esta foi a primeira vez que dois concursos de Miss Universo foram realizados no mesmo ano (um deles retroativo ao ano anterior).

A transmissão do concurso nos Estados Unidos, que serve de referência para a geração e distribuição internacional das imagens, foi feita pela primeira vez pela FOX. Já a transmissão dos eventos preliminares e de bastidores continuou sendo feita pelo YouTube.

Cidade-sede[editar | editar código-fonte]

China[editar | editar código-fonte]

Doze dias depois de ser coroada, Paulina Vega revelou ao jornal porto-riquenho ''El Nuevo Dia'' que seu reinado poderia ser curto, de 10 meses, pois Donald Trump (co-proprietário do concurso) teria dito que o próximo local será na China. ''Eu estou muito feliz, pois vou coroar a minha sucessora na China".[3] sem, no entanto, especificar em qual cidade. Caso se confirme, essa será a segunda vez que o Miss Universo ocorre em um país de regime comunista - a primeira tinha sido em Nha Trang, Vietnã, em 2008.

Colômbia[editar | editar código-fonte]

Em 28 de abril de 2015, durante a primeira visita oficial de Paulina Vega como Miss Universo 2014 a seu país natal, Shawn McClain, vice-presidente da Miss Universe Organization, disse em uma entrevista a rádio local W que o concurso de 2015 poderia ser realizado em Bogotá, com a data prevista para 15 de janeiro de 2016, no Centro de Convenções e Feiras Internacionais de Bogotá (Corferias).Más isso não se confirmou , esta seria a primeira vez que o concurso seria realizado na Colômbia e a quarta na América do Sul - até então, Lima (1982), Quito (2004) e São Paulo (2011) tinham tido esse privilégio no continente.[4][5]

São Tomé e Príncipe[editar | editar código-fonte]

Em 17 de agosto, o serviço em português da Rádio França Internacional divulgou informações erradas de que o arquipélago lusófono de São Tomé e Príncipe poderia sediar o certame entre novembro e dezembro de 2015. Alguns dias depois,uma nota foi expedida corrigindo a informação que dizia respeito a outro concurso menor, o Miss Exquisite International, que não possui qualquer vínculo com a Miss Universe Organization.[6]

Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Em 8 de outubro de 2015, Catalina Morales, Miss Porto Rico 2015, divulgou em suas redes sociais que os novos donos marcaram a final do concurso para 20 de dezembro em Las Vegas.Outras franquias nacionais também confirmaram a data por meio dos mesmos canais de comunicação.[7] Curiosamente, a final do Miss Mundo 2015 foi realizado um dia antes, algo que causou um certo constrangimento e e está forçando a desistência de algumas franquias, que tradicionalmente mandam as suas candidatas para os dois concursos. Esta foi a quinta vez que o concurso foi realizado na cidade, e a terceira de forma não-consecutiva em seis anos.Esta foi a primeira vez na história do concurso que dois concursos serão realizados no mesmo ano e também ,esta foi também a primeira vez desde 1998, que o concurso aconteceu por duas vezes seguidas nos Estados Unidos.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Colocação Candidata País/Território
Miss Universo 2015 Pia Wurtzbach Filipinas
2.ª colocada Ariadna Gutiérrez  Colômbia
3.ª colocada Olivia Jordan  Estados Unidos
Top 5 Flora Coquerel
Monika Radulovic
 França
 Austrália
Top 10 Aniporn Chalermburanawong
Clarissa Molina
Mariana Jímenez
Ariana Miyamoto
Kanisha Sluis
 Tailândia
República Dominicana
 Venezuela
 Japão
Curaçao
Top 15 Marthina Brandt
Anindya Kusuma Putri
Refilwe Mtmunye
Annelies Törös
Wendolly Esparza
 Brasil
Indonésia
África do Sul
 Bélgica
 México
Prêmios especiais
Miss Simpatia Whitney Shikongo  Angola
Melhor Traje Típico Aniporn Chalermburanawong  Tailândia

Forma de disputa[editar | editar código-fonte]

Final[editar | editar código-fonte]

A final foi transmitida ao vivo para mais de 190 países e territórios do The AXIS, em Las Vegas, no dia 20 de dezembro de 2015. Foi apresentada pelo comediante Steve Harvey, enquanto a atriz e modelo Roselyn Sánchez cobriu os bastidores.

As 15 semifinalistas foram conhecidas ao longo da noite final, sendo que dez foram escolhidas pelo jurado especializado e cinco pela Organização Miss Universo de acordo com o desempenho das participantes nas três áreas da competição preliminar (traje de banho, traje de gala e entrevista).

Estas 15 semifinalistas foram avaliados por um outro júri:[8]

  • As 15 semifinalistas foram novamente avaliadas em traje de banho (que pela primeira vez elas puderam escolher), aonde cinco foram eliminadas
  • As 10 que continuaram (semifinalistas) desfilaram em traje de noite (novamente escolhido por elas), aonde foram eliminadas mais 5.
  • As 5 restantes (semifinalistas) responderam uma pergunta selecionada pela organização especificamente para cada uma delas,aonde mais 2 foram eliminadas.
  • As três agora finalistas, se submeteram a última pergunta (feita para todas e selecionada por meio do Facebook). Após isso, que somados aos votos da audiência,do júri e das outras 77 participantes se definiram as três posições finais e Miss Universo 2015.[9][10]

Jurados[editar | editar código-fonte]

  • O público do mundo inteiro pôde avaliar juntamente com os quatro sobre citados.
Jurado especial para a última rodada da competição[editar | editar código-fonte]
  • As 77 participantes que não chegaram a última rodada votaram, os quais foram somados aos cinco jurados que participaram das rodadas anteriores.

