Tom Moore (militar)

Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Tom Moore.
Tom Moore
Veterano da Segunda Guerra Mundial
Capitão Tom
Foto de quando Tom era segundo-tenente, em 1941.
Nome completo Thomas Moore
Apelido Tom
Dados pessoais
Nascimento 30 de abril de 1920
Keighley, Reino Unido
Morte 2 de fevereiro de 2021 (100 anos)
Bedford, Reino Unido
Nacionalidade britânico
Cônjuges Billie (c. 1949 – div. 1967)
Pamela (c. 1969 – v. 2006, falecida)
Progenitores Mãe: Isabella Moore
Pai: Wilson Moore
Alma mater Beckfoot Oakbank (antiga Keighley Grammar School)
Vida militar
Força Exército Britânico
Anos de serviço 1940–1946
Hierarquia Segundo-tenente (1941–1942)
Tenente (1942–1944)
Capitão (1944–1945)
Coronel Honorário (2020)
Função Militar (1941–1945)
Professor de militares motociclistas (1942)
Instrutor e auxiliar técnico de veículos blindados (1945–1946)
Unidade 8º Batalhão do Regimento do Duque de Wellington (1940–1941)
145º Regimento do Corpo Armado Real (1941)
146º Regimento do Corpo Armado Real (1941–1945)
Batalhas 2ª Guerra Mundial
Honrarias Orgulho da Grã-Bretanha
Medalha do Regimento de Yorshire
Knight Bachelor
Estrela de 1939–1945
Estrela da Birmânia
Medalha de Defesa
Medalha de Guerra 1939–1949

Sir Thomas Moore (Keighley, 30 de abril de 1920Bedford, 2 de fevereiro de 2021), conhecido popularmente como Capitão Tom, foi um engenheiro civil, oficial militar, empresário e filantropo britânico, conhecido por arrecadar uma quantia recorde de fundos para ajudar no combate da Pandemia de COVID-19 durante o mês de seu aniversário de 100 anos.[1][2][3]

No dia 6 de abril de 2020, os 99 anos, Tom começou a andar em volta do jardim de sua casa para ajudar na arrecadação de doações para a NHS Charities, com o objetivo de arrecadar 1.000 libras até seu 100º aniversário.[4] Fazendo 24 dias de sua arrecadação de fundos, Tom começou a fazer aparições em vários programas e se tornou um nome popular no Reino Unido, ganhando vários elogios e atraindo mais de 1,5 milhão de doações individuais.[5] Em reconhecimento aos seus esforços, recebeu o prêmio Helen Rollason de Personalidade Esportiva do Ano da BBC, na cerimônia de 2020.[6] Apareceu em uma versão cover da canção "You'll Never Walk Alone", cantada por Michael Ball, revertendo toda a arrecadação dos ganhos para a mesma instituição de caridade.[7] O single liderou as paradas musicais do Reino Unido, feito que tornou Tom como a pessoa mais velha à alcançar o 1° lugar nas paradas de sucesso no Reino Unido, recorde premiado pelo Guiness Book, sendo também premiado por ser o maior arrecador de uma quantidade de dinheiro em uma caminhada individual de caridade.[8][9]

Em 17 de julho de 2020, foi pessoalmente condecorado com a medalha de Knight Bachelor pela Rainha Elizabeth II no Castelo de Windsor, Berkshire.[10]

Infância e juventude[editar | editar código-fonte]

Começo da vida[editar | editar código-fonte]

Tom nasceu no dia 30 de abril de 1920 em Keighley, no Reino Unido. Seus pais se chamavam Isabella e Wilson Moore.[11] Seu pai era de uma família de construtores,[12][13] enquanto sua mãe era uma professora.[14] Tom vivia em um bom ambiente de classe média, mas devido à crise de 1929 iniciada pela queda da Bolsa de Nova York no começo da década de 30, ocorreu a chamada depressão econômica mundial, que atingiu muitas das cidades fabris, incluindo sua cidade, Yorkshire. 25% da população britânica lutava para se alimentar, e passou a ser comum para Tom ver filas enormes de pessoas com fome ou sofrendo de doenças, como raquitismo pela falta de nutrientes.[5]

Educação[editar | editar código-fonte]

Embora Tom tenha presenciado essas situações, isso não o impediu de conseguir uma vaga na excelente escola primária Keighley Grammar School, onde começou a se interessar por fazer as coisas ao invés de ler livros. Segundo Tom, seus brinquedos preferidos eram alguns pedaços de madeira, um martelo e pregos.[5]

Também começou a ter um amor intenso por motos, comprando a sua primeira moto aos 12 anos, uma Royal Enfield 200, após achá-la em um celeiro na vila de Riddlesden, um subúrbio de Keighley, pagando meia coroa por ela e levando-a orgulhosamente para sua casa.[5][15][16]

Após terminar o colégio com 18 anos, começou um estágio em engenharia civil.[17]

Serviço militar[editar | editar código-fonte]

Entrada nas forças armadas[editar | editar código-fonte]

Foto de Tom nos tempos de exército.

Após entrar no estágio, Tom não teve tempo de terminá-lo pois logo foi convocado para o 8° Batalhão do Regimento do Duque de Wellington (8 DWR) em maio de 1940, que ficava em Cornualha,[16] em razão da Segunda Guerra Mundial que havia começado há 8 meses. Lá, Tom foi treinado para proteger a costa da invasão alemã e aprendeu a dirigir tanques de guerra.[18] Foi selecionado para um treinamento de oficiais cadetes mais tarde naquele ano,[17] assumindo o posto de segundo-tenente aos 21 anos, no dia 28 de junho de 1941.[19]

Após isso, em 22 de outubro de 1941, Moore tornou-se membro do Corpo Real Armado. Isso ocorreu porque o 8 DWR, seu antigo regimento, se tornou uma unidade blindada designada, sendo renomeado como 145º Regimento do Corpo Armado Real.[17] No mesmo ano, ele foi transferido para o 9º Batalhão (9 DWR), que se fundiu para se tornar o 146º Regimento do Corpo Armado Real, no qual ele e seu regimento foram mandados para a Índia.[20]

Campanha na Índia[editar | editar código-fonte]

Com o fechamento do Canal de Suez, Tom e seu regimento tiveram que dar a volta no continente africano, correndo risco de serem abatidos pelos alemães que vigiavam o continente, tendo então demorado 6 semanas para chegar à Índia devido ao desvio de sua rota.[20] Chegando ao país, foi encarregado de criar e administrar um programa de treinamento para motociclistas do exército.[21][20][22] Ele foi inicialmente enviado para Bombaim (agora Mumbai)[23] e depois para Calcutá (agora Kolkata).[18] Mais tarde, Tom foi promovido à tenente de guerra no dia 1º de outubro de 1942 e a capitão temporário no dia 11 de outubro de 1944.[24][25]

Campanha na Birmânia, Indonésia e retorno ao Reino Unido[editar | editar código-fonte]

Tom na época que era instrutor de veículos blindados.

