Cinema da Coreia do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Aclamado pela crítica internacional e nacional, o cinema sul-coreano é um dos que mais têm dado bons frutos nos últimos tempos, resultado de uma Coreia ativa, em ascensão cultural e econômica. A Coreia do Sul é um dos únicos países no mundo em que o cinema nacional é mais visto que o cinema norte-americano.

Uma febre no oriente, principalmente Japão e China, o cinema coreano já ganhou vários prêmios na Europa como o aclamadíssimo Oldboy, de Park Chan-wook, e Casa Vazia, de Ki-duk Kim. O cinema sul-coreano é diversificado existindo desde comédias românticas, superproduções como Yesterday ou Tube, até filmes de arte como Il Mare (Shiwore, O mar), suspense como o maravilhoso Memórias de Um Assassino, que não fica a dever a nenhum filme americano, ao de guerra como A irmandade da guerra, produção excelente, muito fiel aos tempos da guerra com um drama por trás que te faz chorar, e mostrando a realidade da Guerra da Coréia, também o Filme Caminhos do Crime que mostra o drama da vida de um gângster.

Refinado quando se mostra em suas tradições como em Untold Scandal, dramático como em The Last Advice (O último aviso) que conta sobre uma esposa que está morrendo de câncer e o marido não dá a mínima a ela - uma realidade que acontece muitas vezes em nossa vida.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bandeira da Coreia do Sul Coreia do Sul
Bandeira • Brasão • Hino • Cinema • Cultura • Demografia • Economia • Forças Armadas • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens
Ícone de esboço Este artigo sobre cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.