Estação Suzano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Out of date clock icon.svg
Este artigo pode conter informações desatualizadas.

Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes.

CPTM red symbol.gif Suzano
Estrutura provisória da estação, vista à partir da SP-66.
Uso Atual Estação ferroviária
Administração CPTM red symbol.gif CPTM
Linha 11orange.png Coral
Código SUZ
Serviços Acesso à deficiente físico
Informações históricas
Nome antigo Piedade
Concórdia
Guayó
Inauguração 6 de novembro de 1875 (139 anos)
Localização
Localização Gnome-globe.png Estação Suzano
Próxima estação
Sentido Luz Sentido Estudantes
Calmon Viana Jundiapeba
Suzano

A Estação Suzano é uma estação ferroviária pertencente à linha 11 da CPTM, localizada no município de Suzano.

História[editar | editar código-fonte]

A estação foi construída pela Estrada de Ferro do Norte batizada de Parada da Piedade, devido à sua proximidade com a capela da Piedade, localizada povoado de Baruel. Em 1879, o português Antonio Marques Figueira (considerado um dos fundadores da cidade) se estabelece e com isso inicia-se o crescimento do povoado agora chamado de Concórdia, e com isso uma nova estação se faz necessária.

Já primeira década do século XX, o desejo de uma nova estação para passageiros foi alcançado após forte movimentação das lideranças locais. As reivindicações por melhores nas instalações da parada de trens foram levadas ao engenheiro residente da ferrovia doutor Joaquim Augusto Suzano Brandão da EFCB que, após desenvolver criterioso estudo, atendeu às reivindicações, através da inclusão das desejadas obras em seu plano de trabalho e as chefiou.

No ano de 1894 o povoado recebe uma nova estação rebatizada de Guayó.

A nova estação foi construída dentro dos padrões da época e como forma de demonstrar o reconhecimento pelos serviços prestados à localidade pelo doutor Suzano Brandão, os moradores acharam por bem rebatizar a parada férrea com seu nome e em dezembro de 1907, a Estação Guaió passou a chamar-se Estação Suzano, uma justa homenagem a seu idealizador. E em 11 de dezembro de 1908, a vila também passou a ser chamada oficialmente pelo nome de Suzano.

A EFCB administrou a estação até 1957, quando foi incorporada pela RFFSA, que construiu um prédio novo nos anos 70. Em 1994, a estação é repassada à CPTM.

Projetos futuros[editar | editar código-fonte]

No início de 2011, começaram as obras para implantação da nova estação, no entanto não avançaram muito, pois vários problemas de desapropriações de imóveis atrapalharam o andamento dos trabalhos, essas dificuldades de desapropriações devido à fatores como indenização ficaram cerca de um ano atrasando o prazo de entrega da obra. Em meados de 2012 começou a ser construída onde ficavam os imóveis demolidos a estação provisória que atenderia os usuários pouco à frente da estação antiga, e em janeiro de 2013 a estação provisória começou a funcionar e a antiga foi demolida para que uma nova estação e bem maior fosse erguida no mesmo lugar. Inicialmente a data de entrega chegou a ser para dezembro de 2012, depois foi para 2013, 2014 e agora para o primeiro semestre de 2015, já a baldeação do Expresso Leste e a Linha 12 - Safira só virão no segundo semestre.

Tabela[editar | editar código-fonte]

Linha Terminais Estações Principais destinos Funcionamento
11
Coral
LuzEstudantes 16 Bom Retiro, Brás, Tatuapé, Itaquera, Ferraz de Vasconcelos, Poá, Suzano, Mogi das Cruzes Diariamente das 4h00 à 0h00
Sigla Estação Inauguração Integração Plataformas Posição Notas
SUZ Suzano 6 de novembro de 1875 Bilhete Único da SPTrans. laterais superfície estação reconstruída pela RFFSA

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Calmon Viana
Distância: 2.699 metros
Linha 11 da CPTM
Suzano
Sucedido por
Jundiapeba
Distância: 5.339 metros