Barra do Garças

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Barra do Garças
"Capital do Araguaia, A mais bonita de Mato Grosso"
Barragarcas.jpg

Bandeira de Barra do Garças
Brasão de Barra do Garças
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 15 de setembro
Fundação Não disponível
Gentílico barra-garcense
Lema Voltando a crescer
Prefeito(a) Roberto Angelo Farias (PSD)
(2013–2016)
Localização
Localização de Barra do Garças
Localização de Barra do Garças no Mato Grosso
Barra do Garças está localizado em: Brasil
Barra do Garças
Localização de Barra do Garças no Brasil
15° 53' 24" S 52° 15' 25" O15° 53' 24" S 52° 15' 25" O
Unidade federativa  Mato Grosso
Mesorregião Nordeste Mato-Grossense IBGE/2008[1]
Microrregião Médio Araguaia IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Araguaiana, General Carneiro, Nova Xavantina, Aragarças e Pontal do Araguaia
Distância até a capital 550 km
Características geográficas
Área 9 141,841 km² (BR: 150º)[2]
População 56 903 hab. Censo IBGE/2011[3]
Densidade 6,22 hab./km²
Altitude 322 m
Clima Tropical Aw
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,801 muito alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 829 028,035 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 15 105,65 IBGE/2008[5]
Página oficial
Discoporto de Barra do Garças-MT

Barra do Garças é um município brasileiro do estado de Mato Grosso. É o 8º município mais populoso do estado de Mato Grosso.[3] Fundada em 13 de junho de 1924 e emancipada em 15 de setembro de 1948.[6]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 15º53'24" sul e a uma longitude 52º15'24" oeste, estando a uma altitude de 318 metros. Sua população em 2011 era de 56.903 habitantes. Possui uma área de 9.142,008 km². Está em conurbação com os municípios de Pontal do Araguaia, de Mato Grosso, e Aragarças, de Goiás, sendo separado destes apenas pelo Rio das Garças e Araguaia.

Encravado aos pés da Serra Azul, um braço da Serra do Roncador, o município é banhado pelos Rios Araguaia e Garças.

Clima[editar | editar código-fonte]

A altitude está entre 320 metros e a temperatura média anual 21°C , com duas estações bem definidas: verão chuvoso de outubro a abril, e inverno seco de maio a setembro. A baixa umidade relativa do ar durante os meses de agosto e setembro pode ficar inferior a 12%.

Gráfico climático para Barra do Garças
J F M A M J J A S O N D
 
 
296
 
31
20
 
 
221
 
31
20
 
 
216
 
31
21
 
 
76
 
31
18
 
 
30
 
31
16
 
 
5
 
31
14
 
 
7
 
31
13
 
 
19
 
33
15
 
 
48
 
33
17
 
 
140
 
33
16
 
 
230
 
32
20
 
 
273
 
32
21
Temperaturas em °CPrecipitações em mm

Subdivisão[editar | editar código-fonte]

Distritos

História[editar | editar código-fonte]

Garimpo[editar | editar código-fonte]

A fundação do povoado deu-se em 13 de junho de 1924[6] , dia do padroeiro Santo Antônio, por Antônio Cristino Côrtes, Francisco Luiz Esteves e Francisco Dourado. A primeira atividade econômica foi a mineração, que era feita concomitantemente com agricultura e pecuária de subsistência[7] . O crescimento da cidade possibilitou sua emancipação em 15 de setembro de 1948 (via transferência da sede de municipio, antes localizada em Araguaiana)[6] com 212 mil km² e ampliado posteriormente para 273,476 mil km², tornando-se, na época, o maior município do mundo[8] .

Fundação Brasil Central[editar | editar código-fonte]

Na década de 40, com a instalação da base da fundação na cidade vizinha de Aragarças, a cidade sofreu um segundo periodo de crescimento acentuado.[7] Também nesta época houve a transferência de sede de município de Araguaiana para Barra do Garças[6] .

Fase dos Incentivos Fiscais[editar | editar código-fonte]

Entre 1965 e 1973 houve forte incentivo fiscal por parte dos órgãos SUDAM e SUDECO[7] .Foi nesta época que houve a ligação da cidade com a rede de energia elétrica, o asfaltamento das ruas centrais, entre outras melhorias na infra estrutura.