Depois, foi mandando para a Birmânia (agora Mianmar), onde participou da Batalha da Ilha Ramree, na Ilha Ramree, em Arracão, no oeste do país, onde o exército britânico e os aliados indianos foram forçados a recuar por causa do imparável avanço japonês. Fez parte do 14° exército, chamado de "exército esquecido".[26][27][28] Lutou em um dos lugares mais perigosos do mundo, enfrentando selvas, cobras e chuvas fortes durante metade do ano, chegando a sobreviver a uma dengue no período.[20][25][26]

Devido ao seu conhecimento em motos, deu treinamento aos motociclistas do exército pelo fato de as motos poderem interceptar sinais de rádio dos japoneses, facilitando a obtenção de informações sobre os inimigos.[22] Depois da Índia e da Birmânia, seu último destino foi em Sumatra, na Indonésia, onde houve a rendição japonesa.[25][29] Moore voltou ao Reino Unido em fevereiro de 1945 para fazer um curso sobre o funcionamento interno de tanques Churchill, com intuito de se tornar um instrutor.[25]

Acabou não voltando ao seu regimento, tendo permanecido como instrutor e auxiliar técnico na Escola de Combate de Veículos Blindados, em Bevington Camp, Dorset, até ser desmembrado no início de 1946.[17][30][31] Durante 64 anos, organizou a reunião anual do 8° batalhão DWR, sendo essa a reunião mais longínqua do Regimento.[18][32]

Depois do exército[editar | editar código-fonte]

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Depois de sair do exército, trabalhou como gerente de vendas em uma empresa de materiais para telhados em Yorkshire,[33] e mais tarde como diretor de uma empresa de fabricação de concreto com sede em Fens,[34] chamada de Concrete Products Ltd., que posteriormente foi renomeada para March Concrete Products Ltd. depois de uma troca de gestão em 1983.[35][36] A empresa foi vendida para uma outra empresa do ramo, chamada ARC em 1987.[35]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Tom com sua moto Scott.

Tom pilotou motos competitivamente durante a década de 50.[5] Comprou sua primeira moto com 12 anos[31]e usava o número 23.[37] Pilotou uma motocicleta Scott,[16][15] ganhando vários troféus com ela.[18] Moore também foi membro da Keighley and District Photographic Association, entre 1934 e 1936, assim como seu pai foi.[38] Participou da edição de Natal do game show Blankety Blank, da BBC, em 1983.[39]

Caminhada no 100° aniversário[editar | editar código-fonte]

Campanha de arrecadação de doações[editar | editar código-fonte]

Em 6 de abril de 2020, durante a pandemia de COVID-19, e com seu centésimo aniversário se aproximando, Tom começou uma campanha de arrecadação de fundos para a NHS Charities Together, um grupo de instituições de caridade que apoia funcionários, voluntários e pacientes do Serviço Nacional de Saúde Britânico (NHS).[40] Tom pretendia dar 100 voltas de 25 metros em seu jardim, sendo 10 voltas por dia com a ajuda de um andador, chamando-a de "Caminhada do 100º aniversário de Tom para o NHS".[41][34][42] A meta inicial de 1.000 libras foi alcançada em 10 de abril,[43] aumentando primeiramente para 5.000 libras,[44] e depois para 500.000 libras, conforme mais pessoas ao redor do mundo se interessavam e contribuíam.[45][5]

Aparição na mídia e aumento nas doações[editar | editar código-fonte]

As doações começaram a aumentar rapidamente depois que a mídia britânica publicou sobre a campanha, começada quando Tom teve uma breve conversa por telefone com Michael Ball em seu programa dominical na BBC Radio 2, em 12 de abril.[46] Tom bateu a meta de 100 voltas que tinha prometido na manhã de 16 de abril, tendo sido vigiado a uma distância segura por guardas de honra do 1º Batalhão do Regimento de Yorkshire,[47] regimento que havia surgido da fusão com o DWR em 2006.[48] Tom disse que não pretendia parar e que ia fazer uma segunda centena.[31]

Recorde de doações[editar | editar código-fonte]

Na manhã de seu aniversário, as doações chegaram à 30 milhões libras.[49] A página da sua campanha no JustGiving fechou no final do dia, tendo sido arrecadado o valor total de 32.796.475 de libras (com mais outros 6.173.663,31 de libras esperados em reduções fiscais sob o esquema Gift Aid), segundo declarado posteriormente,[49] um recorde absoluto para uma campanha no JustGiving,[50][51][52] que anteriormente pertencia a marca de £ 5,2 milhões, levantada parcialmente por Stephen Sutton.[52]

Homenagens no seu 100° aniversário e posteriores[editar | editar código-fonte]

Carimbo que a Royal Mail usou para homenagear Tom pelo seu aniversário.