Preliminar[editar | editar código-fonte]

No dia 17 de dezembro, todas as candidatas desfilaram em traje de banho e em traje de gala no chamado Presentation Show. Elas se apresentaram perante os juízes preliminares, que levaram em consideração a impressão que tiveram das candidatas para selecionar parte das semifinalistas. Anteriormente, as candidatas já haviam sido avaliadas pelos jurados na entrevista preliminar.

Jurados[editar | editar código-fonte]

Relação divulgada pela Miss Universe Organization[11]:

  • Erika Albies – Vice Presidente da Divisão Global de Moda da IMG
  • Erin BradyMiss USA 2013
  • Julio Caro – Diretor de Televisão e Produtor Independente
  • Keiko Uraguchi – Diretora das Área das Parecerias Digitais da WME/IMG
  • Nischelle Turner – Correspondente do programa Entertainment Tonight
  • Rocky Motwani – Empresário
  • Zak Sorref – Expert em Marketing

Talent Show[editar | editar código-fonte]

A Organização Miss Universo pela primeira vez na história decidiu realizar um Talent Show, cuja participação foi facultativa, o qual foi realizado um espetáculo especial no dia 13 de dezembro de 2015, que serviu para gravar imagens que seriam usadas durante a transmissão do concurso, na qual participaram as seguintes misses:

Não há conhecimento se essa etapa interferiu em algum resultado ao longo do concurso.

Programação musical[editar | editar código-fonte]

Candidatas[editar | editar código-fonte]

80 candidatas competiram pelo título. A vencedora do concurso está em negrito.

País/Território Candidata Idade Cidade natal
África do Sul Refilwe Mthimunye[12] 23 Pretória
 Albânia Megi Luka[13] 19 Fushë-Krujë
 Alemanha Sarah-Lorraine Riek[14] 22 Berlim
 Angola Witney Shikongo[15] 19 Huíla
 Argentina Claudia Barrionuevo[16] 24 Salta
 Aruba Alysha Boekhoudt[17] 20 Oranjestad
 Austrália Monika Radulovic[18] 24 Sydney
 Áustria Amina Dagi[19] 20 Bregenz
 Bahamas Toriah Penn[20] 27 Nassau
 Bélgica Annelies Törös[21] 20 Antuérpia
 Bolívia Romina Rocamonje[22] 21 Beni
 Brasil Marthina Brandt[23] 23 Bom Princípio[24]
 Bulgária Radostina Todorova[25] 20 Vratsa
 Canadá Paola Valdez[26] 24 Toronto
 Chile María Belén Jerez[27] 26 Viña del Mar
 China Jessica Xue[28] 21 Shenzhen
 Colômbia Ariadna Gutiérrez[29] 21 Sincelejo
 Coreia do Sul Kim Seo-yeon[30] 22 Seul
Costa Rica Brenda Castro[31] 23 Guápiles
 Croácia Mirta Kuštan[32] 22 Krapina-Zagorje
Curaçao Kanisha Sluis[33] 19 Willemstad
 Dinamarca Cecilie Wellemberg[34] 20 Copenhague
El Salvador Idubina Rivas[35] 22 San Salvador
Equador Francesca Cipriani[36] 22 Guayaquil
Flag of Spain.svg Espanha Carla García[37] 25 Las Palmas
 Estados Unidos Olivia Jordan[38] 27 Tulsa
Filipinas Filipinas Pia Wurtzbach[39] 25 Cagayan de Oro
 Finlândia Rosa Maria Ryyti[40] 21 Oulu
 França Flora Coquerel[41] 21 Mont-Saint-Aignan
Gabão Ornella Obone[42] 22 Oyem
Gana Hilda Akua[43] 26 Kumasi
 Geórgia Janet Kerdikoshvili[44] 24 Tbilisi
Reino Unido Grã-Bretanha Nena France[45] 24 Londres
 Grécia Mikaela Fotiadis[46] 21 Creta
 Guatemala Jeimmy Aburto[47] 22 Cidade da Guatemala
Guiana Shauna Ramdehan[48] 26 Georgetown
Haiti Haiti Lisa Drouillard[49] 23 Porto Príncipe
Honduras Iroshka Lindaly Elvir[50] 22 Choluteca
 Hungria Nikoletta Nagy[51] 20 Budapeste
Ilhas Cayman Toni Chisholm[52] 26 North Side
Ilhas Virgens Britânicas Adorya Baly[53] 22 Tortola
 Índia Urvashi Rautela[54] 21 Kotdwara
Indonésia Indonésia Anindya Kusuma Putri[55] 23 Semarang
 Irlanda Joanna Cooper[56] 21 Londonderry
 Israel Avigail Alfatov[57] 18 Acre
 Itália Giada Pezzaioli[58] 23 Montichiari
 Jamaica Sharlene Rädlein[59] 24 Kingston
 Japão Ariana Miyamoto[60] 20 Nagasaki
Kosovo Mirjeta Shala[61] 21 Vučitrn
Líbano Cynthia Samuel[62] 20 Beirut
Malásia Malásia Vanessa Tevi Kumares[63] 23 Negeri Sembilan
Maurícia Maurícia Sheetal Khadun[64] 26 Port Louis
 México Wendolly Esparza[65] 24 Aguascalientes
 Montenegro Maja Čukić[66] 20 Podgorica
Mianmar May Barani Thaw[67] 24 Yangon
Nicarágua Nicarágua Daniela Torres[68] 25 Manágua
Nigéria Debbie Collins[69] 23 Ebonyi
 Noruega Martine Rødseth[70] 23 Nord-Odal
Nova Zelândia Nova Zelândia Samantha McClung[71] 25 Christchurch
 Países Baixos Jessie Jazz Vuijk[72] 20 Amsterdã
 Panamá Gladys Brandão[73] 24 Los Santos
 Paraguai Myriam Arévalos[74] 22 Assunção
 Peru Laura Spoya[75] 21 Lima
 Polónia Weronika Szmajdzińska[76] 24 Estetino
Portugal Portugal Emília Araújo[77] 24 Açores
 Porto Rico Catalina Morales Gómez[78] 24 Guaynabo
 República Checa Nikol Švantnerová[79] 22 České Budějovice
República Dominicana Clarissa Molina[80] 23 Espaillat
Eslováquia República Eslovaca Denisa Vyšňovská[81] 20 Prievidza
 Rússia Vladislava Evtushenko[82] 19 Chita
 Sérvia Daša Radosavljević[83] 19 Kragujevac
 Singapura Lisa Marie White[84] 22 Cidade de Singapura
Suécia Suécia Paulina Brodd[85] 20 Estocolmo
 Tailândia Aniporn Chalermburanawong[86] 21 Lampang
Tanzânia Lorraine Marriot[87] 21 Dar es Salaam
 Turquia Melisa Uzun[88] 19 Ancara
 Ucrânia Anna Vergelskaya[89] 26 Kiev
Uruguai Uruguai Bianca Sánchez[90] 20 Montevidéu
 Venezuela Mariana Jiménez[91] 21 La Guaira
 Vietnã Phạm Thị Hương[92] 24 Haiphong

