Estação Osasco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Osasco
8cinza.png 9greenturquoise.png
Linha89Osasco.jpg
Plataforma central da estação Osasco, de onde partem os trens da linha 9.
Informações
Administração CPTM red symbol.gif CPTM
Uso Atual Estação ferroviária
Coordenadas Gnome-globe.png Estação Osasco
Código OSA
Linha 8cinza.png   Diamante

9greenturquoise.png   Esmeralda

Serviços Acesso à deficiente físicoTáxiÔnibusRestauranteEscada rolanteElevador
Outras Informações
Inauguração 25 de janeiro de 1979 (35 anos)
Próxima Estação
Precedido por 8cinza.png: Comandante Sampaio
Sucedido por 8cinza.png9greenturquoise.png: Presidente Altino

A Estação Osasco é uma estação ferroviária pertencente às linhas 8 e 9 da CPTM, localizada no município de Osasco.

História[editar | editar código-fonte]

Estação de Osasco em 1910

A estação foi construída por Antonio Agù e inaugurada em 20 de agosto de 1895 pela Estrada de Ferro Sorocabana. Devido ao prestígio e influência do imigrante italiano Antonio Agù, a estação recebeu o nome de sua cidade de origem, Osasco.

Acha-se aberta uma estação no quilômetro 16, denominada Osasco, que tornou-se necessária para desvio de trens. Ass. G. Oetterer
Telegrama emitido pelo superintendente da Estrada de Ferro Sorocabana, em 20 de agosto de 1895, informando a existência da estação construída por Antônio Agu, que originou a cidade de Osasco.

Nos anos 1940 foi inaugurada a fábrica da Cobrasma, às margens da linha. Futuramente ela iria fornecer os trens da Linha Oeste da Fepasa (atual Linha 8 da CPTM), que circulam até hoje. Em 1960 foi construído um novo prédio para a estação, que em pouco tempo já estaria saturado. Enquanto isso, o então bairro (afastado da capital) de Osasco, lutava e conseguia sua emancipação.

Em 1971 a Fepasa absorveu a Sorocabana e no fim daquela década reconstruiu a maioria das estações da Linha Oeste. Osasco recebeu uma nova estação, inaugurada em 25 de janeiro de 1979. No mesmo ano, Osasco foi escolhida para ser o ponto de partida da Linha Sul da Fepasa (atual Linha 9 da CPTM).

Em 1996 as linhas Oeste e Sul da Fepasa foram repassadas à CPTM.

Tabelas[editar | editar código-fonte]

Linha Terminais Comprimento (km) Estações Funcionamento Observações
8
Diamante
Júlio PrestesItapevi 35,283 20 Diariamente, das 4 à 0 hora. Aos sábados, até a 1 hora de domingo. Possui extensão operacional. Veja quadro abaixo.
Antiga Linha B - Cinza / Antiga Linha Oeste do Trem Metropolitano da FEPASA.
9
Esmeralda
OsascoGrajaú 32,8 18 Diariamente, das 4 à 0 hora. Aos sábados, até a 1 hora de domingo. Antiga Linha C - Azul-Celeste / Antiga Linha Sul do Trem Metropolitano da FEPASA.
Sigla Estação Inauguração Integração Plataformas Posição Notas
OSA Osasco agosto de 1895 Bilhete Único da SPTrans centrais e laterais superfície Estação reconstruída pela Fepasa em 25 de janeiro de 1979.
Precedido por
Estação Comandante Sampaio
Distância: 2 304 metros
Linha 8 - Diamante
Estação Osasco
Sucedido por
Estação Presidente Altino
Distância: 1 695 metros


Precedido por
-
Linha 9 da CPTM
Osasco
Sucedido por
Presidente Altino
Distância: 1 695 metros

Referências

  1. Jornal Primeira Hora (6 de abril de 1991). 'Quem Queimou o Coreto do Largo? E Por Quê?'. Câmara Municipal de Osasco. Página visitada em 28/5/2011.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Estação Osasco

Ligações externas[editar | editar código-fonte]