Mais de uma semana antes do 100º aniversário de Tom, a Royal Mail teve que introduzir instalações de triagem dedicadas somente a cartas destinadas a Tom e cerca de 20 voluntários foram recrutados para abri-las e exibi-las na escola local de Bedford, devido a quantidade exorbitante de cartas recebidas.[53][54] Em seu aniversário, mais de 150.000 cartas foram recebidas.[55]

O Royal Mail anunciou que todas as postagens carimbadas entre 26 de abril e 1º de maio seriam "Feliz 100º aniversário, Capitão Thomas Moore, herói da arrecadação de fundos do NHS, 30 de abril de 2020". O Royal Mail também celebrou seu aniversário pintando uma caixa de correio perto de sua casa na cor de azul usada pelo NHS, com um balão dourado e inscrição na lateral.[56]

Modelo do Hawker usado para homenagea-lo. (foto de 2011)

Na manhã de seu aniversário, um Hawker Hurricane e um Spitfire do Battle of Britain Memorial Flight da Força Aérea Real realizaram um sobrevoo sobre a casa de Tom.[55] À tarde, um segundo flypast apresentou 2 helicópteros do Army Air Corps, um Wildcat e um Apache.[57][58]

Michael Ball apareceu ao vivo no BBC Breakfast para cantar "Happy Birthday to You" para Moore.[55] Tom também recebeu os parabéns pelo aniversário de famosos como Boris Johnson, Harry Kane e o Príncipe Charles.[58] Moore também atendeu a uma videochamada do Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres.[59]

Após receber os parabéns da Rainha Elizabeth II, Tom recebeu um cartão personalizado da Lord-Lieutenant de Bedfordshire, Hellen Nellis.[60]

A Companhia de Ônibus de Keighley batizou um de seus ônibus, um Optare Versa, com o nome Capitão Tom Moore em 20 de abril e reprogramou os visores eletrônicos para mostrar uma mensagem de "Obrigado, Capitão Tom" intermitentemente entre a rota e o destino do veículo.[61] Uma placa dentro do ônibus fornece mais informações sobre a vida de Moore e a arrecadação de fundos.[61]

Outros ônibus na cidade e em toda a empresa controladora Transdev Blazefield exibiam uma mensagem intermitente de "Obrigado NHS".[62] Alex Hornby, presidente-executivo da Transdev Blazefield, descreveu o veículo como o "orgulho da frota" em dedicação a Moore, agradecendo-o por seus esforços de arrecadação de fundos.[62] Em 25 de abril, a empresa de ônibus Stagecoach East, que opera serviços em Bedford, onde Moore vivia, nomeou um de seus ônibus de dois andares Alexander Dennis Enviro400 MMC de Capitão Tom Moore.[63]

Modelo do trem expresso usado para homenagear Tom.

Em 29 de abril, a Great Western Railway nomeou um trem da Classe 800, o 800 025, de Capitão Tom Moore.[64] Em 30 de abril, a GB Railfreight nomeou um Classe 66, o 66 731, de Capitão Tom Moore - Uma verdadeira inspiração britânica.[65] A Hornby Railways produziu um modelo de locomotiva de bitola OO e doou £ 140.000 arrecadados com suas vendas para a NHS Charities.[66][67] Esta locomotiva foi um recorde para a Hornby, vendendo 3.500 unidades em quatro dias - em média, uma a cada dois minutos e 26 segundos.[68][69]

No final de abril, a Polícia de West Midlands nomeou um filhote de cachorro policial da raça pastor-holandês de Capitão Tom Moore, com o nome sendo um "favorito esmagador" em uma votação online para nomear cães após os feitos dos "heróis do NHS".[70] A World Horse Welfare nomeou um potro recém-nascido em sua base em Thedford, também como capitão Tom, após uma votação nas redes sociais.[71] Um cavalo Clydesdale nascido em Lake District, no aniversário de Moore, também foi chamado de Capitão Tom.[72] O Serviço de Bombeiros e Resgate de Northamptonshire nomeou um barco a motor como Capitão Tom.[55] O Hospital de Bedford também deu o nome dele a um novo jardim paisagístico.[73]

Condecoração[editar | editar código-fonte]

Foi condecorado com a medalha de Cavaleiro pela rainha Elizabeth II em uma cerimônia íntima no dia 17 de julho de 2020, em reconhecimento ao seu esforço por ter arrecadado um total de 32 milhões de libras (cerca de 221 milhões de reais) para o NHS (Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido) durante a Pandemia de COVID-19.[74][75][76] Antes de sair de casa para receber a medalha, Tom brincou:

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Casamentos[editar | editar código-fonte]

De acordo com a sua autobiografia, Tom se casou pela primeira vez em 1949, aos 29 anos, com uma mulher que ele se referia como "Billie", se divorciando dela em 1967.[78] Aos 47 anos, se casou novamente em janeiro de 1968 com sua segunda esposa, chamada de Pamela, que era 15 anos mais jovem que ele.[79] Com ela teve 2 filhas, Lucy e Hannah.[80] Quando trabalhava na March Concrete, Tom morou em Welney, uma vila em Norfolk.[9][25][45]

Tom chegou a se mudar com a família para Costa del Sol, na Espanha, mas teve que retornar devido a Pamela ter desenvolvido um caso de demência. Devido a doença, Pamela ficou vários anos em uma casa de repouso, que Tom visitava todos os dias,[81] tendo Pamela falecido em 2006.[82][80] Após isso, Tom passou a viver com sua filha mais nova, Hannah, seu marido e suas 2 netas em Marston Moretaine, Bedfordshire, no ano de 2008.[83][31][29]

Questões de saúde[editar | editar código-fonte]

No ano de 2018, sofreu uma queda onde acabou quebrando a costela e o quadril, além de ter seu pulmão perfurado e outras lesões graves, tendo que receber um tratamento do NHS.[84][85] No mesmo ano teve câncer de pele, além de também precisar colocar uma prótese em seu quadril e nos seus 2 joelhos.[86]

Viagem[editar | editar código-fonte]

Tom e sua família ganharam de presente uma viagem de férias da da maior companhia aérea britânica, a British Airways, para Barbados em dezembro de 2020.[83][87]

Filantropia[editar | editar código-fonte]

Capitain Tom Foundation[editar | editar código-fonte]

Sua instituição de caridade, chamada de "Captain Tom Foundation" foi criada por Tom em maio de 2020, com intuito de promover e incentivar doações a pessoas que necessitam, tendo sido fundada para ficar como o legado de Tom em vida.[88][89]

Cronologia das ações de Tom, organizados pelo The Sun e pela sua fundação:[89][90][editar | editar código-fonte]

2020[editar | editar código-fonte]

6 de abril - Tom começa seu esforço de arrecadação de fundos para dar 100 voltas em seu jardim antes de seu 100º aniversário com o objetivo de arrecadar £ 1.000 para o NHS;

14 de abril - Tom supera sua meta inicial com £ 1 milhão doados no meio da manhã - subindo para £ 2 milhões poucas horas depois;