Indicações[editar | editar código-fonte]

  •  Bulgária - Radostina Todorova foi indicada "Miss Universo Bulgária 2015" pela franqueada local, devido a falta de tempo hábil para o Miss Universo Bulgária.
  •  Geórgia - Janet Kerdikoshvili, foi indicada pela franquia local. Nenhuma seletiva foi realizada. Janet Kerdikoshvili foi a Miss Geórgia 2013 e não pode competir no Miss Universo 2013 por motivos de saúde.[93]
  • El Salvador - Idubina Rivas foi indicada pelos diretores da franquia local. Nenhuma seletiva foi realizada.[94]
  •  Grécia - Mikaela Fotiadis foi coroada "Star Hellas 2015" após um casting.[95]
  • Haiti - Lisa Drouillard foi indicada “Miss Haiti Universo 2015” em um casting organizado pela franqueada local.
  •  Paraguai - Devido a problemas de calendário, a Organização Miss Universo, autorizou a organização do Miss Paraguai a enviar uma candidata sem a necessidade de um concurso nacional, a partir de um casting com candidatas das edições anteriores.[96]
  • Portugal Portugal - Emília Araújo foi indicada "Miss Universo Portugal 2015" em um casting realizado pela franqueada local.
  •  Polónia - Weronika Szmajdzińska foi indicada pela franqueada local. Devido as mudanças de calendário. Nenhuma seletiva foi realizada.[97]
  • Kosovo - Mirjeta Shala foi indicada pela franqueada local. Mirjeta foi a Miss Universo Kosovo 2013 e não pode competir no Miss Universo 2013 por problemas de visto, já que o Kosovo não é reconhecido pela Rússia como um país autônomo.[98]
  •  Singapura - Lisa Marie White foi indicada pela franquia local. Nenhuma seletiva foi realizada.[99]

Substituições[editar | editar código-fonte]

Devido ao conflito de datas com o Miss Mundo 2015, os seguintes países substituíram as suas candidatas:

  •  Áustria - Annika Grill foi substituída por Amina Dagi, Miss Áustria 2012.[100]
  • África do Sul - Liesl Laurie foi substituída por Refilwe Mthimunye, 2º colocada no Miss África do Sul 2015.[101]
  •  Rússia - Sofia Nikitchuk foi substituída por Vladislava Evtushenko, 2º colocada no Miss Rússia 2015.[102]
  • Gabão - O país decidiu enviar Ornella Obone, 4º colocada no Miss Gabão 2015 para o Miss Universo e Reine Ngotala será enviada para o Miss Mundo.[103]

Ausências (em relação à edição anterior)[editar | editar código-fonte]

  • Cazaquistão - A candidata foi eliminada alguns dias antes de chegar a Las Vegas.
  •  Eslovênia- Ana Haložan sofreu uma concussão cerebral,o que lhe causou uma paralisia facial, ao cair no banheiro do seu quarto no hotel aonde as misses estavam hospedadas, e foi hospitalizada, o que a impediu de fazer o registro, participar das entrevistas e dos ensaios fotográficos.[104] Após a incerteza de sua participação, ela não esteve presente na apresentação oficial das candidatas.
  • Guam - A franqueada local optou por atrasar o Miss Guam para o início de 2016.[105]
  • Santa Lúcia - A franqueada local optou por não designar nenhuma candidata para o Miss Universo deste ano.[106]
  • Trinidad e Tobago - A franqueada local decidiu cancelar o concurso nacional por falta de tempo hábil para a realização do concurso nacional. O país voltará a competir em 2016.[107]
  •  Egito e Flag of the Turks and Caicos Islands.svg Turks e Caicos - Os concursos locais foram adiados para 2016 por falta de dinheiro das franqueadas.
  •  Lituânia - O Miss Lituânia foi adiado para 2016.
  • Suíça - Após o Miss Schweiz perder os direitos do Miss Universo, o Miss Universo Suíça indicou uma candidata em 2014, mas devido a falta de patrocínio no concurso local, neste ano, o país não enviou candidata.
  •  Etiópia - O Miss Etiópia foi cancelado por falta de patrocínio.
  •  Quênia - O Miss Quênia foi adiado para 2016.
  • Sri Lanka - O Miss Sri Lanka foi adiado para 2016.

