Ácido erúcico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ácido erúcico
Alerta sobre risco à saúde
Erucic acid.png
Nome IUPAC (Z)-docos-13-enoic acid
Identificadores
Número CAS 112-86-7
PubChem 5281116
SMILES
Propriedades
Fórmula molecular C22H42O2
Massa molar 338.568
Densidade 0.860 g/cm3
Ponto de fusão

33.8 °C

Ponto de ebulição

381.5 °C (dec.)

Compostos relacionados
ácidos graxos relacionados Ácido gadolínico (20:1 (ω−9)), Ácido beénico (22:0), DHA (22:6 (ω−3)), Ácido nervônico (24:1 (ω−9))
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Ácido erúcico é um ácido graxo omega-9 monoinsaturado, notado como 22:1 ω-9. Ele está presente nas sementes de colza, de erysimum, e de mostarda, compondo de 40 a 50 por cento de seus óleos. O ácido erúcico é também conhecido como ácido cis-13-docosenóico e o isômero trans é conhecido como ácido brassídico.

Usos[editar | editar código-fonte]

Ele tem muitos dos mesmos usos dos óleos minerais mas com a vantagem de que é facilmente muito mais bio-degradável. Sua alta tolerância à temperatura o faz ser utilizável como óleo de transmissão. Sua habilidade em polimerizar-se e ser seco significa que ele pode ser - e é - usado como um óleo para a formação de pastas em pintura ("binder").

O ácido erúcico forma facilmente diversos compostos orgânicos. Adicionando essa habilidade à sua característica de ser polimerizável, torna-o muito aplicável para o uso como matrizes orgânicas que necessitem ser poliméricas. Isso o faz ser especialmente útil na produção de emulsões para cobrir filmes e papéis fotográficos. Uma complexa mistura de muitos compostos de ácido erúcico é comumente usada em apenas um rolo de filme colorido.

Ele é largamente usado para produzir emolientes, em especial em produtos destinados ao cuidado da pele e em outros relacionados com a saúde. Como muitos outros ácidos graxos, é convertido em surfactantes.

O ácido erúcico tem especial valor em tribologia como um lubrificante superior. Quando usado na manufatura de filmes plásticos na forma de erucamida, ele migra para a superfície e então resiste a perfuração de sua película a sua vizinhança. Sendo um hidrocarboneto de alto valor calorífico, tem ponto de ignição muito baixo, alta taxa de cetano, e boas qualidades de lubrificação, e pode ser um valioso componente para a produção de biodiesel.

Quando convertido em álcool behenílico (CH3(CH2)21OH), o ácido erúcico tem usos adicionais tais como um depressor do ponto de gota, permitindo líquidos fluirem em temperatura mais baixa e na produção de behenato de prata para uso em fotografia.[1]

Fontes de ácido erúcico[editar | editar código-fonte]

O óleo da semente da colza é rico em ácido erúcico.

Ele é produzido naturalmente (junto com outros ácidos graxos) em uma grande variedade de plantas, mas especialmente em membros da família das brassicaa. Ele é mais abundante nas variedades de colza entre as brassicas, couve-de-folhas e mostarda sendo algumas das igualmente maiores produtoras, seguidas pela couve-de-bruxelas e brócolis. Para propósitos industriais, uma colza de alto ácido erúcico (HEAR do inglês High-Erucic Acid Rapeseed) tem sido desenvolvido. Estes cultiváveis podem render 40% a 60% do total de óleo recuperado como ácido erúcico.

Metabolismo[editar | editar código-fonte]

Ácido erúcico é "quebrado" no corpo humano por enzimas (acila de cadeia longa coenzima A (CoA) deidrogenase) produzida no fígado, a qual o rompe em ácidos graxos de cadeia mais curta, os quais são, por sua vez, quebrados ainda mais. Para mais informações sobre isto, veja metabolismo de lipídios. Baseado em estudos animais em porcos adultos e leitões, pode ser razoável presumir que, em crianças que não tenham ainda saído da amamentação, estas enzimas específicas estão ainda em pequena disponibilidade (como o leite materno é a fonte normal de alimento durante este período), embora não totalmente ausente.[2] [3] Por causa disto, a bebês não devem ser dados alimentos de alto teor de ácido erúcico.


Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde abril de 2008). Ajude e colabore com a tradução.

Efeitos na saúde[editar | editar código-fonte]

Constitui junto ao ácido oléico, um óleo que ajuda no combate a Adrenoleucodistrofia (ALD), fato relatado no filme Lorenzo's Oil (br: O óleo de Lorenzo / pt: Acto de amor).


Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]