15 de abril - Mais de £ 7 milhões são doados por mais de 340.000 apoiadores como o elogio da celebridade por seu esforço heróico;

16 de abril - Tom completa suas 100 voltas e promete continuar se as pessoas estiverem doando. Recebe o apoio do primeiro-ministro e da família real por sua incrível conquista;

24 de abril - O veterano se torna a pessoa mais velha a chegar ao topo das paradas com seu cover de You Never Walk Alone com o cantor Michael Ball;

30 de abril - A página de arrecadação de fundos de Tom chega a £ 32 milhões quando ele comemora seu 100º aniversário. Um flypast militar homenageia seu marco de aniversário e ele é nomeado coronel honorário;

17 de julho - Tom recebe o título de cavaleiro da Rainha em um compromisso especial realizado apenas para ele;

23 de setembro - Assina um contrato para filmar um filme biográfico de sua incrível vida e escreve uma autobiografia best-seller, intitulada "Tomorrow Will Be a Good Day";

5 de outubro - Tom se torna um dos podcasters mais antigos do país com o lançamento de uma série para combater o isolamento entre os idosos;

30 de dezembro - Comemora o natal com sua família em uma viagem que faz uma lista de desejos para Barbados;

2021[editar | editar código-fonte]

31 de janeiro - Sua família revela que ele foi internado no hospital com pneumonia e Covid.

Medalhas e honrarias[editar | editar código-fonte]

Nome Descrição da medalha Notas
Knight Bachelor Concedido pelo monarca a um homem tornando-o cavaleiro, mas não o introduz em uma das ordens organizadas de cavalaria, logo ficando abaixo dos membros dessas ordens. Condecorado pela rainha Elizabeth II, no dia 20 de maio de 2020.[91]
Medalha do Regimento de Yorkshire A Yorkshire Regiment Medal é uma medalha que premia anualmente cidadãos que fizeram parte do Regimento Britânico de Yorkshire e que contribuíram largamente com o mesmo ao longo dos anos. Presente por suas contribuições ao regimento e pelo seu aniversário de 100 anos.[92]
Orgulho da Grã-Bretanha Medalha que premia cidadãos que tenham feitos extraordinários. Premiado dia 23 de abril de 2020 por ajudar a promover arrecadações de enormes quantias para ajudar as vítimas de COVID-19.[93]
Estrela de 1939–1945 Medalha criada no dia 8 de julho de 1943 pelo Reino Unido e instituida a Soldados Britânicos e Forças do Commonwealth pelos serviços prestados na Segunda Guerra Mundial. Concedido após a Segunda Guerra Mundial[94]
Estrela da Birmânia Medalha criada pelo Reino Unido e instituída aos soldados britânicos e as forças do Commonwealth que lutaram na Campanha da Birmânia (1941–1945), durante a Segunda Guerra Mundial. Concedido após a Segunda Guerra Mundial[94]
Medalha de Defesa Medalha fornecida pelo Reino Unido em Maio de 1945, para premiar cidadãos britânicos do Commonwealth sendo militares não opecionais e alguns cidadãos de áreas específicas durante a Segunda Guerra Mundial. Recebida novamente no dia 30 de abril de 2020, dia de seu aniversário de 100 anos.[92]
Medalha de Guerra de 1939–1945 Medalha fornecida pelo Reino Unido no dia 16 de agosto de 1945, para premiar cidadãos britânicos do Commonwealth que serviram durante todo nas forças armadas ou na marinha mercante por pelo menos 28 dias entre 3 de setembro de 1939 e 2 de setembro de 1945. Concedido após a Segunda Guerra Mundial[94]

Morte[editar | editar código-fonte]

Internação[editar | editar código-fonte]

Tom havia testado positivo para COVID-19 no dia 22 de janeiro de 2021, e no domingo do dia 31 de janeiro, precisou ser internado por causa de dificuldades em respirar.[95] Tom não havia tomado a vacina de covid em razão do medicamento usado contra a pneumonia.[96][97] Tom já não aparecia em público desde sua viagem à Barbados.[98]

Falecimento[editar | editar código-fonte]

Devido ao seu estado debilitado pela idade avançada, suas filhas comunicaram que ele havia falecido no dia 2 de fevereiro de 2021, no Hospital de Bedford, vítima da COVID-19.[29] Tom também já tinha um histórico de luta contra 2 cânceres, um na pele e outro na próstata.[99][100]

Velório[editar | editar código-fonte]

Foi enterrado no dia 27 de fevereiro de 2021, em Bedford. Seu caixão foi envolvido por uma bandeira britânica e foi carregado por seis soldados do Regimento de Yorkshire até o crematório de Bedford.[101]

Um avião Douglas C-47 Dakota, da Segunda Guerra, sobrevoou o local e 14 soldados dispararam três salvas de honra, que foram transmitidas ao vivo pela televisão.[101][102]

Apenas 8 parentes foram à cerimônia, que foi privada: Suas 2 filhas, os 2 genros e os 4 netos, devido ao confinamento aplicado no Reino Unido desde janeiro que restringiu o número de pessoas nas ruas, em razão da Pandemia de coronavírus.[101]

Também foi exibida a versão cantada por Tom da música You'II Never Walk Alone, junto do cantor Michael Ball.[102]

Tributos e Homenagens[editar | editar código-fonte]

Muitos famosos, incluindo parlamentares, desportistas e celebridades, prestaram homenagem à morte de Tom por meio de seus redes sociais.[103][104][105]

O Twitter do NHS postou uma mensagem dizendo: "Obrigado por tudo, Sir Tom". O Palácio de Buckingham também emitiu um comunicado dizendo: "A Rainha está enviando uma mensagem particular de condolências à família do Capitão Sir Tom Moore. Sua Majestade gostou muito de conhecer o Capitão Sir Tom e sua família em Windsor no ano passado.[97] Seus pensamentos e os da Família Real estão com eles".[106] O primeiro-ministro Boris Johnson chamou Tom de "um herói no verdadeiro sentido da palavra" e elogiou-o por seu serviço militar e esforços de arrecadação de fundos.[29] Johnson também anunciou que as bandeiras acima de 10 e 11 de Downing Street seriam hasteadas a meio mastro em sinal respeito.[107] Johnson também apelou ao país para se juntar à aplauso nacional por Moore às 18h do dia 3 de fevereiro de 2021.[108][109][110]

