Nintendo 64DD

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nintendo 64DD
64DD with Nintendo64.jpg
Fabricante Nintendo
Tipo Add-on de Console
Geração Quinta Geração
Disponibilidade Japão1 Dezembro 1999
Mídia Discos Magnéticos (64 MB)
Serviços
on-line
RANDnet
Antecessor Nintendo 64
Sucessor Game Cube

O Nintendo 64DD (ニンテンドウ64DD, Nintendō Roku Jū Yon DD) ("DD" sendo abreviação de "Disk drive", e originalmente "Dynamic Drive") foi um periférico para o console Nintendo 64. Era plugado ao N64 através da EXTension Port que ficava do lado inferior do console e permitia ao N64 usar discos magnéticos proprietários de 64 MB de capacidade para aumentar a capacidade de armazenamento de dados. Embora tenha sido anunciado antes do lançamento do N64, o desenvolvimento do 64DD foi lento. Foi uma falha comercial e nunca foi lançado tanto nos EUA quanto na Europa.

História[editar | editar código-fonte]

O 64DD foi anunciado na Shoshinkai (atual Spaceworld) da Nintendo de 1995. Um dos games disponíveis para uso no 64DD era Creator, um programa de música e animações da Software Creations, o mesmos que fizeram o kit da ferramenta de aúdio para o kit de desenvolvimento do Nintendo Ultra 64. O aplicativo mostrava que poderia ser implementado em outros jogos, podendo substituir texturas e possivelmente, novos níveis e personagens. Infelizmente, não havia uma versão jogável de Creator disponível na Shoshinkai 1995. Na E3 em 1997, o principal game designer da Nintendo, Shigeru Miyamoto, especulou que os primeiros jogos a serem lançados para o sistema eram SimCity 64, Mario Artist, Pocket Monsters, e Earthbound 64.[1]

Entretanto, o 64DD foi atrasado diversas vezes até seu lançamento no Japão em 1 de Dezembro de 1999. Nintendo, antecipando que seu periférico poderia se tornar um fracasso, vendeu seu sistema através da assinatura de um serviço chamado RANDnet e os consumidores continuariam a receber games pelo correio. Entretanto, quantidades limitadas do 64DD foram vendidos através de lojas. Como resultado, o 64DD teve suporte da Nintendo por pouco tempo e apenas 9 jogos foram lançados para ele. Boa parte dos jogos em desenvolvimento foram cancelados, lançados como jogos comuns de Nintendo 64, ou portados para o GameCube.

Hardware[editar | editar código-fonte]

A 64DD usa um processador de 32 bits para a ajudar a ler os discos magnéticos e a tranferir dados para o Nintendo 64. Pensava-se que seria a resposta da Nintendo ao CD usado pela PlayStation da Sony, que era mais barato produzir. Os discos da 64DD são regravaveis e têm uma capacidade de 64MB.

A nova mídia para N64DD era regravável e tinha a capacidade de armazenamento de 64 MB. Os games de cartuchos do Nintendo 64 também poderiam ter expansões pelo 64DD, para níveis extras, minigames, e até salvar dados pessoais.

O drive funcionava similarmente a um Zip drive, e tinha uma livraria de áudio expandida para utilização nos games. O Nintendo 64 usa seu RCP (chip) e seu VR4300 para processar dados de sua entrada superior de cartuchos e seus dispositivos de entrada e saída. Para ligação com o 64DD, era necessário 4 MB de RAM adicional para totalizar 8 MB. Diferente do N64, o 64DD pode se iniciar por conta própria, sem a necessidade de ter um cartucho na entrada superior, por causa a existência de um menu de boot. Isso depois foi levado ao Nintendo GameCube, ao Nintendo DS, e ao Wii.

O 64DD tinha um kit de desenvolvimento que trabalhava em conjunto com o kit de desenvolvimento do Nintendo 64.

Acessórios[editar | editar código-fonte]

A versão lançada do 64DD incluía um modem para conexão a rede RANDnet, uma adaptador audio-vídeo RCA chamado de Capture Cassette para plugar na entrada principal de cartuchos, e um mouse Mouse e teclado que são plugados na entrada de controles.

