Mongaguá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município da Estância Balneária de Mongaguá
"Cidade sorriso"
Surfista ao lado da Plataforma de Pesca de Mongaguá.

Surfista ao lado da Plataforma de Pesca de Mongaguá.
Bandeira da Estância Balneária de Mongaguá
Brasão da Estância Balneária de Mongaguá
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 7 de dezembro
Fundação 7 de dezembro de 1959 (57 anos)
Gentílico mongaguaense
Lema E pluribus unum (De muitos, um)
Prefeito(a) Artur Parada Prócida (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização da Estância Balneária de Mongaguá
Localização da Estância Balneária de Mongaguá em São Paulo
Estância Balneária de Mongaguá está localizado em: Brasil
Estância Balneária de Mongaguá
Localização da Estância Balneária de Mongaguá no Brasil
24° 05' 13" S 46° 37' 44" O24° 05' 13" S 46° 37' 44" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Litoral Sul Paulista IBGE/2008[1]
Microrregião Itanhaém IBGE/2008[1]
Região metropolitana Baixada Santista
Municípios limítrofes Itanhaém, Praia Grande e São Vicente.
Distância até a capital 93 km
Características geográficas
Área 143,171 km² [2]
População 51 580 hab. estatísticas IBGE 2014[3]
Densidade 360,27 hab./km²
Altitude 18 m
Clima subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,754 alto PNUD/2010[4]
PIB R$ 359 316,695 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 8 301,37 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.mongagua.sp.gov.br/

Mongaguá é um município do estado de São Paulo, na Região Metropolitana da Baixada Santista. A população recenseada em 2010 era de 46 310 habitantes e a área é de 137 km², resultando em uma densidade demográfica de 323,45 hab/km².

Topônimo[editar | editar código-fonte]

O topônimo Mongaguá origina-se da denominação dada pelos indígenas que na região viviam e batizaram o local de "Mongaguá" — que em tupi significa "Águas Pegajosas".[6], porém, outros nomes também foram atribuídos, tais como: "Terra dos Santos dos Milagres", "Terra dos Padres" e "Rio Fantasma".[7]

História[editar | editar código-fonte]

Época pré-colonial[editar | editar código-fonte]

Foram os índios do tronco tupi os primeiros habitantes do território que hoje é conhecido por Mongaguá, tais povos habitavam no século XVI às margens dos rios Mongaguá e Aguapeú.

Colonização portuguesa[editar | editar código-fonte]

O português Martim Afonso de Sousa desembarcou nas Ilhas de São Vicente em 1532, naquele momento, fora criado o primeiro núcleo populacional do país, tendo assim Mongaguá pertencido a São Vicente. Em 1948 o distrito de Mongaguá foi criado pela Lei nº 233, incorporando-se ao município de Itanhaém, posteriormente, em 7 de dezembro de 1959, a emancipação de Itanhaém fora obtida, elevando Mongaguá à categoria de município.[7]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Bairros[editar | editar código-fonte]

  • Balneário Flórida Mirim
  • Balneário Plataforma
  • Balneário Itaguaí
  • Balneário Regina Maria
  • Agenor de Campos
  • Balneário Jussara
  • Balneário Itaóca
  • Jardim Santa Eugênia
  • Jardim Praia Grande
  • Balneário N. S. Fátima
  • Vila Atlântica
  • Vila Operária
  • Vera Cruz
  • Centro
  • Balneário Aguapeú
  • Pedreira
  • Vila São Paulo
  • Jardim Caiaú

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima de Mongaguá é o subtropical úmido sem meses secos, devido à proximidade com a Serra do Mar junto ao Oceano Atlântico, com verões quentes e invernos brandos, sendo os meses mais quentes janeiro e fevereiro, com uma média de 25 °C, e o mais frio julho, com uma média de 18 °C.

Dados climatológicos para Mongaguá
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 28,2 28,6 28,1 26,2 24,4 23,1 22,2 22,4 23,3 24,4 25,8 27,3 25,3
Temperatura média (°C) 24,7 24,9 24,2 22,1 20,1 18,7 18 18,7 19,6 20,8 22,1 23,5 21,4
Temperatura mínima média (°C) 21,2 21,2 20,3 18,1 15,9 14,4 13,8 15,1 16 17,3 18,5 19,7 17,6
Precipitação (mm) 359 314 329 241 152 107 106 89 154 250 225 307 2 633
Fonte: Climate-Data.[8]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2000

(Fonte: IPEADATA)

Administração municipal[editar | editar código-fonte]

Prefeitos[editar | editar código-fonte]

Avenida Getúlio Vargas no centro de Mongaguá, com a prefeitura no canto direito.
  • José Cesário Pereira Filho (1960-1964)
  • João de Barros Teixeira (1964-1968)
  • Atílio João Fumo (1969-1972)
  • Jacob Koukdjian Filho (1973-1976)
  • Casimiro Correia Neto (1977-1982; 1983-1988)
  • Jacob Koukdjian Filho (1989-1992)
  • Artur Parada Prócida (1993-1996)
  • Jacob Koukdjian Filho (1997-2000)
  • Artur Parada Prócida (2001-2004; 2005-2008)
  • Paulo Wiazowski Filho (2009-2012)
  • Artur Parada Prócida (2013-atualidade)

Transportes[editar | editar código-fonte]

O principal acesso a Mongaguá se dá pela rodovia SP-55 (Rodovia Padre Manuel da Nóbrega).

Religião[editar | editar código-fonte]

O município faz parte da Diocese Católica de Santos e também, em frente à praia há o Oduduwa Templo dos Orixás.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Estância Balneária[editar | editar código-fonte]

Plataforma de Pesca de Mongaguá, a maior plataforma marítima de pesca da América Latina.
Poço das Antas, um dos principais pontos turísticos da cidade.

Mongaguá é um dos 15 municípios paulistas considerados estâncias balneárias pelo estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de Estância Balneária, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

  • Centro Cultural Raul Cortez
  • Praias
  • Parque Ecológico A Tribuna
  • Belvedere
  • Praça Dudu Samba
  • Zona Rural
  • Poço das Antas
  • Estátua Nossa Senhora Aparecida
  • Plataforma de pesca
  • Feiras de artesanato

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1º de julho de 2014). «Estimativas da população residente nos municípios brasileiros com data em 1º de julho de 2014». Arquivado desde o original (PDF) em 7 de setembro de 2014. Consultado em 7 de setembro de 2014. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 01 de agosto de 2013. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
  6. «Turismo: Litoral: Mongaguá». Biblioteca Virtual do Governo do Estado de São Paulo. Consultado em 01 de janeiro de 2014. 
  7. a b «Mongaguá - São Paulo - Esportes Radicais, Ecoturismo e Aventura». O Radical. Consultado em 1 de janeiro de 2014. 
  8. «Clima: Mongaguá». Climate-Data. Arquivado desde o original em 12 de julho de 2015. Consultado em 12 de julho de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]