As Casas do Parlamento do Reino Unido prestaram um minuto de silêncio em homenagem a Tom, no dia 3 de fevereiro.[111][112] O programa especial da BBC News, Capitão Tom: We Salute You, foi reexibido na BBC One na mesma noite.[113] Uma petição foi levantanda na change.org pedindo que Tom recebesse um funeral estadual, recebendo quase 200.000 assinaturas nos primeiros dois dias de campanha.[114] Também no dia 3 de fevereiro, a DJ Amanda Holden anunciou durante a edição do programa de rádio Heart Breakfast que estava lançando uma campanha pedindo a construção de uma estátua oficial em memória de Tom.[115]

A campanha de Holden foi apoiada pelo Daily Mail,[116] pelo Secretário de Saúde Matt Hancock,[99][116] e pelos membros da família de Tom.[117] Em um debate sobre no Good Morning Britain em 4 de fevereiro, o apresentador de TV, Nick Knowles, sugeriu que a estátua de Moore fosse colocada na Trafalgar Square,[118] enquanto Carol Vorderman sugeriu que Tom deveria ter um memorial na Abadia de Westminster.[119] No dia 4 de fevereiro, a primeira-ministra de Barbados, Mia Mottley, que se reuniu com Tom durante sua visita à Barbados, emitiu uma nota de condolências, em nome dela e de seu país, após saber de sua morte.[120]

Recebeu mais de 140.000 cartões de mensagens do mundo inteiro, após seu falecimento. Entre pessoas que mandaram, estava o príncipe William e o capitão da seleção inglesa de futebol Harry Kane, assim como milhares de crianças que enviaram desenhos para Tom.[121]

Ofensas[editar | editar código-fonte]

Um padre estagiário chamado Jarel Robinson-Brown publicou em seu Twitter que o fervor da mídia e a retórica nacionalista em torno de Tom eram uma forma de "retórica da supremacia branca". Rapidamente, Brown deletou seu comentário e pediu "um pedido de desculpas sem reservas" e mais tarde deletou sua conta no Twitter. Em resposta, seus superiores da Diocese de Londres ordenaram uma investigação alegando que seus comentários eram "inaceitáveis, insensíveis e mal-julgados".[122] Quase 25.000 pessoas assinaram uma petição online apelando à igreja para remover Brown de seu posto.[120][123]

Hannah Ingram-Moore, filha de Tom, contou à emissora BBC que uma "minoria vil" teriam mandado mensagens cruéis para seu pai e que teriam partido o coração de Tom.[124][125] Sobre a situação, declarou:

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Foi criado um mural em sua homenagem em Pontefract, West Yorkshire, em abril de 2020.[126] Tom foi tema de várias das artes de graffiti criadas pela artista Rachel List.[127]

No dia 30 de abril de 2020, um mural de 3,7 metros de altura foi pintado pelo artista Paul Cable, na parede de um restaurante em Abergavenny, Monmouthshire como uma homenagem à Tom em seu aniversário de 100 anos.[128]

Em setembro de 2020, foi anunciado que um filme sobre a vida de Tom estava sendo feito pelos estúdios Fred Films e Powder Keg Pictures. Ao ouvir o anúncio, Tom comentou:

A autobiografia de Tom, Tomorrow will be a good day (escrito por Wendy Holden)[130], foi publicada pela Penguin Books no dia 17 de setembro de 2020.[131] Uma edição de audiolivro foi lida por Derek Jacobi.[132] Uma versão do livro para crianças, one hundred steps, publicado pela Puffin Books, foi publicada à partir de 1º de outubro de 2020.[133]

Uma representação de Tom foi exibida em fogos de artifício na véspera de Ano Novo de 2020–21, em Londres.[134]

Em uma coletiva de imprensa para marcar seu 61º aniversário em 19 de fevereiro de 2021, Naruhito, o imperador japonês, falou das realizações e palavras do capitão Tom como uma das coisas que o impressionaram no ano passado.

Em 2 de junho de 2021, a Paradox Interactive adicionou Moore como líder militar no jogo Hearts of Iron IV.[135]

Em 1 de maio de 2021, foi inaugurada uma estátua em sua homenagem pelo artista Tony Clark junto com seu colega Keith Sharratt, tendo sido feita à mão na Indonésia e foi exibida no shopping The Springs, na cidade de Leeds.[136]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

2020[editar | editar código-fonte]

  • Tomorrow Will Be A Good Day: My Autobiography - The Sunday Times No 1 Bestseller[137]
  • One hundred steps: The Story of Captain Sir Tom Moore[138]
  • Picture Book - Captain Tom Moore[139]

2021[editar | editar código-fonte]

  • Captain Tom Quote Book[140]

