Vivendo do Ócio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vivendo do Ócio
Informação geral
Origem Salvador, Bahia Bahia [1]
País  Brasil
Gênero(s) Indie RockRock de GaragemPost-punk revivalRock Alternativo
Período em atividade 2006 – atualmente
Gravadora(s) Deckdisc
Integrantes Jajá Cardoso
Luca Bori
Davide Bori
Dieguito Reis
Ex-integrantes Sheik Musser
Página oficial www.vivendodoocio.com

Vivendo do Ócio é uma banda brasileira [2] [1] de rock e indie rock formada em Salvador, Bahia [2].

História[editar | editar código-fonte]

A banda surgiu em 2006, quando os amigos Jajá Cardoso (voz e guitarra) e Luca Bori (baixo) se reuniram em casa para fazer um som, no centro de Salvador. Àquela altura, completos os anos regulamentares do ensino secundário, os amigos já haviam passado por outra banda – a hardcore Trick Attack – e vislumbravam a possibilidade de montar um novo grupo, dessa vez fazendo um som diferente. Os garotos mergulhavam em referências clássicas do rock and roll, como Beatles e Rolling Stones, e abriam os ouvidos para o som contemporâneo das bandas The Strokes, The Hives, Maxïmo Park e Arctic Monkeys. Procuraram um baterista na internet e encontraram Mamede. Em seguida Davide Bori (guitarra), irmão de Luca, engrossou o som do grupo, já batizado como Vivendo do Ócio, nome inspirado nas suas tardes preguiçosas de som.

Em 2008 com a entrada do baterista Dieguito Reis e o lançamento do web clipe "Amor em Fúria" a banda começou a se destacar na cena baiana, inclusive chamando a atenção da mídia impressa e saindo em jornais como "A Tarde" e "Correio".

Depois do ócio, o que se seguiu foi um período intenso de trabalho – composições, ensaios, gravações e o lançamento de um álbum virtual. O CD demo, Teorias De Amor Moderno foi disponibilizado pra download gratuito pra quem quisesse baixar. Ainda no ano de 2008, ganharam o concurso de bandas GAS Sound, em que o vencedor poderia gravar um disco com a Deckdisc. Foram regravadas as 10 faixas do Teorias De Amor Moderno e adicionadas mais quatro, que deu origem ao Nem Sempre Tão Normal.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Formação atual
  • Jajá Cardoso – vocal e guitarra (2006 - atualmente)
  • Luca Bori – baixo e vocal (2006 - atualmente)
  • Davide Bori – guitarra e backing vocal (2006 - atualmente)
  • Dieguito Reis – bateria e backing vocal (2008 - atualmente)
Ex-integrantes
  • Mamede Musser – bateria (2006 - 2008)

Discografia[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • GAS Sound - Gravação de um disco com a Deckdisc - 2008
  • Bahia de Todos Os Rocks - Melhor show - 2008
  • MTV Music Video Brasil - Aposta MTV - 2009
  • Bahia de Todos os Rocks - Melhor banda - 2010
  • MTV Music Video Brasil - Melhor Disco por O Pensamento é Um Imã (escolha do público) - 2012
  • MTV Music Video Brasil - Melhor Música por Nostalgia (escolha do público) - 2012
  • Prêmio Dinamite - Melhor Álbum de Rock por O Pensamento é Um Imã - 2013
  • Prêmio Dinamite - Melhor Música de Rock por Nostalgia - 2013

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Clipes Álbum
2009 "Fora, Mônica!" 2009 - Nem Sempre Tão Normal
2010 "Dilema"
2010 "Meu Precioso
2011 "Rock Pub Baby"
2011 "Oh! Não"
2011 "Silas" 2012 - O Pensamento É Um Ímã
2012 "Eu Gastei"
2012 "Nostalgia"
2013 "Bomba Relógio"
2015 "Radioatividade"
2015 ''Por um Punhado de Reais''
2016 "Prisma" 2015 - Selva Mundo

Referências

  1. a b Lívia Rangel (28 de novembro de 2013). «Novidade! Vocalista da Eddie e músicos da Vivendo do Ócio montam nova banda; conheça». eleven culture. Consultado em 1 de julho de 2016. Cópia arquivada em 20 de dezembro de 2013 
  2. a b c Anderson I. de Oliveira. «Entrevista Jajá (VIVENDO DO ÓCIO)». Passagem de Som. Consultado em 1 de julho de 2016. Cópia arquivada em 1 de julho de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Flag of Brazil.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.