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Rompimento de contratos de TV da NBC e Univisión[editar | editar código-fonte]

Donald Trump, então dono do Miss Universo, descreveu os imigrantes mexicanos como "corruptos, criminosos, traficantes de drogas e estupradores" durante o discurso de lançamento de sua pré-candidatura à presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, no dia 20 de junho de 2015.[108] O fato causou vários constrangimentos nos Estados Unidos, a começar da rede hispânica Univisión, que tinha assinado cinco meses antes um contrato de cinco anos com Trump e a Miss Universe Organization. A emissora, após o discurso de Trump, cancelou os contratos de transmissão do Miss Universo e do Miss USA, além de tudo relacionado ao concurso.[109]

A mesma medida foi tomada no dia 29 de junho pelo conglomerado de mídia NBCUniversal, que cortou todos os laços empresariais com a Organização Trump, inclusive a sociedade na administração da Miss Universe Organization. Em declaração pública, a rede de televisão aberta NBC citou que "respeito e dignidade com todas as pessoas são pedras fundamentais de nossos valores", para abrir a justificativa de rescisão contratual para as transmissões do Miss Universo e Miss USA, além de afastar Trump da apresentação do reality The Apprentice, bem como sua edição de celebridades, que seguem na emissora por estarem sob acordo de licenciamento com a United Artists Group.[110]

Boicote de países latinos[editar | editar código-fonte]

México[editar | editar código-fonte]

Lupita Jones, Miss Universo 1991 e atual dona do Nuestra Belleza México, manifestou seu constrangimento em relação a Donald Trump sobre seu ponto de vista dos imigrantes mexicanos,chegando ao ponto de considerar um boicote, podendo não enviar Wendolly "Wendy" Esparza, Miss México, para a competição. No dia 29 de junho, a Televisa anunciou que não enviaria Wendy Esparza por meio de um comunicado aos meios de comunicação e também comunicou o rompimento de laços com Trump e com a Organização Miss Universo. Poderia ter sido a primeira vez em 48 anos ininterruptos de participação que o país ficaria fora do concurso[111][112] [113] Entretanto, após a venda e a desvinculação de Trump do concurso, a franquia nacional reconsiderou a sua decisão.

Costa Rica[editar | editar código-fonte]

A organização do concurso Miss Costa Rica também anunciou que sua candidata não poderia participar do Miss Universo deste ano em protesto pelas declarações "xenófobas e ofensivas" do magnata Donald Trump sobre os imigrantes mexicanos nos Estados Unidos. A empresa Televisora de Costa Rica (Teletica), que mantém a relação nesse país com a franquia de Miss Universo há mais de 40 anos, informou em um comunicado a decisão de manter o concurso Miss Costa Rica para o mês de agosto, mas que sua vencedora não participaria do concurso internacional do qual Trump é dono. Esta seria a primeira vez desde 1961 que o país não participaria do concurso. Entretanto,após a venda e a desvinculação de Trump do concurso,a franquia nacional também reconsiderou.

No comunicado, a emissora costa-riquenha indicou que o concurso tem procurado unir os mais diversos países e culturas, realizando campanhas humanitárias e não discriminando nenhuma candidata pela cor de sua pele, sua religião nem suas ideias. "As opiniões de Donald Trump são totalmente contrárias aos mais básicos princípios da nacionalidade costa-riquenha, princípios que guiam também o trabalho diário de todos em nossa empresa", afirmou a emissora. "Portanto, a Televisora de Costa Rica decidiu não transmitir o concurso Miss Universo. Somente voltaríamos atrás na nossa decisão se Donald Trump se retratar e oferecer desculpas por suas inadmissíveis declarações, ou se ele se afastar totalmente da organização do concurso", acrescentou.

A empresa assegura que a decisão foi apoiada por todas as candidatas do concurso Miss Costa Rica, como evidência a "vontade deles de antepor a defesa de princípios a qualquer interesse pessoal"..[114]

No entanto, com a venda do concurso por parte de Donald Trump da MUO, a Televisora de Costa Rica, dona da franquia local anunciou no início de outubro que o país enviaria Brenda Castro ao concurso de 2015.[115]

El Salvador[editar | editar código-fonte]

Marisela de Montecristo, ganhadora do Nuestra Belleza Latina 2013, de El Salvador, que pretendia participar do Nuestra Belleza El Salvador, comunicou em sua conta do Facebook que não iria participar do concurso local, não assumindo que ganharia, mas se ganhasse não iria participar do concurso, após as declarações de Trump sobre os imigrantes mexicanos e os latino-americanos.[116] A participação do país acabou confirmada, porém com outra candidata eleita.

Boicote de artistas e retirada de patrocínio[editar | editar código-fonte]

Zuleyka Rivera, Miss Universo 2006 de Porto Rico, que estava confirmada no júri do Miss USA 2015, que seria realizado em 12 de julho, acabou recusando sua participação, se sentiu extremamente ofendida e anunciou seu apoio a comunidade mexicana em sua conta no Facebook.[117] A isso se somaram as renúncias do ator chileno Cristián de la Fuente e da atriz porto-riquenha Roselyn Sánchez em ancorarem a transmissão em espanhol pelo canal pago UniMás, pertencente à Univision.[118] Entretanto com a mudança de donos, Roselyn apresentou a parte de bastidores do Miss Universo 2015 na geração oficial da FOX.

