Porto Alegre do Norte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Porto Alegre do Norte
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 13 de maio
Fundação 13 de maio de 1986
Gentílico porto-alegrense
Prefeito(a) Emival Gomes de Freitas (PSD)
(2013–2016)
Localização
Localização de Porto Alegre do Norte
Localização de Porto Alegre do Norte no Mato Grosso
Porto Alegre do Norte está localizado em: Brasil
Porto Alegre do Norte
Localização de Porto Alegre do Norte no Brasil
10° 52' 40" S 51° 37' 58" O10° 52' 40" S 51° 37' 58" O
Unidade federativa  Mato Grosso
Mesorregião Nordeste Mato-Grossense IBGE/2008 [1]
Microrregião Norte Araguaia IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes ao norte, Confresa e Santa Terezinha; ao leste, Luciara; ao sul, Canabrava do Norte; e ao oeste, São José do Xingu
Distância até a capital 1 159 km
Características geográficas
Área 3 977,416 km² [2]
População 10 754 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 2,7 hab./km²
Altitude 205 m
Clima Tropical semi-umido PAN
Fuso horário UTC−4
Indicadores
IDH-M 0,709 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 79 841,144 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 8 000,92 IBGE/2008[5]
Página oficial

Porto Alegre do Norte é um município brasileiro do estado de Mato Grosso.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

O município de Porto Alegre do Norte está localizado na região nordeste do estado de Mato Grosso, entre dois grandes rios, Araguaia e Xingu, à margem esquerda do rio Xavantino afluente do rio Araguaia e no fundo, à margem do rio Fontoura afluente do rio Xingu, privilegiado por se encontrar na parte central de uma Micro-região formada por 14 municípios circunvizinhos.

Distritos[editar | editar código-fonte]

  • Nova Floresta

Rio principal[editar | editar código-fonte]

O rio Tapirapé é um dos principais afluentes do rio Araguaia no Norte e abastece a cidade de Porto Alegre do Norte.

Origem Histórica[editar | editar código-fonte]

A região foi imemorialmente habitada por povos indígenas da nação tapirapé. A história da colonização, recente, da gente de Porto Alegre do Norte, inicia-se no final da década de 1940.

O crescimento foi pequeno e aos poucos os habitantes foram-se fixando nas margens do rio. Data de 1966 a primeira concentração urbana, então denominada Beira Rio.

Com a chegada da estrada BR-153, em 1975, são instalados novos projetos agropecuários ocupando vastas áreas, a estrada traz também novos posseiros, que aos poucos vão se instalando e formando os Núcleos do Sertão. O aumento do número de posseiros e a chegada de trabalhadores para a implantação das fazendas propicia uma nova ordem nas relações econômicas em Porto Alegre e aos poucos vai se firmando um pequeno comércio. A Lei n.º 5.010, de 13 de maio de 1986, criou o município:

"Artigo 1º - Fica criado o município de Porto Alegre do Norte, desmembrado dos municípios de Luciara e São Félix do Araguaia.

"Artigo 2º - O município criado é constituído de um só distrito, da Sede.

Parágrafo Único - O município somente será instalado com a eleição e posse do prefeito, vice-prefeito e vereadores, realizada de conformidade com a Legislação Federal vigente."

Nome[editar | editar código-fonte]

A denominação "do Norte" foi adotada apenas para melhor distinção entre esta sede municipal e a capital gaúcha, não traduzindo, de forma alguma, uma dependência de colonização sulina. A denominação "Porto Alegre" nasceu de fatos locais de alegres navegantes do Rio Tapirapé um deles Cleverson rocha que hoje fundou a maior cidade do mato grosso vila bela de santissima trindade. A Lei n.º 5.010 continha um grave erro geográfico-político, pois o território de Porto Alegre do Norte separava em duas partes o município de Luciara, não permitindo a sua unidade territorial. A fim de se reparar o defeito legislativo, editou-se a Lei n.º 5.338, de 18 de agosto de 1988. Essa Lei abriu um corredor ao norte de Porto Alegre do Norte, salvando a unidade territorial de Luciara. O primeiro prefeito municipal foi o Sr. Rodolfo Alexandre Inácio.

População[editar | editar código-fonte]

A população de Porto Alegre do Norte é constituida de 10.754 habitantes, sendo que 5.179 residem na zona urbana e 5.575 pessoas moram na zona rural ou seja 48.1% na zona urbana e 51.9% na zona rural (segundo o IBGE em 2010).

Economia e infraestrutura[editar | editar código-fonte]

O município tem uma economia baseada na agropecuária e comércio. Na pecuária pode-se considerar como principal a criação de gado de corte, porém vem de destacando como forte bacia leiteira do Vale do Araguaia. Já a agricultura em plena expansão, atualmente cultiva-se soja, milho, arroz entre outros cereais, conta também com fabricação de biodiesel. O comercio local é o principal responsável pela criação de empregos, contudo com a ampliação da agropecuária, esse cenário esta mudando.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Porto Alegre do Norte no WikiMapia