Formoso do Araguaia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2010).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão. (desde março de 2010)
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Município de Formoso do Araguaia
Bandeira desconhecida
Brasão de Formoso do Araguaia
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Fundação 1 de outubro de 1963
Gentílico formosense do araguaia
Lema Capital da Irrigação
Prefeito(a) Wagner da Gráfica (PRTB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Formoso do Araguaia
Localização de Formoso do Araguaia no Tocantins
Formoso do Araguaia está localizado em: Brasil
Formoso do Araguaia
Localização de Formoso do Araguaia no Brasil
11° 47' 49" S 49° 31' 44" O11° 47' 49" S 49° 31' 44" O
Unidade federativa  Tocantins
Mesorregião Ocidental do Tocantins IBGE/2008[1]
Microrregião Rio Formoso IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Lagoa da Confusão, Dueré, Cariri do Tocantins, Figueirópolis, Sandolândia, São Miguel do Araguaia (GO), Cocalinho (MT), Novo Santo Antônio (MT) e São Félix do Araguaia (MT)
Distância até a capital 320 km
Características geográficas
Área 13 423,256 km² [2]
População 18 428 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 1,37 hab./km²
Altitude 240 m
Clima Tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,71 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 214 138,132 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 11 424,97 IBGE/2008[5]
Página oficial

Formoso do Araguaia é um município brasileiro do estado do Tocantins.

História[editar | editar código-fonte]

A região foi adentrada primitivamente por uma expedição portuguesa em busca de ouro, à qual se atribui ter batizado de Rio Formoso, por sua beleza, o curso de água que cortava o local. Com a saída dos portugueses, os filhos dos escravos, miscigenados com os índios Javaés, ficaram aldeados às margens deste rio, tornando-se conhecidos como Caras Pretas.

A não ser pela presença dos índios Carajás, Javaés e Caras-Pretas a Região ficou praticamente abandonada até 1949. Uma das causas deste desinteresse inicial foi a predominância de áreas sujeitas a alagamentos no período das chuvas, e que constituem as várzeas do Formoso/Javaé, hoje consideradas da maior relevância para a produção de grãos. Neste mesmo ano, Manoel Soares Brandão, Cornélio Ribeiro e Helvécio Barros Cabral, descobriram cristal de rocha no local próximo à aldeia Caras Preta, formando-se a partir da atividade do garimpo, o povoado de Formoso que veio a emancipar pela Lei Estadual n.º 4.593 de 1.º de outubro de 1963, com o nome de Formoso do Araguaia. No início da década de 70, o empreendedor Armando Nascimento, fazendeiro na região, iniciou experimentos para aproveitamento das várzeas, plantando variedades de arroz de várzea de ciclo longo, conhecido com Jaraguá. Desta atividade pioneira nasceu a evidência de que a região apresentava condições muito favoráveis para o cultivo de arroz irrigado, dependendo apenas de obras para possibilitar a drenagem no período das águas e irrigação no período das secas.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 11º47'48" sul e a uma longitude 49º31'44" oeste, estando a uma altitude de 240 metros. Sua população estimada em 2004 era de 19.710 habitantes.

A cidade de Formoso do Araguaia está localizada na Região sudoeste, na Bacia do Médio Araguaia, acesso para a Ilha do Bananal. Se localiza no sul do estado do Tocantins a 73 km de Gurupi (pólo regional), e a 320 km de Palmas (capital do Estado).

A Ilha do Bananal corresponde a cerca da metade do território do município, sendo que toda a extensão formosense da ilha pertence à Terra Indígena Parque do Araguaia.

Caracterização da Região e do Município[editar | editar código-fonte]

O município de Formoso do Araguaia, localiza-se na região Sudoeste do Estado do Tocantins, tendo como coordenadas geográficas 11.º47’48” de latitude sul e 49.º31’44” de longitude oeste e altitude de 240m sobre o nível do mar. Possui uma área territorial de 13.423,26 km², possuindo uma população estimada de acordo com os dados do IBGE (2004) de 19.710 habitantes, sendo que 13.258 habitam as áreas urbanas e 6.452 encontram-se inseridos na zona rural.

Para fins de planejtamento, o Sistema Estadual de Planejamento e Meio Ambiente – SEPLAN inclui o município na Área Programa Sudoeste. Pelos critérios do IBGE, o município encontra-se na Mesorregião Ocidental do Tocantins.

Clima

O clima da região, é considerado tropical úmido e quente, com verão chuvoso e inverno seco. Relacionado às de baixas altitudes, procicia a formação de uma cobertura vegetal onde predominam várzeas, cerrados e campos. A temperatura média é de aproximadamente 24°C, sendo a mínima de 15°C entre Maio e Junho e a máxima atingindo os 35°C entre setembro e outubro.