Em 30 de junho, Cheryl Burke e Thomas Roberts, que estavam escalados para apresentar o Miss USA 2015, renunciaram aos seus respectivos postos no concurso, em protesto as declarações de Trump. No mesmo dia, Trump anunciou que iria processar a Univisión em US$ 500 milhões.[119] Bogotá também retirou sua proposta como sede do Miss Universo 2015, pelos mesmos motivos, alegando que a cidade está se sentindo ofendida com as declarações.[120]

Por outro lado, a empresa Farouk Systems, Inc., que era um dos principais parceiros do Miss Universo, anunciou formalmente que estava retirando seu patrocínio para todos os eventos organizados pela MUO - Miss Universo, Miss USA e Miss Teen USA. Em um comunicado, a empresa anunciou que: "Nossa empresa é multi-cultural, com as pessoas de descendência latino-americana que formam uma grande porcentagem de nossos empregados e clientes fiéis. Como una empresa orgulhosamente fundada no conceito de vir para os Estados Unidos atrás do sonho americano, os comentários do Sr. Trump não e nunca refletem as posturas desta empresa".[121]

Venda do concurso[editar | editar código-fonte]

Em 11 de setembro de 2015, Donald Trump anuncia que comprou os 50% do concurso que estavam de propriedade da NBC, por uma quantia desconhecida.[122] Três dias depois, em 14 de setembro, Trump anunciou a venda do concurso para o grupo de entretenimento WME/IMG, permitindo a Trump se desvincular do concurso depois de 19 anos.[123] O negócio foi estimado em US$ 28 milhões.[124]

Erro no anúncio da vencedora[editar | editar código-fonte]

Steve Harvey, apresentador do evento, anunciou erroneamente como ganhadora a Miss Colômbia, Ariadna Gutiérrez, que foi coroada pela também colombiana Paulina Vega, Miss Universo 2014. Depois de um minuto da coroação inicial, Harvey pediu a palavra e a câmera e que assumia toda a responsabilidade pelo erro, anunciando que a verdadeira vencedora era a Miss Filipinas Pia Alonzo Wurtzbach e que Gutiérrez era a segunda colocada. As duas candidatas ficaram constrangidas, além da própria Paulina e do público presente, que recebeu o resultado com váias. Além disso, o primeiro desfile de Wurtzbach não pode ser transmitido, no momento mais constrangedor da história do concurso.[125]

