João Santana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

João Cerqueira de Santana Filho (Tucano, Bahia, 5 de janeiro de 1953)[1] é um músico, jornalista, escritor e publicitário brasileiro.

Carreira e atuação[editar | editar código-fonte]

Considerado um dos mais importantes consultores políticos do Brasil - e, entre eles, o de maior projeção internacional. Comandou o marketing vitorioso de oito eleições presidenciais, o que lhe confere um local destacado no ranking mundial de sua atividade. Coordenou o marketing vitorioso das campanhas de Lula da Silva (2006) e Dilma Roussef (2010 e 2014), no Brasil; Hugo Chávez (2012) e Nicolás Maduro (2013), na Venezuela; Mauricio Funes, em El Salvador; Danilo Medina, na República Dominicana; e José Eduardo Santos, em Angola. Três destas vitórias foram conseguidas em um mesmo ano (2012), um feito inédito no marketing político internacional. Além destes pleitos presidenciais, comandou dezenas de campanhas para governador, prefeito, senador e deputados no Brasil e na Argentina. Antes de se dedicar ao marketing político, foi jornalista político de sucesso, com passagens por alguns dos mais importantes veículos de comunicação do Brasil, como os jornais O Globo e Jornal do Brasil, e as revistas Veja e Istoé. É detentor de vários prêmios jornalísticos, o mais importante deles o Prêmio Esso de 1992 , como um dos autores da reportagem "Eriberto: Testemunha Chave", decisiva para o impeachment do presidente Fernando Collor.[1] [2] [3] É um dos autores da logomarca do Governo Dilma Rousseff[4] .

Fora da atuação política, como escritor, publicou um romance, batizado Aquele Sol Negro Azulado.[3]

Referências