Juramento olímpico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O juramento olímpico é feito por um atleta e um juiz durante a Cerimônia de Abertura de cada edição dos Jogos Olímpicos.

O atleta, membro da delegação do país anfitrião, segura uma ponta da bandeira olímpica e recita o texto escrito pelo Barão de Coubertin e levemente alterado desde então. O texto fala de respeito às normas e às regras dos Jogos, espírito esportivo, combate ao uso de doping e glória ao esporte[1]

Desde Munique 1972, também há um juramento feito por um árbitro. Segurando uma ponta da bandeira olímpica, o árbitro fala sobre imparcialidade, respeito e espírito esportivo.

Textos do Juramento[editar | editar código-fonte]

O atleta, da equipe do país organizador dos Jogos, segurando uma ponta da bandeira olímpica, recita o juramento:

Em nome de todos os competidores, prometo que participaremos nestes Jogos Olímpicos, respeitando e seguindo as regras que os regem, comprometendo-nos a um desporto sem dopagem e sem drogas, com o espírito verdadeiro do desportivismo, para glória do desporto e honra das nossas equipes.

O árbitro, normalmente também do país organizador, receita federal

Em nome vós sunse nome de todos os júris e árbitros, prometo que cumpriremos as nossas funções durante estes Jogos Olímpicos em total imparcialidade, respeitando e seguindo as regras que os regem, num espírito de desportivismo.

História[editar | editar código-fonte]

O juramento olímpico, escrito por Pierre de Coubertin, foi pronunciado pela primeira vez por um atleta nos Jogos Olímpicos de Verão de 1920 em Antuérpia. O primeiro juramento pronunciado por um árbitro foi nos Jogos Olímpicos de Inverno de 1972 em Sapporo.

O texto do juramento evoluiu ligeiramente ao longo do tempo. Aquele que foi lido por Victor Boin em 1920 dizia:

Juramos que tomaremos parte nos Jogos Olímpicos num espírito de desportivismo, para honra das nossas nações e para glória do desporto.

Em 1961 a palavra juramos foi mudada para prometemos e a expressão para glória das nossas nações foi substituída por para glória das nossas equipas, num clara tentativa de eliminar os nacionalismos dos Jogos Olímpicos.
As palavras relacionadas com a dopagem foram acrescentadas para os Jogos Olímpicos de Verão de 2000 em Sydney.

Ajuramentados[editar | editar código-fonte]

Edição Atletas Árbitros
Antuérpia 1920 Victor Boin[2] -
Chamonix 1924 Camille Mandrillon[3] -
Paris 1924 Georges André[4] -
St. Moritz 1928 Hans Eidenbenz[5] -
Amsterdã 1928 Harry Dénis[6] -
Lake Placid 1932 Jack Shea[7] -
Los Angeles 1932 George Calnan[8] -
Garmisch-Partenkirchen 1936 Willy Bogner[9] -
Berlim 1936 Rudolf Ismayr[10] -
St. Moritz 1948 Bibi Torriani[11] -
Londres 1948 Donald Finlay[12] -
Oslo 1952 Torbjørn Falkanger[13] -
Helsinque 1952 Heikki Savolainen[14] -
Cortina d'Ampezzo 1956 Giuliana Minuzzo[15] -
Melbourne - Estocolmo 1956 John Landy (Melbourne)
Henri Saint Cyr (Estocolmo)[16]
-
Squaw Valley 1960 Carol Heiss

[17]

-
Roma 1960 Adolfo Consolini

[18]

-
Innsbruck 1964 Paul Aste[19] -
Tóquio 1964 Takashi Ono[20] -
Grenoble 1968 Léo Lacroix[21] -
Cidade do México 1968 Pablo Garrido[22] -
Sapporo 1972 Keiichi Suzuki[23] Fumio Asaki[23]
Munique 1972 Heidi Schüller[24] Heinz Pollay[24]
Innsbruck 1976 Werner Delle Karth[25] Willy Köstinger[25]
Montreal 1976 Pierre St.-Jean[26] Maurice Fauget[26]
Lake Placid 1980 Eric Heiden[27] Terry McDermott[27]
Moscou 1980 Nikolai Andrianov[28] Alexander Medved[28]
Sarajevo 1984 Bojan Križaj[29] Dragan Perovic[29]
Los Angeles 1984 Edwin Moses[30] Sharon Weber[30]
Calgary 1988 Pierre Harvey[31] Suzanna Morrow-Francis[31]
Seul 1988 Hur Jae
Shon Mi-Na[32]
Lee Hak-Rae[32]
Albertville 1992 Surya Bonaly[33] Pierre Bornat[33]
Barcelona 1992 Luis Doreste Blanco[34] Eugeni Asensio[34]
Lillehammer 1994 Vegard Ulvang[35] Kari Karing[35]
Atlanta 1996 Teresa Edwards[36] Hobie Billingsley[36]
Nagano 1998 Kenji Ogiwara[37] Junko Hiramatsu[37]
Sydney 2000 Rechelle Hawkes[38] Peter Kerr[38]
Salt Lake City 2002 Jimmy Shea[39] Allen Church[39]
Atenas 2004 Zoi Dimoschaki[40] Lazaros Voreadis[40]
Turim 2006 Giorgio Rocca[41] Fabio Bianchetti[41]
Pequim 2008 Zhang Yining Huang Liping
Vancouver 2010 Hayley Wickenheiser Michel Varrault

|Londres 2010||Alexis Pilantrox||Coks Oliveira |}

Referências

  1. Site oficial do Comitê Olímpico Brasileiro. Informações dos Jogos de Símbolos dos Jogos Olímpicos.
  2. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1920.
  3. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1924.
  4. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1924.
  5. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1928.
  6. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1928.
  7. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1932.
  8. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1932.
  9. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1936.
  10. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1936.
  11. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1948.
  12. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1948.
  13. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1952.
  14. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1952.
  15. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1956.
  16. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1956.
  17. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1960.
  18. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1960.
  19. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1964.
  20. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1964.
  21. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1968.
  22. Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1968.
  23. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1972.
  24. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1972.
  25. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1976.
  26. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1976.
  27. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1980.
  28. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1980.
  29. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1984.
  30. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1984.
  31. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1988.
  32. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1988.
  33. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1992.
  34. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1992.
  35. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1994.
  36. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 1996.
  37. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 1998.
  38. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 2000.
  39. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 2002.
  40. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Verão de 2004.
  41. a b Site oficial do COI. Informações dos Jogos de Inverno de 2006.


barão era muito respeitado por toda a grecia antiga.