O erro foi cometido por Harvey porque ele acreditou que o logotipo da organização contido no cartão do resultado final era, na realidade, o nome da candidata que ele devia anunciar como: "Miss Universo". No final, ele mostrou que o nome e a posição das candidatas estavam em letras pequenas e que ele não tinha lido direito. Após isso, Harvey foi confirmado como apresentador da edição de 2016.[126] Após,esta gafe Harvey assinou um contrato por 3 anos com a Organização Miss Universo,confirmando a sua posição como apresentador até a edição de 2018 do concurso,havendo a opção de renovação do mesmo por mais quatro anos.[127]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Andino, Allan (8 de octubre de 2015). «La final de Miss Universo será el 20 de diciembre en Estados Unidos». La Nación, Costa Rica. Consultado em 8 de octubre de 2015.  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  2. «Las Vegas volverá a ser sede de Miss Universo». Metro, Puerto Rico. 9 de octubre de 2015. Consultado em 9 de octubre de 2015.  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  3. «Miss Universo terá reinado curto». El Nuevo Dia. 6 de fevereiro de 2015 (em espanhol)
  4. «Paulina Vega : Miss Universo 2015 será em Bogotá». El Universal. 28 de abril de 2015 (em espanhol)
  5. «Bogota será a sede do próximo Miss Universo em 15 de janeiro». Rádio W. 28 de abril de 2015 (em espanhol)
  6. «Afinal São Tomé e Príncipe não vai acolher Miss Universo - Rede Angola». Consultado em 6 de outubro de 2015. 
  7. «La final de Miss Universo será el 20 de diciembre en Estados Unidos». Entorno Inteligente. 8 de octubre de 2015. Consultado em 9 de octubre de 2015.  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  8. Miss Universe 2015 Global Fan Vote
  9. «Miss Universe asks fans to send in final questions». GMA Network. 2015 
  10. «Miss Alemania hubiese preferido que ganara Miss Colombia (VIDEO)». People en español. 2015 
  11. «Miss Universe Pageant Judges». Miss Universe. 2015 
  12. «Refilwe Mthimunye is Miss Universe South Africa 2015 | Angelopedia». www.angelopedia.com. Consultado em 30 de outubro de 2015. 
  13. «Megi Luka is Miss Universe Albania 2015». Consultado em 21 de setembro de 2015. 
  14. «Miss Universe Germany 2015 (Winner)». Global Beauties (em inglês). Consultado em 16 de outubro de 2015. 
  15. «Witney Shikongo elected Miss Angola 2015». portalangop.co.ao (em inglés). 20 de diciembre de 2014. Consultado em 20 de diciembre de 2014.  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  16. «Una joven salteña representará al país en el concurso Miss Universo». www.lanacion.com.ar. Consultado em 25 de outubro de 2015. 
  17. «Alysha Boekhoudt is Miss Universe Aruba 2015». Consultado em 24 de agosto de 2015. 
  18. www.smh.com.au (05 de julho de 2015). «Monika Radulovic crowned Miss Universe Australia». smh.com.au. Consultado em 05 de julho de 2015.  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  19. «Amina Dagi wird recycled, Annika Grill goes China». krone.at. Consultado em 16 de outubro de 2015. 
  20. «Fotos da Linha do Tempo - Miss Bahamas Organization | Facebook». www.facebook.com. Consultado em 14 de setembro de 2015. 
  21. «Annelies Törös sacrée Miss Belgique 2015» (em francés). Consultado em 10 de enero de 2015.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  22. «La Miss Bolivia 2014 es Romina Rocamonje». "videobolivia.com". Consultado em 11 de diciembre de 2014.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  23. «Gaúcha Marthina Brandt é eleita Miss Brasil 2015». G1 São Paulo. Consultado em 19 de novembro de 2015. 
  24. «"Graças a Marthina, Vale Real está definitivamente no mapa do Brasil", diz prefeito sobre Miss Brasil». Zero Hora. Consultado em 20 de novembro de 2015. 
  25. «Jogadora de Futebol para o Miss Universo». "facebook.com". Consultado em 02 de novembro de 2015.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  26. «La Miss Bolivia 2014 es Romina Rocamonje». "videobolivia.com". Consultado em 11 de diciembre de 2014.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  27. «Casting define María Belen para o Miss Universo 2015». Consultado em 23 de novembro de 2015. 
  28. «Jessica Xue is Miss Universe China 2015». Consultado em 31 de agosto de 2015. 
  29. «Ariadna le da la primera corona a Sucre». El Universal. 18 de noviembre de 2014  Parâmetro desconhecido |ubicación= ignorado (|local=) sugerido (ajuda); Verifique data em: |data= (ajuda)
  30. Jennifer (2014). «Kim Seo-yeon Crowned Miss Universe Korea 2015» (em inglés). Beauty Pageant News 
  31. «Telética mandará Brenda Castro para o próximo Miss Universo» (em espahol). Teletica.com. 2015 
  32. pageants news (7 de junho de 2015). «Miss Universe Croatia 2015». pageants news. Consultado em 8 de junho de 2015. 
  33. Miss Curaçao (13 de junho de 2015). «Miss Curaçao 2015 winner». Miss Curaçao. Consultado em 14 de junho de 2015. 
  34. «Cecilie Wellemberg crowned Miss Universe Denmark 2015 | Angelopedia». www.angelopedia.com. Consultado em 18 de agosto de 2015. 
  35. «Idubina Rivas is Miss Universe El Salvador 2015 | Angelopedia». www.angelopedia.com. Consultado em 30 de outubro de 2015. 
  36. Angelopedia (15 de março de 2015). «Francesca Cipriani is crowned Miss Ecuador 2015». Angelopedia. Consultado em 15 de março de 2015. 
  37. Cebrián, Estela (31 de julho de 2015). «Carla García representará a Espanha no Miss Universo». Lecturas. Consultado em 31 de julho de 2015.  (em espanhol)
  38. «Olivia Jordan, Miss Oklahoma, es la ganadora de Miss USA 2015». Diario La Tribuna. Consultado em 24 de julho de 2015. 
  39. Ang Malaya Net (15 de março de 2015). «Pia Wurtzbach is Miss Philippines 2015». Ang Malaya Net. Consultado em 15 de março de 2015. 
