Mascotes olímpicas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Olympic flag.svg
Símbolos olímpicos
Carta
Lema
Bandeira
Chama
Hino
Mascotes

As mascotes olímpicas são personagens (geralmente animais nativos) que representam a cultura do país anfitrião dos Jogos Olímpicos. Desde os Jogos Olímpicos de Inverno de 1968, em Grenoble, toda edição dos Jogos possui pelo menos uma mascote.

A mascote mais conhecida dos Jogos Olímpicos foi o urso Misha, dos Jogos Olímpicos de Verão de 1980, em Moscou. Misha foi usado extensivamente durante as cerimônias de abertura e encerramento, virou desenho animado e apareceu em diversos produtos. Atualmente, uma boa parte do merchandising dos Jogos é voltado para o uso das mascotes, focando principalmente o público jovem.

Lista de mascotes[editar | editar código-fonte]

Edição Mascote Espécie Designer Significado Imagem
Grenoble 1968 Schuss Esquiador Mme Lafargue (mascote não-oficial) [1]
Munique 1972 Waldi Cachorro Dachshund Otl Aicher Representa os atributos dos atletas: resistência, tenacidade e agilidade. [2]
Innsbruck 1976 Schneemann Boneco de neve Representou os "Jogos da Simplicidade" [3]
Montreal 1976 Amik Castor Um dos símbolos nacionais do Canadá [4]
Lake Placid 1980 Roni Racum Donald Moss Sua face representa os chapéus e os óculos usados pelos competidores. [5]
Moscou 1980 Misha Urso Victor Chizhikov Símbolo nacional da União Soviética. [6]
Sarajevo 1984 Vučko Lobo Joze Trobec Simboliza o desejo dos humanos de ser amigos dos animais. [7]
Los Angeles 1984 Sam Águia Robert Moore (The Walt Disney Company) Símbolo dos EUA. [8]
Calgary 1988 Hidy e Howdy Dois ursos polares Sheila Scott Representam a hospitalidade do oeste canadense [9]
Seul 1988 Hodori Tigre Hyun Kim Animal comum nas lendas sul-coreanas. [10]
Albertville 1992 Magique Estrela de gelo Philippe Mairesse Substituiu a cabra "Chamois"; [11]
Barcelona 1992 Cobi Um Pastor Catalão estilizado Javier Mariscal [12]
Lillehammer 1994 Haakon e Kristin Duas crianças norueguesas Ambas vestem roupas tradicionais. [13]
Atlanta 1996 Izzy Figura abstrata John Ryan Seu nome deriva de "Whatizit?" ("O que é isso?", em inglês), por que nem os criadores sabem o que ele significa. [14]
Nagano 1998 Sukki, Nokki, Lekki e Tsukki Quatro corujas Uma para cada ano entre dois Jogos Olímpicos. [15]
Sydney 2000 Olly, Syd e Millie Kookaburra, Ornitorrinco e Equidna Matthew Hatton Olly representa o espírito de generosidade, Syd o meio-ambiente e a energia do povo da Austrália e Millie o novo milênio. [16]
Salt Lake City 2002 Powder, Copper e Coal Lebre americana, Coiote e Urso-negro Landor/Publicis Representam o Lema Olímpico: "Citius, Altius, Fortius" [17]
Atenas 2004 Athena e Phevos Bonecos antigos Spyros Gogos Duas crianças estilizadas como bonecos da Grécia Antiga. [18]
Turim 2006 Neve e Gliz Bola de neve e cubo de gelo Pedro Albuquerque Gentileza, elegância e vivacidade. [19]
Pequim 2008 Fuwa Peixe, panda gigante, Chama Olímpica, chiru e andorinha Han Meilin Seus nomes formam a frase "Beijing huan ying ni", que significa "Pequim dá as boas-vindas a você". [20]
Vancouver 2010 Miga, Quatchi e Sumi Híbidro de urso e orca, sasquatch e urso-negro Vicki Wong e Michael Murphy Mistura de animais da fauna da Colúmbia Britânica e criaturas mitológicas. [21]
Londres 2012 Wenlock e Mandeville Gota de aço com câmera para os olhos. Batizado com o nome da aldeia de Much Wenlock e Stoke Mandeville, berço dos Jogos Paraolímpicos. [22]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]