Características físicas, naturais e ambientais

O lago municipal de Formoso do Araguaia.
  • Relevo – Grande parte do município é formada pela planície do Rio Araguaia e do Rio Javaés, com características planas, submetida a inundações anuais. O ponto culminante do município é o pequeno morro conhecido como Morro Azul, o qual se encontra localizado às margens da rodovia TO-070, no trecho que liga a cidade ao município vizinho de Sandolândia.
  • Vegetação – A região onde se localiza o município se caracteriza pela presença de vegetação de três ecossistemas que a ela convergem: Pantanal, Cerrado e Floresta Amazônica. A vegetação dominante na parte alta é o Cerrado, com ocorrência de matas tropicais e ciliares. Na parte predominante, as planícies possuem várias áreas com gramíneas naturais e poucos arbustos. Nela há ocorrência de matas tropicais nas margens dos rios e matas alagadas com arbustos de médio porte.
  • Solos – A maior parte da área é uma planície aluvial, com dominância de solos desenvolvidos de sedimentos argilo-arenosos depositados pelo rio Javaés e seus afluentes no período das cheias. Como conseqüência da topografia plana e do regime hídrico estacional, provocando encharcamento durante vários meses do ano, predomina Plintossolos combinados com Cambissolos Concrecionários, Latossolo e Podzólio.
  • Recursos hídricos – A região onde se encontra o município está banhada pelo rio Araguaia, pelo seu braço menor que forma a ilha do Bananal, o rio Javaés, e outros cursos d’água, seus afluentes da margem direita. Na época das cheias este rio transborda cobrindo toda a planície, unindo suas águas às do leito principal do rio Araguaia, provocando inundações de até 200 km de largura.
Passarela do lago municipal de Formoso do Araguaia.

Economia

Formoso do Araguaia é o maior município em extensão territorial do Estado do Tocantins e possui o maior projeto de arroz irrigado em área contínua do mundo, totalizando 27.787 ha de várzea, constituída de solos hidromórficos e/ou aluviais, bem como todas as condições climáticas para a obtenção de excelentes produtividades. Com o início dos projetos, começaram os latifúndios, com grandes extensões de terras improdutivas.

Em detrimento disso, intensificaram-se as ocupações de terras, principalmente por pessoas vindas de outras regiões e da Ilha do Bananal e aumentando o número de Assentamento na região. Hoje o município possui 05 (cinco) Projetos de assentamentos com uma área de 53.813,271 hectares de terras e 575 famílias assentadas, eis: Gameleira, Caracol, Pirarucu, Três Poderes e Lagoa da Onça. Estes Projetos de Assentamento tem contribuído muito para a expansão da economia local. As principais culturas dos assentamentos acima citados são: Arroz irrigado (Oriza sativa), com uma área plantada de 2496 hectares; Milho (Zea mayz), com uma área de 684 ha e Mandioca (Manihot esculenta), com 200 ha. Dados levantados pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) na safra de 2004/2005. Nos assentamentos, ainda que com pequenas áreas plantadas e embora nem todos os assentamentos plantem, o montante da produção é significativo, contando que toda a produção do agricultor familiar é consumida e comercializada no município, enquanto que os grandes produtores visam somente à exportação.

Como o município tem boas áreas para a agricultura irrigada faz com que grandes produtores despertem os interesses para investimentos nesta região. O incentivo do governo na época inaugural foi grande valia e muitas cooperativas se instalaram no município para investimentos em cultivo de arroz irrigado, milho, melancia e soja. As cooperativas formadas são: COBRAPE, COOPERFORMOSO, COOPERGRAN e COOPERJAVA, somando uma área de 17.200 ha de arroz irrigado e 300 ha de milho. Dados informados pelo CONAB safra 2004/2005. Devido à falta de preços nos produtos e altos custos de produção, além de endividamento de algumas cooperativas, atualmente permanecem funcionando a COBRAPE e COOPERFORMOSO.

A cultura da melancia tem sido significativa no município, gerando empregos temporários, impáctando diretamente na renda local. Com uma produção anual em média de 112.000 toneladas numa área de 3.200 hectares, destacam–se alguns produtores.

Com a ampliação dos projetos irrigados, foram instalados várias unidades de beneficiamento (secadores e armazéns) para suportar a produção regional, sendo elas: CONAB, COOPERJAVA, CALUMBI, COBRAPE, Verdes Campos, Lagoa Grande, CASETINS, SEVAJA e COOPERFORMOSO. Com a diminuição na produção algumas dessas unidades foram desativadas.

A pecuária também é um setor econômico de grande destaque na região por haver terras alagadas e propícias para a criação de gado de forma extensiva; somando uma média de 1037 produtores com 170.138 cabeças de bovinos de corte e leite. A criação de animais de pequeno porte também é significante somando 301 criadores, com um total de 1790 animais, ovinos são 14 criadores com 943 animais, caprinos 8 criadores com 151 cabeças, aves com 205 criadores e 43.479 unidades e eqüinos 1037 criadores e 3453 animais.

Além disto, o município apresenta grande potencial turístico, possuindo belas paisagens, flora e fauna, tendo a Ilha do Bananal como referência de um ecossistema perfeito ao turismo ecológico e desenvolvimento de pesquisa. Possui diversos recursos hídricos com praias favoráveis ao camping e pesca esportiva, atraindo turistas de várias partes do país e até do exterior, o que fez deste município o primeiro a ser inserido no roteiro nacional. A base da economia é baiscamente a agropecuária, sendo que o turismo vem crescendo a passos largos.

