São Félix do Araguaia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de São Félix do Araguaia
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 13 de maio de 1976
Gentílico Não disponível
Prefeito(a) José Antonio de Almeida (Baú) (PPS)
(2013–2016)
Localização
Localização de São Félix do Araguaia
Localização de São Félix do Araguaia no Mato Grosso
São Félix do Araguaia está localizado em: Brasil
São Félix do Araguaia
Localização de São Félix do Araguaia no Brasil
11° 37' 01" S 50° 40' 08" O11° 37' 01" S 50° 40' 08" O
Unidade federativa  Mato Grosso
Mesorregião Nordeste Mato-Grossense IBGE/2008 [1]
Microrregião Norte Araguaia IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Querência, Alto Boa Vista, Serra Nova Dourada e Novo Santo Antônio, ao sul; São José do Xingu, Canabrava do Norte e Luciara, ao norte; a Ilha do Bananal, a leste e o Parque do Xingu, a oeste
Distância até a capital 1,159 km da Capital km
Características geográficas
Área 16 848,221 km² [2]
População 10 531 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 0,63 hab./km²
Altitude 195 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,726 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 140 822,982 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 12 690,18 IBGE/2008[5]
Página oficial

São Félix do Araguaia é um município brasileiro do estado de Mato Grosso. Localiza-se a uma latitude 11º37'02" sul e a uma longitude 50º40'10" oeste, estando a uma altitude de 195 metros. Sua população estimada em 2007 pelo IBGE era de 10.713 habitantes.

Possui uma área de 19.009,7 km².

História[editar | editar código-fonte]

Em 23 de maio de 1941 desembarcava no rio Araguaia, em território mato-grossense, a família de Severiano Neves, acompanhada de outras famílias provenientes do estado do Pará, em busca de um futuro melhor. Iniciando-se assim um novo povoado, próximo a Santa Izabel do Morro, antiga morada dos índios carajás, habitantes milenares do rio Araguaia e da Ilha do Bananal.

A denominação de São Félix foi dada pelo bispo D. Sebastião Thomaz Câmara, no dia 20 de novembro de 1942.

A invocação a São Félix provinha do sofrimento do povo na conquista de uma terra povoada por nações indígenas, região de tensão social. Tomaram São Félix por padroeiro, acreditando que os protegia contra os índios xavantes, que habitavam a região e faziam incursões sobre o nascente povoado, pois não admitiam a ocupação de seu território.

Na margem direita do rio Araguaia vivia o pacífico povo indígena carajás. Com a descida dos índios xavantes para o sul, a partir de 1945, registrou-se maior tranquilidade entre os colonos.

São Félix, por ser uma região lindamente abençoada pela natureza, já foi parada de muitos notáveis brasileiros, que aqui aportaram com suas caravanas, para descansar das longas viagens pelo rio Araguaia, como Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek, Couto Magalhães e Carmo Bernardes, entre outros.

Juscelino Kubitschek foi um dos amantes do Araguaia e de São Félix. Getúlio Vargas, em 1942, construiu uma base militar da FAB na ilha. Mais tarde, Juscelino fez um belíssimo hotel para acomodar ilustres visitantes, o hotel JK, hoje destruído, mas ainda espelhando um tempo alegre e esperançoso.

A lei nº 163, de 25 de outubro de 1948, criou o distrito de São Félix com território vinculado ao município de Barra do Garças. Em 1963, uma lei propôs a criação do município, tendo sido vetada pelo executivo estadual. Em 13 de maio de 1976, através da lei estadual nº 3689, foi criado o município de São Félix do Araguaia.

Foi seu primeiro prefeito o senhor Severiano Neves, seguindo-se Aldenor Milhomem, José Pontim, José Antônio de Almeida (Baú), Miguel Milhomem, Uslei Gomes, João Abreu Luz, Filemon Limoeiro e atualmente José Antônio de Almeida (Baú).

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Mato Grosso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.