Jogos[editar | editar código-fonte]

Games Propostos[editar | editar código-fonte]

O Nintendo 64DD teve diversos jogos que foram cancelados ou lançados em cartucho, estes jogos são os seguintes:

RANDnet[editar | editar código-fonte]

Como o Super Nintendo tinha o serviço online Satellaview no Japão, o Nintendo 64DD tinha o serviço RANDnet (nomeado pelas duas companhias que o desenvolveram, 'Recruit' e 'Nintendo'). Lançado em Dezembro de 1999, o serviço do RandNet "também conhecido como landnet" permitiu partidas online entre jogadores, jogar games antes do seu lançamento nas lojas, navegar na internet, ouvir músicas, entre outros. O kit inicial do RandNet vinha com o 64DD e incluía tudo necessário para o uso básico do produto (a assinatura era de ¥2500 por mês; equivalente a aproximadamente R$ 45):

  • Nintendo 64 Modem: O modem software desenvolvido pela Nexus era armazenado em um cartucho especial que entrava na entrada de cartuchos padrão do Nintendo 64. O cartucho-modem tinha uma entrada para o cabo usado para conexão a rede.
  • Expansion Pak: Este cartucho de expansão de 4MB de RAM leva a RAM do N64 à 8 MB. O Expansion Pack era vendido juntamente com Donkey Kong 64 muldialmente. Também foi vendido separadamente.
  • 64DD: Os drive de discos regraváveis de 64MB permitiu a navegação na internet e o salvamento de dados. Sem ele, o serviço RANDnet era inútil.
  • Randnet Browser Disc: Esse disco permitia acesso a Internet e a uma página "apenas para membros".

Uma vez logado, o usuário poderia escolher uma série de opções:

  • Battle Mode: Jogadores competem entre si, jogam partidas multiplayer e trocam placares com pessoas de toda a nação.
  • Observation Mode: Observae a partida de outros jogadores.
  • Beta Test: Jogar alguns níveis de jogos ainda não lançados.
  • Information Exchange: Fóruns e Emails para comunicação entre usuários.
  • Community: Trocar mensagens com programadores e produtores sobre lançamentos futuros e clássicos.
  • Internet Surfing: Navegar na internet com o navegador customizado.
  • Digital Magazine: Veja as notícias, tempo e outros.
  • Music Distribution: Ouvir músicas com qualidade de CD, algumas ainda não lançadas.
  • Editing Tool: Criar seus próprios avatares para interação com outros personagens.

RandNet foi um serviço semi popular, considerando a base limitada do 64DD. Um dos grupos de jogos mais substanciais com suporte da RandNet foi a série Mario Artist que permitia os usuários trocaram suas criações artísticas entre si. Competições e outros eventos ocorreram. Entretanto, o serviço não foi popular o suficiente para justificar sua continuação, então em Fevereiro de 2001 ele foi descontinuado, deixando todos os hardwares do RandNet inúteis. Nintendo comprou de volta todo o hardware relacionado ao RANDnet (os gamers continuaram com o 64DD, já que ele ainda funcionava sozinho) e deu todos os serviços gratuitamente para todos os usuários, do anúncio do seu cancelamento, até o cancelamento em si.

Legado[editar | editar código-fonte]

O 64DD pode ser visto como o equivlente do Nintendo 64 ao Famicom Disk System, o abortado SNES CD, ou o Sega CD para o Mega Drive. O conceito do download de informações foi visto antes no Satellaview para o Super Famicom.

Referências

  1. Takao Imamura, Shigeru Miyamoto. Nintendo Power August, 1997 - Pak Watch E3 Report "The Game Masters". [S.l.]: Nintendo, 1997. 104–105 pp.
  2. IGN staff (January 16, 1997). Enix/Sony Update IGN.com. Visitado em 2008-07-19.
  3. Nintendo Magazine (France) January 2004, Oriental Blue GBA preview
  4. Project Cairo IGN.com. Visitado em 2008-09-07.
Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.