  40. missosology (13 de abril de 2015). «Rosa Maria Ryyti is Miss Finland 2015!». missosology. Consultado em 15 de abril de 2015. 
  41. Miss France facebook (4 de novembro de 2015). «Flora para o Miss Universo!». facebook. Consultado em 4 de novembro de 2015. 
  42. «Miss Universe Gabon 2015 is Ornella Obone». Instagram. Consultado em 3 de novembro de 2015. 
  43. «Hilda Akua is Miss Universe Ghana 2015». Consultado em 31 de agosto de 2015. 
  44. «Janet Kerdikoshvili is Miss Universe Georgia 2015». Consultado em 16 de outubro de 2015. 
  45. pageantsnews.com (28 de junho de 2015). «Nena France is Miss Universe Great Britain 2015». pageantsnews.com. Consultado em 1 de julho de 2015. 
  46. «Miss Universe Greece 2015 is Mikaela Fotiadis». Pageants News (em inglês). Consultado em 3 de novembro de 2015. 
  47. «Jeimmy Aburto fue coronada como la nueva Miss Guatemala 2015». Soy502. Consultado em 21 de setembro de 2015. 
  48. «Miss Guiana 2015». Consultado em 15 de novembro de 2015. 
  49. «American to represent Haiti in Miss Universe». Miss Haiti Universe. Consultado em 8 de novembro de 2015. 
  50. «Iroshka es la hondureña a ir para Miss Universe 2015». Miss Honduras Universe. Consultado em 21 de novembro de 2015. 
  51. http://www.hir24.hu/ (06 de julho de 2015). «Miss Universe Hungary: Nagy Nikoletta a legszebb». hir24.hu. Consultado em 6 de junho de 2015.  Verifique data em: |data= (ajuda)
  52. Meade, Ben (31 de enero de 2015). «Toni Chisholm crowned Miss Cayman Islands 2015» (em inglés). Cayman 27  Verifique data em: |data= (ajuda)
  53. «Adorya Baly 2015» (em inglés). Miss Universe. 11 de dezembro de 2015 
  54. «Urvashi Rautela is Miss Diva 2015 [Result]». THE GREAT PAGEANT COMMUNITY. Consultado em 16 de outubro de 2015. 
  55. TEMPO.CO (24 de fevereiro de 2015). «Anindya Kusuma Putri, Miss Indonésia 2015!». TEMPO.CO. Consultado em 2 de março de 2015. 
  56. «Joanna Cooper is Miss Universe Ireland 2015». Pageants News. 27 de novembro de 2015. Consultado em 28 de novembro de 2015. 
  57. timesofbeauty.com (3 de junho de 2015). «Avigail Alfatov represent Israel in Miss Universe 2015». timesofbeauty.com. Consultado em 8 de junho de 2015. 
  58. Giada Pezzaioli (25 de novembro de 2015). «Giada é a nova Miss Itália Universo». facebook.com. Consultado em 25 de novembro de 2015. 
  59. «Sharlene Radlein is Miss Universe Jamaica 2015». Consultado em 31 de agosto de 2015. 
  60. «Ariana Miyamoto crowned Miss Universe Japan 2015». www.angelopedia.com (em inglês). 12 de março de 2015. Consultado em 12 de março de 2015. 
  61. «Candidatas recicladas ganan por segunda vez sus concursos locales». Metro. Consultado em 17 de outubro de 2015. 
  62. LBC AMERICA ONLINE (24 de novembro de 2015). «Cynthia tira a sorte grande e vai para o Miss Universo!». Miss Lebanon facebook  Parâmetro desconhecido |acessado em= ignorado (|acessadoem=) sugerido (ajuda)
  63. THE STAR ONLINE (17 de abril de 2015). «Vanessa Tevi Kumares crowned new Miss Malaysia 2015!». THE STAR ONLINE. Consultado em 18 de abril de 2015. 
  64. «Sheetal Khadun to represent Mauritius» (em inglês). MUO website. 18 de noviembre de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  65. «Nuestra Belleza Mexico 2014» (em Español). Nuestra Belleza Mexico en Facebook. 10 de junio de 2015. Consultado em 14 de junio de 2015.  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  66. «Miss Universe Montenegro 2015 Maja Čukić». www.facebook.com. Consultado em 8 de agosto de 2015. 
  67. «May Barani Thaw is Miss Myanmar 2015». Consultado em 5 de outubro de 2015. 
  68. La Prensa (8 de março de 2015). «Daniela Torres es Miss Nicaragua 2015». La Prensa. Consultado em 16 de março de 2015. 
  69. «Debbie Collins is Miss Universe Nigeria 2015 [Photos]». THE GREAT PAGEANT COMMUNITY. Consultado em 25 de outubro de 2015. 
  70. «And the winner of Miss Universe Norway... - Miss Universe Norway | Facebook». www.facebook.com. Consultado em 31 de agosto de 2015. 
  71. «Samantha McClung is Miss Universe New Zealand 2015». Pageants News. Consultado em 25 de outubro de 2015. 
  72. «Jessie will be off to Miss Universe». Consultado em 22 de outubro de 2015. 
  73. «PanamáAmérica on Twitter». Consultado em 25 de agosto de 2015. 
  74. «Myriam replaces Laura Garcete». Consultado em 5 de novembro de 2015. 
  75. peru21.pe (3 de junho de 2015). «Laura Spoya recebe la corona de Miss Peru 2015». peru21.pe. Consultado em 8 de junho de 2015. 
  76. «Weronika Szmajdzińska is Miss Universe Poland 2015». Pageants News (em inglês). Consultado em 3 de novembro de 2015. 
  77. «Emília Araújo é a nova Miss Portugal Universo». Miss Universo Portugal facebook page. Consultado em 12 de novembro de 2015. 
  78. «Galería: Elección de Miss Universo Puerto Rico». El Nuevo Herald. 2014 
  79. tyden.cz (28 de março de 2015). «Miss Czech Republic 2015». tyden.cz. Consultado em 29 de março de 2015. 
  80. «Clarissa Molina es nueva Miss República Dominicana 2015!». Consultado em 31 de agosto de 2015. 
  81. Eslováquia News (6 de março de 2015). «Denisa Vyšňovská Miss Eslovaquia 2015!». Eslováquia News. Consultado em 7 de março de 2015. 
  82. Miss Russia (19 de outubro de 2015). «Miss Russia Universe 2015!». Miss Russia. Consultado em 19 de outubro de 2015. 
  83. «Dasa Radosavljevic crowned Miss Universe Serbia» (em inglés). The Times of India. 9 de octubre de 2014  Verifique data em: |data= (ajuda)
  84. «Critical Beauty: Miss Universe Singapore 2015». www.criticalbeauty.com. Consultado em 21 de setembro de 2015. 
  85. «Paulina Brodd is Miss Universe Sweden 2015». Consultado em 24 de julho de 2015. 