Região Integrada de Desenvolvimento Econômico[editar | editar código-fonte]

A região integrada de desenvolvimento econômico consiste na conurbação das cidades mato-grossense e goianas. O aglomerado de 8 cidades próximas a Barra do Garças soma mais de 125 mil habitantes que transitam e comercializam diariamente conjuntas.

Município População (2011)[3]
Aragarças 18 436
Araguaiana 3 221
Baliza 3 714
Barra do Garças 56 903
Bom Jardim de Goiás 8 423
General Carneiro 5 079
Nova Xavantina 19 782
Pontal do Araguaia 5 522
Torixoreu 5 607
Total 126 687[3]

Sudam[editar | editar código-fonte]

Com a Sudam, a partir de 1967, o municipio teve um terceiro periodo de crescimento[7] . Todavia uma parte expressiva dos migrantes se assentou na parte norte do municipio, apoiado pela politica de colonização então empreendida, criando novas povoações como Agua Boa, Canarana, entre outros.[7]

Administração[editar | editar código-fonte]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Vias de Acesso[editar | editar código-fonte]

Aeroporto de Barra do Garças, BR158 - BR070- MT100 e GO194.

Segurança[editar | editar código-fonte]

Cidade Video Monitorada

A cidade de Barra do Garças conta com 136 câmeras de última geração digitais instaladas em vários pontos da cidade, e em prédios públicos. O monitoramento fica a cargo da polícia militar em uma central já em funcionamento nas dependências do 2º Batalhão. Conta com oito televisores de LCD 42 polegadas para monitoramento 24 horas

Educação[editar | editar código-fonte]

Telecentro Com recursos mistos do município e do Estado, é mantido nas dependências do antigo CSU, (hoje CRAS) o Telecentro - Um local de acesso gratuito à internet, onde a população de baixa renda dispõe de um profissional para lhe sanar as dúvidas, local este onde estudantes podem fazer pesquisas na internet, trabalhadores procurarem empregos, bem como fazerem inscrições para concursos públicos via internet. Tudo gratuito e sem agendamento prévio.

O Telecentro dispõe de ambiente climatizado, além de 10 computadores para clientes e um para atender a deficientes visuais.

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

A cidade possui o maior potencial turístico do Vale do Araguaia.Além do Rio Araguaia, conhecido polo de atração turística em sua temporada de praia, é na cidade que, pela Serra Azul, se inicia o complexo de Serras do Roncador, local envolvido de misticismo e que, segundo alguns, possui um portal interdimensional diretamente conectado a Machu Picchu descoberto pelo famoso Coronel Percy Fawcett, desaparecido em uma missão de localização da 'cidade perdida' em 1925. Foi ainda ponto de partida da famosa expedição Xingu dos Irmãos Villas-Bôas [7] Além de atrair o turismo místico a Serra do Roncador possui excelentes pontos de trilhas naturais e belíssimas cachoeiras dentro da cidade o que propicia facílimo deslocamento para os turistas portando-se excelente opção para o turismo ecológico.Ponto de encontro dos Rios Araguaia e Garças, Barra do Garças possui várias praias fluviais que também atraem turístas.

O parque das águas quentes conta com piscinas hidrotermais, toboágua, rio da preguiça, bar molhado, com temperaturas que variam de 31 a 43 graus.Além dos banhos, o parque oferece uma estrutura com bares, restaurantes, duchas, vestiários e instrutores de hidroginástica e ginástica de alongamento.

Também com a intenção de fomentar o turismo, na década de 1990 se construiu um "Aeroporto para discos voadores" na cidade.[9] [10]

Um obelisco, na entrada leste da cidade, oferece aos cidadãos barra-garcenses e ao turista que visita Barra do Garças, uma orientação geográfica indicando sua entrada na Amazônia Legal.

O município conta também com várias cachoeiras. As principais ficam situadas na Serra Azul que também possui o Cristo Redentor visível na maior parte da cidade.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. a b c d Censo Populacional 2011. Censo Populacional 2011. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2011). Página visitada em 11 de dezembro de 2011.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. a b c d http://www.amigosdabarra.com.br/barradogarcas/historia.htm
  7. a b c d e f http://valdonvarjao.com.br/?Pg=Textos&Cat=2
  8. http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/matogrosso/barradosgarcas.pdf
  9. Correio Braziliense Direto de outro planeta (2 de outubro de 2002)
  10. Revista Istoé Cuidado, isso pode virar lei (05/07/2006)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Mato Grosso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.