Sátis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Sátis[1] ou Satet, na mitologia egípcia, era considerada a deusa das plantações, o cetro de talo de flor de lótus era característica dessa deusa. Representando a necessidade da afinidade com o ambiente para a realização da criação. Sátis era responsável pela inundação do Nilo (que gerava a fertilidade dos solos no Antigo Egito).

Referências

  1. Dicionário das mitologias europeias e orientais. [S.l.]: Cultrix. 1973. p. 279 
Ícone de esboço Este artigo sobre Mitologia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.