Temara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marrocos Temara
تمارة
 
—  Município  —
Praia de Temara
Praia de Temara
Temara está localizado em: Marrocos
Temara
Localização de Temara em Marrocos
33° 55' 36" N 6° 54' 44" O
Região Rabat-Salé-Zemmour-Zaer
Prefeitura Skhirate Temara
Administração
 - Prefeito Mohamed Mellouki (2009, MP)
População (2004)[1]
 - Total 225 084
Código postal 12000
Cidades gêmeas
 - Saint-Germain-en-Laye  França
Sítio temaracity.com

Temara (em árabe: تمارة) é uma cidade e município do noroeste de Marrocos, capital da prefeitura de Skhirate Temara, que faz parte da região de Rabat-Salé-Zemmour-Zaer. Em 2004 tinha 225 084 habitantes.[1]

O município confina com a prefeitura de Rabat a norte, da qual está separada por uma zona florestada protegida chamada "cintura verde". A leste confina com as comuna rural de Mers El Kheir, a sul com Aïn Attiq e a oeste com a Harhoura. Esta última situa-se à beira do Oceano Atlântico e apesar de ser uma comuna autónoma desde 1992, é muitas vezes referida como "Témara Plage" (Praia de Temara).

A cidade está geminada desde 1982 com a cidade francesa de Saint-Germain-en-Laye.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Temara foi fundada no século XII, durante o reinado do califa almóada Abd al-Mu'min (r. 1130-1163), que ali mandou construir uma mesquita. Cinco séculos mais tarde, Moulay Ismail construiu a muralha que ainda hoje existe e fez de Temara um ribat (arrábita, fortaleza) em volta da antiga mesquita. Os sultões Abd-el-Rhaman (r. 1822–1859) e Muley Abdel Aziz (r. 1894–1908) também desenvolveram Temara como centro religioso e militar.[carece de fontes?]

Originalmente a região era habitada por tribos Zaer e Oudayas, mas atualmente encontram-se na população quase todas as etnias de Marrocos, quer devido ao antigo hábito do sultão de recompensar os militares com direitos de cultivo de terras, quer com a imigração económica das últimas décadas.[carece de fontes?]

Economia[editar | editar código-fonte]

Até aos anos 1970 Temara foi uma região rural, cuja principal atividade económica era a agricultura. Desde então, a cidade passou por uma fase em que foi subúrbio de Rabat antes de se tornar uma das cidades vizinhas da capital mais autónomas em termos económicos. A situação privilegiada de Temara, num dos principais eixos económicos de Marrocos (Rabat-Casablanca) e a sua proximidade da capital (6 km), fomentou a instalação de indústrias e de serviços. As indústrias mais importantes são a cimenteira, mármore, cortiça, carvão, automóvel, aeronáutica, têxtil, química, eletrónica e outras altas tecnologias.[carece de fontes?]

Durante os anos 1990 o município assistiu a grandes investimentos imobiliários.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  • Ellingham, Mark; McVeigh, Shaun; Jacobs, Daniel; Brown, Hamish. The Rough Guide to Morocco (em inglês). 7ª ed. Nova Iorque, Londres, Deli: Rough Guide, Penguin Books, 2004. 824 p. p. 354-355. ISBN 9-781843-533139
  1. a b Recensement général de la population et de l'habitat 2004 (em francês). www.hcp.ma. Royaume du Maroc - Haut-Comissariat au Plan. Página visitada em 5 de fevereiro de 2012.
  2. Le Journal de Saint-Germain-en-Laye (PDF) (em francês). www.indigo-du-fonzeri.com (15 de setembro de 1982). Página visitada em 5 de fevereiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Temara