Novo São Joaquim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Novo São Joaquim
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação Não disponível
Gentílico Não disponível
Prefeito(a) Leonardo Farias Zampa
(2009–2012)
Localização
Localização de Novo São Joaquim
Localização de Novo São Joaquim no Mato Grosso
Novo São Joaquim está localizado em: Brasil
Novo São Joaquim
Localização de Novo São Joaquim no Brasil
14° 54' 21" S 53° 01' 04" O14° 54' 21" S 53° 01' 04" O
Unidade federativa  Mato Grosso
Mesorregião Nordeste Mato-Grossense
Microrregião Canarana
Distância até a capital 493 km km
Características geográficas
Área 5 022,477 km² [1]
População 6 043 hab. Censo IBGE/2010[2]
Densidade 1,2 hab./km²
Altitude 400 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,743 alto PNUD/2000
PIB R$ 201 555,062 mil IBGE/2008[3]
PIB per capita R$ 28 601,54 IBGE/2008[3]
Página oficial

Novo São Joaquim é um município brasileiro do estado de Mato Grosso. Localiza-se a uma latitude 14º54'21" sul e a uma longitude 53º01'06" oeste, estando a uma altitude de 400 metros. Sua população estimada em 2004 era de 8.528 habitantes.

Possui uma área de 5.022,477 km².

História[editar | editar código-fonte]

Primeiros Colonizadores[editar | editar código-fonte]

O território era primitivamente habitado pelo povo indígena Xavante, os primeiros homens-brancos que aventuraram-se à região foram João David e família, principalmente Pedro David e Manoel Pereira Brito, em 1960, Damásio Moreira Lima e Paulo Brito, em 1961 e José Gery David,Valter David de Carvalho e Jeronimo David em 1962.

Povoado da Gleba Aldeia[editar | editar código-fonte]

Durante a década de 60 formou-se um pequeno povoado em um local onde havia uma pequena aldeia indígena chamado de Gleba Aldeia, onde se encontrava vários moradores, destacando-se José Nunes da Silva, sua esposa e filhos, principalmente Divino Nunes da Silva, que foi o primeiro professor leigo do povoado e proprietário da única casa de produtos Farmacêuticos da localidade. Mas esse povoado não prosperou, indo logo após a decadência. No ano de 1965, houve uma Invasão de Terras na Região de Cachoeira da Fumaça, dando origem posteriormente ao assentamento da Cachoeira da Fumaça.

Povoado de São Joaquim do Rio Manso[editar | editar código-fonte]

A fundação de Novo São Joaquim deu-se com o início do povoado de São Joaquim do Rio Manso no dia 29 de Junho de 1972, onde Olímpio José Martins, procedente do município de Novo Brasil, no Estado de Goiás. A origem do povoado de São Joaquim do Rio Manso foi escolhido em homenagem ao doador dos lotes, Joaquim Rodrigues Sôto, e pelo fato da empresa de ônibus, que fazia linha da município de Barra do Garças para o distrito de Toricueje, que era a Vila mais próxima, chama-se Viação Rio Manso. Os registros demonstram que a primeira Escola para o ensino regular funcionou em 1976, com o nome de Escola Municipal de 1º Grau Machado de Assis, da Prefeitura Municipal de Barra do Garças, tendo como primeiros professores Ana Ferreira Martins, Aparecida de Jesus e Amélia. No ano de 1977 trocou-se o nome da Escola Municipal de 1º Grau Machado de Assis, passando a sua responsabilidade para a esfera do Estado de Mato Grosso.

Criação do distrito de Novo São Joaquim[editar | editar código-fonte]

Na década de 80 houve grande desenvolvimento, principalmente com a criação do distrito de Novo São Joaquim, em 29 de 1981, com a Lei Estadual nº 4.322. O distrito de Novo São Joaquim recebeu forte influência de colonização desenvolvida pelo moderno movimento de migração patrocinado pelos incentivos fiscais do governo federal e devido a correção do solo do cerrado trouxe várias pessoas de todos os cantos do país, principalmente dos estados do Sul, Nordeste e Centro-Oeste.

Criação do município de Novo São Joaquim[editar | editar código-fonte]

A resposta do rápido crescimento veio com a criação do município de Novo São Joaquim, que deu-se em 13 de Maio de 1986, com a Lei Estadual nº 5.007. A instalação oficial deu-se com a posse de Jerônimo de Carvalho David como primeiro prefeito eleito, Sr Sebastião Rodrigues Roque como vice-prefeito e os vereadores: Antônio Andrade, Divino Nunes da Silva, Florentino Alves Moreira, João César Lopes Araújo, Miguel Mesquita Marques, Paulo Alves de Brito e Sebastião Pereira da Silva. Ainda no ano de 1989 a prefeitura municipal de Novo São Joaquim em convênio com a Secretaria de Estado de Educação, inaugurou o novo prédio da escola estadual no município de Novo São Joaquim, passando à rua Divina Madalena nº 332, centro, mudando o seu nome para Escola Estadual de 1º e 2º Graus Diniz Alves de Toledo e transferiu seus alunos do antigo prédio. Ainda no ano de 1989 houve a oficialização da Lei de doação do terreno do município de Novo São Joaquim para o estado de Mato Grosso, onde localiza-se e funciona a Escola Estadual de 1º e 2º Graus Diniz Alves de Toledo.