Referências

  1. «Capitão de 100 anos que levantou milhões para o sistema britânico de saúde morre com Covid-19». G1. Consultado em 1 de maio de 2021 
  2. «Captain Sir Tom Moore». www.army.mod.uk (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  3. «Inside Capt. Sir Tom Moore's Inspiring Life: From Serving in WWII to Being Knighted by the Queen». PEOPLE.com (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  4. Redação (1 de fevereiro de 2021). «Capitão britânico que bateu recorde de arrecadação é hospitalizado com Covid». Forbes Brasil. Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  5. a b c d e f «Obituary: Captain Sir Tom Moore, a hero who gave a nation hope». BBC News (em inglês). 2 de fevereiro de 2021. Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  6. «Capt Sir Tom wins Helen Rollason Award». BBC Sport (em inglês). Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  7. «You'll Never Walk Alone: What are the lyrics to Captain Tom Moore's No1 NHS charity song?». The Sun (em inglês). 8 de dezembro de 2020. Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  8. «Britânico de 99 anos conquista Guinness com arrecadação contra coronavírus». Fotografia - Folha de S.Paulo. 25 de abril de 2020. Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  9. a b «Captain Tom breaks two Guinness World Records - CBBC Newsround» (em inglês). Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  10. «Militar centenário que arrecadou milhões na pandemia é nomeado Cavaleiro». noticias.uol.com.br. Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  11. «Captain tom's family business in keighley | KEIGHLEY & DISTRICT LOCAL HISTORY SOCIETY» (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  12. «Greatest Hits Radio (Harrogate and the Yorkshire Dales) - The Good Times Sound Like This». Greatest Hits Radio (Harrogate and the Yorkshire Dales) (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  13. «War veteran, 99, raises £9m for NHS by walking lengths of back garden». the Guardian (em inglês). 15 de abril de 2020. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  14. Mintz, Luke (30 de abril de 2020). «Captain Tom's century: 100 years through the eyes of the NHS's fundraising hero». The Telegraph (em inglês). ISSN 0307-1235. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  15. a b MotoMovimento (4 de fevereiro de 2021). «O motociclista Sir Tom Moore». MotoMovimento. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  16. a b c «Morre veterano de guerra que virou herói da quarentena no Reino Unido». www.agazeta.com.br. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  17. a b c d Nicholls, Dominic (16 de abril de 2020). «Captain Tom Moore: WW2 veteran who raised millions for the NHS». The Telegraph (em inglês). ISSN 0307-1235. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  18. a b c d «The story behind the 99-year-old legend who raised £14m for the NHS». Metro (em inglês). 16 de abril de 2020. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  19. «Obituary: Captain Sir Tom Moore, a hero who gave a nation hope». BBC News (em inglês). 2 de fevereiro de 2021. Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  20. a b c d Captain Tom's War - Friday 8 May 8pm (em inglês), consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  21. «U.K.'s record-breaking fundraiser, 'hero' Captain Tom Moore, dies age 100». The Japan Times (em inglês). 3 de fevereiro de 2021. Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  22. a b «Obituary: Captain Sir Tom Moore, a hero who gave a nation hope». BBC News (em inglês). 2 de fevereiro de 2021. Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  23. «UK war veteran and fundraiser who served in India to be knighted». Defence News, Indian Defence News, IDRW, Indian Armed Forces. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  24. Great Britain. Ministry of Defence (1714). Army list. National Library of Scotland. [S.l.]: London : HMSO 
  25. a b c d e «Captain Sir Tom Moore». www.army.mod.uk (em inglês). Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  26. a b «Chindit Memorial: WW2 'forgotten army' tribute given listed status». BBC News (em inglês). 12 de agosto de 2020. Consultado em 19 de fevereiro de 2021 
  27. The Forgotten Army (em inglês). [S.l.: s.n.] 
  28. «The Forgotten Army | VJ Day 75 | Royal British Legion». The Royal British Legion (em inglês). Consultado em 2 de março de 2021 
  29. a b c d «Capitão Tom Moore morre aos 100 anos com covid-19». www.dn.pt. Consultado em 21 de fevereiro de 2021 
  30. «Captain Tom Moore (Ret'd) - The Duke of Wellington's Regiment (West Riding) - Regimental Association». web.archive.org. 29 de maio de 2020. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  31. a b c d «Coronavirus: Army veteran Tom Moore, 99, raises £4m for NHS». BBC News (em inglês). 15 de abril de 2020. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  32. «The story behind the 99-year-old legend who raised £14m for the NHS». Metro (em inglês). 16 de abril de 2020. Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  33. «'She looked terrific to me, like a model'». Kent Online (em inglês). 16 de abril de 2020. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  34. a b CNN, Sara Spary. «War veteran, 99, raises $6 million by walking laps of his garden». CNN. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  35. a b Rutter, Harry (28 de abril de 2020). «Fen firm saved by Capt Tom Moore». Cambs Times (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  36. «Star NHS fundraiser Captain Tom's West Norfolk connection revealed». Lynn News (em inglês). 21 de abril de 2020. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  37. HancocksFri, Simon; Apr 2020, 17. «Veteran NHS fundraiser Captain Tom Moore was also a motorcycle racer». Visordown (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  38. «Home». kdpa (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  39. «It's not Captain Tom's first appearance on TV! In 1983 he appeared on Blankety-Blank!». www.bbc.co.uk. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  40. «Our tribute to Sir Captain Tom». JustGiving (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  41. Low, Valentine. «Captain Tom Moore raises £7m for NHS with 100th birthday walk» (em inglês). ISSN 0140-0460. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  42. «Coronavirus: Captain Tom Moore raises more than £9m for NHS». BBC News (em inglês). 15 de abril de 2020. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  43. «Captain Sir Tom Moore: An extraordinary life in pictures». ITV News (em inglês). 3 de fevereiro de 2021. Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  44. «How is Captain Tom Moore's fundraising money helping the NHS and will JustGiving profit from it?». Heart (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  45. a b «99-year-old army veteran raises more than £1m for NHS with '100th birthday walk'». The Independent (em inglês). 14 de abril de 2020. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  46. «Captain Tom Moore on the secret to living a long and happy life». Swindon Advertiser (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  47. Shaw, Neil (16 de abril de 2020). «Captain Tom Moore completes £12m walk for NHS with honour guard». HullLive (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  48. «The Yorkshire Regiment - British Army Website». web.archive.org. 27 de maio de 2012. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  49. a b «Captain Tom Moore's 100th Birthday Walk for the NHS». JustGiving (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  50. «Captain Tom Moore, 99, breaks all time charity fundraising record with NHS walk». inews.co.uk (em inglês). 16 de abril de 2020. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  51. Shaw, Neil (16 de abril de 2020). «Captain Tom Moore completes £12m walk for NHS with honour guard». WalesOnline (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  52. a b «Coronavirus: Boris Johnson to 'recognise' hero Captain Tom Moore after he raises £18m for NHS». Sky News (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  53. «Captain Tom Moore's birthday cards opened by volunteers». BBC News (em inglês). 22 de abril de 2020. Consultado em 1 de maio de 2021 