  86. «Aniporn Chalermburanawong es nueva Miss Universe Tailandia 2015». www.bellezavenezolana.net. Consultado em 24 de julho de 2015. 
  87. «Miss Universe Tanzania». www.facebook.com. Consultado em 21 de novembro de 2015. 
  88. angelopedia.com (11 de junho de 2015). «Miss Turkey 2015: winners». angelopedia.com. Consultado em 14 de junho de 2015. 
  89. «Обладательницей титула "Мисс Украина Вселенная"-2015 стала Анна Вергельская» (em ucraniano). Miss Universe Ukraine no Facebook. 18 de outubro de 2015 
  90. Net Uruguay (25 de abril de 2015). «Miss Uruguay 2015 Bianca Sánchez!». Net Uruguay. Consultado em 27 de abril de 2015. 
  91. «Mariana Jiménez es la Miss Venezuela 2014». "ultimasnoticias.com.ve". 10 de octubre de 2014. Consultado em 11 de diciembre de 2014.  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  92. «Pham Thi Huong is Miss Universe Vietnam 2015». Consultado em 5 de outubro de 2015. 
  93. «Lisa Marie White is Miss Universe Singapore 2015». Global Beauties (em inglês). Pageants News. Consultado em 23 de outubro de 2015. 
  94. «Idubina Rivas is Miss Universe El Salvador 2015 | Angelopedia». www.angelopedia.com. Consultado em 30 de outubro de 2015. 
  95. https://scontent-yyz1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xap1/v/t1.0-9/11222945_914047658649996_310699026892754183_n.jpg?oh=9a43c4be50295d3993741312d5833a69&oe=56CCF4DC
  96. «Casting Miss Paraguai 2015». www.facebook.com. Consultado em 18 de agosto de 2015. 
  97. «Weronika Szmajdzińska is Miss Universe Poland 2015». Pageants News (em inglês). Consultado em 3 de novembro de 2015. 
  98. «Candidatas recicladas ganan por segunda vez sus concursos locales». Metro. Consultado em 19 de outubro de 2015. 
  99. «Lisa Marie White is Miss Universe Singapore 2015». Pageants News ► Beauty Pageant Contestants & Winners News (em inglês). Pageants News. Consultado em 19 de outubro de 2015. 
  100. «Amina Dagi wird recycled, Annika Grill goes China!». Metro. Consultado em 19 de outubro de 2015. 
  101. «Refilwe Mthimunye is Miss Universe South Africa 2015 | Angelopedia». www.angelopedia.com. Consultado em 30 de outubro de 2015. 
  102. «София Никитчук и Владислава Евтушенко... - Национальный конкурс "Мисс Россия" | Facebook». www.facebook.com. Consultado em 19 de outubro de 2015. 
  103. «MISS GABON UNIVERSE 2015 is.. Anis Christine Pitty». missosology.info. Consultado em 23 de outubro de 2015. 
  104. [1]
  105. «Stay tuned for details as we carefully prepare for workshops and candidates to gear up for the next Miss Universe Guam pageant in early 2016.». Miss Universe Guam en Facebook. 19 de septiembre de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  106. «Saint Lucia will miss Miss Universe 2015». Miss Universe Saint Lucia. 5 de novembro de 2015 
  107. «T&T will miss Miss Universe 2015». Miss Universe Trinidad & Tobago Facebook. 20 de outubro de 2015 
  108. «Trump chama 'NBC' de 'fraca e tola' e reafirma declaração sobre mexicanos». G1 (Globo.com). 29 de junho de 2015. Consultado em 31 de julho de 2015.  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  109. «Univision calls off contract with the Miss Universe Organisation» (em inglés). Angelopedia. 26 de junio de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  110. Hibberd, James (29 de junho de 2015). «NBC demite Donald Trump: Emissora corta relações devido a controvérsia». Entertainment Weekly (EW.com) (em inglês)
  111. Melody Miranda (25 de junio de 2015). «¿Fuera México del Miss Universo?». Mundo Hispánico  Verifique data em: |data= (ajuda)
  112. «Televisa confirma que México no va a Miss Universo». Publimetro México 
  113. «Grupo Televisa rompe relación con Trump y Miss Universo». Capital México 
  114. «Farouk Systems, Inc. se retira de Donald Trump». Laprensa.hn. 29 de junio de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  115. «Televisora de Costa Rica enviará a la actual Miss Costa Rica, Brenda Castro, a Miss Universo - 7 Estrellas - Entretenimiento». www.teletica.com. Consultado em 6 de outubro de 2015. 
  116. «Anuncio de Marisela De Montecristo». Marisela De Montecristo en Facebook. 25 de junio de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  117. «Anuncio de retiro de Zuleyka Rivera». Zuleyka Rivera en Facebook. 25 de junio de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  118. «El ninguneo de Donald Trump a Cristián de la Fuente tras renunciar a Miss USA». Bío Bío Chile. 25 de junio de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  119. «Renuncian conductores del Miss USA» (em inglés). money.cnn.com. 30 de junio de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  120. «Bogotá cancela su postulación para ser sede de Miss Universo tras declaraciones de Donald Trump». El Heraldo. 30 de junio de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  121. «Farouk Systems, Inc. se retira de Donald Trump». Laprensa.hn. 29 de junio de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda)
  122. «Donald Trump assume 100% da organização do Miss Universo». Exame.com. 11 de setembro de 2015 
  123. «Donald Trump vende o Miss Universo». Notícias ao Minuto.com. 15 de setembro de 2015 
  124. Kosman, Josh (10 de outubro de 2015). «Venda do concurso Miss Universo por Trump foi realmente muito barata». New York Post (em inglês)
  125. «Entre confusión, Filipinas gana Miss Universo». El Universal. 20 de diciembre de 2015. Cópia arquivada em |arquivourl= requer |arquivodata= (ajuda) 🔗  Parâmetro desconhecido |fechaarchivo= ignorado (|arquivodata=) sugerido (ajuda); Verifique data em: |data= (ajuda)
  126. «Steve Harvey conducirá el Miss Universo 2016 y habrá cambios en la tarjeta final» 
  127. «Steve Harvey will host Miss Universe in PH» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]