Flora Matos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Flora Matos
Informação geral
Nome completo Flora Maia Matos
Nascimento 18 de novembro de 1988 (26 anos)
Origem Brasília, DF
País  Brasil
Gênero(s) Rap, Pop, R&B
Ocupação(ões) Cantora
Período em atividade 2003-presente
Influência(s) Racionais MC's, Dina Di, Sabotage, Kamau, MC Marechal, SNJ

Flora Matos (Brasília, DF, 18 de novembro de 1988) é uma cantora de rap brasileira. Considerada por muitos como uma das mais promissoras MCs do pais, ela lançou em 2009 seu primeiro álbum, Flora Matos vs Stereodubs.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Flora foi criada por uma família de músicos, tendo subido aos palcos pela primeira vez com a banda Acarajazz aos 4 anos, na qual seu pai, Renato Matos era compositor.[1] Em 2003, Flora fez shows com seu primeiro projeto, o NocõesUnidas, juntamente com o produtor Chicco Aquino. Entre suas influências estão Racionais MC's, Dina Di, Sabotage, Kamau, MC Marechal, SNJ e Dina di (Viviane Lopes Matias) [2] Em 2006, começou a fazer shows solo acompanhada do DJ Brother, fato que a fez receber o prêmio de melhor cantora do ano de Brasília.[3] Em 2007, gravou um remix da canção "Véu da noite", da cantora Céu, produzida por KL Jay, DJ do grupo Racionais MC's.[2]

A sua popularidade começou a subir após trabalhar com consagrados DJs do rap brasileiro, entre eles: KL Jay, DJ Cia, DJ Primo, DJ King e DJ Naomi.[1] Em agosto de 2008, foi convidada por KL Jay e Ice Blue para participar da mixtape O Jogo é Hoje, apoiada pela Nike e dirigida por Blue e Mano Brown, onde gravou a música "Mundo Pequeno".[2] Em outubro do mesmo ano, fez uma turnê pela Europa, passando por Paris, Angers, Le Mans, Lisboa, Porto, Bologna e Napoli.[1] Na volta ao país, lançou o seu primeiro single, intitulado "Jogo da Velha". No ano seguinte, fez shows solo e participou junto com Emicida do programa "Experimente", exibido pelo canal fechado Multishow, da Rede Globo.[4] No fim do ano acabou lançando sua primeira mixtape, Flora Matos vs Stereodubs.[2]

“Estou buscando lançar um trabalho assim já faz uns três anos. E o Stereodubs foi a melhor coisa que podia ter acontecido pra mim esse ano. Resolvi lançar a MIX porque prometi pro meu público lançar um disco ano passado, e infelizmente não foi possível. Senti necessidade de lançar musicas novas e numa qualidade boa de gravação. Esbarrei o Dj Lx aqui em São Paulo, que me apresentou ao Léo Grijó, e a idéia de gravar uma música surgiu. Gravamos a música”Pai de Família” e senti a sintonia de dois jovens. produtores muito talentosos e com uma disposição do tamanho da minha, e foi aí que resolvi convidá-los pra fazerem essa parceria comigo. Completamente independente. E feita com muito carinho”

Entrevista ao portal Rap Nacional[2]

Foi indicada para o Video Music Brasil 2010 na categoria "Aposta".[5] Atualmente está na produção do seu aguardado álbum de estúdio Do Lado de Flora.[1] Em 2010, Flora participou do disco Projeto Paralelo, da banda NX Zero, mais especificamente na faixa "Daqui pra Frente 0.2".[6]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Mixtapes[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • "Jogo da Velha" (2009)
  • "Esperar o Sol" (2010)
  • "Pretin" (2011)

Referências

  1. a b c d Flora Matos em Música do MySpace – Transmissão gratuita de MP3s, Fotos & Vídeos www.myspace.com. Visitado em 8 de Junho de 2010.
  2. a b c d e Flora Matos   www.rapnacional.com.br. Visitado em 8 de Junho de 2010.
  3. Flora Matos www.amusicoteca.com.br. Visitado em 8 de Junho de 2010.
  4. Flora Matos e Emicida » Episódios » Experimente » Multishow multishow.globo.com. Visitado em 8 de Junho de 2010.
  5. MTV divulga os indicados ao VMB 2010 - Yahoo! Notícias br.noticias.yahoo.com. Visitado em 17 de Julho de 2010.
  6. NX Zero - Projeto Paralelo - Jovem Pan FM jovempanfm.virgula.uol.com.br. Visitado em 06 de Janeiro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]