  54. Roffe, Erica (22 de abril de 2020). «Bedford School becomes Captain Tom's sorting office as thousands of birthday cards arrive». Bedford Independent (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  55. a b c d «Captain Tom Moore marks 100th birthday: Latest updates». BBC News (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  56. «Royal Mail celebrates Captain Tom Moore's birthday with special postbox in Bedford». www.bedfordtoday.co.uk (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  57. Southworth, Phoebe; Roberts, Lizzie (30 de abril de 2020). «Captain Tom Moore's 100th birthday: War veteran hails British public as fundraising effort tops £32m». The Telegraph (em inglês). ISSN 0307-1235. Consultado em 1 de maio de 2021 
  58. a b «Captain Tom Moore inspires the next generation of soldiers». www.army.mod.uk (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  59. «Secretary-General's Policy Brief: The Impact of COVID-19 on older persons | United Nations For Ageing». www.un.org (em inglês). 1 de maio de 2020. Consultado em 2 de maio de 2021 
  60. «Captain Tom Moore's NHS appeal tops £32m on 100th birthday». BBC News (em inglês). 30 de abril de 2020. Consultado em 1 de maio de 2021 
  61. a b «Keighley Bus Company dedicates bus to Captain Tom Moore». Bradford Telegraph and Argus (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  62. a b «Harrogate Town announces promotion bus parade plans». BBC News (em inglês). 6 de agosto de 2020. Consultado em 1 de maio de 2021 
  63. «11279 now Captain Tom Moore». Beds Transport (em inglês). 24 de abril de 2020. Consultado em 1 de maio de 2021 
  64. «GWR News». GWR News (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  65. «GB Railfreight thanks Captain Tom Moore for his NHS fundraising with locomotive naming». www.railmagazine.com (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  66. «GB Railfreight Capt. Tom Moore miniature train raises £140,000 for NHS». GB Railfreight Limited (em inglês). 12 de maio de 2020. Consultado em 1 de maio de 2021 
  67. «Hornby Model Railways, Train Sets, Locomotives & Accessories». Hornby UK (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  68. «Hornby Class 66 'Captain Tom Moore' arrives with customers». World Of Railways. 14 de agosto de 2020. Consultado em 1 de maio de 2021 
  69. «GWR train named after Captain Sir Tom Moore visiting 100 stops on birthday». Swindon Advertiser (em inglês). Consultado em 2 de maio de 2021 
  70. Young, Graham (26 de abril de 2020). «Meet new West Midlands Police dog... Captain Tom Moore». BirminghamLive (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  71. Johnson, Sabrina (24 de abril de 2020). «Thetford charity names foal after Captain Tom Moore». Eastern Daily Press (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  72. «Horse with same birthday named after Captain Tom Moore». The Mail (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  73. Roffe, Erica (30 de abril de 2020). «Bedford Hosptial names new landscaped gardens in honour of Captain Tom». Bedford Independent (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  74. Kirsty.Oram (17 de julho de 2020). «The Queen confers the Honour of Knighthood on Captain Sir Thomas Moore». The Royal Family (em inglês). Consultado em 2 de maio de 2021 
  75. Penna, Dominic (17 de julho de 2020). «Captain Tom Moore knighted by the Queen and jokes: 'If I kneel down I'll never get up again'». The Telegraph (em inglês). ISSN 0307-1235. Consultado em 2 de maio de 2021 
  76. Brown, Faye (17 de julho de 2020). «Captain Tom becomes Sir Tom Moore after receiving knighthood from the Queen». Metro (em inglês). Consultado em 2 de maio de 2021 
  77. «Rainha Elizabeth concede título de cavaleiro ao centenário capitão Tom Moore». 17 de julho de 2020 
  78. Brewis, Harriet (2 de fevereiro de 2021). «Captain Tom obituary: The WW2 veteran who captured a nation's heart». www.standard.co.uk (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  79. Lavender, Jane (13 de agosto de 2020). «Captain Tom Moore had 'given up on love' before he met beloved late wife aged 50». mirror (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  80. a b Lavender, Jane (13 de agosto de 2020). «Captain Tom Moore had 'given up on love' before he met beloved late wife aged 50». mirror (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  81. «The Life And Times Of Captain Sir Tom Episode 1». Press Centre (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  82. «Inside Capt. Sir Tom Moore's Inspiring Life: From Serving in WWII to Being Knighted by the Queen». PEOPLE.com (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  83. a b «Covid-19: Captain Sir Tom Moore in hospital with coronavirus». BBC News (em inglês). 1 de fevereiro de 2021. Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  84. «Captain Tom Moore marks 100th birthday: Latest updates». BBC News (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  85. «'How my dad Captain Tom, 100 today, survived a near fatal fall to raise £30m'». inews.co.uk (em inglês). 30 de abril de 2020. Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  86. Fleming, Eleanor (25 de abril de 2020). «Captain Tom Moore will 'carry on walking' for NHS, says nephew». SurreyLive (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  87. «HuffPost is now a part of Verizon Media». consent.yahoo.com. Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  88. «FAQs». The Captain Tom Foundation (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  89. a b «What is the Captain Tom Foundation?». The Sun (em inglês). 27 de fevereiro de 2021. Consultado em 1 de maio de 2021 
  90. «Story». The Captain Tom Foundation (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2021 
  91. «CENTRAL CHANCERY OF THE ORDERS OF KNIGHTHOOD». www.thegazette.co.uk. Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  92. a b «Captain Tom Moore inspires the next generation of soldiers». www.army.mod.uk (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  93. Lavender, Jane (23 de abril de 2020). «Captain Tom Moore given special Pride of Britain award in emotional TV surprise». mirror (em inglês). Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  94. a b c «Remembering Captain Tom Moore, the war veteran who inspired a nation». The Independent (em inglês). 2 de fevereiro de 2021. Consultado em 11 de fevereiro de 2021 
