Remedy Entertainment

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Remedy Entertainment
Tipo Privada
Indústria videogames, jogos de computador
Fundação 1995
Sede Espoo,  Finlândia
Pessoas-chave Markus Mäki (CEO)
Mika Reini (CFO)
Sam Lake (diretor de criação)
Produtos Death Rally
Max Payne
Max Payne 2: The Fall of Max Payne
Alan Wake
Alan Wake's American Nightmare
Quantum Break
Página oficial remedygames.com

Remedy Entertainment é uma desenvolvedora finlandesa de jogos de videogame e computador. Conhecida por desenvolver as séries Max Payne e Alan Wake.

Primeiros anos e produtos[editar | editar código-fonte]

A Remedy foi fundada em 1995 por membros demoscene de grupos como o Future Crew. No ano seguinte, a Remedy lançou o seu primeiro jogo Death Rally, um atirador de corrida em perspetiva top-down publicado pela Apogee Software e distribuído pela GT Interactive. No jogo, o jogador compete em corridas mortais com carros armados, tentando terminar em primeiro lugar, enquanto vai destruindo adversários e cumprindo missões.

Ainda ligado ao demoscene, a Remedy participou da Assembléia de 1997 com a Final Reality, uma combinação de uma demo com um programa de benchmark 3D. Mais tarde naquele ano, a Remedy fundou uma nova empresa chamada Futuremark para o desenvolvimento de software de benchmark que acabaria por se transformar na 3DMark.

A era Max Payne[editar | editar código-fonte]

Em 2001, a Remedy lançou seu segundo jogo, Max Payne, que conta a história do policial epônimo disfarçado em fuga em Nova Iorque, vingativo pelo assassinato de sua família, culpado pelo assassinato de um agente da DEA, e caçado pela NYPD e Máfia Americana. O jogo é mais conhecido pelas suas influências de filmes noir e por popularizar o bullet time nos videogames.

A Remedy vendeu todos os direitos de Max Payne em 2002 para a Take-Two Interactive por US$10 milhões e 969 932 partes de estoque. No ano seguinte, uma sequela para a franquia desenvolvida pela Remedy e Rockstar Vienna foi lançada, intitulada Max Payne 2: The Fall of Max Payne. Este seria o último jogo Max Payne da Remedy, pois a Rockstar continuou a desenvolver a franquia por conta própria, embora alguns funcionários da Remedy tenham supervisionado a produção de Max Payne 3, como Sam Lake. Max Payne 3 foi lançado em 15 de maio de 2012 na América do Norte e em 18 de maio de 2012 na Europa.

Alan Wake e o revisado Death Rally[editar | editar código-fonte]

Em 2005, a Remedy revelou que estava desenvolvendo uma nova PI intitulada Alan Wake, um jogo sobre um escritor de mesmo nome, cuja esposa desaparece durante as férias do casal no noroeste do Pacífico. Enquanto procurava por sua esposa, Alan percebe que os eventos estão vindo à vida de um thriller que ele nem se lembra de ter escrito.

Alan Wake combina um jogo de tiro em terceira pessoa com horror psicológico, inspirando-se em Twin Peaks e obras de Stephen King. O jogo foi lançado no Xbox 360 em 2010 e publicado pela Microsoft Game Studios. Alan Wake foi ampliado com dois DLCs intitulados The Signal e The Writer, que atuam como novos episódios do enredo episódico de Alan Wake.

Em 2011, a Remedy estendeu para plataformas móveis, com o lançamento de um remake de Death Rally para dispositivos iOS. No ano seguinte a versão revista foi lançada em dispositivos Android e PC também. A Remedy também estendeu a franquia Alan Wake com um título para download na Xbox Live Arcade intitulado Alan Wake's American Nightmare. O jogo stand-alone vagamente continua a história de Alan Wake, situado em uma pequena cidade de Night Springs, Arizona. No jogo, Alan tenta perseguir seu mal doppelgänger Mr. Scratch que ameaça tirar tudo que Wake ama, incluindo sua esposa. O jogo também foi lançado para PC em maio de 2012.

Projetos atuais[editar | editar código-fonte]

Remedy está atualmente trabalhando em Quantum Break, que foi anunciado durante o evento da Xbox One em 21 de maio de 2013. O jogo foi lançado em 4 abril de 2016. Durante o desenvolvimento de Quantum Break, o CEO da Remedy, Matias Myllyrinne, e Oskari Häkkinen, chefe de desenvolvimento da franquia, saíram da empresa. Durante o VGX 2013, eles também revelaram Agents of Storm, que chegou ao iOS no início de 2014.

Jogos[editar | editar código-fonte]

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]