Angiospérmicas basais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Paleoerva)
Ir para: navegação, pesquisa
Nymphaea alba, da ordem Nymphaeales

As angiospérmicas basais são as plantas com flor que divergiram da linhagem que deu origem à maioria das plantas com flor. Em particular, as angiospérmicas mais basais são denominada de grado ANITA, composto do género Amborella (uma única espécie de arbusto da Nova Caledónia), a ordem Nymphaeales (lírios-de-água assim como outras plantas aquáticas) e a ordem Austrobaileyales (plantas lenhosas aromáticas).[1] ANITA advém de Amborella, Nymphaeales e Illiciales, Trimeniaceae-Austrobaileya.[2] Alguns autores encurtaram a designação para grado ANA para as três ordens Amborellales, Nymphaeales e Austrobaileyales, tendo em vista que a ordem Illiciales foi reduzida à família Illiciaceae e colocada, juntamente com a família Trimeniaceae, dentro da ordem Austrobaileyales.

As angiospérmicas basais são compostas de apenas algumas centenas de espécies, comparando com as centenas de milhres de espécies de eudicotiledóneas, monocotiledóneas ou magnoliídeas. Divergiram das angiospérmicas ancestrais antes de os cinco grupos que compõem as mesangiospérmicas divergiram entre si.

Referências

  1. Thien, L. B.; Bernhardt, P.; Devall, M. S.; Chen, Z.-d.; Luo, Y.-b.; Fan, J.-H.; Yuan, L.-C.; Williams, J. H. (2009), «Pollination biology of basal angiosperms (ANITA grade)», American Journal of Botany, 96 (1): 166–182, doi:10.3732/ajb.0800016 
  2. The earliest angiosperms: evidence from mitochondrial, plastid and nuclear genomes Yin-Long Qiu, Jungho Lee, Fabiana Bernasconi-Quadroni, Douglas E. Soltis, Pamela S. Soltis, Michael Zanis, Elizabeth A. Zimmer, Zhiduan Chen, Vincent Savolainen, Mark W. Chase, Nature, 402, 1999, 404-407