Piteco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Piteco
Personagem fictícia de Turma do Piteco
Nascimento 1961 (56 anos)
Origem Lem
Sexo masculino
Espécie humano
Ocupação Caçador e Pescador
Amigo(s) Bolota
Criado por Mauricio de Sousa
Filme(s) Uma Aventura no Tempo
Primeira aparição Diário de São Paulo, 1961
Editora(s) Editora Globo, Editora Abril, Panini Comics
Espécie humano

Piteco é um personagem de histórias em quadrinhos, protagonista de um universo criado por Mauricio de Sousa e ambientadas na idade da pedra. Fora criado em 1961 ao lado de sua eterna admiradora Thuga.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seu nome completo é Pithecanthropus erectus da Silva, e ele mora na aldeia de Lem. Vive caçando dinossauros, pescando ou lutando contra inimigos. Em varias historias dele, Piteco acaba descobrindo novidades para a idade da pedra, como por exemplo a invenção da roda, navegação, agricultura, etc. Seus companheiros e amigos sao Bolota, Beleleu e Pedrosa.

Ele é um solteirão tipico, destemido e corajoso, mas vive fugindo de Thuga, uma mulher que quer se casar com ele. No entanto, apesar de nao querer assumir compromisso com ela, ele sente ciumes quando outros homens se interessam por Thuga e a paqueram, como visto nas historias "O casamento de Thuga" (publicado em Cebolinha numero 137 da editora Globo), "Paqueras Pre-Historicas (Cebolinha numero 7, editora Globo), entre outras, o que demonstra que Piteco no fundo ama Thuga, mas nao admite porque quer continuar solteiro.

Em histórias mais antigas, Piteco encontrou o ovo de onde nasceria o dinossaurinho Horácio, porém o animal arranjou confusão em Lem e foi expulso. Até a época da Abril, Piteco carregava uma clava com um prego de metal – o que é bem curioso, considerando que nessa era o metal ainda não havia sido inventado. Essa clava acabou sumindo a partir da época da editora Globo.

Existe tambem entre alguns fãs uma teoria de que Piteco possa ser o ancestral da Monica, devido a algumas similaridas fisicas entre eles (como o cabelo em formato de banana e a roupa vermelha) mas isso no entanto nunca foi confirmado.

Publicação[editar | editar código-fonte]

Piteco foi publicado inicialmente em tiras de jornal e pranchas dominicais nos jornais do grupo Diários Associados.[1] O personagem foi inspirado em outro homem das cavernas das tiras de jornal, o Brucutu[2] de Vincent T. Hamlin, tanto que o nome da aldeia onde Piteco vive é Lem, nome de um reino em Brucutu, cuja origem vem do continente perdido Lemúria.[3] Mauricio também cita o herói Tarzan de Edgar Rice Burroughs, mas desenhado por Burne Hogarth .[4] Piteco assim como várias criações de Mauricio de Sousa, não possui revista própria e é publicado em revistas mix da Turma da Mônica.

Em 2009, Piteco ganhou um almanaque de republicações divido com seu antigo companheiro de tira, o dinossauro Horácio.[5]

Livros[editar | editar código-fonte]

O personagem ganhou um livro publicado pela Editora FTD ainda nos anos 60.[1]

MSP 50 e MSP+50[editar | editar código-fonte]

Em 2009, a personagem teve 2 histórias no álbum MSP 50, idealizado pelo editor e jornalista Sidney Gusman em homenagem aos 50 anos de carreira de Mauricio de Sousa, numa das histórias desenhada pelo quadrinista Flávio Luiz, ele se encontra com Astronauta.[6][7]

Em 2010, foi criado um novo álbum, o MSP+50, nesse álbum o Piteco é protagonista em três histórias, uma delas desenhada por Beto Nicácio (onde Piteco ficou bastante parecido com o Wolverine da Marvel Comics),[8] uma por Emerson Lopes e outra de Fabio Ciccone[9] (criador da webcomic Magias & Barbaridades).[10]

Em setembro de 2013, A MSP Produções anunciou a primeira graphic novel protagonizada por Piteco: Piteco – Ingá, produzida pelo quadrinista paraibano Shiko, o título se refere as inscrições da Pedra do Ingá, localizada na Paraíba.[11] Seu lançamento ocorreu em novembro de 2013. Na história, os habitantes do Lem estão migrando pois o rio de sua aldeia secou, mas Piteco volta para resgatar Thuga que foi raptada pela tribo dos homens-tigre.[12]

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Em 2007, Piteco aparece no filme animado Uma Aventura no Tempo onde encontra a Mônica através de uma viagem temporal.[13]

Referências

  1. a b Maurício de Sousa. «Crônica 167 - "Os primeiros livros que escrevi"». Mônica.com.br 
  2. Paula Dume (26 de junho de 2009). «Mauricio de Sousa comemora 50 anos de carreira com documentário e atrações». Folha Online 
  3. Sm Ramasamy, N.R.D.M.S. Project (India), Bharathidasan University. Centre for Remote Sensing (2006). Geomatics in Tsunami. [S.l.]: New India Publishing. 5 páginas 
  4. Mauricio de Sousa (24 de setembro de 1996). «Crônica 30 - "Navegando nas Letras..."». Monica.com.br 
  5. André Sollitto. «Almanaque Piteco & Horácio». Universo HQ 
  6. Marcus Ramone (30 de junho de 2009). «Têm início as comemorações dos 50 anos de carreira de Mauricio de Sousa». Universo HQ 
  7. Eduardo Nasi. «MSP 50 - MAURICIO DE SOUSA POR 50 ARTISTAS». Universo HQ 
  8. Érico Assis (15 de Junho de 2010). «Quadrinistas reinventam a Turma da Mônica em previews de MSP +50». Omelet 
  9. Eduardo Nasi. «MSP + 50 - Mauricio de Sousa Por Mais 50 artistas». Universo HQ 
  10. Marcelo Naranjo (15 de maio de 2009). «Magias e Barbaridades: 500 tiras online». Universo HQ 
  11. Samir Naliato (19 de setembro de 2013). «Graphic MSP do Piteco ganha título oficial». Universo HQ 
  12. Azevedo, Mlena (29 de novembro de 2013). «Piteco – Ingá». Universo HQ. Consultado em 30 de novembro de 2013 
  13. Luigi Poniwass (1 de fevereiro de 2007). «Viaje no tempo com a turma da Mônica». Gazeta do Povo 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]