Beni Mellal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marrocos Beni Mellal
بني ملال
 
—  Município  —
Praça do centro histórico de Beni Mellal
Praça do centro histórico de Beni Mellal
Beni Mellal está localizado em: Marrocos
Beni Mellal
Localização de Beni Mellal em Marrocos
32° 20' N 6° 21' O
Região Tadla-Azilal
Província Beni Mellal
Fundação 1688
Fundador Moulay Ismail
Administração
 - Prefeito Ahmed Chada (2009, MP)
Altitude 620 m (2 034 pés)
População (2004)[1] [2]
 - Total 162 641
 - Estimativa (2012) 189 535
Gentílico: Mellali
Código postal 23000
Zoco semanal terça-feira
Sítio www.beni-mellal.net

Beni Mellal (em árabe: بني ملال; transl.: Baniy Milāl) é uma cidade do centro de Marrocos. É capital da província homónima e da região de Tadla-Azilal. Em 2004 tinha 162 641 habitantes[1] e estimava-se que em 2012 tivesse 189 535 habitantes.[2]

A cidade situa-se no sopé do monte Tassemit (2 247 m), na planície Beni Amir, entre a cordilheira do Médio Atlas e a a planície de Tadla. A área tem um verdadeiro clima continental, com verões muito quentes e invernos muito frios, por estar afastada do Oceano Atlântico e ser protegida pela cordilheira do Atlas dos ventos quentes do deserto do Saara.

As muralhas da cidade remontam à época de Moulay Ismail, que as mandou construir em 1688, bem como a Casbá (fortaleza) Bel-Kush, mas a maior parte da cidade é bastante moderna e forma um importante centro econômico regional. Produtos agrícolas locais como laranjas, azeitonas, figos, gado, etc., encontram seu caminho para o mercado através de Beni Mellal.[3]

A cidade tem boas ligações através da estrada para Casablanca e encontra-se na antiga rota - agora uma estrada nacional – que liga Fez a Marrakech. A operadora ferroviária nacional ONCF também está estendendo a ferrovia de Casablanca a Oued Zem para a cidade.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1688, a cidade era inicialmente chamada de Ismali, devido Moulay Ismail, o segundo governante da dinastia alauita marroquina, ter construído a fortaleza de Tadla no local (parte das ruínas ainda é visível atualmente). O governante também construiu a conhecida Kasba Ras el Ain nesta área, que tem vista para a cidade e os arredores agrícolas. É construída de pedra e fica perto da nascente de Ain Asserdoun. Acredita-se que a kasbah foi construída com o obejtivo de de proteger esta nascente e a área circundante. A nome de Ain Asserdoun, significa "fonte da mula" ou "olho da mula". Na área de Soumaa existe uma zaouïa desde o século XVI que ainda é usada para fins religiosos. Foi o encontro dessas duas cidades, Tadla e Soumaa, que formou o nome Beni Mellal, que traduzido significa 'dia'.[necessário esclarecer]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Recensement général de la population et de l'habitat 2004 (em francês). www.hcp.ma. Royaume du Maroc - Haut-Comissariat au Plan. Página visitada em 12 de fevereiro de 2012.
  2. a b Maroc: Les villes les plus grandes avec des statistiques de la population (em francês). gazetteer.de. World Gazeteer. Página visitada em 12 de fevereiro de 2012.
  3. Kjeilen, Tore. Beni Mellal (em inglês). LookLex.com (Lexic Orient). Arquivado do original em 24 de maio de 2011. Página visitada em 12 de fevereiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Beni Mellal
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Marrocos, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.