Sales Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o engenheiro brasileiro ligado à criação da Universidade de São Paulo, veja Armando Sales de Oliveira.
Município de Sales Oliveira
Bandeira de Sales Oliveira
Brasão de Sales Oliveira
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 22 de maio
Fundação 1 de janeiro de 1945 (71 anos)
Gentílico salense
Prefeito(a) Fábio Graton (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Sales Oliveira
Localização de Sales Oliveira em São Paulo
Sales Oliveira está localizado em: Brasil
Sales Oliveira
Localização de Sales Oliveira no Brasil
20° 46' 19" S 47° 50' 16" O20° 46' 19" S 47° 50' 16" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Ribeirão Preto IBGE/2008[1]
Microrregião São Joaquim da Barra IBGE/2008[1]
Região metropolitana Ribeirão Preto
Municípios limítrofes Morro Agudo, Orlândia, Nuporanga, Batatais, Jardinópolis e Pontal
Distância até a capital 381 km
Características geográficas
Área 303,752 km² [2]
População 11,875 hab. Censo IBGE/2016[3]
Densidade 0,04 hab./km²
Altitude 730 m
Clima Tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,772 alto PNUD/2010[4]
PIB R$ 130 125,676 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 15 968,30 IBGE/2008[5]
Página oficial

Sales Oliveira é um município brasileiro do estado de São Paulo, que faz parte da Região Metropolitana de Ribeirão Preto(RMRP). Localiza-se a uma latitude 20º46'19" sul e a uma longitude 47º50'16" oeste, estando a uma altitude de 730 metros. Sua população em 2015 é de 11.588 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1899 os trilhos da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro chegaram ao local, onde no ano seguinte o tenente-coronel João Damasceno Pereira construiu uma casa comercial e um hotel, constituindo o núcleo inicial de uma povoação.

No ponto mais alto, divisor entre as nascentes dos córregos Aurora, Ponte Funda e Capão da Cruz, a ferrovia construiu a estação e deu-lhe o nome de "Sales Oliveira", em homenagem ao seu engenheiro e Presidente Francisco de Sales Oliveira Júnior, pai do Presidente do Estado, Armando de Sales Oliveira.

Inicialmente, o povoado lançado poem terras da fazenda Pindaíba passou a ser conhecido popularmente por "Santa Rita de Sales", por não haver concordância com o nome imposto pela ferrovia na sua estação de parada, prevalecendo a denominação, oficializada com a criação do Distrito de Paz, em dezembro de 1906.

Foi Distrito de Nuporanga e com a anexação deste, passou para Orlândia, em 1909.

Sales Oliveira passou a Município em 1944, sendo instalado em 1º de janeiro de 1945.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2007

Gentílico: Salense

Altitude: 730 m

População: 10.568 habitantes

Área Total: 306 km²

Dens. Demográfica: 28,31 hab/km²

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 9,86

Expectativa de vida (anos): 74,80

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,17

Taxa de alfabetização: 92,40%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,772

  • IDH-M Renda: 0,738
  • IDH-M Longevidade: 0,845
  • IDH-M Educação: 0,739

(Fonte: PNUD/2010)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

  • Córrego Ribeirão do Agudo
  • Córrego Aurora
  • Córrego Ponte Funda
  • Córrego Capão da Cruz

Economia[editar | editar código-fonte]

  • A principal atividade econômica do município decorre das chamadas "palheiras", empresas que efetuam a manufatura da palha de milho visando o mercado tabagista.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking IDHM Municípios 2010». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 10 de junho de 2015. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]