Solitude on Guitar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Solitude on Guitar
Álbum de estúdio de Baden Powell
Lançamento 31 de agosto de 1973
Gravação 10 - 11 de dezembro de 1971
Estúdio(s) Studio Walldorf (Alemanha)
Gênero(s) instrumental
Duração 38:47
Formato(s) LP
CD
Gravadora(s) CBS
Columbia
Epic
Produção Joachim-Ernst Berendt
Cronologia de Baden Powell
Images on Guitar
Grandezza on Guitar

Solitude on Guitar é um disco do violonista Baden Powell. A gravação aconteceu simultaneamente à do disco "Grandezza on Guitar", em uma sessão de dois dias, apenas três semanas após a gravação do álbum "Images on Guitar". Apesar do título, não apresenta apenas músicas tristes, mas também composições alegres e algumas canções de amor. As faixas "Na Gafieira do Vidigal", "Chará", "Solitário", "Fim de Linha" e "Márcia eu te amo" foram compostas dentro do estúdio.[1]

No encarte do disco, pode-se ler uma nota informando que o próximo álbum de Baden seria composto apenas de músicas instrumentais. Esse trabalho, no entanto, nunca foi lançado. A partir dessa época, o violonista passaria a fazer cada vez menos trabalhos solo.

Este foi o último trabalho de Baden Powell produzido pelo alemão Joachim-Ernst Berendt.[1]

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. Introdução ao Poema dos Olhos da Amada (Baden Powell)
  2. Chará (Baden Powell)
  3. Se Todos Fossem Iguais a Você (Tom Jobim, Vinícius de Moraes)
  4. Márcia, eu te Amo (Baden Powell)
  5. Na Gafieira do Vidigal (Baden Powell)
  6. Kommt ein Vogel geflogen (canção folclórica alemã)
  7. Fim da Linha (Baden Powell)
  8. The Shadow of Your Smile (Johnny Mandel, Paul Francis Webster)
  9. Brasiliana (Radamés Gnattali)
  10. Brassamba (Eberhard Weber)
  11. Por Causa de Você (Tom Jobim, Dolores Duran)
  12. Solitário (Baden Powell)

Músicos[editar | editar código-fonte]

Baden Powell (violão)

Eberhard Weber (baixo)

Joaquim Paes Henriques (bateria)

  1. a b «Brazil-on-guitar». Março de 2015. Consultado em 23 de junho de 2015