Na cidade existem duas agências bancárias, sendo que uma é do Banco do Brasil (Agência 3123-2), enquanto que a outra é do Banco Bradesco (Agência 2562-3). Já com relação às casas lotéricas, existe apenas uma na cidade (Lotérica Paraíso da Sorte).

Turismo[editar | editar código-fonte]

O Rio Javaés e a Ilha do Bananal (ao fundo) na Aldeia Txuiri/Porto Piauí em Formoso do Araguaia. No município, o Rio Javaés delimita a Terra Indígena Parque do Araguaia, que abrange toda a porção oeste do município (Ilha do Bananal).

Considerada um dos mais importantes santuários ecológicos do Brasil, a Ilha do Bananal apresenta-se sob diversas formas: às vezes cerrado, em outros pontos floresta e em determinadas partes, típica representante do pantanal. Cercada pelos rios Araguaia e Javaé cria-se uma área de 1 milhão e 900 mil hectares esparramados sobre uma extensão de 350 km no sentido norte-sul e 80 km leste-oeste, característica que a coloca na condição de maior ilha fluvial do mundo. O rio Javaés contorna a Ilha do Bananal pelo lado direito e é uma das atrações turísticas da região. Suas belas praias, a densa vegetação em suas margens e a variada fauna fazem a alegria dos turistas e pescadores. Cenas como a imensa planície e de água e lavoura povoada por emas, capivaras, veados, jacarés e bando de gaivotas sobrevoando, é uma singularidade da região. Entre tantas peculiaridades do município de Formoso do Araguaia encontra-se a Lagoa do Morro Azul, um manacial de águas termais surgidas da fenda de um bloco de rocha calcária, numa abundância impressionante, que de imediato vai dando formação a uma bela e cristalina piscina natural. Nas proximidades encontra-se a Casa de Pedra e o Morro Azul de onde é extraído calcário, usado na agricultura para a correção do solo, cal, brita, granitina.

REFERÊNCIAS PRA Gameleira- Plano de desenvolvimento do Assentamento Gameleira 2005. COOPTER.

Transporte[editar | editar código-fonte]

As principais rodovias que servem o município são a BR-242, que liga Formoso do Araguaia a Gurupi, além da TO-070, que liga Formoso do Araguaia a Palmas e a Sandolândia. A cidade fica localizada a cerca de 42 km da BR-153, que passa no município vizinho de Cariri do Tocantins. Pela zona rural de Formoso do Araguaia também passa a TO-181 que vai desde a Barreira do Pequi até a Fazenda Cobrape.

Não existem aeroportos no município, com a exceção de algumas pistas de pouso e decolagem localizadas na zona rural. Os aeroportos com voos regulares mais próximos de Formoso do Araguaia, são: o Aeroporto de Gurupi, o Aeroporto de São Félix do Araguaia, no Mato Grosso, e o Aeroporto de Palmas.

Comunicações[editar | editar código-fonte]

Telefonia[editar | editar código-fonte]

A concessionária de telefonia fixa no município é a Oi. Em algumas localidades rurais, além de aldeias localizadas na Ilha do Bananal, existem telefones públicos operados via satélite pela Embratel. Os prefixos telefônicos utilizados pela Oi são: 3357 (na sede do município e em algumas localidades rurais), 3339 (na Fundação Bradesco) e 3857.[6] Já o prefixo utilizado pela Embratel é o 4400 (na Ilha do Bananal e nos assentamentos: Caracol, Caracol II e Três Poderes).[7] Em relação à telefonia celular, o município de Formoso do Araguaia é coberto pela Claro, pela Oi, pela Vivo e pela TIM. O código de DDD de Formoso do Araguaia, assim como de todo o estado do Tocantins, é o 63.

Televisão[editar | editar código-fonte]

A cidade de Formoso do Araguaia é coberta por quatro retransmissoras de televisão.[8] Elas retransmitem o sinal das seguintes emissoras:

Rádio[editar | editar código-fonte]

As rádios FM que cobrem a cidade de Formoso do Araguaia, são as seguintes:

Administração[editar | editar código-fonte]

Política[editar | editar código-fonte]

Nas eleições municipais de 2012, Formoso do Araguaia foi um dos apenas 16 municípios de todo o país a terem elegido prefeitos do PRTB.[9] [10] Na ocasião, o vencedor foi o candidato Wagner da Gráfica, que obteve 30,56% dos votos válidos, totalizando uma soma de 3.242 votos (apenas 32 votos a mais, em relação ao candidato Hermes Azevedo do PSD).

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 de dezembro de 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  6. http://www.mbi.com.br/mbi/biblioteca/utilidades/dddprefix63/
  7. http://sistemas.anatel.gov.br/SACP/DocSite/acontece_anatel/Consulta/2001/consulta_329/relatorio_kpmg.pdf
  8. http://www.portalbsd.com.br/novo/terrestres_channels.php?channels=606
  9. Resultado da eleição municipal de Formoso do Araguaia em 2012.
  10. PRTB dobra tamanho de suas bancadas no Brasil em 2012, ano que comemora 18 anos de fundação

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do Tocantins é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.