  95. «Capitão Sir Tom Moore é internado após ser diagnosticado com coronavírus». Vogue. Consultado em 21 de fevereiro de 2021 
  96. «'Capitão Tom era nosso mundo', diz filha do britânico». R7.com. 10 de fevereiro de 2021. Consultado em 21 de fevereiro de 2021 
  97. a b «Veterano de guerra de 100 anos que arrecadou R$ 241 milhões para o serviço de saúde inglês morre de covid-19». BBC News Brasil. Consultado em 21 de fevereiro de 2021 
  98. «PM wishes Captain Tom 'full recovery' as he battles Covid & pneumonia». The Sun (em inglês). 31 de janeiro de 2021. Consultado em 21 de fevereiro de 2021 
  99. a b «Com lágrimas e flores, britânicos lamentam morte do herói Capitão Tom Moore». CNN Brasil. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  100. «Sir Tom Moore, que arrecadou milhões para NHS, morre de Covid-19». ISTOÉ Independente. 2 de fevereiro de 2021. Consultado em 9 de fevereiro de 2021 
  101. a b c «Herói britânico, Tom Moore recebe honras militares em seu funeral». R7.com. 27 de fevereiro de 2021. Consultado em 2 de março de 2021 
  102. a b PÚBLICO, Reuters. «Honras militares marcaram o funeral do capitão "sir" Tom Moore». PÚBLICO. Consultado em 2 de março de 2021 
  103. Stephens, Max; Davies, Gareth (2 de fevereiro de 2021). «Captain Sir Tom Moore dies aged 100». The Telegraph (em inglês). ISSN 0307-1235. Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  104. «Captain Sir Tom Moore: Sport pays tribute to NHS hero who dies after contracting coronavirus and pneumonia». Sky Sports (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  105. «Celebrities react to Captain Tom's death: Amanda Holden, Piers Morgan, Peter Andre and more». HELLO! (em inglês). 2 de fevereiro de 2021. Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  106. «The Queen pays tribute to Captain Tom Moore». The Independent (em inglês). 2 de fevereiro de 2021. Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  107. «Captain Sir Tom Moore dies aged 100 after testing positive for Covid-19». LBC (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  108. Roach, April (3 de fevereiro de 2021). «PM to lead national clap to remember Captain Sir Tom Moore». www.standard.co.uk (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  109. «COVID-19: PM to lead national clap for Captain Sir Tom Moore and healthcare workers». Sky News (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  110. «Johnson lidera aplauso nacional em homenagem ao capitão Tom Moore». noticias.uol.com.br. Consultado em 21 de fevereiro de 2021 
  111. «EU-UK Trade and Co-operation Agreement - Wednesday 3 February 2021 - Hansard - UK Parliament». hansard.parliament.uk (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  112. «Captain Sir Tom Moore - Wednesday 3 February 2021 - Hansard - UK Parliament». hansard.parliament.uk (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  113. BBC News Special - Captain Sir Tom: We Salute You (em inglês), consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  114. «Petition for state funeral for Captain Tom Moore signed by almost 200,000». The Independent (em inglês). 4 de fevereiro de 2021. Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  115. «Amanda Holden praises 'indomitable spirit' of Captain Tom». belfasttelegraph (em inglês). ISSN 0307-1235. Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  116. a b «Newspaper headlines: 'We're past the peak' and applause for Capt Tom». BBC News (em inglês). 4 de fevereiro de 2021. Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  117. Rodger, James (4 de fevereiro de 2021). «Captain Tom Moore's grandson tells GMB he wants statue of grandfather». BirminghamLive (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  118. Shepherd, Dave (3 de fevereiro de 2021). «Nick Knowles wants statue of Capt Tom Moore at Trafalgar Square». GloucestershireLive (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  119. «Carol Vorderman: Captain Sir Tom Moore 'deserves stone in Westminster Abbey'». East London and West Essex Guardian Series (em inglês). Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  120. a b «Prime Minister Mia Mottley pays tribute to Captain Sir Tom Moore». Barbados Today (em inglês). 4 de fevereiro de 2021. Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  121. «Morre de covid-19, herói centenário do confinamento na Inglaterra». ISTOÉ DINHEIRO. 3 de fevereiro de 2021. Consultado em 12 de fevereiro de 2021 
  122. «Statement from the Bishop of London regarding Jarel Robinson-Brown». Diocese of London (em inglês). 7 de fevereiro de 2021. Consultado em 21 de fevereiro de 2021 
  123. Parker, Charlie. «Clergyman Rev Jarel Robinson-Brown faces inquiry for 'Sir Tom cult' remarks» (em inglês). ISSN 0140-0460. Consultado em 21 de fevereiro de 2021 
  124. «Britânico capitão Tom Moore sofreu ofensas virtuais semanas antes de morrer, diz filha». SWI swissinfo.ch. Consultado em 21 de fevereiro de 2021 
  125. «Britânico capitão Tom Moore sofreu ofensas virtuais semanas antes de morrer, diz filha». br.noticias.yahoo.com. Consultado em 21 de fevereiro de 2021 
  126. «Pontefract artist's latest mural created in honour of 99-year-old war veteran who raised over £18m for NHS». www.pontefractandcastlefordexpress.co.uk (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  127. «Pontefract Artist Rachel List». Tim Hill Photography (em inglês). 26 de junho de 2020. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  128. «Thanks to Captain Tom from Abergavenny». Abergavenny Chronicle (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  129. «Charity fundraiser Tom Moore signs film deal for biopic». 23 de setembro de 2020. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  130. Butter, Susannah (1 de fevereiro de 2021). «Tomorrow Will Be A Good Day by Captain Tom Moore: upbeat and engaging». www.standard.co.uk (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  131. «Captain Tom Moore: autobiography and children's book to be published». www.penguin.co.uk. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  132. Moore, Captain Tom. «Tomorrow Will Be A Good Day». www.penguin.co.uk (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  133. «Larkum to illustrate Captain Tom's picture book One Hundred Steps | The Bookseller». www.thebookseller.com. Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  134. «People Can't Get Over Bizarre New Year's Eve Captain Tom Tribute». www.ladbible.com (em inglês). Consultado em 13 de fevereiro de 2021 
  135. «HOI4 Dev Diary - 5th Anniversary». Paradox Interactive Forums (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2021 
  136. «Incredible life-size Captain Sir Tom Moore statue made by Leeds man set for grand reveal». www.yorkshirepost.co.uk (em inglês). Consultado em 10 de julho de 2021 
  137. Moore, Captain Tom (17 de setembro de 2020). Tomorrow Will Be A Good Day: My Autobiography - The Sunday Times No 1 Bestseller (em inglês). [S.l.]: Penguin UK 
  138. Moore, Captain Tom (1 de outubro de 2020). One Hundred Steps: The Story of Captain Sir Tom Moore (em inglês). [S.l.]: Penguin UK 
  139. Moore, Tom (outubro de 2020). Picture Book - Captain Tom Moore (em inglês). [S.l.]: Penguin Books, Limited 
  140. Moore, Tom (2 de abril de 2021). Captain Tom Quote Book (em inglês). [S.l.]: Penguin Books, Limited 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Media relacionados com Tom Moore no Wikimedia Commons