Isabel Alçada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Isabel Alçada
Isabel Alçada
Ministro(a) de Portugal Portugal
Mandato XVIII Governo Constitucional
  • Ministra da Educação
Antecessor(a) Maria de Lurdes Rodrigues
Sucessor(a) Nuno Crato
Vida
Nascimento 29 de maio de 1950 (64 anos)
Lisboa
Dados pessoais
Partido Partido Socialista
Profissão Professora e escritora

Isabel Alçada, nome literário e profissional de Maria Isabel Girão de Melo Veiga Vilar (Lisboa, Alvalade, 29 de maio de 1950), é uma professora e escritora portuguesa.

Vida[editar | editar código-fonte]

Frequentou o Lycée Français Charles Lepierre e licenciou-se em Filosofia, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, em 1974. Ainda estudante entrou para o Centro de Psicologia e Formação Psicoforma, em 1973. No rescaldo do 25 de Abril é admitida no Ministério da Educação, primeiro como técnica da Direção-Geral Permanente de Educação, em 1975, depois no Secretariado de Reestruturação do Ensino Secundário, até 1976.

Iniciou funções como professora do Ensino Básico em 1976. Depois de ter sido colega de Ana Maria Magalhães, na Escola EB 2/3 Fernando Pessoa, forma com esta, uma dupla na escrita juvenil, inaugurada com Uma aventura...na cidade, em 1982. A colecção Uma Aventura revelar-se-ia um sucesso entre as camadas jovens, chegando a mais de cinquenta títulos, com adaptações para televisão e cinema.

Em 1984 obteve um mestrado em Análise Social da Educação, na Universidade de Boston, homologado pela Universidade Nova de Lisboa. Em 1985 tornou-se professora-adjunta da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Lisboa.

Ocupou os cargos de membro do Conselho Directivo da Escola EB 2/3 Fernando Pessoa, vogal da Direcção do Sindicato dos Professores da Grande Lisboa, administradora da Fundação de Serralves, de 2000 a 2004, e de comissária do Plano Nacional de Leitura[1] , de 2006 a 2009. Em 2009 foi empossada como Ministra da Educação do XVIII Governo Constitucional.

A 17 de Janeiro de 2006 foi feita Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.[2]

Casou primeira vez em Lisboa a 30 de Maio de 1968 com Fernando António de Figueiredo Alçada, de quem tem uma filha Vera Veiga Alçada, casada com Rui ... e com um filho natural de António Rodrigues Prazeres Falcão de Campos.

É casada segunda vez desde 5 de Julho de 2002 com Emílio Rui Vilar.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedida por:
Maria de Lurdes Rodrigues
Ministra da Educação
XVIII Governo Constitucional de Portugal
Sucedida por:
Nuno Crato