Microsoft Office 2013

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Microsoft Office 2013
Logótipo
Desenvolvedor Microsoft
Plataforma Microsoft Windows
Lançamento 29 de janeiro de 2013; há 63 semanas e 3 dias
Versão estável 15.0.4420.1017 RTM
Sistema operacional Windows 7, Windows 8
Gênero(s) Suíte de escritório
Licença Proprietária EULA (Comercial)
Página oficial office.com/preview, acessado pela última vez há 91 semanas e 4 dias
Cronologia
Último
Último
Microsoft Office 2010
Próximo
Próximo

O Microsoft Office 2013, também chamado de Office 15, é a última versão da suíte de aplicativos Microsoft Office, lançada a 29 de janeiro de 2013,[1] sucedendo à edição de 2010.

Histórico e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em 30 de janeiro de 2012, a Microsoft lançou uma prévia técnica do Office 15, build 3612,1010. A Microsoft anunciou que uma versão beta pública do Office 15 estaria disponível em meados de julho de 2012.

A versão de acolhimento do Office 15 foi lançada em 16 de Julho de 2012.[2]

Novidades[editar | editar código-fonte]

O aplicativo deve ganhar novos contornos, ao estilo da interface Metro, presente no Windows 8. O Microsoft Outlook recebeu mudanças mais drásticas, por exemplo, a interface Metro fornece uma nova visualização para as tarefas programadas. O PowerPoint irá incluir mais modelos e efeitos de transição, e o OneNote incluirá uma tela nova. O Excel conta com uma ferramenta de filtragem de dados em um cronograma. No Word, a capacidade de inserção de vídeo e áudio online, bem como a difusão de documentos na Web foram implementadas.[3]

Logo à partida, salta à vista a interface, preparada para tablets e sensível ao toque. Além disso tem funcionalidades Cloud e colaboração integradas, que lhe permite começar no computador, continuar no portátil e terminar em outro dispositivo, através da sincronização no skydrive ou sharepoint para empresas. A possibilidade de encolher os separadores no topo (ribbon) e também passar para o modo full screen facilita mais o trabalho. [4]

Algumas das principais novidades no Excel 2013:

  • Flash fill – automaticamente preenche uma coluna com dados, baseado na informação adjacente. Varia em função dos padrões detetados.
  • Powerview – permite ver informação de uma forma simples e atrativa. Selecione os dados, clique em power view, ajuste e configure como quer apresentar os dados. Pode até adicionar bing maps com informação geográfica relacionada com os dados georreferenciados.
  • Gráficos sugeridos e formatação – agora adicionar gráficos é ainda mais interessante. Para além de lhe serem sugeridos gráficos recomendados para os dados selecionados, é simples pré visualizar outros. Depois de aceitar o gráfico, surgem três botões para configurar, formatação e outras melhorias.
  • Timeline – permite filtrar e tratar dados com informação cronológica.
  • Relationship – quando importar dados para o Excel, onde seja possível estabelecer relações, esta função ficará disponível no separador Data. Podendo criar ligações entre os dados minimizando assim introdução de dados redundantes.
  • Recommended Pivot Tables – esta opção facilita o processo de inserção de tabelas dinâmicas, sendo sugerida uma opção de acordo com os dados selecionados.
  • Quick Analysis – basta um clique direito nos dados e esta opção sexy ajuda-nos a formatar condicionalmente, gráficos, realce e outras melhoras. [5]

Edições da suíte[editar | editar código-fonte]

O Office 2013 apresenta mudanças nas edições de pacotes. As versões são:[6]

  • Office 365 Home Premium: Em alusão aos dias do ano, este pacote contém sete aplicativos, Word, Excel, PowerPoint, OneNote, Outlook, Publiser e Acess. Além dos sete aplicativos a suíte oferece 20 GB de espaço no SkyDrive mais 60 minutos mensais gratuitos em ligações para qualquer parte do mundo com o Skype. O diferencial deste pacote para os demais é a licença para até cinco computadores (incluindo também computadores MAC da Apple). Esta licença é vendida como anual e mensal.
  • Office 2013 Home and Student: Contém apenas quatro aplicativos, Word, Excel, PowerPoint e OneNote. Possui apenas uma licença permanente.
  • Office 2013 Home and Business: Além de contar com com os quatro aplicativos da edição Home and Student, possui também o Outlook. Também oferece uma licença permanente.
  • Office 2013 Professional: Possui os mesmo aplicativos do Office 365, porém, com uma licença permanente e sem os serviços do SkyDrive (neste caso a capacidade do SkyDrive não chega a 20 GB) e Skype.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Software é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.