Comunicação[editar | editar código-fonte]

A televisão, o rádio e a internet são os principais meios de comunicação em Novo São Joaquim MT, sendo-as:

  • Radio Nova Rio Manso FM 87.9 mhz (http://riomansofm.com.br/)
  • Dexismo Internacional (Lista de telecomunicações no araguaia)

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município de Cuiabá deu origem ao município de Araguaia, Araguaia deu origem ao Registro do Araguaia, Registro do Araguaia deu origem a Araguaiana, Araguaiana deu origem a Barra do Garças e Barra do Garças deu origem a Novo São Joaquim.

O município de Novo São Joaquim localiza-se na região leste do estado de Mato Grosso, no Médio Vale do Araguaia. No centro da região Centro Oeste do Brasil. Com as coordenadas 14º 54’22’’ latitude sul e 53º 00'57’’ longitude Oeste de Greenwich. Limita-se ao norte com o Município vizinho de Campinápolis, à Nordeste com Nova Xavantina ao Sul com General Carneiro, à Sudeste com Barra do Garças, à Sudoeste com Poxoréo, à noroeste com Paranatinga e à Oeste com Primavera do Leste e Santo Antonio do Leste.

Clima[editar | editar código-fonte]

Novo São Joaquim possui um clima quente e subúmido, apresentando quatro meses de seca, entre os meses de Maio à agosto.

Precipitação média das chuvas dentro do ano aproximadamente 1.750 mm, com intensidade máxima em Dezembro à Fevereiro. A temperatura média anual é de 24 °C, máxima de 38 °C e mínima de 0 °C.

O relevo predominante é o planalto, com Chapadas que constituem o planalto Central Brasileiro, seu solo quando corrigido é ótimo para tocar lavoura, já a região da município de Novo São Joaquim apresenta-se cheia de ondulações. A região localiza-se dentro da Depressão do Araguaia.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A vegetação predominante é o cerrado típico de clima tropical, com presença de manchas de Cerradão, matas ciliares e matas de encostas. A flora de Novo São Joaquim é muita rica, cantando com várias espécies vegetais do Cerrado e outros do Cerradão.

A fauna é composta de animais do cerrado e Cerradão, é riquíssima, apresentando grande números de espécies de animais.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

As águas do município de Novo São Joaquim contribuem para as grandes bacias Amazônica e Tocantins - Araguaia, tendo como principais rio Culuene e rio das Mortes.

O município é um dos maiores do estado de Mato Grosso, representando aproximadamente 10% da Área do Estado e 1% da área do Brasil.

População[editar | editar código-fonte]

No ano de 2000, segundo o IBGE, a população residente do município de Novo São Joaquim era 7.583 habitantes, sendo 4.127 homens e 3.456 mulheres e 3.324 pessoas residente na zona urbana e 4.259 pessoas na zona rural.

Feriados e Datas Comemorativas[editar | editar código-fonte]

Os feriados municipais ocorrem no dia 13 de Maio, onde se comemora as solenidades do aniversário do município de Novo São Joaquim e eventualmente, com o falecimento de alguma autoridade ou pessoa pioneira.

Algumas datas se tornaram tradicionais como:

• 6 de Janeiro, Santos Reis • 20 de Janeiro, São Sebastião • 13 de Maio, aniversário do município • 13 a 29 de Junho, Festa Junina • 4 de Julho, Divino Pai Eterno • 5 de Agosto Festa do Peão

Economia[editar | editar código-fonte]

O município de Novo São Joaquim está caracterizado como Município eminentemente agrícola, predominando os produtos: soja, algodão, milho, arroz e banana.

No ano de 2002, segundo o IBGE, a área plantada das principais culturas agrícolas foram:

• Soja = 58.200 Hectares • Algodão = 12.360 Hectares ( 10º maior produtor de Mato Grosso ) • Milho = 5.250 Hectares • Arroz = 1.700 Hectares • Banana = 952 Hectares

Em relação à pecuária, a criação de bovinos prevalece sobre suínos, aves e eqüinos.

No ano de 2002, segundo o IBGE, existiam:

• Bovinos = 194.713 cabeças • Aves = 25.417 cabeças • Suínos = 4.405 cabeças • Eqüinos = 2.469 cabeças

O setor industrial, ainda tímido, mas com aceleração, vem despontando, embora esteja ligada muito à agricultura, principalmente com Laticínios.

No ano de 2002, segundo o IBGE, existiam:

• Vacas ordenhadas = 3.911 cabeças • Produção de leite = 2.780.721 litros

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  2. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  3. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Mato Grosso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.